Sai de Baixo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Caco.jpg

CALA A BOCA, MAGDA!

Este artigo é coisa do Sai de Baixo. Faz canguru perneta, manda a Magda calar a boca, sacaneia o cabelo da Aracy Cassandra, aplaude quando o Caco aparece e tem horror a pobre, mesmo estando falido.

Veja outros relacionados ao Sai de Baixo aqui.

Sai de Baixo faliu!
Graficozero.JPG
Cows1.jpg

Nem o Seu Creysson quita suas dívidas!

Outros que ficaram no vermelho.

60px-Bouncywikilogo.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Sai de Baixo.
Mais uma porcaria Made In Rede Globo

Cquote1.png Sai de baixo, porra! Cquote2.png
Dercy Gonçalves lembrando que não gosta de sexo sobre Sai de Baixo
Cquote1.png Cala a boca, Magda! Cquote2.png
Caco sobre Sai de Baixo
Cquote1.png Pede pra sair, pede pra sair, pede pra sair de Baixo! Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre Sai de Baixo
Cquote1.png Sai de Baixo foi uma série di catiguria. Cquote2.png
Bebel sobre Sai de Baixo
Cquote1.png Prefiro não comentar... Cquote2.png
Copélia em clone de Sai de Baixo Toma Lá, Dá Cá
Cquote1.png É o mesmo que Toma Lá, Dá Cá. Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Sai de Baixo

Sai de Baixo foi uma reunião de atores consagrados e com os egos igualmente inflados que viviam improvisando e não seguiam roteiro algum, já que se achavam mais engraçados do que ele. Para alguns, foi a série de humor mais engraçada que fazia rir de todos os tempos da TV mundial e a segunda do universo, perdendo apenas para uma antiga série em Plutão. Era transmitida pela Rede Globo aos domingos, logo no início da noite (sempre por volta das duas da manhã) e tinha tanta graça, mas tanta graça que as pessoas costumavam rir até parar de rir. A história girava em torno de uma família da pesada que nem era a Fat Family e que aprontava altas. Muitos personagens eram engraçados por que faziam a gente rir. A série durou exatos 8763 anos na Globo e viu Aracy Balabanian envelhecer completamente e virar gagá. E Quando a Globo percebeu que ninguém mais ria ao ouvir Caco Antibes falar mal de pobre, resolveu substituir a série pela débil mental e mongoloide divertida Sob Nova Direção. As pessoas riam muito de Sai de Baixo, geralmente no fim, quando se mostrava os erros nas gravações. Dizem que eram as únicas partes engraçadas.

Personagens[editar]

Cassandra hoje, aos 579 anos
  • Caco Antibes: Vivido por Miguel Falabella, Caco era um falido metido a rico que detestava pobre apesar de ser um deles. As cenas mais estúpidas divertidas de Sai de Baixo, aconteciam quando ele estava em cena, sempre usando seu tom de voz baixo e calmo, com o grito para Magda ou Neide Aparecida.
  • Magda: Personagem mais retardada de todos os tempos já surgida no universo. Os autores garantiram que se espelharam profeticamente em Luciana Gimenez e Carla Perez para criar a personagem, mas dizem as boas línguas beijadas do PROJAC que a personagem foi inspirada na própria atriz Marisa Orth que viveu a atriz por loooooooongos e infindáveis episódios eternos.
  • Tio Vavá: Tio Vavá era o personagem mais chato sério da turma. Até hoje ninguém entende por que Luís Gustavo, um grande (imeeeeeeeenso) ator aceitou esse papel por tantos anos. Alguns acham que ele acreditava que as pessoas riam de seu personagem, outros era porque ele temia ficar fora da TV, fato que ocorreu quando Sai de Baixo chegou ao fim, em 2002. Agora não lembramos uma frase dele que não seja "aqui, farroupilha!", mas quem sabe um dia. Ao longo da série, sempre inventa ostros jeitos de ganhar dinheiro para não falir como a Vavonha.
  • Cassandra: Vivida pela mulher mais velha do mundo (depois da Dercy Gonçalves, claro), Aracy Balabanian que contou em 1957 estar com 5005 anos. Cassandra era a mãe de Magda nessa série. Caco a chamava de Cabeção devido ao excesso de laquê usado em seu cabelo, mas fontes superultramegassecretas da Globo conseguidas por Jack Bauer, garantem que esse apelido foi dado por Miguel Fallafeia porque a cabeça de Aracy é realmente enorme. Até hoje quando Miguel e Aracy se encontram ele insiste em "abrir mais uma página do 'Dossiê Aracy Balabanian'", fato esse que acontecia todos os domingos e se contabilizou cerca de 5 bilhões e três páginas, segundo o último censo (ou senso? Ou cenço?) do IBGE.
  • Edileuza: As boas línguas e os fãs da série, juram que a empregada Edileuza, morrida por Mariana, não, Luciana, não, Cláudia Gimenez foi a melhor empregada que passou pela série. Na verdade ela falava pouco, fazia mais uns ruídos ao se confrontar com Caco Antibes, algo como um orgasmo vindo sabe-se lá de onde. Até hoje é um mistério o motivo que levou Cláudia a sair da série. Indícios levam a crer que ela queria virar um anjo, mas só conseguiu anos depois numa novelinha por aí.
  • Neide: Márcia Cabrita. Atriz que ficou pouco tempo, porque ficou grávida e teve que cuidar de sua cria. Retornou cheia da grana, sofreu um golpe do Tony Ramos, que usou o dinheiro para fundar a Friboi, e voltou a ser a empregada do apê.
  • Sirene: Primeira personagem empregada de Marinete Cláudia Rodrigues. Algumas pessoas riam com ela, mas outras por pura birra e saudade da Edileuza dizia que era não vingaria. Não só vingou, como se vingou da Solineusa e acabou com A Diarista.
  • Ribamar: O porteiro do prédio. Um cara bonachão, que tem um comportamento e trejeitos esquisitos. A razão: ele sofreu um grave acidente enquanto andava de bicicleta, ficando mais de uma semana em coma, até que um médico alemão colocou uma placa de platina na cabeça dele. Mas a placa é energizada, e capta ondas de rádio, televisão e telefone, o que leva Ribamar a personificar vozes de locutores, de atores, de propagandas e coisas assim. Uma das coisas que Ribamar também faz é cortejar Edileuza de várias maneiras, pois ele tem estima e atração por ela. Cassandra costuma chama-lo de "anormal". Foi contratado por Cassandra para ser o faz-tudo deles. Ribamar é interpretado por Tom Cavalcante.
  • Pereira: O mão de vaca do Arouche, apaixonado por Aracy e interpretado pelo veteraníssimo Ary Biotônico Fontoura
  • Ataíde: O personal puxa-saco de Pereira, vivido por Luiz Carlos Tourinho, que logo depois virou porteiro.

Frases inesquecíveis (Ou não)[editar]

Cquote1.png Cala a boca, Magda! Cquote2.png
Cquote1.png Eu tenho HORROR a pobre!! Cquote2.png
Cquote1.png Caco, quem é esta tal de e-mAIL? É sua amante? Cquote2.png
Cquote1.png Eu vou ao banheiro olhar no espelho, preciso refletir. Cquote2.png
Cquote1.png Me deem uma arma, irei me matar. Cquote2.png
Cquote1.png Vamos abrir mais uma página no "Dossiê Aracy Balabanian". Cquote2.png
Cquote1.png Aqui, farroupilha!! Cquote2.png
Cquote1.png Vamos no quarto fazer o Canguru Perneta! Cquote2.png
Cquote1.png Cadê meus brioches? Cquote2.png
Cquote1.png Como dói, como sinto dores! Cquote2.png
Cquote1.png Por favor, salvem a professorinha! Cquote2.png
Cquote1.png Ih, ridícula! Cquote2.png

Sai de Baixo Especial (2013)[editar]

Contou com Miguel Falabella, Marisa Orth, Luís Gustavo, Aracy Balabanian e Márcia Cabrita vivendo os mesmíssimos personagens vividos no passado. Como queriam uma empreguete mais gostosa, chamaram Cabrita em vez da gorda Cláudia Jimenez. Tom Cavalcante não dá as caras pois nas últimas temporadas ele já havia saído, tal como Ary Fontoura e Luiz Carlos Tourinho, que aliás tinha ido pro além no especial (embora não tenha sido mostrado nunca). Levado 11 anos após o fim do Sai de Baixo original, teve só 4 episódios, pois em 2002 o seriado já não fazia mais o mesmo sucesso de outrora. Tanto o Sai de Baixo 96-2002 quanto este Especial 2013 foram gravados ao vivo e em tempo real no Teatro Procópio Ferreira, onde os fãs só iam para rir das burrices de Magda Antibes Salão, quem dava vivacidade à bagaça.

v d e h
Sitcoms