S.T.A.R.S.

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de S.T.A.R.S)
Ir para: navegação, pesquisa
Tropadele.gif Este artigo é protegido pelo BOPE!

Este artigo é da Tropa de Elite e faz coisas que assustam o Satanás. É bom você não ser traficante, membro do CV, playboyzinho maconheiro ou da tropa dos corruptos, ou o 07 vai pegar a vassoura!

TimeBope.jpg
O impressionante,lindo e sofisticadíssimo logo da S.T.A.R.S. tem estrelas! Olha que original!


Cquote1.png Você quis dizer: SWAT Cquote2.png
Google sobre S.T.A.R.S.

Cquote1.png STAAAAAAAAAAAAAAAARSSSS! Cquote2.png
Nemesis sobre S.T.A.R.S.

Cquote1.png De novo não Cquote2.png
Jill sobre Nemesis

Cquote1.png Deixa que eu toco essa música Cquote2.png
Chris se axando o bonzão no piano

Cquote1.png Rebecca, toca pra mim? Cquote2.png
Chris segundos depois, nos dois sentidos

Cquote1.png Aff, deveriam ensinar música no quartel! Cquote2.png
Rebecca zuando Chris

Cquote1.png Já comi... Cquote2.png
Chris sobre Jill

Cquote1.png Eu também Cquote2.png
Barry sobre Jill

Cquote1.png Eu também Cquote2.png
Leon Franjinha Keneddy sobre Jill

Cquote1.png Já comi tambem. não contem para Rebbeca Cquote2.png
Glenn rhee sobre Jill

Cquote1.png Pera aí, você nem é da S.T.A.R.S, você nem conhece a Rebecca Cquote2.png
Alguém sobre Leon

Cquote1.png Buááááááááááááá Cquote2.png
Leon triste porque foi o único que não pegou a Jill

Cquote1.png Tenho medo Cquote2.png
Regina Duarte Brad sobre Qualquer coisa


Jill Valente jogando algo assutador e Chris com MEDA!

Serviço de Táticas Especiais e Resgate (Special Tatics And Rescue Services – S.T.A.R.S.), também conhecido não oficialmente como "Esquadrão de Táticas Especiais em Matar Zumbis pra Caralho" no Brasil. É uma unidade especial da série Resident Evil. Este grupo é uma sátira ao BOPE (que também existe no universo de RE, tendo Barry Nascimento com um ex-integrante). Os cinco personagens principais de Resident Evil 1 (Chris Campo Vermelho, Jill Coração Valente, Barry Nascimento, Rebecca Ninfeta Chambers, e Jhonny Bravo Wesker) eram todos membros dos S.T.A.R.S. Apenas onze dos doze integrantes apareceram no jogo original, já que a Capcom não tinha verba pra contratar mais um ator de segunda para interpretar e dublar os personagens. Eduardo Dewey, piloto do Bravo Team (Divisão raivosa da S.T.A.R.S.), foi mencionado no manual do jogo, mas não apareceu no jogo em questão. Por um longo tempo acreditou-se que a mão decepada achada por Zézinho na cena inicial de RE1 pertencia à Eduardo, mas algumas mudanças retroativas foram feitas para incluir o personagem em uma pequena participação em Resident Evil 0. Em Resident Evil 2 (estrelando a irmã safadinha e puta de Chris Redfield, Claire, e o policial EMO e novato Leon S. Kennedy), todos os integrantes dos S.T.A.R.S podem ser vistos em uma fotografia de uma surubinha em grupo no escritório deles no segundo andar da delegacia, menos Rebecca, que é preciso fazer um macete para ter acesso a uma foto pornografica de quando ela tinha 15 anos.

História[editar]

Nemesis e Brad brincando de casinha

A unidade S.T.A.R.S. foi criada em 1900 e lá vai cacetada, com o objetivo de combater a crescente taxa de tráfico de drogas na favela da Rocinha onde a "polícia convencional" não seria o suficientemente efetiva. A equipe foi formada como parte da campanha do Prefeito Antônio Garotinho: "Um novo século 21 para Raccon de Janeiro City", campanha patrocinada pela Umbrella Ela Ela Ela E E E E E E Corporation. A equipe consistia de membros do Judiciário e Militar que se especializaram em vários campos. Ela englobava 12 integrantes divididos em 2 equipes: Alfalfa (Oficial Comandante: Jhonny Bravo Wesker) e Bravo (Oficial Comandante: Henrique Marina). Dois anos após sua criação, os S.T.A.R.S. foram encarregados de investigar uma série de homicídios canibais cometidos por zumbis, ocorridos nas Montanhas Arklay nos arredores da cidade. O Bravo foi enviado no dia 23 de julho de 1998. Porém, o contato com o Bravo foi perdido e, no dia seguinte, o Alfalfa foi enviado para prosseguir com a operação e encontrar o Bravo. Sua ronda no local os enviou a uma mansão isolada (que escondia um laboratório clandestino de criação de maconha, brinquedos eróticos, armas biológicas e seres que comiam carne humana, entre outras coisas), onde várias criaturas (incluindo os colombianos moradores da mansão) foram transformadas em mortos-vivos como resultado de muito cheiramento de gatinhos uma epidemia viral. Os membros do Alfalfa também acharam os restos de seus companheiros do Bravo, além de outros gemendo de dor (com exceção de Rebecca Putinha Chambers, que sobreviveu e escapou junto com o Alfalfa, isso é, se você conseguir o melhor final, seu Noob). Foi revelado que os experimentos na mansão foram conduzidos pela Corporação Under my Umbrella ela ela ela e que o líder do S.T.A.R.S., Jhonny Topete Wesker, era um agente duplo trabalhando para a empresa. Wesker planejou a morte de seus escravos subordinados para coletar dados para a pesquisa de Armas Bio-Orgânicas (Bio-Organic Weapons - B.O.W.) da Umbrella ela ela. A equipe conseguiu frustrar os planos de Wesker (e da Umbrella ela ela) destruindo o protótipo T-002 Tyrant Mãozona Esquisita. Apenas os integrantes do Alfalfa, Jill Ligeirinha Vallentine, Chris Redfield, Barry Zangief Burton e Brad Coração de Galinha Vickers (piloto do Alfalfa, que inicialmente abandonou a equipe, mas depois voltou), junto com a sobrevivente do Bravo, Rebecca Novinha Chambers, conseguiram escapar vivos (Wesker também não morreu, spoil: pois ele é um Cyborg ). Após retornarem para a cidade, os S.T.A.R.S. foram novamente chamados para o Rio de Janeiro requisitaram uma investigação completa de todas as atividades da Umbrella ela ela. Porém, muitos, até os seus outros companheiros policiais (os que não subiam ninguém, ficavam quetinhos ai!), acharam sua história muito maconhadas fantasiosa e o delegado, o necrófilo Brian Irons (que estava secretamente trabalhando para a Umbrella) afastou a equipe, substituindo a unidade pela recém formada Start Police Force (S.P.F.). Kevin Ryman e seu primo, o recruta Leon Franjinha Kennedy, eram membros dessa equipe. Os S.T.A.R.S. se uniram e participaram de operações Anti-Umbrella ela ela pelo globo, com exceção de Brad Vickers, o medrosinho que se recusou a participar e foi morto por Nemesis quando a epidemia alcançou Raccoon City.

Membros[editar]

A Glooriosa Alpha Team

A S.T.A.R.S., mais carinhosamente conhecida por Estrelinha é formada por duas equipes diferentes, Alfalfa e Bravo, num total de 12 membros (Eu sei que eu já disse isso, ok?). Cada equipe é organizada baseando-se na formação de um esquadrão tático, com cinco agentes de campo e um medroso que só serve de piloto, isso quando não foge do local. Os agentes são designados para as seguintes posições: Mission Leader (Manda Chuva), Pointman (Tonto que vai na Frente), Backup Man (Tonto que vai junto), Omni Man (Mecânico e Eletricista) e Rear Security (Emfermeiro Poliglota). Cada membro é designado para uma dessas posições, com um Rear Security adicional responsável por fugir com o helicóptero de transporte na hora do aperto, deixando todo mundo pra trás. Com o fato de que apenas um membro do Bravo sobreviveu, enquanto que apenas um membro do Alfalfa morreu, pode-se dizer que a maioria dos integrantes mais experientes da S.T.A.R.S. pertenciam ao Alpha, a unidade S.T.A.R.S. primária, e que o Bravo era composto pelo time reserva. Porém, é aceito por algumas fontes que Chris e Forest Gump o contador de histórias eram habilmente iguais, por isso pode ter sido o cansaço que vulnerabilizou o Bravo. As únicas baixas do Alpha foram Brad Medrosinha Vickers (morto após a operação na mansão) e Joseph Azarado Frost (que fora recém promovido do Bravo, semanas antes da operação na mansão). É interessante notar que a S.T.A.R.S., mesmo sendo uma unidade tática, não requer que seus recrutas tenham experiência em combate. Muitas outras agências iriam exigir que candidatos os servissem à corporação há pelo menos dois anos e passassem por rigorosos testes de aptidão. Mas isso é um video-game, porra. Chris Redfield e Jill Valentine foram recrutados com apenas treinamento militar (Força Aérea e Delta Force, respectivamente), enquanto que Rebecca Chambers não tinha nenhuma experiência em combate ou defesa pessoal.

Cquote1.png Mas era uma gatinha Cquote2.png
Jhonny Bravo Wesker sobre Rebecca

Wesker.jpg
Idade: 38 anos

Altura: 1,83 m Peso: 84 kg Tipo sanguíneo: O

O líder do Alfalfa Team, e sósia do Jhonny Bravo nas horas vagas, sempre trajando seus óculos escuros, é um homem misterioso e contido. Por trás desta face, entretanto, esconde-se alguém frio, calculista e malvadinho, que não mede esforços para atingir seus objetivos, faz qualquer coisa, qualquer coisa mesmo, mesmo que estes não sejam os mesmos que os do restante da equipe.


Chrisresident.jpg
Idade: 25 anos

Altura: 1,80 m Peso: 80 kg Tipo sanguíneo: O

Um dos membros do Alpha Team e protagonista da trama. Já pertenceu a força-aérea americana, mas picou a mula do ramo e foi recrutado por Barry Burton para se unir aos S.T.A.R.S. De personalidade marcante, Chris tem menos slots no inventário, mas compensa essa desvantagem por ser mais resistente aos ataques dos inimigos. Traduzindo: Se você é Noob, não jogue com ele...


Barryburtonresident.JPG
Idade: 38 anos

Altura: 1,83 m Peso: 89 kg Tipo sanguíneo: A

Ex-membro da BOPE, é o especialista em armas do Alpha Team. Sua lealdade à família é ao mesmo tempo sua maior qualidade e defeito, já que ele é capaz de tudo para proteger sua mulher e filhas. Ainda assim, é um homem confiável e um recurso valioso em uma missão como esta.


Jillvalenteoficial.JPG
Idade: 23 anos

Altura: 1,65 m Peso: 50 kg Tipo sanguíne o: B

Segundona da história, Jill é a especialista em mecânica do Alpha Team, ja quem os homens de lá não manjam porra nenhuma. Inteligente, batalhadora e gostosa, compensa sua vitalidade baixa com mais espaço no inventário e um lockpick, utensílio que é dado a ela por Barry logo no início do game que serve para arrombar algumas fechaduras na mansão.


Rebeca.JPG
Idade: 18 anos

Altura: 1,60 m Peso: 42 kg Tipo sanguíneo: AB

O mais jovem membro do esquadrão faz parte do Bravo Team. A ninfeta e especialista em primeiros socorros, de somente 18 aninhos, está em sua primeira missão e, sendo assim, a inexperiência é sua principal desvantagem. Adora brincar de Médico com Chris e as vezes com Jill também.


Bradmeda.JPG
Idade: 35 anos

Altura: 1,72 m Peso: 60 kg Tipo sanguíneo: O

O piloto do Alfalfa Team foge dos cachorrinhos lindos carnívoros logo nos primeiros minutos de game, abandonando seus companheiros de esquadrão à própria sorte. Brad se arrepende logo depois, e fica o tempo todo sobrevoando a mansão, tentando resgatar seus amigos, morrendo de medo de Barry lhe dar um chute na busanfa.

Equipamento[editar]

Armamento[editar]

A famosa Beretta, porcaria que te acompanha em qualquer Resident Evil
  • Beretta: A pistola podrona é uma versão exclusiva da Beretta 92F conhecida como M92FS S.T.A.R.S. Special ou Samurai Edge. Elas foram construidas por Joe Kendo, que é americano mesmo com esse nome tosco de lutador de karate, irmão do dono da Kend's Gunshop, Robert Kendo (amigo íntimo de Barry Burton, uii). Um modelo da "nova" Beretta foi distribuído entre os membros da S.T.A.R.S., incluindo também versões personalizadas para Chris, Jill e Barry. A de Chris tinha um espelho pra ele pentear o cabelo, a de Jill era cor de rosa e a de Barry foi modificada para disparar munição .40 S&W com capacidade de explosão para estraçalhar os comedores de carne humana, em vez da munição 9mm. Arma presente em todos os games da série, é a mais bostinha e provavelmente a que mais será utilizada durante o jogo, devido principalmente à abundância de munição. Ótima contra grupos pequenos de zumbis e cachorrinhos fofinhos que querem comer o seu cérebro, os famosos Cerberus; deve ser deixada de lado quando a batalha for contra Hunters (Os do resident evil sim são perigosos, não os confunda com os bostinhas que lançam flecha pelo rabo de Tibia) ou outros inimigos mais fortes. Suporta 15 tiros por vez. Em Resident Evil Director's Cut, a Beretta é diferente e capaz de executar critical hits.
Shotagum, a famosa punheteira
  • Shotgun: A famosa punheteira. Arma boa contra qualquer tipo de monstro, desde os mais fracos até os mais filhos da puta. Você encontra uma quantidade razoável de munição durante o game e deve utilizá-la principalmente contra muitos zumbis (matando-os de uma só vez), Hunters ou Chimeras. Deveria. Depois de estiurar os miolos de um comedor decérebro com uma dessas você vai querer jogar a beretta fora. Sete tiros são carregados por vez. Na verdade nenhum integrante do Alfalfa Team tem uma, apenas roubam do corpo todo desgraçado de algum membro do Bravo Team.
38 Mano!
  • Colt Phyton:É boa essa Colt Piton heim, ô Batista. A Arma mais fudida dos S.T.A.R.S., com ela você arromba qualquer zumbi, mafagafo, ganado, africanos famintos etc. Só perde mesmo para a Rocket Launcher.
Disparadora de Vibradores
  • Rocket Launcher: A melhor arma do jogo e advinha com quem ela fica? Isso com o bosta do Brad Vickers. Engraçado como em Resident Evil 3 ele morre para o Nemesis, aonde diabos ele enfiou a bazuca? A arma só dá 4 tiros, que não são balas nem explosivos, mas 4 vibradores gigantes. Agora eu sei por que a arma fica com o Brad.




Uniforme[editar]

Pijamas e Coletes pra todo mundo

Cada membro da unidade veste um pijama com o símbolo dos S.T.A.R.S. na manga esquerda e um colete Kevlar de acordo com as especialidades de cada um, vício adquirido depois de muitas horas de Counter Strike na lan house da esquina. Por exemplo, o colete de Chris possuia um estojo para facas para descascar maçãs, enquanto que o de Rebecca destacava uma cruz vermelha nas costas (símbolo internacional de assistência médica incentivo a pedofilia). A cada membro é permitido escolher a cor de seu uniforme. Um protótipo mais prático também foi criado, consistindo de uma camisa oliva e um colete preto com o logo S.T.A.R.S. nas costas, mas esta roupa nunca foi adotada em uma operação devido a morte das equipes de Raccoon City. Mesmo assim, Chris vestiu o único protótipo conhecido quando foi resgatar sua irmã burra, Claire, quando ela foi pesquisar por mafagafos nas Ilhas Rockfort (RE: Code Verônica).

Filmadoras[editar]

Exemplo do que Wesker costuma fotografar

Barry e Wesker tinham cada um, uma filmadora em seus ombros para gravar dados de combate surubinhas com a Rebecca. Tecnicamente, esses dispositivos eram usados para gravar e "transmitir informações estratégicas para o Comando", isso era o que Wesker queria que os outros pensassem, embora não soubesse que outros agentes de campo estavam também dando uma pegadinha na Rebecca, e Wesker certamente não desejava que as informações ligando ele à nova recruta fossem levadas a público.

Fora dos Videogames[editar]

Jill aparecendo em qualquer porcaria pra ganhar uma graninha

As adaptações de Resident Evil para os mangás Hentai, escritos por S.D. Porra mostraram uma pequena diferença histórica em relação a criação dessa unidade. A S.T.A.R.S. é retratada como sendo uma organização muito maior e mais antiga treinada para combater satanistas from hell (tendo sido fundada em 1968 em New York), ao contrário da unidade criada em 1996 pela liderança política de Raccoon de Janeiro City, Major Michael Warren, na história original. A história dos S.T.A.R.S. criada por S. D. Porra mantêm que a unidade de Raccoon City (na Cracolândia) é apenas uma das muitas unidades S.T.A.R.S. estabelecidas dentro dos EUA, com outra unidade estabelecida na cidede de Exeter, no Maine, como vista nos livros originais de Resident Evil.

Jill Valentine aparece toda gostosa no filme resident Evil:Apocalypse junto com outros membros criados especificamente para o mesmo. A unidade S.T.A.R.S. era também muito maior no filme (e os peitos da Jill idem), com pelo menos 30 oficiais armados com várias armas de assalto, indo da típica submetralhadora Heckler & Koch MP5 e o rifle de assalto M4, até outras armas raramente vistas em agências americanas como Jumbos 767 utilizados por Osama Bin Laden



Ver Também[editar]