Salgueiro Atlético Clube

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Aviso importante: Clubismo aqui NÃO, cazzo!
A Desciclopédia é um site de humor, logo, NINGUÉM aqui se importa pra quem você torce, seja o New York Cosmos, o Barcelona, o Olympiakos ou o Íbis. Seja engraçado e não apenas idiota.


Salgueiro Atlético Clube
Escudo do Salgueiro.png
Brasão
Hino Carcará, vai morrer de fome
Nome Oficial SACo de Pancadas
Origem link={{{3}}} Pernambuco - Salgueiro
Apelidos Carniceiros do Sertão
Torcedores Saqueano (é como eles falam a palavra SAQUEANDO)
Torcidas Carcareiros
Fatos Inúteis
Mascote Carcado
Torcedor Ilustre feno
Estádio Salgueirão
Capacidade 0 (não existe ninguém na cidade)
Sede No meio do nada
Presidente Zé Pimenta
Coisas do Time
Treinador Algum desconhecido
Pior Jogador Nuvola apps core.png Pé-de-moleque
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png Paçoquinha
Patrocinador Limão com Mel
Time
Material Esportivo Paçocas Tronadon
Liga campeonato brasileiro
Divisão série C
Títulos Copa Integração CE/PB/PE/PI/RR/AP/AC: 2005
Ranking Nacional 234°
Uniformes Uniforme salgueiro - 1.jpg
Uniforme salgueiro - 3.jpg



Salgueiro Atlético Clube é considerado um time de futebol de Pernambuco, apesar de suas cores representarem mais um bloco de carnaval.

O Salgueiro, devido aos péssimos times existentes em Pernambuco, consegue hoje ser a quarta potência do estado de Pernambuco, perdendo apenas para o Santa Cruz Sport e o Náutico. Em 2017 está disputando a série C.

História[editar]

A Presidente do Salgueiro.

O time é fundado após o carnaval de 1972, na cidade de Salgueiro, pernambuco do Sul. Após o rebaixamento no desfile de carnaval, todos aqueles desempregados decidem se unir e fundar o time. Durante 30 anos disputou todos campeonatos amadores existentes de Pernambuco, onde seu grande rival era o Comercial de Talhada, outro time idiota com quem criou o Clássico Sertanejo disputado no Estádio Salgueirão, onde todos os caipiras, bêbados, bandidos, cangaceiros e desempregados da cidade de Salgueiro se mobilizam para ir torcer e perder tempo no estádio.

No ano de fundação, disputou a derrota mais importante de sua história ao perder humilhantemente para o Fluminense, o quarto time do Rio de Janeiro.

Depois de muitos anos, os cartolas do Salgueiro decidem em 2005 profissionalizar a equipe ao distribuir pipocas como salário. O time consegue subir automaticamente da série Y-6 para a série A-2 do campeonato pernambucano. Na sua primeira competição semi-profissional, o Salgueiro termina em quinto lugar subindo para a elite do estadual.

Em 2006 consegue a primeira grande glória ao conseguir a façanha de ser rebaixado no campeonato pernambucano para felicidade geral dos serranos.

Em 2007 ganha a segundona do estadual após ganhar todas de W.O..

Em 2008 o time termina o campeonato pernambucano em terceiro lugar, garantindo vaga na série C até 2009, e se consolidando para sempre como a terceira força do estado de Pernambuco.

Em 2010 o time foi campeão do dificílimo Campeonato do Interior e conseguiu vencer o Paysandu de virada (não me pergunte como) nas quartas-de-final da série C e conseguiu o acesso a série B de 2011. Não se sabe como, mas em 2010 o Salgueiro Atlético Clube conseguiu o incrível feito de ganhar do "grande" Paysandu nas quartas-de-final e subir para série B do Campeonato Brasileiro de Futebol de 2011. O que já é grandes coisa pra um clube de periferia; vide que Coritiba, Corinthians, Palmeiras, Botafogo e Vasco já jogaram a saudosa segundona.

Especula-se que o Salgueiro subiu para a série B com uma pequena ajuda da torcida do Remo que cedeu 90% do seu elenco para o time derrotar seu maior rival Paysandu.

Estatísticas[editar]

Maior Goleada Aplicada

Santa Cruz 1 X 7 Salgueiro

Maior Goleada Sofrida

Sport 10 X 0 Salgueiro

Derrota mais importante

Salgueiro 0 X 3 Fluminense

Jogo com mais canelas quebradas

13 canelas quebradas no jogo entre:

Serrano 0 X 0 Salgueiro

Maior virada sofrida

Salgueiro 1 X 15 Chã Grande

Hino[editar]

É Branco, verde e rosa
As cores do meu horror
Salgueiro Atlético Clube
É o Gaycolor do Sertão

É choro, é rebaixamento, é tristeza
O sonho já acabou
Se tem bola pra fora começa a chorar
Na garganta o gemido de choro

Futebol é o que mais sofro
Tem fome no interior
No toque da bola nãotem muita harmonia
Na garganta o grito de PORRA!

(Refrão)
Não tem paixão no meu coração
Sem emoção meu time na SÉRIE C!
É tristeza, tristeza
Salgueiro Atlético Clube
É! É! É!
É o rebaixado!

Puta que pariu, pega, joga e pra fora
Puta que pariu, vai morrer de fome
Puta que pariu, mais bicha do que homem
Puta que pariu, pega, joga e pra fora

Títulos[editar]

  • Campeonato Pernambucano - Série A2: 2007.
  • Copa Pernambuco: 2005.
  • Copa Integração CE/PB/PE/PI/RR/AP/AC: 2005. Torneio disputado entre os times de Pernambuco, Ceará, Piranhão, Roraima, Amapá e Acre. As viagens para as partidas foram de pau-de-arara.
  • Vice-Campeão da Copa TV grande Rio: 2009.