São Tomé (São Tomé e Príncipe)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

São Tomé é a capital do São Tomé e Príncipe[1], se é que existe uma coisa assim.

História[editar]

Os portos e embarcações de São Tomé são referências na África... ... O que não quer dizer muitas coisas...

Foi durante milênios um local habitado apenas por uma pacífica nação aborígene de smurfs, até o fatídico ano de 1485 quando chegaram ali os portugueses que durante o século XV saíram criando plantações de cana-de-açúcar em tudo quanto é ilha do mundo só para depois vender ao Reino Unido e depois comprar pelo dobro do preço torrões de açúcar industrializados em saquinhos dos mesmos ingleses...

São Tomé foi durante os séculos seguintes apenas um grande latifúndio no meio do Oceano Atlântico até a sonhada independência de São Tomé e Príncipe em 1975.

Atualmente é a sede do governo do país, onde mora o glorioso presidente da república Bob Esponja.

Economia[editar]

Cidade onde o povo depende da pesca, caça e coleta. Tudo gira em torno do grande porto que faz conexões com as outras ilhas porcarias do país e com a metrópole Lisboa.

São Tomé destaca-se nas exportações de cascalho, banana e cana-de-açúcar.

População[editar]

... Deve ter lá umas 97 pessoas, incluindo os ermitões.

Notas[editar]

  1. De acordo com a Wikipédia.


Flag-map São Tomé e Príncipe.png
São Tomé e Príncipe
HistóriaPolítica
Subdivisões
GeografiaEconomia
CulturaTurismo