Salamanca

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Inquisicaoespanhola.jpg

¿¿¿Porque no te callas???
No robe los picassos de Salamanca o la Santissíma Inquisición lo mandará para el colo del capeta!!!

Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


A Cidade Antiga de Salamanca é uma cidade no interior da Espanha, que de tão isolada o progresso não chegou até ela. Por isso, os seus prédios são os mesmos prédios de 600 anos atrás, sem modificações. O governo não tenta levar as coisas da modernidade para lá, já que ninguém sequer suspeita da existência de coisas modernas. Sendo um lugar atrasado velho, o local ganhou fama e se tornou um patrimônio mundial.

História[editar]

A casa mais nova de Salamanca, feita em 1400 e lá vai pedrada.

Os habitantes da região assim descobriram a modernidade, mas decidiram não ir em direção ao futuro, pois a cidade lucra com o passado. Salamandra Salamanca surgiu no período que fica entre a descoberta do lápis e a invenção das Meias Vivarina, época conhecida como Antiguidade. No início, Salamanca era um monte de barraquinhas onde moravam meia dúzia de malucos pessoas de alguma tribo selvagem e desconhecida.

O lugar só conheceu a civilização quando os romanos conquistaram a região e a transformou num centro de comércio ilegal de produtos falsificados. Como a cidade ficava longe de tudo, seria fácil esconder das autoridades internacionais o processo de falsificação de produtos feito pelos romanos. Os árabes, que compraram um dos produtos falsificados, ficaram muito revoltados e atacaram a cidade, dominando toda a região em volta.

Os cristãos recuperaram a área ao norte da cidade, enquanto os muçulmanos dominavam o sul dela. Como Salamanca ficava bem na frente de combate, ela foi um dos lugares que mais se fodeu. Qualquer batalha que os dois inimigos fizessem, alguma coisa ruim sobrava para Salamanca. Isso só acabou quando o rei cristão obteve o apoio dos moradores da cidade em troca da primeira escola na história da cidade, ganhando a disputa.

Salamanca nunca teve uma escola para torturar os jovens analfabetos. A escola feita por lá se tornou o maior orgulho dos cidadãos, já que eles não tem quase nada para se orgulharem. Motivos desconhecidos impediram a modernização de Salamanca, que não tem nenhuma obra feita recentemente. A economia do local depende de doações de turistas e do ensino de espanhol na única escola. Como a cidade ficou isolada, é ensinado lá o espanhol antigo, considerado mais chique pelos ricos.