São Luís

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Este artigo fala da capital da Sarneylândia, se procura outros significados consulte São Luís (desambiguação).


Município de Seu Luís
"A ilha mais abandonada do Brasil"
Bandeira de São Luís.png
Bandeira
Aniversário 8 de setembro
Fundação 8 de setembro de 1612
Gentílico ludovico
Lema Cidade de Tolos
Prefeito(a) Não disponível
Localização
Localização de Seu Luís
Estado link={{{3}}} Maranhão
Mesorregião Morte Maranhense
Microrregião Caos Urbano de São Luís
Municípios limítrofes Paço do Lumiar, São José de Ribamar, Raposa, Alcântara
Distância até a capital 2157Km quilômetros
Características geográficas
Área Não disponível
População Não disponível
Idioma maranhês
Densidade hab./km²
Altitude metros
Clima Não disponível
Fuso horário UTC
Indicadores
IDH
PIB R$
PIB per capita R$

Cquote1.png Você quis dizer: Sarneylândia Cquote2.png
Google sobre São Luís
Cquote1.png Você quis dizer: Jamaica Cquote2.png
Google sobre São Luís
Cquote1.png Absolutismo não! É amor mesmo! Cquote2.png
Roseana Sarney sobre São Luís e o Maranhão
Cquote1.png Vai lá pro fundo porra!!! Cquote2.png
Usuário do sistema de transporte coletivo de São Luís
Cquote1.png Vai lá pro meio caralho!!! Cquote2.png
Usuário do sistema de transporte coletivo de São Luís que está lá no fundo
Cquote1.png Minha ilha particular! Cquote2.png
Sarney sobre São Luís
Cquote1.png É um lugar lindo e ótimo pra se viver! Cquote2.png
Cascão da turma da Mônica sobre São Luís
Cquote1.png Na União Soviética, o guaraná Jesus bebe VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre São Luís
Cquote1.png Que vento perfeito! Cquote2.png
Turista sobre vento de São Luís
Cquote1.png Oh Shit! Cquote2.png
Americano sobre São Luís
Cquote1.png Aii, minha chapinha !! Cquote2.png
Patricinha ou Emo nativo de São Luís sobre Vento
Cquote1.png Na União Soviética, os senadores Maranhenses são roubados por VOCÊ!! Cquote2.png
senadores do Maranhão
Cquote1.png No No No Cquote2.png
Amy Winehouse sobre conhecer São Luís
Cquote1.png Eu tenho ispiriência! Cquote2.png
João Castelo sobre São Luís
Cquote1.png Pior que tá não fica! Cquote2.png
Tiririca sobre São Luís
Cquote1.png Ei, me dá um cigarro ai... Cquote2.png
Hippie drogado sobre São Luís
Cquote1.png É mais perto eu ir na Europa do que em são luís Cquote2.png
escritor Ferreira Gullar falando que não pisa tão cedo em São Luís
Cquote1.png São Luis, Ilha do Abandono. Cquote2.png
Adesivo de Carro sobre São Luis
Cquote1.png Visite São Luis... Antes que ela se acabe! Cquote2.png
Adesivo de Carro sobre São Luis

São Luís é a capital do estado do Maranhão. Por ser uma mistura de franceses, portugueses, árabes, holandeses, coreanos,chineses, maconheiros jamaicanos e africanos os habitantes da ilha nunca sabem ao certo se são filhos do padeiro ou do leiteiro devido a grandiosa suruba realizada pelos seus fundadores deixando todos ali pardos. Devido a essa suruba que ocorreu no dia da inauguração da cidade (você pensou que São Luís foi descoberta?!), a cidade passou a ser chamada de Atenas Maranhense, são tantas histórias cada uma mais cabeluda que a outra.

Porém todos que visitaram a cidade e conhecem as demais capitais brasileiras percebem rapidamente que São Luis é quase uma reserva dos Sarneys, uma cidade bela (depende do seu ponto de vista), porém atrasada politicamente e administrativamente. Disputa com Teresina o título de pior capital/mais atrasada do Brasil. Deus teve piedade do lugar e colocou praias em São Luís, tentando deixar a disputa mais acirrada, pois, caso contrário, São Luís perderia disparado.

A beleza da cidade é agredida pelo cheiro de xixi que exala nas ruas - Perdendo apenas para Belém - , já que seus moradores têm o hábito de fazer suas necessidades desnecessárias em todo poste ou pedra que exista no caminho, uma vez que banheiro público é algo inexistente na ilha.

Muitos prédios e casas mesmo em áreas de despreservação cultural têm suas fachadas pichadas, demonstrando todo o lado artístico com inspirações abertamente surrealistas de seus habitantes e total desconhecimento de bom estudo ou conhecimento turístico.

História

Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


A ilha de São Luís, primordialmente, era lar de uma tribo indígena chamada Upaon-Açu, índios que ali viviam pescando e andando seminus sem serem julgados, e ainda longe da pinga. Todavia, no início do século XVI os portugueses por ali chegam e cagam tudo. Apenas uma garrafa de 51 foi o bastante para dizimar a tribo inteira, hoje homenageada na festa do boi-bumbá.

Na época das capitanias hereditárias, a ilha de São Luís foi doada para Ana Jansen, a primeira imperatriz de uma longa linhagem imperial que ainda viria a assolar a cidade com uma monarquia absolutista que dura até hoje. Ana Jansen era conhecida por sua crueldade, característica esta que permanece até hoje aos donos atuais de São Luís.

No século XVII, São Luís teve anos bem conturbados, se hoje em dia já é uma cidade isolada que ninguém se importa, imagine então naquela época longínqua? Aproveitando-se desse fator de isolamento, em 1612, chegaram ali os franceses, que em seu tremendo mal gosto decidiu tornar São Luís a capital da suposta França Equinocial. Como São Luís era muito isolado, os franceses acabaram se perdendo e indo parar no Amapá, onde fundaram a sua Guiana.

Assim, em 1641 foi a vez dos neerlandeses chegarem. Seduzidos pela propaganda de que no Brasil só havia mulatas seminuas, prostituição infantil e putaria sem limites, trouxeram consigo também diversas mudas de haxixe, introduzindo essa cultura na região. Agressivos, os holandeses lançaram uma cortina de fumaça na cidade, espantando todos cidadãos de bem e de bons costumes, deixando ali apenas pessoas de má índole, corruptas, folgadas e drogadas, que dariam origem à estirpe do atual ludovicense médio. Os holandeses, todavia, malucos demais em sua noia, foram facilmente repelidos pelos portugueses, que retomaram São Luís.

Já como parte de um Brasil independente, nos séculos XIX e primeira metade do século XX São Luís experimentou o total abandono, e passivos como são, nem copiaram Belém onde houve a Cabanagem por causa disso, eles até gostam de serem esquecidos, dizem que isso traz paz e sossego. Somente após a construção da primeira ponte que a cidade foi integrada à civilização e oficializada como cidade brasileira em 1951.

Geografia

São Luís é conhecida por suas ladeiras, em especial no Centro Histórico. Por conta dessa peculiaridade um esporte muito praticado pelos luvovicences que andam de ônibus pelo centro é o chamado "pula-bunda". Tal esporte patrocinado pela prefeitura (que tem a preocupação de manter sempre as ladeiras esburacadas para aumentar ainda mais a emoção da brincadeira) é praticado em especial na ladeira que fica ao lado da Praça Maria Cabeção na beira-mar e tem atraído muitos turistas para o local.

Clima

São Luís recebeu o título de "Veneza Maranhense" devido à aparência das ruas após qualquer chuva rápida!!!

O clima de São Luis é igual ao do resto do estado, dividido em três estações bem definidas: Quente, Chuvoso e Mormaço. Resumindo, é quente e abafado. Muito imprevisível também, já que nunca se sabe quando irá chover. A cidade, por ironia do destino, é uma ilha (ou não), a beira do mar, fazendo com que a brisa marítima diminua o clima opressor quente que paira sobre a cidade. Mas comparado com o das cidades dos outros estados do Norte e Nordeste, é possível até sentir frio em São Luís.

A Brisa Marítima também é responsável por espalhar por parte da cidade o cheiro do perfume Channel n° 5 exalado pela Lagoa da Jansen, que curiosamente é área nobre da cidade, onde, fora as invasões, só moram os ricos e filhinhos de papai vindos de outros estados.

Economia

O povo se acha por causa de um tal de suco gaseificado de canela que tem uma gosto muito adocicado, chamado guaraná Jesus, que é considerado o "sonho cor de rosa", trata-se de um refrigerante doce com gosto de ploc tuti-frutti.

O atendimento na cidade também é característico: caras feias e resmungos, como se você estivesse pedindo um favor, acompanham o total desprezo por você, isso sem falar no provável dedo médio do atendente delicadamente apontado para você, caso você não compre com ele o que você fez ele procurar.

Política

Família Real Maranhense

A influência dos Sarney é quase onipresente em São Luís: para nascer, é na Maternidade Marly Sarney. Para morar, você tem as vilas: Sarney, Sarney Filho, Kiola (mãe de Sarney) ou Roseana Sarney. Para estudar, suas opções são as escolas Roseana Sarney, Sarney Neto, Fernanda Sarney, Roseana Sarney, Marly Sarney ou o próprio Sarney. Para pesquisar, pegue um táxi no posto Marly Sarney e vá à biblioteca José Sarney (que fica na maior faculdade particular, que, dizem as más línguas, também é do Sarney). Para ver notícias, tem o jornal Estado do Maranhão, que também é do Sarney, ou a televisão do Sarney. Para saber sobre contas públicas, vá ao Tribunal de Contas Roseana Sarney Murad. Para sair da cidade, atravesse a ponte José Sarney, pegue a Avenida José Sarney, vá para a rodoviária Kiola Sarney e então, depois de algumas horas nas estradas e rodoviárias "maravilhosas" do Maranhão, você chegará ao município José Sarney. É uma Sarneylândia pra lá de boa né mermo?

São Luís corresponde à capital do mais tradicional estado brasileiro de regime político monárquico, onde obviamente o poder é hereditário.

Politica de ponta (ponta de faca, de bala) onde quem manda é ninguém, são hipnotizadores profissionais que são candidatos em todas as eleições, pois o mesmo pai de família que votou no primeiro candidato de sua vida e que tomou no cu, faz com que sua descendência vote nos familiares daquele mesmo candidato, depois, fazem protesto nas ruas queimando pneus e paus, gritando que a coisa está feia, que não tem asfalto, esgoto, água encanada, saúde!

O local é livre para bandidos obterem diploma para exercer função de vereador, prefeito, deputado, senador e governador e até mesmo presidente! Pode-se colocar nome de políticos vivos em ruas, avenidas e prédios públicos, mesmo que a lei federal o proíba (LEI Nº 6.454, DE 24 DE OUTUBRO DE 1977.)

Quem puder se candidatar com a ficha mais suja, vence as eleições logo no primeiro turno. Quanto mais próximo o candidato de pessoas com má índole, mais recursos possui para vencer eleições.

A população agradece todas as eleições aos seus eleitos, doando seus corpos ao IML por falta de terem sido atendidos a tempo quando precisam de hospital público. À polícia, também agradecem quando são presos por engano e são mortos ou torturados por algo que não cometeram. E as escolas, claro, que dão uma excelente educação a este povo, que por qualquer coisa te mandam tomar no cu, ou que a tua mãe é uma puta!

Há um plano secreto de Destruição Total Nuclear de São Luís, para ser refeito o lugar, com novas pessoas, novos políticos, e novo planejamento urbano, em acordo com a Suíça, em face da corrupção que atinge um nível tão alto, que logo em breve, os juízes e políticos, terão as salas dos presídios para despachar também suas macumbas, pois nesta cidade, macumba é parte inseparável para poder ser candidato e político.

População

Trabalhador ludovicense em praça no centro da cidade.

Os ludovicenses, só soando menos estranho que "soteropolitano", tem uma arrogância característica aos povos do Japão, que, de tanto verem pintos pequenos, acham que os seus são grandes. Porém existe motivo para tanto, a Ilha de Upaon-açu (nome que, em Tupi-Guarani, significa Lugar de Bagaça ou Raparigal) é um paraíso na Terra desde que se exclua de seus territórios toda e qualquer coisa que tenha relação com a família Sarney, incluindo habitantes e a própria ilha. Essa característica se acentua com relação aos imigrantes e retirantes vindo do interior do Estado, possuidores de dura e grossa realidade em suas pobres localidades.

Viva a pinga, este lugar deve sua evolução à pinga, a pinga está no sangue da maioria esmagadora do Ludovicense!

Educação

Se quiser ver um pênis na rua, é só esperar um pedestre passar, que ele logo saca seu pequeno objeto das calças e rega muros em frente a feiras, escolas, hospitais, calçadas que várias pessoas passam, retratando assim toda a boa educação do povo ludovicense. Isto é comum, pois se fazem isto, é porque quem apenas vê e não reclama ou não quebra de pau um filha da puta deste, é porque gosta de ficar olhando os cachorrinhos ludovicenses urinar em público.

Saúde

Um dado interessante é que São Luís é recordista na amputação de pênis, destacando-se nacionalmente. Especialistas esclarecem que isso se deve à falta de higiene (de banho) e a mania de urinar como cachorro (levantando a perninha e banhando postes, arbustos ou cantos de parede). Especialistas acreditam que conforme as previsões quanto à evolução da espécie ludovicense em poucos anos os homens passarão de bípedes para quadrúpedes.

Farmácia em São Luís é igual shopping nas demais capitais do Brasil, vivem lotadas! São remédios e remédios que se compram a qualquer custo! Sem receita, sem medidas, sem nada! Os ludovicenses comem remédios como farinha!

Saneamento básico

Projeto "Reciclar São Luís" - Imagem da Rua Agostinho Torres, no bairro do João Paulo, um dos bairros de destaque no projeto

A cidade destaca-se por projetos pioneiros na área do saneamento e no quesito limpeza urbana tem tido grande repercussão um grandioso projeto em parceria entre prefeitura e estado para reciclagem da cidade, o projeto "Reciclar São Luís", o primeiro passo do projeto ja avança a passos largos em vários bairros da capital e tem contado com o apoio de empresas como a "Limpfel" e "Limpfraco", como também da própria população. Trata-se inicialmente de transformar São Luís num lixão, para posteriormente reciclar tudo, inclusive o ludovicence.

A Cimpanhia de Águas e Saneamento CAEMA (leia-se Sarney Company), aderiu ao desenvolvimento sustentável (dela), adotando uma política ecologicamente suspeita. Instalou adutoras metálicas nas raras regiões onde há fornecimento de água, pois assim esses canos se tornam biodegradáveis pela maresia e estouram a cada chuvisco que cai na cidade, resultando em manutenções sem data para terminar (leia-se falta d'água por vários dias). Fornecendo água dia sim, dia não, há um rodízio nos bairros mais centrais da ilha, sem nenhuma expectativa de fornecimento para as demais regiões da cidade. Como se trata de uma empresa democrática (contanto que não contrarie a monarquia vigente), cobra pelos serviços de água e esgotos de toda a população como se houvesse "água para todos", com faturas que dão a impressão de que sai água mineral das torneiras da cidade. Para quem não gosta de banho em ambiente quente e úmido, São Luis passa a ser uma opção de lazer e moradia.

Segurança

Quase todos são animalizados, onde em uma partida de futebol, os jogadores podem matar o juíz e esquartejar seu corpo e colocar sua cabeça em uma estaca (em 30 junho 2013 em Pio XII a 270km de Sao Luis-MA) e ninguém ser preso, pois não tem polícia!

São Luis tem um projeto de tornar funcionários públicos todos os presos, por isto o presídio será o novo Centro de Política Pura e Aplicada do Maranhão. Pois como roubar é se dar bem, matar e ser indenizado, viver como se fosse o dono de tudo e de todos, como se não houvesse leis, dominar sem ser dominado, e mandar a merda toda a população explorando na saúde, educação, segurança e eles ainda, o povo, todos se alegrarem!

Transportes

Nunca peça uma informação, pois se corre o risco de ficar mais perdido do que já está, tipo cego em tiroteio, pois nem eles sabem onde as coisas estão naquela cidade, cada rua têm de dois a três nomes, e cada um chama como quer. Sem falar no fato de que as ruas por lá seguem uma nomenclatura toda própria: A Rua do Sol é a que tem maior sombra; a Rua da Paz é a mais tumultuada; A rua da Alegria tem altos índices de assaltos. Sem falar nos Bairros da Liberdade, onde ninguém a tem, alem dos assaltantes e traficantes os demais vivem atrás das grades, já no Anjo da Guarda tem esse nome por você realmente precisar dele quando adentra neste bairro...

As ruas não possuem nomes ou tem vários, nem placas, nem números! Pois, como tem muito ladrão, gente ruim e safado, a Prefeitura permite se esconder, ruas quando tem nome, cada casa coloca uma placa com o nome que quiser, pode colocar por exemplo vários números iguais no imóvel, pois para o ladrão poder escolher e a polícia não acertar a casa que foi pedido socorro, e o habitante se foder.

Os ludovicenses são adeptos de usar chinela para andar de moto, de carro, de ônibus, de avião! Tem esgotinho correndo em todas as esquinas, você pode escolher em qual bosta ou urina quer se melar, ou lavar o seu carro! Bueiros não existem, e quando achados, estão sem tampa no meio da pista de rolamento, ou até mesmo quase meio metro abaixo do nível do asfalto (quando tem) pra fazer motorista, motociclista e ciclista, tomar no meio do cu com um acidente!

A ilha possui duas pontes ligando ao continente. No caso de queda ou avarias, a capital fica isolada do resto do estado (ocorreu pela última vez em 2005, sendo necessário 1 ano para terminar as obras). Neste período, a travessia é efetuada por canoas indígenas, ou por uma ponte ferroviária, por onde os ônibus e carros passam. Isso fez com que a ilha ficasse conhecida como "Ilha de Lost", cheia de mistérios, sendo o principal o desaparecimento de vários milhões de reais...

A cidade também oferece voos para toda a região Norte (com partidas diárias para o Acre) e para outros países como Suriname e Guiana Francesa do Aeroporto Internacional José Sarney, que recentemente passou por uma reforma e teve sua pista asfaltada.

Cultura

Ao visitar São Luís, melhor é não pedir informação pois com certeza ela será errada, porque o maranhense não gosta de ser gentil com quem ele não conhece.

São Luís possui ainda várias lendas, tendo como mais famosa a lenda da Serpente: conta-se que há uma serpente encantada no subterrâneo das ruas do centro da cidade pode ser encontrada nos túneis que passam pela Igreja da Sé e na Fonte do Ribeirão. Supostamente, quando a serpente acordar do seu sono profundo entrará no rabo de todos os que têm o sobrenome Sarney e Castelo e livrará o Maranhão do mal (mas não confie muito nessa serpente,afinal é só uma lenda).

E ainda há outra lenda muito difundida no folclore local que diz que num futuro haverá ali um super time de futebol, essa lenda fala que um time do Maranhão irá ganhar o Campeonato Brasileiro da Série A (ganhando todos os jogos), Libertadores e um Mundial interclubes em cima do Barcelona de 4 a 0 (mas como citado acima e só uma lenda então não dá pra acreditar).

Idioma

Em São Luís se fala um dialeto próprio, derivado do português analfabetês, denominado como "ludovicês". Abaixo um dicionário com as principais expressões e sua tradução para o português convencional:

  • Éééguuuaaas! - (expressão utilizada para espanto)
  • Ir para a radiola - ir para o show de reggae
  • Tu - Você
  • Ligeiro - Rápido
  • Traca - Tiara
  • Guaraná Jesus - Coca-Cola
  • Esparrar - Chamar atenção
  • Qualhira - Gay
  • Piqueno - Moleque, criança
  • Menino - Filho
  • Gabola - Convencido
  • Se amostrar - Apresentar-se de maneira convencida
  • Brocado - Fome
  • Rangar - Comer
  • Cumê - Jantar
  • Encabulado - Vergonha
  • Cabuloso - Estranho
  • Marocar - Espiar
  • Ralado - Chato
  • Aziar - Estragar uma festa
  • Canhenga - Mão-de-vaca
  • Arriliado - Agoniado
  • Galudo - Louco
  • Quenga - Prostituta
  • Suco da Caema - Água potável
  • Garrar - Pegar mulher
  • Baldiar - Vomitar
  • Estragar água - Tomar banho
  • Copiar da Globo - Criar ditados
  • Fazer zuada - Fazer barulho
  • Dar um balão - Passear
  • Japonesa - Havaianas
  • Pescar - Colar na prova
  • Gaziar - Matar aula
  • Grevista - Professor
  • Vá comer bosta - Vá se foder
  • Lombrado - Drogado

Inglês para maranhenses:

  • What a hell is that? = Que dia-bé-isso?
  • Are you crazy? = tu ta doida pikena?
  • I'm gonna kick your ass = Eu vou te dá-lhe!
  • He is sissy = Ele é qualhira!
  • I had fun yesterday = Quem se divertiu ontem FUI EU!
  • No way = nam mermã!
  • What a beautiful pussy = Tu viu o xiri dela?
  • I'm bored = Eu to aziado!
  • I didn't like it = Isso é ralado!
  • Do you have pot? = Tu tem xila ai cumpade?
  • Be careful, dude = rapá tu toma cuidado!
  • Are you making fun of me? = Tu ta mangando de mim?
  • She is a bitch = ela é uma quenga!
  • Of course = marrapá/mar minino
  • I'm mad at you = To injuriado contigo!
  • I'm gonna take a shower = Vô banhar!
  • That's unbelievable = égua doido!
  • I'll get back at you = destá…tu vai ver!
  • Can I have a soda? = Ei colega, me dá um guaraná jesus aí!
  • I couldn't go = mamãe não deixou eu ir.
  • Rolling stones = as pedras estão rolando.
  • Rock n'roll = as pedras estão rolando na radiola.
  • I live in downtown = eu moro no reviver.
  • Let's have a beer = vamo tomar um chopp!
  • Let's have a vodka = vamo tomar um chopp!
  • Let's have a champagne = vamo tomar um chopp!
  • Let's have a wine = Vamo tomar um chopp!
  • Let's drink? = Vamo tomar um grode?
  • Let's have a cheap beer? = Vamo tomar um chopp no tiozinho?
  • Have you gone there? = Tu foste la?
  • I like it = Tá bacana!
  • I'm starving = Tô brocado, vamo no souza?
  • She is spying me = ela ta me marocando!
  • You are very stingy = tu é muito canhenga!
  • I'm the next = O desafiado é meu!
  • I wasn't invited = Fui numa formatura ontem.
  • Are you afraid? = Ah tu gela???
  • This text is awesome! = caralho, que texto fudendo!

Esportes

Com um esporte completamente amador em todas modalidades imaginpaveis, São Luís possui apenas dois times de futebol (caindo aos pedaços) formados por desempregados, aposentados, ex-detentos e afins. Um pior que o outro, são os tradicionais Velocípede Club de São Luís e o Papagaio Corrêa Futebol Clube. Sem contar que tem também o Maranhão Patético Clube, mas só pelo nome, nem vale a pena comentar. Ambos os clubes serão os primeiros a inaugurar as séries X, Y e Z do Campeonato Brasileiro quando estas forem criadas, tamanha é a qualidade do futebol da capital maranhense.

A cidade possui dois estádios, o Castelão e o Nhozinho Santos, ambos grandes peças de museu, o estádio que mais parece um campo de pelada de fim de semana é o que ainda funciona que é o Nhozinho Santos, o qual a CBF condenou a não ter mais jogos, já o que é considerado um estádio de futebol é o Castelão que está parado a vários anos e que já foi gasto milhões de reais para a reforma (talvez ainda gastem mais do que isso) que nem congresso de testemunha de Jeová recebe mais, mais pelo o que as famílias reais Sarney e Castelo estão calculando, será reinaugurado talvez na Copa do Brasil de 2082, isso se já tiverem reformado e não pedirem mais dinheiro e tempo.

São Luís possui também possui uma piscina para prática de natação, que só um louco mergulharia, a piscina fica tanto tempo com a mesma água que nem mosquito da dengue tem coragem de depositar ovos ali, os nadadores que São Luís possuem preferência por nadar no Rio Anil ou no Rio das Bicas que pelo menos não há tanto dejetos como na piscina.

Já no automobilismo, São Luís tem uma grande pista de kart que por sua vez, dá pra competir 3 ou 4 kart isso em fila e sem utra-passagens, com pouco mais de 100 metros de extensão os pilotos dessas máquinas que sempre ficavam em último desistiram dessa modalidade e hoje em dia disputa o campeonato de arrancada em Paço do Lumiar (isso existe?!), cidade vizinha de São Luís.

Turismo

Lugar de São Luís onde foi filmado o filme Pokémon 2000, colocando-se ali as esferas dos pokémons lendários, eles se aquietam!!!

O Centro Histórico de São Luís é um dos mais famosos pontos turísticos da cidade, um local com um monte de prédios antigos, cheirando a xixi na maioria dos casos, interligados por pequenas escadas e becos, rodeadas por gringos, rockeiros, estudantes, mendigos, drogados, assaltantes, e pedintes, esses últimos (provenientes de Belém do Pará) com as mãos estendidas esperando a sua ajuda. Por conseguinte, eles cobram estacionamento no centro da cidade - que é cotado na bolsa de valores, encontrando-se ainda estável a 1 real/hora, (caso você não pague será assaltado ou levará pedrada no carro na hora de sair). Alguns já são bilíngues e aceitam cartões de crédito e de débito. Devido a essa peculiaridade inigualável no mundo, tal local foi inclusive considerado patrimônio mundial pela UNESCO.

A lagoa da Jansen é a maior fossa ao céu aberto do mundo. Possui bares e quadras de tênis (os maranhenses no meio-norte são os maiores praticantes de tênis, depois dos piauienses). Depois de uma pequena chuva (o chuvisco) a Lagoa exala um incrível aroma de perfume, o qual é espalhado por boa parte da ilha pelas brisas marítimas.

De cheiro parecido com a Lagoa Jansen há a praia do Olho d'Água, logo cedinho é possível encontrar belas formas de toletes de merda deixados do dia seguinte, ou trazidos pela maré, tanto tem de gente como de bichos.

A avenida Maestro João Nunes, também conhecida como Avenida Ana Jansen, liga o Bairro do São Francisco à Praia de Ponta d'Areia, margeia a Lagoa da Jansen e, para não fugir à regra local de 3 nomes para cada logradouro, alguns já a batizaram de "Avenida Peido Eterno" devido ao famoso aroma proveniente da lagoa.

Outra opção ao turista é passear nos bailes de Reggae da cidade, locais onde imensas caixas de som amontoadas tocam diuturnamente esse estilo musical. Destaca-se a qualidade das letras e das aparelhagens de som, montadas com a mais moderna tecnologia existente, talvez na África? Tenha cuidado e aprenda a se abaixar no momento exato dos tiroteios.

No mês de Junho, existem os "arraiás", locais onde destacam-se o Bumba-Meu-Boi. A dança nada mais é do que um maluco bêbado fantasiado de boi no centro de uma roda, cercado por uma galera batendo dois pedaços de paus, orquestras, índios e índias vindo das reservas indígena de Grajaú, todas semi-nuas (alegria dos marmanjos!), muita cachaça e (o índice de dedos das mãos machucados aumentam 500% nessa época do ano), uma bagunça danada, sendo que no final, somente os ludovicenses entendem o que aquilo significa, quer dizer, acho que nem eles entendem e se entendem não se sabe como explicar.