Rodrigues Alves (Acre)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Infernoacre.jpg ESTE ARTIGO NON EXISTE

Este artigo veio do Acre, portanto trata de uma dimensão que ainda não foi encontrada, aonde vivem dinossauros, não há corrupção e foi comprada muito caro da Bolívia.

Se vandalizar, corre o risco de parar em outra dimensão.

Bandeira do Acre.png
┘¶Æ╦Ù⌂ï◙ Ð˧©Î©£ØÞѮÐÎÅ !!!

Este artigo contém altas doses alienígenas! Provavelmente o governo dirá que este artigo não passa de um balão meteorológico. Se vandalizar, um acriano enfiará uma sonda em você!

Monalien.jpg
NovoWikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Rodrigues Alves (Acre).
Município de Rodrigues Alves
"Casa do Caralho!"
Rodriges (Acre) flag.png Brasão do Acre.png
Bandeira Brasão
Aniversário 25 de Janeiro (O único dia do ano em que a 25 de Março fica vazia)
Fundação 25 de janeiro de 1554 - 464 anos
Gentílico Nada'
Lema Não Existo.
Apelidos Casa do Caralho.
Prefeito(a) Sebastião Souza Correia
Localização
Localização de Rodrigues Alves
Estado Acre
Região intermediária Vale do Juruá
Região imediata Acre
Região metropolitana Non Ecxiste
Municípios limítrofes Cruzeiro do SulMâncio LimaMarechal ThaumaturgoPorto Walter .
Distância até a capital São muitos km
Características geográficas
Área Uma ilusão. km²
População 0 hab.
Idioma Não disponível
Clima Quente pra caralho.
Fuso horário UTC +
Indicadores
IDH 0 dados indisponíveis
PIB R$ 399902939188,63 dados de sei lá quando
PIB per capita R$ 52 798,78 0.

Rodrigues Alves (Acre) é um dos municípios mais afastados e desconhecidos do Acre .

História[editar]

A estrada mais movimentada da cidade.
Pirocossauro encontrado no parque.

Em 1940 fundaram uma cidade inútil bem no olho do cu do Brasil.Em 1960 passa a ser uma pequena vila de Cruzeiro do Sul habitada por índios canibais . Em 28 de abril de 1992 Rodrigues Alves desmembra de Cruzeiro do Sul e Mâncio Lima, e passa a ser um município do estado do Acre habitado por índios canibais e agora por Aliens,peruanos ,Bolivianos e Dinossauros, no governo de Edmundo Pinto.

Geografia[editar]

Sua população era de 17 945 habitantes (sendo 10 por cento de bolivianos) segundo a estimativa do IBGE para 2017 e sua área é de 3 305 km² (3,8 hab./km²).

Limita ao sul com o Peru bem no olho do cu da nossa pátria, a leste com o município de Cruzeiro do Sul e a oeste com o município de Mâncio Lima.

A cidade é banhada pelo Rio Juruá e esse é um dos motivos que os incas não chegaram aqui.

Parque Nacional da Serra do Divisor[editar]

Localiza-se no Sul do Município o Parque Nacional da Serra do Divisor é uma unidade de conservação brasileira-marcina de proteção integral dos dinossauros localizada no estado do Acre, na fronteira com o Peru, com território distribuído pelos municípios de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Rodrigues Alves e outros fins de mundo.

Economia[editar]

Sua economia se baseia na extração de leite falsificado,que na verdade é gozo de dinossauro.Eles exportam maconha para os incas de Machoptcho.

Cultura[editar]

Cultura cem por cento canibal.Matam os turistas para assar e fazer Coxinhas de carne-humana.

Ver também[editar]