São Joaquim de Bicas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: São Joaquim das Picas Cquote2.png
Google sobre São Joaquim de Bicas
Cquote1.png Você quis dizer: Inferno Cquote2.png
Google sobre São Joaquim de Bicas
Cquote1.png Você quis dizer: Filial do Iraque Cquote2.png
Google sobre São Joaquim de Bicas

A bandeira de São Joaquim de Bicas, uma mistura da bandeira da Noruega com a da Argélia e de Mônaco.

São Joaquim de Bicas é um município/cidade/fim de mundo que se localiza em Minas Gerais. Só pelo nome já dá para adivinhar a desgraça que a cidade é. A cidade é menor do que o tamanho do artigo dela na Wikipédia e é aquele tipo de cidade de quando você ouve o hino dela você tem vontade de enterrar a própria cabeça na terra vermelha, que encobre toda a superfície.

Fundação[editar]

Nunca deixou de pertencer a Belo Horizonte, portanto, mesmo após a sua fundação, os livros de geografia e história da região ainda reconhecem que São Joaquim de Bicas é uma parte de Belo Horizonte. Na verdade, a história da região nunca foi atualizada porque não ensinam nas escolas sobre a história dela e sobre a história dos municípios.

Mas, segundo os habitantes da cidade, a fundação ocorreu em 1995, quando as pessoas pensavam que Nostradamus era um velho maluco que conseguia prever o futuro e que a profecia dele que o fim do mundo aconteceria em 2000 estaria correta.

inspirados nesse fato e com a ajudinha de 50 biritas no bar do Zé, um grupo de fiéis que não tinha coragem de se suicidar, começam a fundar uma cidade, reunindo 2 reais e 50 centavos para pagar os documentos e fundar um município deles.

E desse jeito, a cidade era fundada. Os malucos moraram lá por 5 anos, até em 2000 o mundo não acabar e eles abandonarem a cidade. O MST tomou controle da cidade e ela apenas "decresceu" em termos econômicos.

Hino[editar]

O hino de São Joaquim de Bicas foi feito por uma banda de forró da região que quando soube da história da cidade, deixaram de fazer um show cover do Chiclete com Banana em Catas Altas da Noruega e foram fazer o hino de São Joaquim de Bicas. Mais tarde, um crítico de hinos de Minas Gerais falou que o hino de São Joaquim de Bicas era o que melhor representava a cidade e dessa maneira, 25 mil pessoas foram "morar" na cidade como prêmio.

P.S: As 25 mil pessoas são pessoas inventadas, é claro.

Base militar de São Joaquim de Bicas.

Vamos simbora
Prum bar
Beber, cair e levantar
(2x)
Beber, cair e levantar!
Beber, cair e levantar!
Beber, cair!
Beber, cair e levantar!
Cabra safado
Tá na zueira
Só gosta mesmo
É de mulher doideira
Mulher direita
só Riquelme quer
Fica estressado
E até briga com a mulher
Eu já quis me mudar pro meu amor
Mas a cachaça me pegou
E a farra agora
É meu lugar
(2x)
Se você quiser me acompanhar
Vou te convidar
Prá ir prá onde?
Bora! Bora!
Vamos simbora
Prum bar
Beber, cair e levantar
(2x)
Beber, cair, levantar!
Beber, cair, levantar!
Beber, cair, levantar!
Beber, cair, levantar!
Vamos simbora
Prum bar
Beber, cair, levantar
(2x)
Beber, cair e levantar!
Beber, cair!
Beber, cair!
Beber, cair!
Cabra safado
Tá na zueira
Só gosta mesmo
É de mulher doideira
Mulher direita
Marujo não quer
Fica zangado
E até briga com a mulher
Eu já quis me mudar pro meu amor
Mas a cachaça me pegou
E a farra agora
É meu lugar
(2x)
Se você quiser me acompanhar
Vou te convidar
Prá ir prá Juazeiro
Vem!
Vamos simbora
Prum bar
Beber, cair e levantar
(2x)
Beber, cair e levantar!
Beber, cair e levantar!
Beber, cair!
Beber, cair!
Beber, beber, cair!
Beber, cair e levantar!
Beber, cair e levantar!
Beber, cair!

Atualmente[editar]

A cidade vende bebidas para toda Minas Gerais, já que é a capital da caipirinha do Paraguai, fazem festas malucas em que tudo vale 1 centavo, inclusive as mulheres da cidade e as bebidas que produzem. Muitos marmanjos aparecem durante a festa para ver se faturam alguém... É claro, a bebida é tão vagabunda que não conseguem nem ficar bêbados e o número de pessoas que aparecem vem diminuindo ainda mais, quando não por acordarem pra vida e verem a bosta que fizeram mudando para esse buraco, morrem em decorrência da cirrose ou assassinados, desde 2002, quando a primeira garrucha 22 chegou à "cidade". O tempo foi passando e as taxas de homicídios foram aumentando, assim a "cidade" ganhou o glorioso tipo de município mais violento do estado, em 2014, com uma taxa de homicídios de 46,3 por 100000 habitantes, motivo de grande orgulho para a população, já que o glorioso índice é mais alto que o Iraque. Em 2015, está em terceiro, perdendo apenas para Betim e Esmeraldas, o que, pelo menos, classifica a "cidade" para a Libertadores da Violência.

Transporte[editar]

Atualmente o transporte é para o povo que vai trabalhar em Betim, Contagem e Belo Horizonte, é gerenciado por uma empresa de merda de Esmeraldas, que disponibiliza o conforto de esperar quase duas horas pela porra de um ônibus para Contagem ou Belo Horizonte, isso em dias de semana, com a bela desculpa de que não há passageiros para região, o que impossibilita que uma mosca se movimente dentro do ônibus só com os passageiros que entram no seu primeiro ponto.