Ryo Akiyama

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Lara croft sexy.jpg Este artigo é sobre uma celebridade virtual feita de pixels e polígonos que vive de um lado pro outro aventurando-se dentro do nosso HD.

Portanto, não vandalize, seu n00b!

The-last-jedi-rey.jpg Este artigo trata de um protagonista

Ryo Akiyama ganha bem pra caramba para fazer o que faz!

E você está cansado de ouvir falar dele(a).

Goku Ferido.jpg
Winner 2.jpg Este artigo é sobre um(a) VENCEDOR(A)

Ganhar medalha de ouro é rotina, pô!

Veja outros campeões aqui.
Ryo Akiyama
Daidyaiyfyayfiaff.gif
Nome completo Ryo Akiyama
Local de
Nascimento
Japão Johto
Família Lance (pai), Clair (mãe), Ruki Makino
(esposa)
Digimons Monodramon (com o ZeedMillenniummon
no coro dele)
Profissão Rei dos Digimon
Hobbies Vencer a Ruki em jogos de cartas
e viajar para outros universos
Frases preferidas Cyberdramon meu filho, se controla
que cê tá muito estressado!

Cquote1.png Você quis dizer: O Lendário Domador Cquote2.png
Google sobre Ryo Akiyama
Cquote1.png Experimente também: 9º Digiescolhido Cquote2.png
Sugestão do Google para Ryo Akiyama
Cquote1.png Meu melhor amigo, pena que eu perdi a memória. Cquote2.png
Ken Ichijouji sobre Ryo Akiyama
Cquote1.png Eu deveria ser o seu parceiro, você era a nona criança escolhida, por isso me tornei um dos 4 Mestres das Trevas. Cquote2.png
Mugendramon
Cquote1.png Foda-se! Você e eu agora somos um só, inclusive tenho seu canhão em meu braço em minha forma final. Cquote2.png
Cyberdramon sobre citação acima
Cquote1.png Esse é meu garoto! O gosto por dragões é de familia Cquote2.png
Lance (Pokémon) sobre Ryo Akiyama
Cquote1.png Passa lá na minha casa! Cquote2.png
Takato sobre Ryo Akiyama
Cquote1.png Lindo, mas eu o odeio mesmo assim! Cquote2.png
Ruki Makino sobre seus sentimentos ao Ryo Akiyama
Cquote1.png Você apenas me odeia porque eu ter venci naquele torneio card digimon. Cquote2.png
Ryo sobre sua rivalidade com a Ruki
Cquote1.png Eu conheço esse cara! Cquote2.png
Taichi Yagami (V-Tamer) sobre Ryo Akiyama
Cquote1.png Eu não, apagaram minha memória no jogo dele! Cquote2.png
Tai Kamiya sobre Ryo Akiyama
Cquote1.png Rei dos Digimons de seu universo, assim como eu! Cquote2.png
Shoutmon sobre Ryo Akiyama

RyoSeason2.gif

Ryo Akiyama é um guri famoso do anime Digimon e que é o protagonista nos jogos de Wonderswan. Mas ele também apareceu em duas temporadas desse anime que só fala de monstrinhos digitais.

A Origem[editar]

Lance e Clair, os pais biológicos de Ryo que são viciados em dragões...
...isso explica um bocado, tais com a semelhança e o fato de ter dois dramons como parceiros.

Ryo Akiyama é um moleque que só os muitos fãs os Digimon sabem que ele tem uma mania de ficar viajando por Multiversos, já que o vilão ZeedMillenniummon, o deus das trevas que controla o tempo e o espaço, saia por ai viajando no tempo e passando por vários mundos paralelos e dimensões causando desastres e querendo fuder tudo e tocando o foda-se. Só que o que muitos fãs não sabem, é que Ryo não nasceu no Japão ou no mundo real, e sim em Blackthorn City, mais especificamente ele é filho biológico de Lance e Clair (a prima dele, safadinho esse cara), que treinavam Pokémon. Só que devido a um possivel futuro ataque do ZeedMillenniummon aquele universo, o deus Arceus então enviou o muleque pra outro universo para ele comprir sua missão de origem dada por ENIAC! Então Ryo foi transportado para o Japão, onde lá foi adotado por uma família bem mais estruturada. E a partir dai ele se tornar o 9º Digiescolhido, só que assim como a Kari Kamiya ele chega muito atrasado no Mundo Digital e o parceiro original dele igual a Tailmon ficou do lado dos vilões, com ódio por achar que tinha sido abandonado virou um dos 4 Mestres das Trevas que era o foderoso Mugendramon, só que ele é morto pelo WarGreymon do Tai nos finais do anime, só que antes dele morrer seus datos se fundiram com um Kimeramon selvagem e ele se tornou Millenniummon! Que capturou todos os 8 Digiescolhidos originais dando inicio a uma nova saga (só em videogames), então sobrou para o 9º Digiescolhido salvar o mundo (e futuramente todos os mundos).

História dele na série de jogos[editar]

Digimon Adventure – Anode & Cathode Tamer[editar]

Cquote1.png Vamos Agumon, precisamos resgatar seus amigos noobs capturados pelo novo vilão. Cquote2.png
Após salvar a Mimi, ela chupou a Palmon do Ryo como agradecimento.

Essa história começa no Japão no dia 31 de dezembro de 1999 e primeiramente, você pode ter um ano novo legal, mas nunca vai ser tão épico quando o do Ryo Akiyama! Que nessa época tava mexendo no computador do padrasto dele (já que o biológico é o Lance) conversando com a galera no MSN Messenger (não existia Skype nessa época, isso seria anacronismo!) sobre o que tinha acontecido em no mês de Agosto, e foi a treta entre Myotismon com a turminha do Tai Kamiya em Odaiba. Depois dai ele recebe um e-mail do Agumon em pessoa pedindo pra ele salvar o mundo já que o Tai e os outros foram capturados pelo novo vilão. Então Ryo recebe um Digivasco e vai pro digimundo. O muleque que achava que tava numa espécie de videogame, só demorou a perceber que aquela merda era de verdade mesmo quando um Kuwagamon selvagem ataca dele (bem feito). Ai depois ele encontra o velho Gennai que explica a ele como toda essa merda começou, o Mestre das Trevas Mugendramon ao ser destruído pelo WarGreymon se fundiu com o Kimeramon e virou o foderoso Millenniummon, que era a personificação do Bug do Milênio (eu te disse que o ano novo do Ryo era foda), só a existência dele já causa alterações no continuo espaço-tempo, por isso vários inimigos derrotados foram revividos que eram: Devimon, Etemon, Myotismon e Piedmon. Só que o Ryo fez amizade e contou com a ajuda de vários digimon além de aliados anteriores como Leomon (ele reviveu?!), Andromon, Piximon além dos parceiros dos outros digiescolhidos. Obviamente o bem venceu e Ryo e seus bichinhos mataram o Bug do Milênio e salvam Tai e os outros, o tempo volta a sua normalidade e por conta disso a memória das outras crianças e de seus bichos é apagada e o Ryo volta pra casa e comemora a virada do milênio com a família (melhor virada do ano 4ever).

Digimon Adventure 02: Tag Tamers[editar]

Antes do Davis, o Ryo já usava o Veemon dele em suas aventuras com o Ken.
A "batalha final" de Ryo contra seu parceiro renegado...
...Mas depois ele revive como MoonMilleniummon em outra saga (isso ai é fanart, eles são inimigos mortais!).

Nessa história o Ryo tava indo dá um rolé na casa do melhor amigo dele que era o Ken Ichijouji, chegando lá um Digivasco D-3 aparece no computador e o Veemon em pessoa (que na época ainda não conhecia o tapado do Davis) chamando o guri de novo pra acabar com um Diaboromon que havia sobrado depois do filme do Omegamon. O Ken foi junto também, mas ele ficou na Cidade do Começo e o Ryo com o Veemon vão atrás do Diaboromon e matam ele se dificuldade nenhuma, eles ficaram fazendo reações de WTF? por ter matado um Digimon na ultima fase rapidamente e percebem que alguém de errado não estava certo. No final, era tudo uma armadilha do Millenniummon pra atrair seu arqui-inimigo, que então cria uma explosão fudida que divide o Mundo Digital em duas partes. Enfim, Ryo se separa de Ken, Tai e Agumon viram pedra e o Gennai e o Piximon ficam inconscientes. Então os dois guris partem para uma missão arqueológica em busca dos digiovos onde nisso tudo Ken descobri que é um digiescolhido e parceiro do Wormmon (uma lagarta) e o Ryo monta o "Brasão do Milagre". Depois dai todos são transportados para uma realidade materializada na mente do Millenniumon que era um deserto, essa treta termina quando Veemon e Wormmon se fundem para virar Paildramon e depois mandar o vilão pro saco! Não me pergunte como um Digimon de nível inferior matou um de nível Mais de 8000 vezes mais foderoso. A história termina com o Ryo voltando pro mundo humano e o Ken fica doente devido a infeção das Sementes das Trevas e passa algumas semanas no Digimundo para se recuperar. A lagarta Wormmon manda e-mail pro Ryo falando que Ken ficou arrogante e a quando mais o tempo passava mais o tratava mal, já que ele estava virando o Imperador Digimon filho da puta supremo.

Digimon Adventure 02: D1-Tamers[editar]

Ryo após treinar seus digimons e levamos para enfrentar o chefão.
Não será tão simples assim derrotar um chefão que tem fama de Deus das Trevas.
Cquote1.png Ryo, se eu morrer, Tu também irás morrer! Agora vem voar comigo no Mundo do Tempo! MWAHAHAHAHAHA! Cquote2.png
Lembrando que toda essa saga fodastica só aconteceu porque o Ryo chegou atrasado no Digimundo pra pegar o parceiro dele.
O melhor amigo de Ryo passa para o Lado Negro da Força devido a sua ausência.

Mais uma saga que só aconteceu nos jogos, essa porra começou alguns depois que o Ken Ichijouji volta pro mundo humano (tudo isto antes do irmão dele que era o Osamu, ir pro saco!) e ele tava doente e de cama por causa das Sementes dos Deuses das Trevas. Nisso o Ryo vê uma doideira no PC e lá recebe um questionário pra responder, lá pedia para ele escolher um dos Quatro Bestas Sagrados que eram as fera-bits de Beyblade os digimons: Draciel Genbumon, Driger Baihumon, Dragoon Azulongmon Dranzer Zhuqiaomon. Ao escolher um deles, Ryo mais uma vez vai pro Digimundo. Lá o Gennai o introduz no Torneio Tenkaishi Budokai D-1, onde o guri deve derrotar vários oponentes para receber como companheiro a Besta Sagrado que ele escolheu. Os outros guris com digimons ficavam zoando o Ryo falando que não era possivel que ele tenha matado o Millenniummon só que eles perderam meio que a noção das coisas, já que depois o Piximon chama o Agumon, o Veemon e o Wormmon pra serem os parceiros do Ryo no torneio (si fuderam). A Besta Sagrada escolhida diz que as outras 3 bestas se corromperam (são umas bestas mesmo!) e que por isso ela organizou esse torneio para que o vencedor ajuda-se ela a vencer as outras 3 bestas. Nisso ele enfrenta a turminha do Tai no torneio, a Mimi inclusive pediu pro Ryo para sair com ela em um encontro após o torneio acabar (ah você dúvida, baixe o emulador e jogue o game então!). No fim Ryo vence o torneio, só que o Tai diz que esse torneio só foi feito para que o digiescolhido lendário treinasse e se tornasse mais forte (tudo era uma ilusão) para uma batalha que nem as Bestas Sagradas conseguiriam vencer! As quatro então citam que Ryo é o único com o poder de derrotar o Deus das Trevas, MoonMillenniummon. Então começa o porradau! Ryo é transportado para a ilha flutuante onde se encontrava o covil do vilão, na mente do moleque, aquela seria a batalha final (mas só na mente dele). MoonMillenniummon então diz que estava a sua espera, que tinha revivido da lixeira do desktop somente para enfrenta-lo de novo, que nenhum Digimon nem mais ninguém lhe era uma ameaça, nem as Quatro Bestas Sagradas, nem os outros Digiescolhidos, nem os Guerreiros Z, nem os Cavaleiros de Ouro, nem os Vingadores, nem a liga da Justiça, nem o The Fuckest Five (mentira, esse dai era ameça). Pois Ryo era diferente, alguém que conseguia tornar o impossível possivel! Ryo então derrota MoonMillenniummon, e o vilão então revela que eles representam o o equilíbrio entre luz e escuridão, que ambos não podem viver ser o outro e que se Ryo o destruísse, os dois morreriam! Então ambos são atirados para o fluxo do espaço e tempo. A partir daquele momento, Ryo Akiyama foi dado como morto no universo de Digimon Adventure e Ken se torna definitivamente o Imperador Digimon, perdendo completamente a sua memória.

Digimon Tamers: Brave Tamer[editar]

O Galactus do Digimundo então surge para enfrentar Ryo mais uma vez
Depois de três jogos, finalmente Ryo encontra seu parceiro Monodramon
Monodramon antes de se fundir com ZeedMillenniumon e se tornar um só e por um fim a essa saga.
Nessa mesma viajem ao passado, o ENIAC aproveitou para copiar o desing no herói e criar uma forma humana para o Senhor Gennai baseada em seus dados (foda!).

Após a explosão fudida que rolou na batalha contra MoonMillenniumon, Ryo é transportado ao passado enquanto o vilão vai para o futuro, nesse ultimo jogo o Ryo estava no passado primitivo do Mundo Digital. O herói ao acordar naquele lugar, não consegue lembrar de seu passado, então aparece um Monodramon na frente dele que o leva ate onde ficava o ENIAC. Chegando lá, o super computador revela que Ryo estava no lugar onde todos os universos paralelos existentes da franquia Digimon têm origem, e que ele tá sofrendo de amnésia devido às batalhas e tanto stress. Depois o ENIAC entrega Monodramon como seu parceiro (finalmente ele ganha um oficial!) pra ajuda-lo porque a porra era muito séria! Pois o deus das trevas que agora era ZeedMillenniumon se estabeleceu como um governante absoluto, e agora tenta destruir ENIAC! Poise se ele conseguir isso, será a destruição de todos os DigiMundos existentes e então ele manda logo o Ryo e seu bichinho kawaii tratarem logo de salvarem o Multiverso! O vilão mesmo tenho poder sobre o tempo-espaço não tava conseguindo viajar de volta ao passado pra fuder tudo, pois segundo ENIAC, a simples presença de Ryo no passado impedia que o ZeedMillenniumon entrasse (esse moleque não para de ser foda). Então ele foi obrigado a enviar seus capangas para o passado a fim de destruir Ryo, ele primeiro manda um Kuwagamon, mas ele é destruído por Ryo e seu novo bichinho. Ryo é então transportado para vários universos com a ajuda do ENIAC enquanto o deus das trevas não parava de enviar suas forças para destruir ENIAC, o vilão estava criando digimons artificialmente em dentro de cápsulas igualzinho aquele laboratório do filme Mewtwo Contra-Ataca. Só que o Ryo viajava para os universos e destruía todos eles sem dó nem piedade. Eles ate chegam a salvar Davis Motomiya e seu Veemon de um BlackWarGreymon (não aquele do anime, seu burro) que era capanga do ZeedMillenniumon, lá o Veemon revela que seu primeiro parceiro não era Davis e sim Ryo, o que causou uma puta inveja no guri. Então como criar digimons artificialmente não deu certo, o vilão então cria clones de alguns digiescolhidos como o Imperador Digimon, Tai Kamiya, Davis Motomiya e o gayzinho do Takato Matsuda. ENIAC diz para Ryo não deixar sentimentos pessoais atrapalharem na missão, já que Ken era seu melhor amigo, mas logo ele viu que era um clone então acabou com ele e todos os outros! Então depois de muita enrolação Ryo viaja para o futuro para destruir ZeedMillenniumon de uma vez por todas (amém), onde lá o vilão lembra que eles então presos pela eternidade a lutar em batalhas infinitas sem sentido através dos tempos, sem falar que ele só existe para satisfazer o desejo de vingança de Mugendramon, que era o parceiro original de Ryo. Só que ele agora tem o Monodramon e nada disso mais tinha sentido, então o dragãozinho kawaii percebe que aquilo nunca teria fim (sério?) e decide sacrificar a sua vida para salvar Ryo! Ele então tenta se fundir na marra com o ZeedMillenniumon, então ele morre e se torna um Digitama e renasce novamente com os dados o vilão fodão. Finalmente! Eu disse finalmente essa porra teve um fim, e Ryo se torna "O Lendário Digiescolhido" e se muda para o universo de Digimon Tamers! Onde lá é adotado vai jogar cartinhas com a Ruki Makino.

Para aqueles que ainda tem dúvida se Ryo é o lendário Digiescolhido.

Aparições nas Temporadas[editar]

Digimon Adventure: Our War Game![editar]

Ryo e Ken assustados com alguma coisa.

Nesse filme o Ryo estava vendo pornografia a luta entre Omegamon que seria a fusão do WarGreymon com o MetalGarurumon que colocaram os Brincos Potara e o Diaboromon que era um mafagafo enorme com pernas longas. Ryo ficou de boca aberta ao ver essa luta que ficou conhecida no mundo inteiro.

Digimon Zero Two[editar]

Olha, é verdade sim que o Ryo Akiyama apareceu no anime, mas sua aparição lá foi extremamente insignificante porque você só vai conseguir ver esse fodão em dois episódios da série! Isso mesmo, só dois episódios! Que são o episódio 23 e o episódio 43. Não, você não vai ver o Ryo fazendo uma aparição física nesse anime, porque ele só é visto nos dois flashback do Ken Ichijouji que estava fazendo um puta esforço para se lembrar do passado, já que ele já tinha deixado de ser o Imperador Digimon nessas partes só que ainda sim ele ainda sofria com amnésia. Enfim, o melhor amigo fodão do Ken só é visto em flashbacks andando com o Ken e o Wormmon pelo Digimon em uma questão de segundos (pause o anime pra você entrar o Ryo, porque é MUITO rápido as cenas).

Digimon Tamers[editar]

Eles formam um belo casal.
Ryo e o Cyberdramon, essa dupla é caveira!

Após a derrota de Millenniummon, Ryo e o seu amigo Cyberdramon retornam para a cidade que estava sendo atacada por um Megadramon que seria uma cobra voadora. Mas o Cyberdramon conseguiu dar conta do digimon fraco. Os dois resolveram parar para descansar e no meio do caminho eles encontram um guri chamado Takato que tinha o Guilmon como seu amigo, os dois acabaram fazendo amizade e decidiram comer. Depois da refeição, Ryo acabou conhecendo os amigos do Takato que eram a Ruki e o Henry. Mas o Ryo gostou mesmo foi da Ruki e o seu parceiro Cyberdramon deu uma olhada na Renamon. Estava tudo bem quando uma coisa rosa e bizarro chamado D-Reaper resolve destruir a cidade e o Ryo faz a técnica da fusão com o Cyberdramon para formar Justimon que acabou com o D-Reaper em poucos segundos. Depois disso tudo, Ryo decidiu ficar nessa dimensão por uma certa pessoa que chamou sua atenção.

Digimon Adventure V-Tamer 01[editar]

Sabe-se que em algum momento Ryo e Monodramon em suas viagens por vários universos no último jogo, acabaram parando no mundo do Taichi Yagami (V-Tamer) (o personagem que deu origem ao Tai) e seu amigo AeroVeedramon chamado Zeromaru. Onde lá eles lutaram contra um Vikemon que era capanga do arqui-inimigo do Taichi, o Daemon. Depois de ajudar o guri a vencer o inimigo, ele foi embora (já que o Daemon nem se compara com o arqui-inimigo do Ryo).