Síria

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
الجمهوريّة العربيّة السّوريّة (blá blá blá)
República Safada Anti-Americana da Síria
República Árabe Síria
Bandeira de República Árabe Síria
Brasão de República Árabe Síria
Bandeira Brasão

Localização de República Árabe Síria

Capital Damasco
Cidade mais populosa Tamarindo
Religião oficial Islamismo de beco e cristianismo do pau-oco
Governo Democracia de duas chapas que se matam
 - Grão-Vizir Rei Supremo Bashar al-Assad
Heróis Nacionais Muhammad alguma coisa
Área  
 - Total 71,479.23432 km² km² 
 - Água (%) ? (existe isso?)
Analfabetismo 80 
População Um pouco menos que Cairo 
PIB per Capita 2.000 
IDH
Moeda Ver o Peso
Fuso horário ?
Clima Desértico do jeito que árabes gostam
Website governamental ??


Nudflameprincess.png Este artigo é queeeente!

Se quiser editar este artigo, entre numa geladeira, ligue o ar condicionado no máximo e beba uma coca-cola gelada. E não lute contra Cure Sunny!


Cquote1.png É mesmo!? Por que guerreamos mesmo? Nem lembro... Cquote2.png
Sírio sobre a recente morte de um libanês

Síria é um país do Oriente Médio que desde sempre se destrói junto a seus irmãos árabes em guerras infinitas por petróleo, Jerusalem e talvez por água também.

História[editar]

Antiguidade[editar]

Síria possui uma história muito antiga, dos primórdios da humanidade, foi aonde Adão e Eva foram parar depois que foram expulsos do Jardim do Éden (Mesopotâmia).

Desde então o povo naturalmente pecador da região começou a fazer merda atrás de merda, até ajudaram a matar Jesus 2.000 depois, e continuou numa guerra sem fim e sem sentido entre si e com os vizinhos.

Invasão árabe[editar]

No século VII os árabes descobrem o islamismo, e graças a isso surgia agora mais um pretexto para novas guerras. O povo sírio agradeceu.

A Síria ficou famosa por ter sido um posto avançado para a Inquisição Espanhola (vulgo cruzados) que espalhou os ideais de paz e amor de Jesus no Oriente Médio de forma eficiente matando todos mouros que encontrava.

Império Turco-Otomano[editar]

A Síria durante algum tempo até fez parte do Império Otomano, mas como esse período histórico só ocorreu coisas insignificantes ninguém sabe o que se passou na Síria nesse momento.

Independência[editar]

A desenvolvida Damasco, capital deste belo país.

No século XIX, quando Inglaterra e França conquistaram o mundo, o Oriente Médio foi porcamente dividido para gerar mais bagunça ainda quando os europeus se retirassem mais tarde.

Com o fim da Primeira Guerra Mundial e derrota dos turcos, o Acordo Sykes-Picot realizado secretamente entre Reino Unido e França estabeleceu que os europeus eram uns filha-da-puta fodelões e agora tinham todo domínio da Arábia inclusive da Síria. É claro que os árabes não gostaram nem um pouco disso, mas nem precisaram se esforçar para adquirir a independência, afinal Inglaterra e França acabaram tendo que ir se preocupar com a Segunda Guerra Mundial, e em 1946 a Síria adquire a independência.

Socialismo árabe[editar]

Devido a proximidade dos Estados Unidos com Israel, a Síria que sempre odiou esse estado israelense que foi criado do nada e ainda lhes roubou as Colinas de Golã, não viu outra alternativa a não ser aliar-se com a União Soviética. E foi assim que começaram a chegar as AK-47 no país, que posteriormente se tornariam símbolos.

Depois disso, uma guerra sem fim passa a ser travada com todos seus vizinhos.

Intervenções no Líbano[editar]

Para a Síria, o Líbano é apenas uma de suas províncias, e por isso os sírios não tiveram problema nenhum em se meterem na guerra civil do Líbano no início de 1991, e tiveram até apoio dos Estados Unidos por causa do apoio sírio na Guerra do Golfo que mandaram de graça pão sírio com tahine para os soldados americanos e aliados.

Fatos recentes[editar]

O antigo rei-xeque-xá-líder supremo Hafiz al-Assad morre em junho de 2000, sendo sucedido por seu filho Bashar al-Assad que institui uma nova lei que o presidente da Síria será aquele que tiver o pescoço mais comprido do país, conseguindo assim indiretamente criar uma monarquia absolutista ditatorial.

Com a onda de protestos populares que tomou os países árabes em 2010-2011 o governo sírio também foi alvo de protestos, mas nada que o exército não pudesse conter matando uns 100 manifestantes.

Geografia[editar]

A frondosa vegetação síria. É por esta terra que eles lutam tanto.

O país originalmente era uma merda de local, porém quando em 2002 conquistou uma faixa de litoral dizimando a população fenícia local e alguns libaneses também, conseguiu alguma terra para fazer algo de bom.

Existem tensões sobre a hegemonia das Colinas de Golã, uma região na fronteira com Israel o único local em todo oriente médio onde florescem rosas. A Síria e Israel mantém impasse sobre o controle da região até hoje.

Subdivisões[editar]


Política[editar]

Em uma região com cristãos e muçulmanos misturados, um querendo ser melhor que o outro, a democracia na região só pode acabar em merda, como sempre acontece. O país é governado por uma monarquia hereditária liderada pela família al-Assad.

Flag-map-Síria.png
Síria
HistóriaPolíticaSubdivisõesGeografia
EconomiaCulturaTurismo
Boratasiacentral.jpg
Ásia
v d e h

Países: Afeganistão | Arábia Saudita | Armênia | Azerbaijão | Bahrein | Bangladesh | Brunei | Butão | Camboja | Cazaquistão | China | Chipre | Coreia do Norte | Coreia do Sul | Egito | Emirados Árabes | Filipinas | Geórgia | Iêmen | Índia | Indonésia | Irã | Iraque | Israel | Japão | Jordânia | Kuwait | Laos | Líbano | Malásia | Maldivas | Mongólia | Myanmar | Nepal | Omã | Paquistão | Qatar | Quirguistão | Rússia | Singapura | Síria | Sri Lanka | Tadjiquistão | Tailândia | Timor-Leste | Turcomenistão | Turquia | Uzbequistão | Vietnã

Territórios: Abecásia | Caracalpaquistão | Caxemira | Chipre do Norte | Coreia | Curdistão | Estado Islâmico | Goa | Hong Kong | Ilhas Spratly | Macau | Manchúria | Ossétia do Sul | Palestina (Cisjordânia e Faixa de Gaza) | República de Artsakh | Taiwan | Território Britânico do Oceano Índico | Tibete