Ronda do Quarteirão

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
BandeiradoCeará.jpg EITA PAU!

Pense num artigo mó limpeza, que vêi de jegue diretin do Ceará, bixin. Se tu frescá cum ele, maxo véi, o Beco da poeira tôdin vai arrombá o teu boga, seu fí de quenga!

Imagem.asp.jpg
Tropadele.gif Este artigo é protegido pelo BOPE!

Este artigo é da Tropa de Elite e faz coisas que assustam o Satanás. É bom você não ser traficante, membro do CV, playboyzinho maconheiro ou da tropa dos corruptos, ou o 07 vai pegar a vassoura!

Se fudeu! O ronda pegou!

Cquote1.svg Você quis dizer: Honda? Cquote2.svg
Google sobre Ronda do Quarteirão
Cquote1.svg Lá vem a Ronda negada, corre! Cquote2.svg
Aliciador de menores sobre Ronda do Quarteirão
Cquote1.svg Aprenderam direitinho. Cquote2.svg
Capitão Nascimento sobre os oficiais da Ronda do Quarteirão
Cquote1.svg Ih fudeu, bonde do Honda apareceu! Cquote2.svg
Funk dos policiais rondianinos
Cquote1.svg Boa noite. Você vai precisar. Cquote2.svg
William Bonner sobre os bandidos presos pela Ronda do Quarteirão
Cquote1.svg Já prendero mair de mil! Cquote2.svg
Jeremias sobre Ronda do Quarteirão
Cquote1.svg Alô criançada a Honda chegou!!! Cquote2.svg
Palhaço Gozo sobre Ronda do Quarteirão

A Ronda do Cu Quarteirão, ou Ronda, ou BOPE cearense, é o batalhão de polícia mais fodão do Norte-Nordeste, formado pelos maiores cabra ômes da região, que na verdade são semi-play boys filhos de agricultores, que utilizam-se da fardinha para seduzir as estudantes menores de idade. A Cidinha Gomes, ao tomar conhecimento sobre isto, impediu que o Ronda dos quarteijão ficasse de patrulha em portas de colégios. Os policiais do Ronda, são todos burros levados ao pé da letra, ou como se chamam no nordeste, jegue, que entraram na polícia fazendo a pontuação mínima mas que um advogado que veio de São Paulo com a estratégia de ver o Ceará como um ponto de negócios em advocacia, já que aqui não tinha escolas, tampouco advogados, os colocou pra dentro.

Origem[editar]

Expo Ronda.

A Ronda surgiu como uma resposta do governo do Ceará à onda crescente de crimes que assolava... o Ceará, ora! Só que o Imperador Cid Gomes não sabia o que fazer. Até que ele comprou um DVD pirata de Tropa de Elite no Beco da Poeira, e teve uma ideia. Ele mandou um batalhão inteiro da Polícia Militar do Ceará para o Rio, treinar com o mestre em pessoa: Capitão Nascimento. E treinaram com mestre baiano como dirigir um contingente.

Estágio (se é que se pode chamar de estágio)[editar]

Policial do ronda mijando.

Eles tiveram dois lugares para escolher: ou iam se juntar às tropas brasileiras no Haiti, ou iam humilhar o Exército americano no Iraque. A escolha foi óbvia. Chegando no Iraque, eles mostraram aos soldados americanos tudo o que tinham aprendido no curso do BOPE. Até hoje, a ONU quer criar uma força de paz especial composta apenas por homens da Ronda. Depois de mais algumas semanas matando muçulmanos, o treinamento acabou e eles voltaram ao Ceará.

Voltando ao Ceará[editar]

Um dos veículos usados pela Ronda

Depois do aquecimento treinamento, o pelotão voltou ao Ceará, para se apresentar ao ditador Cid Gomes. Pouco tempo depois, ele fundou um batalhão especial composto apenas pelos homens que treinaram no Iraque. Como esse grupo tinha como objetivo patrulhar as ruas da capital, ganhou o nome de Ronda do Quarteirão.

Aceitação popular[editar]

Em breve, a Ronda vai ganhar novos veículos, tipo essa moto aí

A Ronda, como ficou mais conhecida, logo caiu nas graças da população (e dos programas policiais cearenses). Atualmente, ela funciona na região metropolitana de Fortaleza e no Cariri, onde prende uma média de 586178 bandidos por habitante. Contudo, alguns documentos que não provam nada apontam que, em breve, a Ronda poderá ser um batalhão de abrangência estadual, sendo mais um esforço dos cearenses de dominar o mundo.

Galeria[editar]

Forças Militares Brasileiras