São João do Sul

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Ponte-HLuz.jpg Se quésh quésh, se non quésh, dish!

Este artigo é catarinense! Já entrou em coma alcoólico na Oktoberfest, sabe o que é boi-de-mamão, tem um poster do Guga e pensa que é alemão!

Venha para o lado barriga-verde da força você também!

Cquote1.png Puta que pariu! Cquote2.png
São João puto da vida por ver outras cidades copiarem o seu nome descaradamente

A mais bem conservada viatura policial de São João do Sul.

São João do Sul é um município brasileiro do estado de Santa Catarina como qualquer outra cidade aqui em SC, ou não.

Sua história

Em 1860, a região de São João do Sul já era ocupada por diversas famílias vagabundos que viviam da pesca e da mendigagem, mas foi a partir de 1900 que a cidade foi efetivamente colonizada, com a chegada das famílias alemãs Emerich e Lummertz e das famílias portuguesas Borba e Abel, onde então começou a surgir empregos decentes para toda essa gente que tava no fundo do poço graças ao antigo prefeito daquela jossa.

Esses imigrantes diversificaram a cultura de São João do Sul e iniciaram o desenvolvimento agrícola, nas plantações de milho, da mandioca, das frutas e até das drogas (onde se comercializavam em morros). Quando o distrito de Passo do Sertão (antigo nome daquele pedaço de terra) desligou-se de Sombrio, em dezembro de 1961, passou a se chamar São João do Sul, em homenagem ao padroeiro São João Batista, como as outras oito mil codades que cultuavam esse São João.

Uma descoberta interessante sobre São João do Sul

Com a descoberta de um grande lençol subterrâneo de água (e não lençol de dormir seus bando de noobs) em seu território, na década de 1970, a cidade passou a atrair visitantes de todo o País, para poder remover toda aquela água e vende-las por 5 reais por 20 litrões de caçacha água, muito consumida principalmente por nordestinos bebados.