Rum

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
60px-Bouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Rum.
Cap barbossa.jpeg Este artigo é coisa de piratas! HARH!!

Se você vandalizar, Rum vai mandar você
andar na prancha!

Lancamentos-2008.jpg -Condenadme, no importa, la Desciclopédia me absolverá.

Este artigo es cubano e puede fumar charuto sem ser capitalista. Si usted sabes el aumentativo de Cuba, no respondas adelante, carajo!

Clique aqui para más cosas cubanas.

Graduação alcoólica mínima do rum

Cquote1.png Você quis dizer: Ruim Cquote2.png
Google sobre Rum
Cquote1.png Você quis dizer: Pum Cquote2.png
Google sobre Rum
Cquote1.png Já bebi, mas ainda não se compara com uma 51. Cquote2.png
Chuck Norris sobre rum e outras bebedeiras
Cquote1.png Se eu pudesse, beberia mais de 1000! Cquote2.png
Jeremias sobre qualquer bebida com álcool
Cquote1.png Sim o rum acabou!!! Cquote2.png
Elizabeth Swann sobre rum
Cquote1.png Mas porque acabar com o rum??? Cquote2.png
Jack Sparrow sobre rum
Cquote1.png Ú Cão foi quem butô pra nóis bebê! Cquote2.png
Jeremias sobre rum
Cquote1.png Você traiu o movimento dos alcoólicos anonimos, véio!!! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre rum
Cquote1.png Mi dá uma "Muntila" com coca logo, macho! Cquote2.png
Cearense sobre rum
Cquote1.png Se for feito de petróleo, então invadam Cuba!!! Cquote2.png
George W. Bush sobre rum
Cquote1.png Já bebi! Cquote2.png
Lula sobre rum
Cquote1.png Já comi! Cquote2.png
Carla Perez sobre rum
Cquote1.png Na União Sóvietica o rum bebe VOCÊ! Cquote2.png
Reversal Russa sobre rum
Cquote1.png Fifteen man with a Dead Man Chest Yo-ho-ho a bottle of rum! Cquote2.png
Pirata sobre rum

Rum mais utilizado no Brasil (foto tirada em um estúdio profissional)

O rum é uma típica bebida de machos, servindo para beber apenas em barcos, navios, caiaques, pranchas de surf, em cima da sua sogra (aquela barca) e em mais alguns lugares específicos.

O rum apresenta-se na forma líquida, gasosa, gel, colóide, sólida (o popular "rum de comer") além de baba de boi.

A Origem do Rum[editar]

Um típico copo pequeno de rum, tomado pelos piratas e pelos brasileiros

Tudo aconteceu na época do descobrimento do Brasil, em que Pedro Alvares Cabral, que bebia uma cachaça típica portuguesa que se estragava por causa da umidez do Navio, estava a procura de alguma bebida que possa sobreviver a todo tipo de navegação.

Durante algumas navegações dele, um grupo de piratas tentou roubar um dos seus navios, que pelo azar deles, estavam sem munições e com o grupo de Cabral armado até os dentes, logo prenderam aqueles piratas.

Cabral então vendo o navio em que os piratas estavam, havia armazenado um tipo de cachaça que parecia suportar o mar salgado e a humidez do navio, então Cabral fez um acordo com aqueles piratas, no qual não os enforcariam se eles revelassem o segredo de produzirem aquele tipo de cachaça.

Com isso, eles se tornaram servos da tripulação, enquanto o rum, chamado por eles mesmo foi se espalhado pela Europa toda, e logo depois na Ásia, onde uns chineses e uns coreanos roubaram os direitos autorais da criação do rum.

O rum hoje é fabricado em qualquer banheiro público ou onde haja um vaso sanitário, de preferência nos bares, onde os bebuns desaguam bastante o álcool não processado pelo fígado.

A Fórmula 1 do Rum[editar]

Os tipos mais comuns de rum: rum com sangue de pirata, rum com mijo e rum puro álcool combustível (69%)

Esse é um segredo que ficou escondido por muitos anos, devido a fórmula original conter toque especial que faz os consumidores de rum pararem de beber cachaça ou quaisquer outras bebidas para sempre se provassem a receita original.

O que seria essa especialidade? Logo abaixo está o jeito mais prático de criar o rum original:

Com a dificuldade de arrumar os ingredientes, o rum convencional que você bebe é feito de uma maneira bem mais simples:

Nos dois casos, a cana é fervida e o líquido destilado, depois daquele lado. Aí, junta-se tudo, engarrafa-se e os idiotas fregueses compram.

Atualidade[editar]

Hoje em dia, os médicos recomendam que se tome somente um copo de rum ao dia

Recentemente o rum passou a ser muito utilizado por nordestinos brasileiros, principalmente do Ceará.

Eles misturam o rum com qualquer coisa que eles veem pela frente, até com a sua mãe

Os locais onde o consumo é maior são as festas, bregas, forrós, risca-facas, rela-buchos, escorrega e lá vai um ou qualquer lugar onde tenha barulho ou algo em que se ouça algo alegadamente "música".

Shows de pagode e heavy metal atraem também os consumidores de rum.

O consumo do rum deixa todos os animais indivíduos mais alegres e apaixonados devido uma substância que o rum contém, mas que nenhum pesquisador conseguiu descobrir.

Suspeita-se que essa substância seja a mesma que deixa você livre, leve e solto, soltando a franga.

O infeliz pega qualquer porcaria que vê na frente inclusive sua mãe.

É comum também o consumo de rum em enterros de anão, comemorações de vitória da Seleção Argentina de Futebol sobre o Brasil, títulos internacionais de Muricy Ramalho e campeonatos de Rubens Barrichelo.

Principais misturas[editar]

Rum com manteiga, substititui o pãozinho do café do brasileiro

Por conter 151% mínimos de álcool, poucos seres humanos conseguem degustar esse nobre aperitivo.

Abaixo segue uma lista das principais misturas possíveis para um alguém comum ingerí-lo:

  • Com Dolly (qualquer sabor)
  • Com serragem
  • Com diarréia

Principais Tira-Gosto[editar]

Cuba-libre: mistura de rum com Coca-Cola. Deixa você mais tonto do que já é e estraga os dentes

Devida à corrosão fermentação que o rum faz no seu estômago, o apetite começa a aparecer abaixo segue uma lista das principais iguarias para acompanhar o rum:

Veja também[editar]