Romarinho

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Romarinho zoando da sua cara cara dos porcos.

Cquote1.png Você quis dizer: Super Choque? Cquote2.png
Google sobre Romarinho
Cquote1.png Vitória legal... seria uma pena se eu empatasse o jogo! Cquote2.png
Romarinho sobre Palmeiras.
Cquote1.png É o filho do Romário? Cquote2.png
Noob sobre Romarinho.
Cquote1.png Não conheço esse não! Cquote2.png
Romário sobre Romarinho.

Romário Ricardo da Silva, também conhecido como Romarinho, Romário Jr. (pelos noobs), Matador de Porcos, Matador de Hermanos, Rogayzinho e Super Choque (sendo que esse parece mais o Cortez do Bambi FC) é mais um dos filhos perdidos do jogador Romário. Apesar de não ser reconhecido legalmente por seu pai biológico, Romarinho resolveu seguir a carreira dele, tornando-se um jogador de futebol que fez sucesso após detonar o Palmeiras três vezes e fazer um gol livre contra o Boca Juniors na final da Copa Libertadores da América de 2012 (assim qualquer um consegue, menos o Vágner Love ) e arrasar o Palmeiras de novo no Campeonato PAUlista Paulista. Hoje vive de dar a bunda, vender crack em bocas de fumo falidas, dublar o Jacob de Crepusculo e fazer boquete bom, por apenas 10 reais, aproveite.

Carreira nos clubes interiores pobres[editar]

Super Choque e Romarinho, qualquer semelhança é mera coincidência.

Como todo jogador burro e pobre, ele começou em um clube chamado Rio Branco (não é aquele do Acre, senão ele não sobreviveria lá por muito tempo) da cidade de Americana, no qual ele começou jogando por lá e depois também jogou em outro clube medíocre, São Bernardo, mas aí um clube chamado Bragantino, que é mais plágio da Ponte Preta e do Santos, chamou ele para jogar lá, e começou a fazendo muitos (poucos) gols e até sendo o craque do time porque o resto do time era uma merda, e logo, ele começou a roubar, atirar sinalizadores demais e roubar tanto que o Corinthians logo chamou ele pra jogar.

Carreira no Gambás Futebol Clube[editar]

Ele começou na reserva, até que o Corinthians enfrentou o Palmeiras no dia 24 (ui!) de julho, e como ele odiava quaisquer porcos, ele começou a foder o Palmeiras no Campeonato Brasileiro de 2012 e logo umas 24 rodadas depois rebaixando o Palmeiras (mas quem rebaixou eles foi o Vágner Love, sendo que Romarinho não têm nada a ver com isso) para a comemoração de qualquer corinthiano.

Na Copa Libertadores da América de 2012, o técnico Tite, logo achou que ele dava sorte, e logo o colocou nos minutos finais, no qual o Boca Juniors, mesmo vencendo por 1 a 0, começou a fazer merda atrás de merda, um cara roubou a bola e tocou para Romarinho, no qual ficou livre e fez o gol de cobertura, e logo o Tite pensou que ele poderia dar sorte no mundial, mas no jogo, ele fez quase porra nenhuma, mas por sorte deles, o Corinthians ganhou do Chelsea por 1 a 0 com um gol de Guerrero.

Em 2013, o Palmeiras finalmente estava vencendo o Corinthians, mas só que Romarinho fodeu o Palmeiras de novo e empatou a partida, deixando o Palmeiras não conseguindo vencer o Corinthians no Pacaembu.

Times árabes[editar]

Depois do sucesso no Curinthians como reserva sucedido e matador de porcos, foi um dos 231903129012 jogadores do PCC que foram deportados para times árabes, indo assim parando no fim do mundo do Al-Jaish (ou El-Jaish), um time totalmente secundário do Catar que apenas jogou por lá por motivos financeiros.

Mesmo não conseguindo salvar sua equipe da falência, o Super Choque foi vendido para o CNN Árabe, dos Emirados Árabes Unidos de Dinheiro para fazer número na equipe, já que tinham meia dúzia de importados e cinco homem-bombas no time, e por incrível que pareça, o seu time conseguiu ganhar a edição de 2017, indo por cotas ao Mundial de Clubes de 2017, apesar do time ter sido saco de pancadas na Liga dos Campeões da AFC. Ele sozinho carregou seu time a semifinal do campeonato, mas como uma andorinha só não faz verão, Little Romário não foi capaz de vencer sozinho CR24 e as espanholas do Real Madrinha, mesmo marcando um gol de placa no início do jogo.

Meme[editar]

Uma conta corintiana do Facebook e que era apaixonada pelo Romarinho (ou não) criou um meme conhecido como "pq fas iso Romarino" (porque faz isso Romarinho), no qual era uma simples pergunta e por incrível que pareça, os erros de português eram propositais e não por causa do desconhecimento corintiano na área da gramática. Logo, esse meme se espalhou e várias pessoas começaram a escrever esta merda com erros de português, tanto que isso foi parar em um programa esportivo da Edir Macedo Channel.