Rochedo de Minas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Rochedo de Minas é uma cidade-fantasma ou uma utopia fictícia em Minas Gerais, Rochedo de Minas é uma mancha no estado de minas, uma mancha enorme com 2 mil habitantes, o mesmo que um quarteirão da favela da rocinha, se bem que eu acho que tem bem mais em um quarteirão da rocinha. A pirâmide social do município está entre playboys, caipiras e carolas, que ocupam a maior na escala, mas sabe que a pirâmide deles é invertida, e bem fodida.

História[editar]

Rochedo de Minas, o maior terreno baldio do Mundo.

A história não possui nexo, talvez o fato do prefeito de Rochedo de Minas ser semi-alfabetizado (ele fez os três primeiros dias de curso mas faltou nos seguintes) deve explicar porque o conteúdo da história esteja tão ruim. Entre garranchos e algumas letras que podem ter sido tiradas do alfabeto Japonês se consegue tirar o seguinte texto:

Cita3.pngRochedo de Minas não foi criada, foi cagada. Certa vez apareceu um cara, ele parou a carruagem e foi se aliviar em uma moita, porém demorou tanto tempo que assaltaram a carruagem, ele teve que criar uma fazendinha ali, então entra uma doida da Angola que acaba sendo a esposa desse doido, o doido começa a plantar milho e a Pizza do Don Gorducho, a minha pizzaria. Aí entra mais alguns Luízes, uns com Borges no nome e outros com Pinto, o município é emancipado sem que eu saiba, eu assino um papel e viro prefeito. O Zé é um viado só pra constatar!Cita4.png
Atual prefeito de Rochedo de Minas

É o que deu para extrair do papel. Pegaram o livro da cidade, um caderno da Hello Kitty, passaram o texto a limpo, a letra ficou pior e em cursiva, e está gravada eternamente a história! Viva ao prefeito semi-alfabetizado!

Cita3.pngO que é "emancipação"?Cita4.png
Prefeito de Rochedo de Minas

Dados[editar]

  • Localização: Meio do nada, no mato, lugar nenhum, deve ser o único lugar em Minas Gerais que tem litoral, por causa do Rochedo de Minas.
  • Temperatura: Quanto mais chata estiver a programação da globo (sempre é) mais alta a temperatura (15º C) se passar mais Bundas no Pânico da TV (o símbolo do programa virou a bandeira do município, para mostrar como os idolatram) a máxima chega a 25ºC.
  • População: 2 mil pessoas [carece de fontes] contando com extraterrestres, mulheres de bigode e torcedores do Flamengo.
  • Economia: Nada a comentar a respeito.
  • Educação: Apesar de ser uma cidade pequena pra cacete ela conta com uma escola para o ensino médio, óbvio que pela maioria dos caipiras serem pobres não podem pagar uma topique para os filhos irem estudar em outra escola, então eles ficam recebendo aula de professores de Axé até gordos que não dão nada para eles fazerem.
  • Festas: Todas as festas que a maioria do país comemora só que pior, e o carnaval deprimente de Rochedo de Minas, só conhecido pelo habitante da cidade.

Globo[editar]

Quando uma novela chegou na década de 90 para gravar ela nesse buraco que é Rochedo de Minas, não faltou um bando de caipiras e barangas querendo se mostrar para a emissora, houve muitos registros de estupros por parte das moradoras a técnicos da rede globo. Essa foi a melhor época do município. Quando acabou a novela, o município faliu também, assim como a delegacia e a prefeitura nova que ficou incompleta. De volta ao banheiro público!