São João do Oriente

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

São João do Oriente é uma cidadezinha minúscula em Minas Gerais. Como se é de esperar de uma cidade mineira ela tem bastante mato, caipiras e poeira. Justamente por isso, crianças vivem anos sem saber qual é a cor do asfalto, mesmo que tivesse asfalto decente na cidade...

História[editar]

Complexo habitacional do Canavial de São João do Oriente. Agora entendeu o que eu quis dizer com "não conhece a cor do asfalto"?

Antes de São João do Oriente existir, é bem óbvio que existia um povoado em Caratinga. Nesse povoado várias pessoas foram morar pois não tinham dado certo em Portugal, elas deviam achar que iam dar certo em um fim de mundo de escala inferior. Esse fim de mundo foi São João do Oriente e Minas Gerais.

Entre essas pessoas já haviam as anti-sociais que decidiram se isolar em um mato o mais distante o possível de Caratinga, esse povoado de pessoas anti-sociais se tornou São João do Oriente.

Quando um povoado é criado por pessoas anti-sociais elas não interagiam nunca, só para falar de livros e de dragões na europa. Logo se revelou que aquilo era a primeira civilização de Nerds em Minas Gerais. As poucas mulheres da cidadezinha foram usadas para a reprodução dos Nerds que estavam as usando para um propósito maior:

Cquote1.png Achar o reino dos dragões na BOLÍVIA! Cquote2.png
Nerd primitivo

Não durou muito para as mulheres reagirem e avisarem a guarda portuguesa de que havia uma tribo de loucos que acreditavam em dragões nos arredores.

O que restou foram outras pessoas mais pobres que vieram morar no município e se criar São João do Oriente. Pois o Oriente é de longe mais pobre e estranho que o Ocidente.

Cidade[editar]

Como toda cidade de Minas Gerais fica no meio do mato e sua entrada é por um lugar desconhecido já que nem rodovias estaduais passam pela cidade. A vizinhança de municípios/bairros também é esquisita mas é a base para a relação dos nativos de São João do Oriente já que se dependessem das mulheres locais iam acabar sem senso de humor ou vontade de viver, casados ao lado de uma mulher de bigode.

Se bem que os homens locais não são grande coisa para as mulheres também. Mas sempre há um pai trazendo um pobre coitado para ser noivo de seu monstro, digo, "filhinha querida". O que se pode afirmar que tem em São João do Oriente é um Posto de Gasolina, um hotel/churrascaria/prefeitura, um amontoado de casinhas e algumas fazendas que os caipiras não sabem onde ficam.

Eventos e outras atividades do município? Olhar a grama crescer é algo muito apreciado pelos nativos e já conta que é uma prática de fortalecimento próprio: se você aguentar olhar a grama crescer por um mês vai conseguir aturar merdas como o Restart.

Ver também[editar]