SAAB

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Saab)
Ir para: navegação, pesquisa
Swedish bikini.jpg
STOR SVENSK KUNGARIKE!!

Este artigo é sueco! Ele foi embalado pela Tetra Pak, dirige um Volvo e tem um Ericsson. O autor provavelmente é um loiro holmiano que financia a Fundação Nobel.

Alguém quer pyttipanna com mostarda?


SAAB faliu!
Graficozero.JPG
Cows1.jpg

Nem a tua mãe paga suas dívidas!

Clique aqui pra ver quem mais ficou no vermelho

Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: SAAB.

Cquote1.pngVocê quis dizer: ScaniaCquote2.png
Google sobre SAAB
Cquote1.pngVocê quis dizer: ABBACquote2.png
Google sobre SAAB
Cquote1.png Que porra é essa? Cquote2.png
Kyle Broflovski sobre SAAB

A Saab (sigla para o sueco Svenska Aeroplan AktieBolaget sei lá o que significa traduzido) é uma empresa sueca de aviões, e mais tarde, que começou a fabricar carros. Controla também a Scania, marca de caminhões.

Um SAAB sendo estuprado por um alce.

Tabela de conteúdo

[editar] História

A Saab planejando um atentado terrorista com seus misseís.

Fabricava aviões caça, e mais tarde, na década de 1940, no fim da Segunda Guerra Mundial, começou a querer diversificar seus negócios e começou a produzir automóveis. A SAAB poderia ajudar muito a Suécia na Segunda Guerra Mundial com seus poderosos e modernos caças, mas teve o azar de ser criada justo num país neutro e que por ser certinho demais não se envolve em guerras.
A Saab vendia seus aviões pra outros países também. Seus caças são considerados os mais modernos, e mais caros consequentemente. Com os caminhões, a Scania também fabrica os melhores, mas que são quase inviáveis. Com os carros, isso é diferente, são caros pra cacete também, mas a qualidade é péssima, sabe-se lá o porquê de custarem tão caro malditos suecos gananciosos.
No setor automobilístico (ou "carroçístico" no caso), a Saab sempre teve uma tradição de batizar seus automóveis e caminhões com nomes dos projetos de seus aviões. O primeiro carro feito pela Saab se chamou 92, e foi produzido a partir de 1945. Tinha 25 cavalos e velocidade máxima de 100 quilômetros por hora , o mais rápido Saab já produzido.

Um Saab 9-5.

[editar] Automóveis

Seria esse o Saab 9-5 SportCombi?

A Saab produz atualmente apenas 3 modelos (excluindo suas variações): o 9-3, o 9-5 e o 9-7X. O 9-3 é da linha de entrada da marca, um carro compacto, e que divide a plataforma com o Chevrolet Malibu (só de dividir com um Chevrolet, já é mau sinal). Ele concorre com modelos como o Volvo S40 e Audi A4, mas consegue ser mais vagabundo e mais caro. O 9-5 é da linha intermediária, com tamanho de BMW Série 5, mas mesmo assim, bem inferior. Pelo menos é mais barato para compensar. Já o 9-7X, cuja sigla X vem de sexo significa que ele é um SUV. Ele sairá de linha esse ano, pois sua plataforma, dividida com o Chevrolet TrailBlazer, é muito antiquada.
Os modelos 9-3 e 9-5 tem as versões SportCombi e Aero. O SportCombi se trata da versão station-wagon - pra você que não entende nada de carro, é o vulgo perua, comparando-se à Palio Weekend e Parati - desses modelos, enquanto os Aeros são a versão esportiva. No 9-3, há ainda a versão cabriolet, que é a conversível.

[editar] Futuros modelos

Um Saab comendo merda.

Em 2011 (se conseguir sobreviver), a Saab planeja lançar o SAAB 9-1, um compacto pra concorrer com o Volvo C30, Audi A3, Mercedes CLC e BMW Série 1. Além do pequeno compacto, a SAAB planeja lançar o 9-4X, um SUV mais compacto também, para tirar o pré-histórico 9-7X de linha e concorrer com o moderníssimo Volvo XC60 (concorrência entre suecos), Mercedes GLK, BMW X3 e Audi Q5.

Dois Saabs se beijando.

[editar] Scania

A Saab ainda controla a Scania AB, marca também sueca de caminhões. A Scania vem da região com o mesmo nome, no sudoeste da Suécia. A Scania foi fundada em 1900 e guaraná com rolha. A Saab começou a controlar a Scania em 1969. Em 2008, a Volkswagen numa esperta jogada, comprou 68,60% das ações da Scania, passando a lucrar mais que a própria Saab com a Scania.

Um Scania em ótimo estado.

[editar] Saab e a crise

O novo SAAB 9-4X.

A SAAB era controlada pela General Motors, que exercia seu império de carros malditos com motor V8 extremamente beberrões e poluidores. Com a falência da GM, a SAAB se livrou de se ferrar junto e iria ser comprada pela também sueca Koenigsegg (maldita língua sueca difícil pra cacete), uma fábrica de super-esportivos, com a ajuda de um fabricante chinês (igualmente ganancioso), a Beijing Auto (vulgo BAIC). Como a GM é escrotamente gananciosa, pediu um valor absurdo pela SAAB, e a Koenihgaofnbafmpadfkls não sei das quantas desistiu de levar sua compatriota. Quando a marca já era dada como extinta e o suecos desesperados com o fim de sua odiada amada marca batendo à porta começando a jogar os carros nos mares congelados do norte da Suécia, a Spyker, empresa de veículos super-mega-ultra esportivos (uma das grandes concorrentes da Koenig... deixa pra lá) resolve pagar o preço que a gananciosa e escrota GM queria, reservando um futuro promissor à quase completamente fudida SAAB. Serão lançados o novo 9-5, o 9-4X (um SUV compacto) e o 9-1, um carro minúsculo que vai vir com motores BMW. E a maior desgraça a melhor notícia: a SAAB virá para o Brasil!! Ainda estão atrás do distribuidor, mas desde que não seja a mentirosa CAOA, o mercado brasileiro só tem a ganhar.

Típico sonho de consumo da classe média.
Típico sonho de consumo da classe baixa.
SAAB é um carro.

♫ Não é homem, não é nada, mulher gosta é de carro... ♫

Ele queima óleo, suja sua garagem, solta fumaça e sempre te deixa na mão no meio da estrada!!
v d e h
*Automóveis, atropelamento e fuga

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas