Rubiataba

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Rubiataba Caipiropólis
Caipira.jpg
Bandeira
"De asfalto, precisaremos"
Hino "Hino das piranhas de perna aberta..."
Local Meio do nada de Goiás
Idioma Goianês e mineirês
Geografia
Clima De manhã: 0ºC . De tarde: 666ºC . De noite: -10ºC
Locais de Referencia Bar da esquina, bar da praça, bar da outra esquina, bar que não é na esquina...
Economia Maconha no meio do canavial e cana-de-açúcar
Produtos Exportados Etanol e tetraidrocarbinol
Política
Governo
Nuvola apps core.png
Quem manda mesmo não sabemos ainda...
Atual Prefeito
Nuvola apps core.png
Grande chefe-cacique Zébunitinhoénoistraveiz.
Vice-Prefeito
Nuvola apps core.png
Quem?
Mídia
Cidadãos Ilustres
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Zé Bonitinho, Mãe da miss estudantil, o cara que deu uma voadora no Zé, entre outros.
Esporte Símbolo Maratona de cerveja e suco gami
Santo Local Com o excesso de protestantes na cidade isso está caindo no esquecimento.

Rubiataba é um município brasileiro do estado de Goiás. Sua população estimada em 2004 era de -18.806 habitantes, sendo melhor conhecida como "Caipiropólis".

História

Deus quando acabara de criar o mundo percebeu que havia coisas ruins demais nele, então com a ajuda de alguns conselheiros (entre eles a heroína rubiatabense: Neritah with lasers) e a permissão de Linbdomar, ele colocou todas as desgraças da humanidade, entre eles pagode, fãs de João Kleber, audiência de Power Rangers, filhinhos-de-papai, fruteiros, Lovekytas, lovekytões, música sertaneja, axé, samba, funk, RBD, , Igreja Universal do Reino de Satã, basqueteiros, Menina pastora louca, Doteiros, Teletubbies, Xuxa entre outras maldições em um único lugar conhecido como Neverland (Terra do Nunca), que em goianês é conhecida como Rubiataba (nada a haver com Michael Jackson ou Peter Pan até onde sabemos). Com o tempo a cidade foi crescendo e com isso espalhando suas maldições para as outras cidades e assim foi que foi e acabou "fondo". E com base nessa pesquisa cientifica feita pelos Incas-Venusianos que passaram um tempo nessa cidade perdida no tempo e no espaço, que concluímos que toda a decadência da humanidade começou nesse local e no Acre.

Economia

Basicamente Rubiataba pode ser resumida como uma grande usina de cana-de-açúcar que tem um povoado ao seu redor. A produção agropecuária de Rubiataba baseia-se no cultivo de milho, arroz, maconha, cocaína, feijão, mandioca, banana, tomate, melancia, cana-de-açúcar e outras hortaliças. Enquanto na parte agropecuário se observa a criação de ornitorrincos, prostitutas, piscicultura, e mafagafos. Se você dormir de boca aberta, você acorda com a boca cheia de cinzas de cana-de-açúcar.

O setor industrial baseia-se apenas na porcaria daquela Usina de Etanol.

Já o setor de serviços é baseado nas botecarias, motelarias, puteiros, cerâmicas, marcenarias, maconharia, prostituição freelancer (na verdade, você só paga a gasolina do carro...), lan-houses (Deixar tecnologia na mão de caipira, não dá certo. É comprovado. Falta de capacidade de administração é um caso sério), confecções, etc.

Política

Lá existe corrupção até em concurso Miss Estudantil, então já dá para imaginar a palhaçada que é a prefeitura (afinal, embora seja uma cidade caipira, tinham de pegar algum costume das cidades grandes).

Geografia

Vista aérea da cidade

Rubiataba em geral costuma-se dizer que se localiza entre o nada e o vazio, mas dizem que Rubiataba se localiza perto do Acre. Embora haja apenas suspeitas e nada pode ser confirmado.

O município limita-se ao norte com a Casa da mãe Joana e Fim do mundo; ao sul com o Nada; a oeste com Onde Judas perdeu as botas; e a leste com Onde Judas perdeu as meias e Casa da Sogra.

Clima

O clima nessa região varia de maneira estranha. De manhã faz calor, de tarde faz mais calor ainda e a noite as temperaturas igualam-se as do Inferno. Se estiver fazendo calor e você quiser tomar banho de piscina, começa a chover.

Hidrografia

Com a extinção do Rio das coisas-que-não-existem, e do córrego das tranças-da-vovó-careca, atualmente o Rio Novo e o Córrego da Serra(onde já foram encontrados todo tipo de coisa e existe a suspeita de terem encontrado alienígenas) são os únicos que passam por esta região.

Relevo

O município é quase por inteiro composto de terras planas, exceto na entrada da Vila Santa Fé onde se localiza o morro, onde poucas pessoas tem coragem e fôlego para subir de bicicleta, de jegue, andando, de carroça ou até mesmo de carro.

Vegetação

Os diferentes tipos de vegetação são: mato (motel na falta de dinheiro...), cana-de-açúcar maconha, e macarrão.

População

99,99% das pessoas do mundo não sabem sobre a existência de Rubiataba. A população local de acordo com o censo é de aproximadamente -17.225, confirmando numa estimativa de 00% da população sendo urbana, 50% rural e 148% caipira. Sendo 8.609 homens, 7000 mulheres, 500 imitações de emos e 524 indefinidos.

O número oficial de eleitores é de -12.942

Cultura

O único caminho para a cidade

É de costume dos seres viventes naquele lugar fazerem eventos com som automotivo que tocam música de altíssima qualidade, como: Forró, Funk, Pagode, Brega, Eletro-pagode, Eletro-Forró, Eletro-brega e músicas que deveriam ser boas como "Another Brick in the wall do Pink Floyd" mas que algum DJ filho da puta remixou rubiatabense deixando mais ou menos assim:

"We don't need no education
We don't need no...
We don't need no...
We don't need no...
We don't need no...
We don't need no...
We don't need no...
We don't need no...
We don't need no..."

Lazer

Único lugar do mundo onde luaus são realizados em salões, nessa cidade, ocorre anualmente o evento mais esperado do ano:

O show da Companhia do Calipso. Atualmente esse brilhante espetáculo de cultura e boa música já ocorreu três vezes, e espera-se uma quarta vez. Embora essa seja a principal, outras merdas bandas, como Pepé Moreno e Fulano & Siclano, já apareceram por lá.

Outro hobby dos habitantes de lá é comer as ninfomaníacas que perambulam por lá ao anoitecer. São poucas, mas promovem a diversão de muitos cidadãos rubiatabanos.

Os caipiras-pobres dos outros setores da cidade vão para o centro para lanchar, enquanto os caipiras-ricos vão para lugares mais distantes para não terem de comer com os caipiras-pobres.

Idioma

Quase nada se sabe do dialeto falado nessa cidade, são poucas as palavras inteligíveis, como o fato da palavra "rave" ser em Rubiataba significado na verdade para "baile funk com som automotivo".

v d e h
GOIÁS
Bandeira de Goiás.png