Sítio do Pica-Pau Marrom

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Galinhacaipira.jpg Enxada-1.png Esti artigu é caipira, sô!! Enxada-2.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!

250px-KONGS.png
Indy2.jpg
Sítio do Pica-Pau Amarelo gosta de aventurar-se!

Este artigo é sobre alguém que vive correndo pela selva, cidade, praia ou qualquer outro lugar fugindo de inimigos e perigos com a adrenalina a flor da pele.

Faça como ele e saia se balançando nos cipós!

  Sitio do Pica Pau Amarelo é um livro épico caipira produzido em Taubatexas.

Como Surgiu Essa Porra?[editar]

Sítio do Pica Pau ciano da velha geração (repare na falta de qualidade de imagem da época)

Numa bela manhã, um usuario de maconha foi açoitado por um sonho gay onde ele fazia sexo grupal com dois porcos, um saci pererê, uma velha, e uma boneca de pano. esse sonho se repetia toda noite e tinha o mesmo fim. Um sabugo de milho entrava pelo seu buraco anal, e ele acordava. Foi então que ele decidiu criar algo construtivo apartir de um pesadelo sexual secreto: um acampamento hippie, de sexo livre. E criou todos os pornograficos personagens que nos conhecemos. Dizem que o escritor era um sargento com tendencias homossexuais, porém com medo de ser punido pela corporação, escreveo o sitio do PICA PAU preto

Personagens[editar]

Emília flagrada enquanto chamava um ônibus

Narizinho: É uma menina muito sapeca que vive fazendo sexo com Pedrinho.Os dois vivem transando até não aguentar mais.

Emilia: É uma boneca de pano que a partir de um ritual satânico ganha vida e pretende matar todos enquanto dormem (boatos dizem que ela é sobrinha do chucky)

Pedrinho: É um menino que adora comer a narizinho,sempre os dois se trancam no quarto quando todos estão longe e por fora.( Já se sabe o que os dois fazem lá dentro...)

Saci Pererê: Muleque pretinho das historias da vovó. vive fumando maconha pelo sitio e fazendo merda.conhecido também como toddynho. Não sabe pra que veio, o porque está no mundo e mesmo se soubesse não iria contribuir, afinal ele é superior a cambada de idiota que com ele convive.

Dona Benta: É uma velha pedófila paraplégica que tenta desesperadamente fazer sexo. Era a mais antiga, na juventude foi loira do cabelo ruim, com forte sotaque do interior impede a pronuncia correta das palavras, por viver em cadeira de rodas, (pretexto para não se levantar)as pessoas iam até ela, numa sincera demostração de submissão, era Chefe do bando,dizem que nasceu no vale do Paraíba, sustenta um terrível sotaque de carioca, nada mais do que uma caipira, metida e metida pela besta. É louca pra transar com o Pedrinho, porém como ele não gosta muito de mulher, prefere jogos de Playstation, além do mais é pão duro(nada haver com pau)e não vai gastar jamais em motel.Conhecida também como pele de 'reboco de parede"

Tia Nastacia: Mãe de santo que fez um ritual e é imortal. veio pro Brasil num navio negreiro em 1560. Tinha um filho, a quem chamou de Ero, o Pai, sr Marislindo deu um segundo nome ao filho, que revoltando pelo nome, impublicável, fugiu para São Paulo. Atualmente ela é governadora de Minas Gerais.

Visconde de Sabugosa: Como o próprio nome diz, ele goza de mais.É uma espiga de milho com quem as pessoas conversam quando usam o pó de pilim-pimpim. Solteirão, boa vida, serve apenas para ser peso no mundo, nada faz sem perguntar antes e tomar a maior bronca do Pedrinho, como estudaram juntos dividiam o mesmo quarto. Ao contrário dos amigos, jamais se casou, prefere ver o sabugo entrar a assumir compromissos.

Tinky-Winky: é um ser estranho risonho que provavelmente faz sexo anal com seus amiguinhos.

Ver também, se quiser[editar]