São Caetano (Pernambuco)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Ããããããã... La pergunta? Cquote2.png
Carlito Tevez sobre São Caetano de Pernambuco

São Caetano é um bairro distante e renegado de Caruaru, sendo considerados por alguns apenas uma miragem, porém o cheiro forte inconfundível de caatinga (não a vegetação, o cheiro de suvaqueira mesmo) torna a existência de São Caetano, infelizmente, muito real.

História[editar]

Rua mais agitada de São Caetano, onde é possível ver a população tentando evitar a fadiga (trabalhar, estudar, evoluir, etc)

São Caetano era uma isolada aldeia pernambucana de pé-rapados, antes desta ser morta na terrível batalha de Caruaru contra Campina Grande no séc. XIX. pela posse do melhor São João do Mundo. Em tal guerra muitos boys, cachaceiros, quengas e mundiças se mataram de cirrose, atropelamento de gente inocente e doenças venéreas em geral, vitimando São Caetano que estava no meio do caminho.

Antes a cidade era uma pacata barraquinha de cachorro-quente frio de um tio corno, que ao perceber que a disputa de Caruaru e Campina era grande, decidiu vender o que tinha de melhor em seus pãos com salsicha. Com isso veio o lucro, e com lucro veio putas, e com putas vieram filhos das putas, e com os filhos das putas uma cidade novinha como a de São Caetano. O coitado do vendedor de cachorro tinha agora mais de 15 filhos mesmo sendo virgem, mas mesmo assim ajudou a criar.

O povoamento desse lugar se deu quando os filhos desse vendedor de cachorro-quente, que ainda continuava a desconfiar que os filhos não eram seus, começaram a procriar feitos coelhos entre si como os melhores enredos de hentai com incesto, foi quando construíram o primeiro bordel (atual prefeitura), no momento em que a cidade de São Caetano foi atingida por uma bomba de gás querosene que Campina Grande ia jogar em Caruaru, precisamente na feira da Sulanca, mas devido a inteligência eficaz dos campinenses, a bomba explodiu em São Caetano, matando todo tipo de vegetação, deixando para trás nenhuma vida.

Com isso, na entrada do século XX, o Imperador Bob foi eleito e pôs em prática um reflorestamento gigantesco na cidade, de pés de maconha, coca, ópio e várias outras plantas nativas da região.

Clima[editar]

A cidade de São caetano tem o clima conhecido como "mormaço", que resulta em enchentes sazonais.

Economia[editar]

A economia de São Caetano é totalmente baseada em ir trabalhar como servente de alguma coisa em Caruaru. Internamente a economia baseia-se em esmolas, muambas, noz-de-cola, crack e cola de sapateiro.

Política[editar]

A política de São Caetano é similar a qualquer outra cidade do Brasil, ou seja, uma vagabundagem só. O prefeito é caracterizado por não pagar os adicionais noturnos aos pobres vigias da cidade, que passam a noite toda naquela merda de serviço para no final do mês receberem uma merda de salário minimo.

População[editar]

São Caetano tem apenas 36.000 habitantes, e destes 65% são hippies que vivem em tocas, buracos, covas, matas, cavernas e só saem à noite para caçar, pois, são vegetarianos. 55% são dragões que usam sombra, blush, dão chapinha no cabelo, fazem unha e saem durante o dia e à noite para assombrar viajantes e caminhoneiros taradoss. As mulheres bonitas são raras, tão raras, que só aparecem em 5% das casas devido à grande emigração para cidades vizinhas onde tem bons cabarés. As pessoas normais pacíficas e pacatas correspondem a apenas 0,01% da população total de São Caetano, e se concentram nos recantos mais raros do mundo e, com certeza não habitam esta cidade. Já os cornos compõe mais de 8000% da população total, e nem Pitágoras conseguiu elaborar um cálculo para quantificar a quantidade de cornos por metro quadrado.

Turismo[editar]

São Caetano tem vários pontos turísticos, dentre eles mulheres feias, pedras, mato, e uma rodoviária federal capenga por perto. Muitas pessoas visitam diariamente a cidade para nada passear pelas belas ruas desertas e de tecnologia incrível com direito a painéis de LED nas casas, e mais nada.

A cidade é permeada de belíssimos campos de trigo que são bonitas atrações pra quem passa por lá, já que atraem todo mundo da cidade, e outras coisas, como um campo de atiração de bolinhas de tinta, ou paintball para os burros, e uma pedra que lembra uma cadela (procriando, claro).

Além disso, outros pontos de interesse são a BR-232 e os acidentes do local, a Rodoviária Federal e a estranha fauna local, beber em boteco com o som do carro ligado porque não tem nenhuma casa de shows e visitar o cabaré da cidade.