Salinas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Se procura pela praiana cidade paraense por que não digitou o nome certo da cidade, porra? consulte por Salinópolis.

Cquote1.png Você quis dizer: Pinga Cquote2.png
Google sobre Salinas

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...O Engov é o segundo produto mais vendido em Salinas?

Cquote1.png São um bando de invejosos! Cquote2.png
Oktoberfest sobre Salinas

Salinas é um lugarejo alambique localizado no norte de Minas Gerais. Tem a incrível capacidade de ter todos os habitantes curtidos no álcool.

Toda a água da cidade tem o teor alcoólico , o que a torna um pólo de povoamento. Os nomes são muito sugestivos: Boazinha, Da Boa, Orgulho Mineiro etc.

Faz divisa com Comercinho, que tem vários pontos com mesa de sinuca e é uma cidade rica em "fumo" comercializa a alegria da região.

Lazer e Turismo[editar]

Salinas é uma das cidades mais importantes para o turismo baiano. Ela é o principal ponto de parada de turistas que estão indo para Porto Seguro e descobrem da pior maneira que já estão muito longe de Montes Claros e ainda mais longe de seu destino. Esses coitados são obrigados então a passar a noite em hotéis abarrotados e desfrutar dos prazeres da noite salinense, na praça da matriz (onde os jovenzinhos menores riquinhos passeiam com os carros dos pais) ou na avenida Floripes Crispim, onde você só vai se tiver carro ou morar no Morro da Coruja. Temos também as raparigas do rola, que são fundadas no crack e vc pode comer ela trocando por uma péda.

O sol quente é outra marca inconfundível de Salinas. Se você não for preto como ficha de político, carregue consigo um protetor solar com fator de proteção número 2^23, pois lá não vende isso. É recomendável também portar frigideira e alguns ovos, para caso sentir fome, poder fritar alguns ovos no asfalto.

Salinas é ainda considerada um modelo pelo seu sistema anti-espionagem industrial. Apesar de ser chamada de "Capital Mundial da Cachaça", você poderá ficar dias na cidade sem encontrar nada sobre o assunto, além de alguns cômodos distribuidos pelo centro da cidade com meia dúzia de garrafas iguais em cada. Com muita sorte, se você tiver um amigo produtor, você verá um alambique minúsculo, destinado a produção de pinga de garrafa pet vendida em boteco copo sujo.

Por fim, você pode desfrutar o fim de semana na Passarela da Alegria, conhecida também como Jardim do Zé Prates. Essa obra urbanistíca, coloridinha e gay é palco de grandes eventos, como o Festival da Cachaça (que em sua última edição teve stands de roupas e sapatos), a Micareta de Salinas (onde você paga pra ficar dentro de uma corda em lugar aberto, enquanto outros assistem de graça uma banda que em geral nunca tem cobrança de ingressos em seus shows) e o bingão do Lar Santa Clara, entre outros. Aproveite para dar um mergulho no Rio Salinas, tentando desviar das pedras, da aréia e das fezes de toda população, esperando que as bactérias comam a carne do seu corpo, fazendo com que você perca peso!

fato interessante é que a cidade é formada por familias tradicionais que como toda familia tradicional, relaciona-se com outras familias tradicionais, daí o grande numero de casamentos consanguíneos que deram origem a grandes figuras conhecidas na cidade: os doidos! toda família salinense tem um!!

Onde Hospedar[editar]

na casa de quem escreveu aquela bosta!