Ronald Pereira

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Nuvola apps core.png Ronald Pereira
328 2059-fa1.jpg
Ronald Pereira interpretando um imbecil
Origem Bandeira do Brasil Brasil link={{{3}}} São Paulo - Itatiba
Sexo Com produtores de tv
Ocupação O fã, Mario Bros e Momento Amy
Profissional
Profissão anterior aviãozinho
Maior aparição Pânico na tv
Conchavo Vende produtos aos participantes
Maior escândalo Existir
Perfil
Nível de inteligência Icon 00 percent.png
Plásticas Redução de cu
Vícios Água Oxigenada, Cocaína e Crack
Emissora atual Rede TV
Preferências
Livro Nuvola apps bookcase.png Guia de Rua
Música Emblem-sound.svg.png Chiado
Prato De marmitex
Filme Queimado

Gn.gif Nenhum resultado encontrado para "Graça em Ronald Pereira"
Google sobre Ronald Pereira

Cquote1.png Você quis dizer: Ronald Marmiteiro Cquote2.png
Google sobre Ronald Pereira
Cquote1.png Me gusta demás Cquote2.png
Maradona sobre produtos vendidos por Ronald Pereira

Sobre[editar]

Ronald Félix Marini Pereira (Itatiba, 24 de Maio de 1970 , mais conhecido como idiota o fã do programa Pânico na TV é um traficante que teve a oportunidade de aparecer, para a infelicidade de todos os seres-humanos da Terra.

Vida[editar]

Natural da cidade de Itatiba, São Paulo, Ronald era um menino comum, até os três anos de idade quando começou a fazer catiscismo com um padre da região, o Pe. Fattori.

Sempre metido em confusão, o garoto logo se viciou em crack aos cinco anos, vício que mantém até hoje.

Trabalhou como instrutor de jiu-jitsu e lambaérobica em academias de fundo de quintal, além de motoboy de “farmácia”.

Pânico na tv[editar]

Ronald Pereira abordando uma puta de praia

Atuando como “aviãzinho”, Ronald conheceu alguns produtores do programa Pânico na TV que possuem uma chácara na cidade. Por saber que se tratavam de produtores de programas de tv, Ronald, passou a superfaturar “entregas” e assim obteve o dobro de lucro.

Os produtores do programa que vêm a cidade para gravar quadros, fazer orgias com caipiras e panicats e claro, usar pó-de-mico começaram a pendurar a dívida que acumulou por quatro meses.

O chefe de Ronald e da região, começou a cobrar pela dívida que foi quitada por Ronald sem os produtores ou a “empresa” saberem. Os produtores continuaram com a dívida que passou a ser cobrada por Ronald, agora emancipado da “empresa”.

Em troca de um desconto ou quitamento, Ronald que sempre quis aparecer, seja como “doidão” ou como malandro, sugeriu que se fizesse um acordo semelhante ao que foi feito com Zina, além de uma ajuda para montar sua própria produtora de tv local.

Atuação[editar]

Sem preparo algum, Ronald e outros amigos de boca começaram a criar quadros para o programa, como o Fã, Mario Bross, Momento Amy, Como explodir seu escroto etc.

O quadro de maior sucesso é o chamado “O Fã”, onde ele interpreta(?) uma pessoa idiota e fanática ao encontrar alguém famoso.

Youngers[editar]

A dívida dos produtores do Pânico na tv por ser alta, ainda teve que ser quitada em dinheiro ou influência para que Ronald e seus sócios fossem capaz de criar uma produtora local, a Vídeo Brazil, especializada em aberturas e vinhetas mal-feitas, lavagem de dinheiro, etc.

Ronald junto com uma namorada, apresentam o programa Youngers, pelo canal NGT, especialmente (e infelizmente) para a cidade de Itatiba.

O programa é pautado em matérias sobre tecnologia, games e futilidades da vida moderna.

Ver também[editar]

v d e h
Pânico na TV Band
Christianpior.jpg