São Lourenço da Mata

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Parece que a administração pública preocupou-se mais com o estádio do que com o resto da cidade Cquote2.png
Sãolourencense ao lado de um esgoto a céu aberto na fila do hospital sem pediatra

São Lorenço da Mata é uma cidade desconhecida feita de bosta no interior (fica bem no meio da Bunda /anus/cu) de Pernambuco, e por isso é feita de bosta. São Lourenço da mata ainda pensa que é uma cidade grande, talvez porque eles ainda pensam que estão na Copa de 2014.

História[editar]

A região foi habitada pela primeira vez em 1554 pelos portugueses, que ávidos pelo pau-brasil da região ignoraram toda a história dos tupinambás, deram uns espelhos e outras tranqueiras para que eles fossem embora dali para serem sublocados em alguma cabana da Funai. Rica em pau-brasil, grosso, vigoroso, enorme, os portugueses logo se amarraram na região e a exploraram até esfolar o último pau-brasil.

Em 1635 os holandeses invadiram a região, mas o ônibus de volta para a praia era tão caótico, lotado e oferecendo condições tão subumanas, que eles nunca mais voltaram para o local.

Só em 1909 foi considerado oficialmente uma cidade, passando a compor e integrar a Favelada dos Arredores do Recife, criada pelo IBGE para fins estatísticos.

Geografia[editar]

São Lourenço da Mata é considerada a capital do pau-brasil, porque a única coisa que se vê na cidade além de um estádio enorme e inútil é muita mata onde existe o famoso pau-brasil, conservado sobretudo na reserva ecológica de Tapacurá, remanescente de Mata Atlântica.

Política[editar]

Em meio a 2015 ainda não existe conexão de internet banda larga, talvez porque em São Lourenço só existe 2 prefeitos: Um paga de evangélico e o outro é um gordo com barriga de cerveja. Por algum motivo desconhecido, só quem ganha as eleições é a barriga de cerveja mas conhecido como Labanca.

Economia[editar]

Devido à ausência massiva de opções dignas de emprego em sua própria cidade a população inteira de São Lourenço da Mata tem que ir todo dia para Recife nos ônibus em péssimo estado de conservação completamente lotados, para poderem trabalhar e sustentarem seus 18 filhos.

População[editar]

Como quase toda cidadezinha brasileira, o povo é feio, resumidamente falando, e já passaram de 100.000 habitantes, afinal como uma boa favela de região metropolitana, São Lourenço da Mata é um bom lugar para você morar... se você for um usuário de crack ou estiver disposto a morar em uma invasão.

Bairros[editar]

A cidade é dividida em partes que são:

  • Cento
  • Parque (bairro planejado onde moram pessoas que se acham ricas)
  • Lixão
  • Muribara
  • Pixete
  • Canal a céu aberto
  • Nada
  • Penedo

Esportes[editar]

Arena Pernambuco. Acredita-se que São Lourenço da Mata fique por ali.

Quando construíram um mega-estádio padrão FIFA em São Lourenço da Mata (onde a seleção brasileira fez questão de jamais colocar os pés), São Lourenço da Mata passou a se achar uma megalópole. O estádio construído especificamente para a Copa do Mundo e somente para isso, recebeu seleções fortíssimas de renome internacional, como Costa do Marfim, Costa Rica, Croácia, e Costa Rica de novo.

O grande legado deixado pela arena foi um gigantesco elefante branco para minar os gastos públicos do município já capenga, uma elevação abusiva dos aluguéis na cidade por mais que tudo continuasse a mesma bosta e só o estádio de novo e uma caótica aglomeração de vendedores ambulantes ao longo de toda BR-408.

O estádio foi entregue ao Náutico, mas este, por nem sabe ronde fica São Lourenço da Mata, nunca vai jogar lá, e nas poucas vezes que foi, nunca se viu um estádio tão vazio, sem graça e sem alma.

Lazer[editar]

Basicamente não existe nada pra fazer além de bater punheta ou ir no Ypiranga (um lugarzinho que fede a merda que só se apresentam cantores de brega). Para passar o tempo você pode ir no Alto da Igreja, lugar onde tem o maior numero de maconheiros e crianças que pesam que sabem andar de skate.