Salvador

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Nova Bandeira da Bahia-Desciclopédia.PNG Colé moral, essi negoçaqui é da terra do dendê. O tio qui feiz issáqui é cuncerteza baiano, intõ, sinhá disgraça de lá do sul da minha caceta, num méxi nas porra daqui nã, vu? Ô vô rumaladsgraça e inda chamo a barrêra pá ti pancá, seu comédia.
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.
Cquote1.png Você quis dizer: Salcalor Cquote2.png
Google sobre Salvador

Cquote1.png Você quis dizer: ACMlândia Cquote2.png
Google sobre Salvador
Cquote1.png Você quis dizer: Terra do acarajé Cquote2.png
Google sobre Salvador
Cquote1.png Você quis dizer: Carnaval Cquote2.png
Google sobre Salvador
Cquote1.png Experimente também: Rio de Janeiro que esqueceu os traficantes. Cquote2.png
Sugestão do Google para Salvador
Cquote1.png Se o cabra conseguir sair do corpo em Salvador, ele consegue sair em qualquer lugar do mundo. Cquote2.png
Saulo Calderon, falando sobre sair do corpo para o astral em Salvador (sim ele é baiano)
Cquote1.png Tudo que o Chico Science criou, eu já havia criado antes, ele copiou de mim Cquote2.png
Daniela Mercury sobre os filhos da puta baianos não sentem inveja dos pernambucanos
Cquote1.png O Carnaval de Recife é melhor que o de Salvador.(só se for nos sonhos) Cquote2.png
Pernambucano Mongoloide sobre Salvador
Cquote1.png O Carnaval de Salvador é mais cultural que o de Recife.(só se for nos sonhos) Cquote2.png
Baiano Mongoloide sobre Recife
Cquote1.png Ah é? Então por que vocês não fazem nenhum Carnaval sem nenhum artista baiano? Cquote2.png
Baiano sobre o Pernambucano despeitado acima
Cquote1.png Ah! Então quer dizer que o trio elétrico típico de Salvador só existe porque vocês tentaram tocar Frevo numa guitarra num carnaval destes,não foi??? Cquote2.png
Pernambucano cínico sobre o carnaval de Salvador
Cquote1.png Caga, cagar, cagou. Cagou em Salvador!!! Cquote2.png
Grande sucesso da banda Coração Melão
Cquote1.png Salvador tá brega. Ops, é linda... Cquote2.png
Caetano Veloso sobre Salvador
Cquote1.png Perto de Feira de Santana... Cquote2.png
Bira sobre Salvador
Cquote1.png Badalo, badalo, badalo, olha o badalo do negão!!! Cquote2.png
Pagodão-Axé Swingue, Trilha Sonora de Salvador
Cquote1.png Trá! Trá! Ela tá toda Metralhada!!! Cquote2.png
Jaques Wagner Governador de Salvador
Cquote1.png Prequiça não é coisa de baiano, e sim de soteropolitano, porra!!!! Cquote2.png
Baiano sobre baiano
Cquote1.png Paz, Carnaval, Futebol.... Não mata não engorda e não faz mal Cquote2.png
Babá cantando a cantiga de niná para o bebê
Cquote1.png Passa a "boussa" tia, passa também o "relojo", "oclus" e "pulsera" Cquote2.png
Típico trabalhador honesto de Salvador
Cquote1.png Que porra, essa porra de transito é uma porra na porra da minha vida, Porra.... Cquote2.png
Soteropolitano sobre o Trânsito de Salvador
Cquote1.png Vocês sabiam que Preguiça é Pecado? Cquote2.png
Qualquer um que não nasceu na Bahia sobre sobre Baianos
Cquote1.png E você num sabe que inveja é pecado?? Cquote2.png
Baiano sobre a frase acima
Cquote1.png Recife é melhor Cquote2.png
Pernambucano sobre Salvador
Cquote1.png 70% dos baianos preguiçosos são oriundos de outros estados... O resto eu não sei porque deu uma lezeeeeria... Cquote2.png
IBGE Baiano sobre os dados coletados sobre a Malemolência
Cquote1.png Na União Soviética, a preguiça fica com VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Salvador
Cquote1.png Baiano só toca berimbau por que so tem uma corda. Se tivesse mais de uma, não ia conseguir tocar porque ia achar complicado... Cquote2.png
Diretor do curso de Medicina da UFBA sobre Baiano
Cquote1.png Não na cabeça não, tenha piedad... PÁ!!! PÁ!!! PÁ!!! Cquote2.png
Eu sobre o Diretor do curso de Medicina da UFBA

Salvador Geral/Definições - 29 de Março - Aniversário de salvador

Salvador

Quem nasce em Salvador ééé... Oxe, não é Salvadorenho?

Para quem já teve essa dúvida, ó pá cá que eu vou ensinar. Salvadorenho é quem nasce em El Salvador (El Salvador?????? que país é esse?????) aquele país mínimo do Caribe, quem nasce em Salvador é salvadorense (segundo o Dicionário Aurélio) ou soteropolitano que combina mais com nosso sotáque, que gosta de por acento em tudo!

Divisão Física

Salvador, divide-se em cidade alta (99% da cidade) e cidade baixa (1% da cidade) cuja população é formada por 80% de ex-escravos libertos pela Lei Áurea editada por ACM e habitantes de favelas, 5% de "ex-feirenses" (habitantes de Feira de Santana que sofrem de síndrome de inferioridade frente a soteropolitanos e que não se declaram feirenses) e 5% formada por Elfos de Valinor que se retiraram da Terra-Média após a queda Sauron e ascensão dos homens. Salvador possui quatro estações do ano bem definidas, um outono quente e chuvoso, um inverno quente e chuvoso, uma primavera quente e chuvosa e um verão...

As suas praias imundas são frenquentadas por turistas, turistas estrangeiros pedófilos, prostitutas interessadas em turistas e os famosos "farofeiros" (pessoas que almoçam na praia com comida trazida de casa por falta de dinheiro). As praias mais ao norte são as únicas livres dessa estirpe maldita, são frequentadas por barraqueiros ricos filhos da puta, playboyzinhos ricos e maconheiros e gostosas lindas que sonham viver as custas dos playboyzinhos maconheiros para que os mesmos paguem pelo abadá no Carnaval.

Divisão química

Salvador é composta por átomos de Hidrogênio, Axé e Dendê que unidos formam seus habitantes.


Amaralina

Amaralina é muito conhecida pelo Quiosque das Baianas de Acarajé, foi demolido pelo furacão Catrina, e atualmente iria ser construído uma arena multiuso onde seriam realizados os rituais de candomblé, voodo, oferendas, e também seriam vendidas as famosas cocadas de amendoim, abacaxi, de algas, papel entre outros. As obras haviam sido iniciadas, mas o que se diz governador (miguxo do Lula) barrou as "obras" acabando com a alegria da pobretada. Também conhecida por existir o maior complexo de favelas da cidade e o principal ponto de venda de drogas onde a maioria (todas) das bandas de axé de Salvador se consomem na cocaína, crack e afins.

Canela/Graça/Barra/Vitória

Centro luxuoso da cidade. A única área onde se trabalha (ou se acha que), é resultado do lucro do carnaval e é também, o monopólio de um shopping só frequentado pelos filhinhos de papai ou pelas mulheres dos mais ricos da cidade. O Shopping Barra parece a suástica, o símbolo do nazismo visto de cima. Os Baianos, se reúnem no local para pagar mais caro e falar da vida alheia. Tem a maior concentração de gatas da cidade.

Além disso, é o "point" quando se trata em filar aula, afinal, é lá que os alunos de colégios populares da cidade, se reúnem para rodar o shopping, ao invés de ir para suas respectivas escolas. Lembrando que é na Graça que se encontra(va) ACM, por isso a inexistência de favelas no bairro.

Federação

Um dos únicos bairros que se salvaria de uma tsunami em Salvador, é apenas a extensão de um cemitério que serve de moradia para as torres de transmissão de rádio e TV e onde fica a torre mais conhecida do povão de Salvador, mais conhecida do que a Torre Eiffel (não me diga que não conhece), que é a Torre da TV Itapoan (filial da RECORD), lugar que é habitado pelas maiores estrelas da cidade. Além de hospedar essas ilustres personalidades soteropolitanas e defuntos, aos arredores do bairro se forma o zoológico das favelas, onde se encontra o Alto das Pombas e a Baixa da Égua. Apesar do seu magnífico nome, a Baixa da Égua é na realidade a cratera (na lígua local: "bróca") onde se acredita que caiu o meteoro de maconha que acabou com a vida dos dinossauros e iniciou a vida dos traficantes e macumbeiros no planeta (já que lá se encontra o terreiro de candomblé mais antigo do Brasil).

Chapada

Avenida que leva aos prédios dos baretas, e onde todos os donos de terra e gado de Itapetinga se refugiam com suas Cherokees, Pajeros e peruas com cara de buldogue. Tem esse nome porque o filho político de um famoso político baiano costumava usar entorpecentes e desfilar no local vestido de mulher.

Centro Histórico

Estatua Mendigando
Centro Histórico

Consiste em Ondina, Barra, "A Avenida", o Pelourinho e adjacências. Apesar de o nome do bairro ser Centro, há muito tempo não tem mais as características que se costuma observar nos centros da maioria das cidades, pois lá não existe mais nenhuma empresa legalmente constituída. Os únicos negócios que prosperam hoje em dia no Centro de Salvador são tráfico de entorpecentes, prostituição e assalto a turista desavisado. É superabitado uma vez por ano, no Carnaval. Durante o resto do ano, somente turistas desavisados têm a disposição para subir as ladeiras do local para verem o Elevador Genival Lacerda que liga o nada ao lugar nenhum. Outras atrações são o Farol da Barra (que se trata de um farol de verdade, e não de um semáforo, que os paulistas costumam chamar erroneamente de farol - muitos paulistas, fanáticos por trânsito e congestionamentos, vão até o famoso Farol e ficam decepcionados, pois não é um semáforo), o Mercado Modelo (o mercado mais zoneado da cidade, que não se sabe porque é chamado modelo e que já pegou fogo misteriosamente devido a revolta dos espíritos dos escravos que foram vendidos lá e posteriormente se foderam nas mãos do homem "branco". É também um ponto muito utilizado por capoeristas que arrancam dinheiro de turistas "brancos" como forma de pagamento pelos anos de tortura e escravidão), a Igreja de São Francisco de Assis, a Igreja de Santo Antônio de Jesus, a Igreja de São Judas Tadeu, a Igreja de São Cosme e Damião, a Igreja de São João Batista, a Igreja de Santo Expedito, a Igreja de São Pedro, a Igreja de São Paulo, a Igreja de São Jorge, a Igreja de São Mateus, a Igreja de São Longuinho, a Igreja de São Francisco de Assis II, a Igreja de São Bernardo, a Igreja de Santa Maria de Deus, a Igreja de Santa Rita de Cássia, a Igreja de Nossa Senhora da Luz, a Igreja de Nossa Senhora da Piedade, a Igreja de Nossa Senhora de Lurdes, a Igreja de São Francisco de Assis III, a nova Igreja de Quase-São Frei Galvão, e outras milhares de Igrejas, já que Salvador é capital das Igrejas. Alta densidade de lixo no chão.

Largo Dois de Julho/Sodré

É o ponto comunitário do centro, para aqueles que não querem morar no buraco chamado Travessa Falcão ou espremidos naquele prédio grande em cima do Orixás Center, no Politeama. No Sodré fica o Museu de Arte Sacra da Bahia, barraquinha de cigarros 24h e um discreto comércio "da péda", ou queijinho, e de cocaína melada. Diariamente são vendidos aproximadamente 500.000.000 copos descartáveis de água mineral para sacizeiros que parecem ter muita sede. Graças ao virótico contato diário com a Av. Carlos Gomes e Sete de Setembro, quase todos os tipos crônicos baianos podem ser encontrados no largo 2 de Julho. Trabalhadores, marginais, artistas, travecos e subdivisões. Polícia, só de manhã. O bairro tem esse nome em comemoração ao dia da Independência da Bahia, dia que ACM morreu de fato e que o estado finalmente se viu livre dele - os familiares do político mantiveram a notícia em segredo por vinte dias, para não atrapalhar as férias do meio do ano.


Tororó

Este bairro é mais antigo do que a própria cidade. Lá se concentra as pessoas mais (des)animadas do centro. Tem também grande quantidade de lixo no chão, onde tudo que se come é reaproveitado. Foi lá que nasceu os (sub)famosos Tatau, Gilberto Gil e outros cantores de axé. O Tororó é conhecido por grande quantidade de bares e bêbados.Ex.: Sobe a escada que interliga o Apaxe do Tororó, há um bar, sobe a ladeira do largo há outro bar, bar aqui e aculá. O reconhecimento deste (?)terrível bairro é imenso. Lá se concentra grande quantidade de malucos, doidos, cheiradores de gatinho, etc. O bairro do Tororó também tem sua música, muito lembrada nas cantigas de roda:

Fui no Tororó
Beber água e não achei
Achei uma linda morena
'Qque com ela me casei

Sujeito acima mostra a "satisfação" de morar em Salvador, pois no Tororó só há gente alegre e bonita.

Iguatemi

Região que cresceu ao redor de um Shopping Center que, de acordo com o Capitão Óbvio, se chama Iguatemi, ou Shopping das Castas. Pode-se observar a estratificação social dividida em seus três pisos. Primeiro piso, pobres. Segundo, remediados (ou pobres que chegaram pela entrada lateral e vão para o primeiro piso). Terceiro piso, os baretas e emos.

Lá estão concentrados 87,4% dos prédios da cidade e, após a construção do Salvador Shopping (veja adiante), possui 30% dos shopping centers da cidade. Ah! E a Igreja Universal do Reino de Deus que fica ao lado do Iguatemi (tem heliponto, ar-condicionado, frigobar, suítes com hidromassagem, cassino, shows privê e também o lugar onde a bandidagem é mais freqüente). Os fiéis costumam dizer que São Edir Macedo faz uma aparição por lá algumas vezes por ano para operar milagres pessoalmente.

Itaigara

Lugar de muitos playboyzinhos, onde também há um shopping que acreditam ser o mais desabitado de salvador pelo fato de não ter nada interessante e ninguem ir pra lá. Bairro também onde mora um ser chamado Ubira, muito famoso por não se saber a sua origem e que tipo de espécie essa figura é. Diversos cientistas ja tentaram fazer o exame de toque nele para descobrir, mas jamais identificaram NADA, devido a sua alta alegria ao receber carinhosamente esses diversos dedos. (quem souber alguma coisa sobre esse cidadao, favor expressar-se aqui.)

Rua do Timbó

Também conhecida como "Rua do Cocô de Cachorro", é a rua mais populosa da capital e uma das mais populosas do Iguatemi. Reza a lenda que cada habitante de Salvador conhece, pelo menos, 3 pessoas que residem neste beco sem saída. Sendo assim, calcula-se que a população da Rua do Timbó ultrapasse a marca de 8 milhões de habitantes (3 x 2,8 milhões - população da cidade).

Aeroclube Plaza (Aeroclube)

Point de encontros de drogados e prostitutas em salvador, lugar onde o sexo é livre e gracioso. Não se trata de uma brincadeira caros amigos, porque você acha que no site do famoso Red Tube faz tanta propaganda de sexo em Salvador? quer tirar a duvida? acesse www.redtube.com, o redtube é um grande empreendimento, nossas investigações relatam que os encontros promovidos pelo mesmo acontecem diretamente no Salvador Shopping, há relatos que o banheiro do "Shopping Aeroclube" é um dos unicos no mundo... ninguem sabe porque....

Além de ser um ponto de sexo livre, o shopping é de livre acesso dos gangsters, onde a praça de alimentação não é dos clientes, e sim dos usuários de drogas.

Enfim é isso, se você quer vir para um shopping fumar uma maconha de leve, comer uma mulher ir pro cinema e depois zua com o guarda de chapéu ridículo, você veio ao lugar certo.

O Norte

A cidade é limitada ao Norte por Lauro de Freitas, que fica bem pertinho do Bompreço. Pode conferir em qualquer mapa da lista telefônica. Mais ao norte, é onde ficam as praias. E só as praias. Oficialmente, começa em Jaguaribe (uma praia - reduto Brau) e termina em Villas (outra praia), passando por Itapuã (mais uma praia). Seu acesso passa pelo Bairro da Paz que, coincidentemente, é o bairro menos pacífico de salvador (O PCR - Primeiro Comando da Rede - está instalado lá, com uma rede de tráfico de drogas!)

Aracaju

Bairro de Salvador que costumava ser a capital do estado de Sergipe, também conhecido mais carinhosamente, como Quintal da Bahia, neste bairro que fica atrás do Aeroporto 2 de Julho, pode-se encontrar uma espécie extinta de baiano, o baiano educado. É um bairro cujo nome não pode ser pronunciado por ninguém (perto de um baiano) pois rima com cu. Exemplo: Idiota: "Vou viajar para Aracaju" Baiano: "Meu pau em seu cu!" Daí, nasceu o Termo "Aracajivis"

Brotas

É a Brooklyn soteropolitana.

Com uma população aproximada de 500.000 habitantes, é um núcleo de resistência independente. Tem seu dialeto, moeda e governo próprio. Precisa de passaporte para cruzar a fronteira.

Como Salvador é uma cidade triangular, Brotas é o seu baricentro.

Também conhecida como Brotas City (por caber em um só bairro um monte de outros, tipo Bonocô, Acupe de Brotas, Campinas de Brotas, Luiz Anselmo, Engenho Velho de Brotas, Matatu e o povo da Vila Laura, que não se acham parte de Brotas City). Existe também dentro de Brotas o famoso bairro do Candeal, que é o único bairro do País onde é impossível ir de uma extremidade a outra sem sair dele - aliás, para ir de uma extremidade a outra é preciso sair dele e voltar três vezes.

A Cidade Jardim, também um bairro pertencente a Brotas, desafia as leis da física, pois está dentro do Candeal, enquanto que o Candeal está dentro dele. Há até bairros que se localizam dentro de bairros do bairro de Brotas, como por exemplo, o bairro de Santo Agostinho, localizado no bairro de Matatu, no bairro de Brotas. Seu ditador é Pelegrino, um político que desde o início da história de salvador se candidata a prefeito e não consegue ganhar, perdendo seguidamente para ACM(que não apertou "continue" e morreu recentemente) e sua gangue. Vale ressaltar que todo mundo tem algum amigo ou amiga, ex-namorado ou ex-namorada na Vila Laura. Local este que os moradores almofadinhas insistem em dizer que não faz parte de Brotas. Há rumores que está sendo planejada uma revolução para exigir o reconhecimento de Vila Laura como bairro independente e que tenham uma linha própria de ônibus (os moradores reclamam a falta de transporte público, mas a prefeitura diz que não precisa pois é bairro de gente rica e rico tem carro).

Brotas é também o único lugar de Salvador que tem ônibus pra lá mesmo (em Brotas passa Brotas, que vai pra Brotas). Em Brotas há pessoas que afirmam com toda convicção que já viram a Enterprise passar por lá, afirmam que há portais em meio a Brotas que levam para a tumba de Ramses II e de Tutankamon. O mais impressionante em Brotas não é toda sua população e idioma, é o fato de que até nos passeios(calçadas) tem quebra-molas(lombadas) e um posto de gasolina onde só tem 2 bombas e só cabe 1 carro, se 2 carros forem abastecer ocasiona um engarrafamento na via.

Vale destacar também o curioso e elevado número de "meninas de reputação duvidosa" que lá residem e dos meninos que não conseguem suprir as necessidades de tais meninas, pois já não sabem o que é uma reação involuntária após certos carinhos há muito tempo, só com a ajuda do famoso Pramil (o índice de consumo do medicamento é alto entre os jovens do bairro, em especial na Vila Laura e na Avenida principal de Brotas - Av. D. João VI, que tem esse nome por ter sido constuída pelo Papa João VI, rei gordo e fresco de Portugal e do Vaticano). Os motoristas que passam pela avenida, com a maior concentração de ônibus por metro quadrado da América Latina, encurtaram apenas para "D. João", na seguinte conotação:

(Baiano retado)

- Veio pela D. João VI, minha corrente?

(Motorista retado)

- Vim pela D. João, VI... uma traseira de buzú o caminho todo.

Reza a lenda que o bairro de Brotas não está fisicamente presente na superfície terrestre. Os perímetros de Brotas City são, na verdade, um portal multidimenssional interligando todos os pontos da cidade, criado possivelmente através de algum ritual de macumba. Em diversos experimentos ficou constatado que é possível sair ou chegar em Brotas a partir de qualquer outro bairro da cidade.

Quer conhecer Brotas? É só ir pra qualquer ladeira e seguir em frente! Se por algum motivo você estiver em Salvador e não souber onde está, é simples, diga que está em brotas! Raramente irá errar!

Cabula

Vai do Cabula 1 ao Cabula 7 mas até hoje apenas o Cabula 6 foi identificado, e com alguma dificuldade, já que costuma-se escrever o número 6 usando algarismos romanos (Cabula VI), levando os moradores a pronunciarem Cabula ví. A cidade do Cabula tem mais bairros que Salvador inteira (e só perde para cidade vizinha de Cajazeiras): Cabula 1-5 (ninguém sabe, ninguém viu), Cabula 6, Resgate, Planalto, Cristiano Buys, Narandiba, Sussuarana, Beirú ou Tancredo Neves (carinhosamente chamado por habitantes de "Tranquedo"), São Gonçalo (ou "Songonçalo"), Mata Escura, Jd. Santo Inácio,(Rocinha)Arenoso, Doron, Chopm 1, Chopm 2, Barreiras, Engomadeira, Conj. ACM, Arraial, Saboeiro, Pernambués e assim sucessivamente(...). O povo do Cabula é uma praga. Em todo lugar do mundo existe algum ser proveniente deste buraco. Vale ressaltar que o Cabula possui uma filial na Ilha de Itaparica - Cabulatuba (Aratuba), possui uma praia - Cabularibe (Jaguaribe), um cinema - Cabulaplex (Multiplex), e possuía um shopping à beira mar - o CabulaClube (Aeroclube), onde seus habitantes ficavam só de rolé e brigando dentro do Rock'in'Rio (casa de show que por incrível que pareça nunca tocou uma banda de rock).

O presídio existente no Cabula (Lemos de Brito - presídio de segurança mínima) é um modelo para todos os presídios do resto do país, sendo o único que não possui muro. Passeia por lá de vez em quando o Raimundão, o tranficante mais legal que já conheci (ele reforma hospital, casas de moradores e até posto policial) e dizem as boas línguas que com certeza será forte candidato a vereador nas próximas eleições.

O transporte público na região do Cabula é altamente divertido: o "Tranquedão" está sempre cheio de pessoas bem humoradas (e cheirosas), e vez ou outra você se diverte "morcegando" na porta do coletivo. Tem também o buzú do vereador Bomba, ônibus gratuito onde as pessoas trazem até galinhas da feira de São Joaquim (maior feira do estado e quiça de dimensões paralelas). Vale ressaltar que este ônibus (assim como o Itapuã de domingo) não tem um roteiro definido, se você der sorte ele irá passar pelo ponto que você deseja descer. Dizem também que no Cabula existe um outro portal, similar ao de Brotas, onde se chega a qualquer ponto de Salvador em 10 minutos. 10 minutos do Centro, 10 minutos do Iguatemi, 10 minutos da praia (Cabularibe), 10 minutos do Pelourinho, 10 minutos de Pirajá, 10 minutos da Ribeira e etc., o que causa inveja aos outros bairros, principalmente os do Subúrbio Ferroviário...

Cajazeiras

Esta é definitivamente uma cidade dentro de Salvador, que esqueceu de se tornar independente, vai de Cajazeiras 1 até Cajazeiras 20000. E possui um DDD diferente da cidade de Salvador, vai saber o motivo... Fica próxima a Feira de Santana, tem vida própria e até hoje ninguém descobriu como chegar lá. Também conhecido como "Jurassic Park". Suspeitas indicam que Cajazeiras (carinhosamente conhecida também por CajaCity) é um portal subterrâneo que liga Salvador ao Acre, o que explica a possível origem do duvidoso estilo musical (música ?), a arrocha, e também merdas sonoras que poluem o ar e os ouvidos de quem ouvem. Em Cajacity um grupo de pessoas pegam um atabaque e agogôs viram mas alguma merda de banda, em qualquer esquina tem alguma banda, se duvidar tem mais bandas do que moradores.

Cajazeiras possui uma incrível divisão geográfica:

  • 1~23 - Favela
  • 24 - Orgiazeiras
Exemplo de moradores de Cajazeiras.
  • 25~68 - Favela
  • 171 - Jaguarcity[Maior concentração de vagabundos e marginas da região de Cajacity]
  • 175 - Penitenciarias que dizem ser Escolas-Escola Est DR Eduardo Baiana e D. Leonor Calmon....
  • 70-665 - Favela
  • 666 - Portal pro Inferno
  • 667~1578 - Favela
  • 1578 - Portal pra Neverland.
  • MOL³³³ - Portal pro Acre. Mas ninguém foi capaz de chegar até lá, pois ou eram comidos por Mafagafos no caminho, ou eram comidos por Michael Jackson em Cajazeiras 1578.

Por questão de Curiosidade, dentro de Cajazeiras cabem as favelas de Heliopólis(SP) e a Rocinha(RJ). Também é conhecido como a parte que faz a divisória com Feira de Santana.

  • Estilos musicais predominantes: arrocha, pagode e músicas de pobre em geral.

Dados oficiais comprovam que Cajazeiras se estende até a Paraíba, tanto é verdade que um dos principais clubes paraibanos se chama Atlético Cajazeirense de Desportos que enfiou 2 na maior força do futebol Baiano Esporte Clube Bahia de Itinga, e que por sua vez fica localizado em Itinga Lauro de Freitas... É o lugar de onde partem os ladrões e assaltantes de carro do Rio Vermelho, Pituba, Barra, Amaralina...

  • As armas mais comuns são: fuzis (principalmente AR-15 e AK-47 e também a arma 12), metralhadoras, sub-metralhadoras.[
  • Armas raras: pistolas (principalmente revólvers calibre 38) e facas.

Castelo Branco

Dividido em 3 etapas, o bairro(?) de Castelo Branco tem a característica de ser um bairro predominantemente residencial, onde existem chácaras(fazendas), prédios, um clube de golfe(fazenda esburacada) e habitações de outras tipologias(mini-fazendas) . Atualmente, existem em Castelo Branco várias lan houses (como em muitos bairros da periferia urbana de Salvador), mercadinhos, posto médico, colégios de ensino médio, um centro social urbano, delegacia, farmácia e um campo de futebol [terrenão]. Na 1º Etapa de Castelo Branco, recentemente foi reinaugurada pelo prefeito João Henrique uma praça (mais uma pra coleção) para o lazer dos seus moradores. O bairro é formado pelo conjunto da Urbis, administrado pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (CONDER). Sua população é composta por funcionários públicos (assalariados), como policiais militares, professores do estado e da prefeitura e funcionários da Petrobrás. O bairro conta com várias linhas de ônibus (provenientes de rodoviárias próximas como a de Cajacity, Fazenda City, Boca Da Matacity, ect..) para diversos locais da cidade. Castelo Branco faz divisa com Cajazeiras e Pau da Lima. No Sábado de carnaval, o bloco carnavalesco "As Derrubadas" desfila dentro do bairro fazendo um grande alvoroço. O bloco é formado por homens (?) travestidos que, com muita frescura descontração e irreverência sempre procuram homenagear artistas famosos (ou não tão famosos assim).

canabrava

Lugar totalmente isolado do resto do planeta Terra, é quase impossível de se chegar lá. Vice-Campeão de demora dos ônibus, perde para o bairro de Pirajá. Possui moradores ilustres, dentre eles o Cascão, que mora numa área isolada no mesmo bairro,conhecida como lixão de Canabrava. Quando a VEGA (Empresa que cuida do lixo em Salvador) não tem onde jogar os resíduos, aproveita e joga no local.Por isso, já foi até multada em 9999999 mil Reais. No bairro está situado o Estádio Manoel Barradas, mais conhecido como Barralixo pelo fato de estar localizado próximo ao Lixão. Tendo como proprietário o Esporte Clube Vitória.

Liberdade

A Babilônia soteropolitana. É um dos bairros mais importantes de Salvador, por conter inúmeras passagens secretas que desafiam as leis da física e confirmam a teoria da quarta dimensão. Na Liberdade , você pode chegar ao Japão, através da feirinha. Não bastasse isso, engenheiros da NASA construíram uma base em um esgoto secreto no bairro, pois descobriram que poderiam estudar composições de um buraco negro no Curuzu (facilmente acessível pela liberdade). Além do mais, você tem a liberdade de vender a cocaína que quiser e de abrir inúmeras Igrejas Católicas e protestantes que visam tomar seu salário. Alta densidade de lixo no chão.

Feira-do-Rolo

Esse é o local onde você compra o que quiser e quando quiser. Depois da venda do Mercado de Modelos, tornou-se o único supermercado concorrente à rede monopolista "Bompreço". Lá existem coisas como fósseis de pterodáctilos, órgãos para transplantes, animais em extinção (qualquer um, de tigres-dente-de-sabre a mamutes), instrumentos musicais de Raul Seixas, armas do Exército Isralense e objetos que foram roubados da sua casa. Se você tiver sorte, ainda encontrará tua mãe lá, caso contário ela já foi vendida (vai reclamar com o Delegado painho).

  • OBS.: A feira do rolo é o único lugar para o qual você vai de bicicleta e a deixa no início da feira.....Ao chegar no final dela, você compra os pedaços da sua bicicleta pela metade do preço que a comprou inteira e ainda luta para tentar chegar em casa, no mínimo pelado. Sim, lá se vende órgãos humanos.

A Feira-do-Rolo já conta com filiais em: São Paulo e Rio de Janeiro.

Rio Vermelho

Provavelmente um dos bairros de Salvador que se destaca pela sua insegurança e diversão. Aparentemente meio irônico porém constatado que, em época de Carnaval, ou não, acontecem vários "arrastões" dentro dos ônibus, onde por incrível que pareça pobres roubam pobres, já que os mesmos só andam no "buzão" com o dinheiro da passagem de ida e volta e o ticket refeição. Uma das singularidades do bairro é sua ladeira em direção a uma determinada faculdade, onde o aclive citado é chamada de O Pagador de Promessas ou também "Já fui roubado naquela ladeira!", pois a ladeira em questão é tão íngreme que parece que o cidadão está ao encontro de Jesus Cristo, ou seja, já está morto e indo para o céu.

Dizem ser o bairro mais boêmio da cidade, fato facilmente comprovado durante as madrugadas: 105% dos carros, motos, bicicletas, velotróis, patinetes e skates de Salvador estão estacionados no Rio Vermelho, enquanto o resto da cidade possui aspecto desértico. Um lugar bastante apreciado nesse bairro é o famoso "Largo da Periquita Mariquita", onde quase nunca acontece um evento cultural. Ao lado da praça em questão existem várias fámílias de assentados de pescadores, onde os mesmos obrigam falam com seus filhos para pedirem esmola ajuda aos visitantes.

Para quem se interessa por uma excelente viagem gastronômica, no Rio vermelho, você encontrará O Mercado do Peixe. Um luxuoso e cheiroso complexo de bares de extremo requinte e atendimento vip. Entre as mais variadas delícias baianas, você poderá apreciar uma maniçoba ou um mocofato sem igual. Já foi provado cientificamente que o Mercado do Peixe, ou Fish Market para os mais íntimos, fica aberto 25 horas por dia, pois até o planeta Terra para por 1 hora de executar o movimento de rotação sobre si mesma para tomar a saideira.

Pituba

Bairro que não se sabe onde começa nem onde termina. Se mistura com o Costa Azul, Amaralina, Itaigara, Caminho das Árvores, Iguatemi, Nordeste de Amaralina (nem "puliça" sobe)... As ruas têm nome de flores ou estados brasileiros (inclusive Território do Amapá e Território do Rio Branco). A praia fede, a maresia é mais forte que em qualquer outro lugar da cidade, enferruja até os pneus dos carros. Tem uma avenida (também autódromo) chamada Manoel Dias da Silva que possui 4 pistas, é reta e sem buracos, mas inacreditavelmente, acontecem acidentes gravíssimos no cruzamento próximo à casa de festas Fantástica Fábrica. Tem a Igreja Nossa Senhora da Luz e em dias de missa, as beatas engarrafam a Av. Manoel Dias da Silva tentando estacionar onde não tem lugar para isso. Existe também um loteamento que se finge de condomínio chamado Pituba Ville. Pituba é também o bairro onde contem a maior quantidade de veados da selva de pedra, eles sempre tentam disfarçar-se dos predadores com suas galhadas enormes e seu jeito robusto. Quando não estão andando por ai desfilando com suas lindas fêmeas ou execitanto os seus músculos são fáceis de serem encontrados em salas de bate-papo, por incrível que pareça, caçando outros veados.

Stiep

Lugar totalmente isolado do resto do planeta, é quase impossível de se chegar lá. A cada 1000 anos um ônibus passa por lá. Possivelmente o lugar com maior índice de "apreciadores de um fuminho" por metro quadrado em toda a Bahia! Lá é Legalaize total! Stiep, mais conhecido como Centro de Convenções e adjacências. Também conhecido como Costa Azul, ninguém sabe exatamente onde começa um e termina o outro. Ao longo do século XX, vários historiadores tentaram decifrar o significado da sigla STIEP, sem sucesso.

Antigamente pessoas desocupadas como Natora, Cabana, Matagal, Batman e o PHD em mé PERNAMBUCANO costumavam esticar um em pé, daí começaram a falar daquele jeito maneiro estica em pé, depois isticapé, depois istipé...ai deu em STIEP, que é nada mais que a onomatopeia de PREPARA UM AI DO BÃO, na linguagem do fumo nativista, ou seja....aquele que bate de forma alcalina. Há também a teoria de que a sigla é acrônimo de Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Extração de Petróleo do Estado da Bahia, mas isso não faria o menor sentido semantica e onomatopeicamente falando.

Costa Azul

Antes do advento da Av. Pinto de Aguiar como "recanto da pulada de cerca",o Costa Azul ficou célebre pela grande quantidade de Motéis por metro quadrado. Com o tempo virou um bairro família, banhado pelas águas de Cocô Beach, praia que segundo lendas "mergulhou, morreu". Possivelmente, foi lá que surgiu a AIDS, o Câncer, o EBOLA, a dor de cabeça e a espinhela caída (por sinal, nela até uma baleia já morreu!). Mini shoppings fantasmas são profícuos nesta região, você já foi no Blue Shopping? Nem eu!

Cada vez mais nerds e otakus tem sido avistados neste bairro. O que se deve ao fato de a primeira loja especializada em venda de mangás ter sido aberta naquela região. O problema é que ela fica em um lugar tão escondido que até hoje ninguém conseguiu achar. Rogam as lendas que ela fica próxima à região com maior incidência de motéis. O que é praticamente inútil para tal empreendimento da área motelística, já que todos otakus são virgens (ou gays. Rumores afirmam que a lendária loja seria guardada por um gigante, um ogro e personagens do Sonic).

Otaku: e a mãe de quem escreveu isso aí em cima é minha!

Ilha de Itaparica

Ilha que um dia já foi local de veraneio dos barões e hoje só é frequentada pelo povão que toma conhaque Domus debaixo do sol da praia de Caixa-Prego. Local muito apreciado pelos moradores de Cajazeiras, Pau da Lima e afins, que morrem de felicidade ao pegar o "Maria Bethânia" O "ivete" ou o "Dose Dupla", fazendo pagode na fila de pedestre e chupando geladinho de umbu. Gostam muito de ficar no terraço da embarcação pois lá se sentem na laje de casa. Fazem um alvoroço da porra quando o "férri" chega em "Bom despacho" e querem sair correndo na frente dos carros. De vez em quando atropelam um. Geralmente chegam de manhã, sujam tudo e voltam no final da tarde pra dar tempo de pegar o buzú pra casa. Não pegam o catamarã porque é só pros barão. Alta densidade de lixo no chão

Pirajá

Lugar totalmente isolado do resto do planeta, é quase impossível de se chegar lá. É um bairro periférico que todos pensam que fica em Salvador mas na verdade fica perto de Simões Filho e da Palestina(Bairro metade Salvador metade Simões Filho),chegando a deixar dúvidas quanto a sua localização exata.A cada 2 anos passa um ônibus para lá. É mais rápido pegar um veículo pra ir a outro planeta do que pegar um ônibus em Pirajá nos finais de semana.É isoladíssimo de Saturno, Netuno e PLUTÃO, mais próximo de feira de santana do que de salvador. Esse bairro possui diversas qualidades,famoso pela sua Festa do Lava-tudo que lava todo o bairro,inclusive a população que é obrigada a Tomar banho.A Prefeitura diz não fazer nada pelo bairro porque ainda não sabe se Pirajá faz parte de Salvador, Simões Filho ou Candeias... Possui sub-divisões:


• Alto do Cabrito (boca do bida)

• Alto do São Jorge (boca do irmão do bida)

• Campinas (desova)

• Fim-de-Linha-Ruas velha e nova (paredão de fuzilamento)

• Baixa da Fonte (local onde existe a Fonte da Juventude)

•Conjunto Pirajá 1 (Faz divisa com Simões Filho, Totalmente Isolado do Bairro principal e a cada 1 anos um ônibus passa para lá). Ver próxima seção.

Mais tem uma coisa que faz a diferença por la que sao as pessoas bonitas.

Alta densidade de lixo no chão(que é maior nos fins de semana)

Conjunto Pirajá 1

É um bairro que está às margens da BR-324. Também conhecido como favela da rocinha pelo fato de haver inúmeras casas de pobres. Sua população é compostapor diversos tipos de pessoas. Entre os moradores há uma dúvida: O local é Pirajá ou Conjunto Pirajá? Os moradores defendem a segunda opção porque querem ser independentes mas o problema é que no mapa de Salvador não aparece o bairro. Em função disto, o bairro é Pirajá. As linhas de ônibus levam o nome Conjunto Pirajá 1 mas a prefeitura já avisou que se o nome não for trocado para Pirajá irá tirar as linhas de ônibus. Lá não existe sequer algum estabelecimento comercial ois moradores se deslocam para o baiiro vizinho causando um alvoroço da porra parecendo um monte de louco correndo atrás de trio elétrico em dia de carnaval.

Chamem o Ibama Por Favor,tem muitos animais aqui,VIADOS,PIRANHAS,CADELAS.

Ribeira

Todos pensam que é um bairro, mas na verdade é uma imensa sorveteria.

Lá é o único lugar do mundo em que o final de semana tem três dias, porque na segunda tem a "Segunda-feira gorda da Ribeira" onde as pessoas vão saborear um delicioso cozidão na beira da praia e pôr as conversas em dia, já que trabalho é uma coisa escassa em toda Bahia.

Entre os moradores há uma duvida eterna,onde é Ribeira e onde é Massaranduba?

Um domingo na praia da ribeira é como se você estivesse em um bloco de carnaval aquático, pois as pessoas bebem,ouvem pagode e super lotam as praias, sem contar que utilizam o mar como banheiro público.

Roma

O papa passa a maior parte do tempo lá. Procure sobre o Vaticano.

Bonfim

Para os Evangélicos=Marfim] Todo ano tem uma lavagem de sua escadaria (com três degraus - ou como dizem os adeptos, degrais), que deixa as ruas emporcalhadas de latas de cerveja e de penas de galinhas pretas e farofas com pipocas, fitinhas do Bonfim[Marfim e mijo dos consumidores alcoolizados. Aqui tem a famosa Igreja que diz ser Senhor Bomfim [Marfim] da Cabeça Branca

São Caetano

Mais conhecido como "Saint Kation, Califórnia", esse é o bairro mais comentado pela população de Salvador, nos últimos anos... Nesse período a criminalidade aumentou 666.666% em São Caetano! Com mais de 1.000.000 de habitantes amontoados em morros, Saint Kation é dividido em:

• Estrada Velha: Local de comando das bocas da cidade baixa. Da estrada velha é possível observar todos os fogueteiros que estão do Bonfim à Sub-urbana, que avisam quando a polícia está a caminho.

• Geral: Local de encontro de todos os carros que passam por São Caetano. Engarrafamento total entre Meio Dia e 02h da manhã (chegando) e entre 5h da manhã e Meio Dia (saindo de São Caetano) e este se estende até a entrada da Boa Vista, passando pela 4ª Delegacia. Além disso, a Geral é ao lado do Bompreço.

• Susunga: Moradia da antiga Socialyte Saint Katiense e dos traficantes que cresceram na vida, mas não querem largar seu querido bairro. Faz fronteira com Fazenda Grande do Retiro.

• Formiga: Morada das balas perdidas e achadas de toda Salvador. Onde os manos que levaram R$8 mi da caixa econômica estão escondidos e onde a fumaça da maconha é misturada no leite dos bebês.

• Rua Direta: Só tem lojas, armarinhos e dois H(M)otéis, além da famosa Academia "Well" que ninguém sabe o que significa.

• Goméia: Antiga concentração dos malandros de Salvador (agora é a formiga). Está colada no Marotinho, na BR-324, na garagem da ITT, e contém o único posto de Saúde de Saint Kation, além de um enorme buraco causado pelo meteoro que trouxe ACM para a Bahia.

• Baixa fria e Bambui: São opostos: um em cada lado do morro. Mas o Bambui é a morada da nova classe média, com casas que chegam a 800m² e terrenos de 2000m², enquanto a baixa fria é confundida com o Calabetão e pode ser inundada a qualquer momento.


Capelinha

Famosa pela Fabrica de Picolé Capelinha que (apesar da maioria pensar que foi fechada) fabrica 100% dos picolés vendidos na cidade.

Quem nunca ouviu?

"Óia picolé capelinha aê ó!". Os picolés Capelinha merecem um capítulo à parte nas praias de Salvador. Não se pirateiam apenas cds e dvds. Hoje em dia, o picolé Capelinha também sofre este tipo de abuso.

Seus sabores são dos mais diversificados: creme holandês, amendoin, manga, cajá, caju, umbu, siriguela, cupuaçu, maçã, laranja, limão, banana, ameixa, pera, uva, morango, doce-de-leite, chocolate, patê, peito de peru, hamburger de siri e vatapá, o que agrada toda população brasileira e turistas.

Alta densidade de lixo no chão.

Paripe

Procure por África, fica mais facíl de achar... Só tem a praça...

Valéria

Lugar totalmente isolado do resto do planeta, é quase impossível de se chegar lá. Todos pensam que é um bairro mas é na verdade um distrito de Feira de Santana. Fica muito perto de Cajazeiras e faz divisa com Simões Flho, chegando a deixar dúvidas quanto a sua localização exata. A cada 1000 anos um ônibus passa por lá. Possivelmente o lugar com maior índice de "apreciadores do fuminho". Dividida entre a parte mais elitizada (DER-BA) e os mais lenhados (BRASILIA). A maior população gay da América Latina se encontra nesse lugar. É mais rápido pegar um veículo pra ir a outro planeta do que pegar um ônibus na Valéria nos finais de semana. A Prefeitura diz não fazer nada pelo bairro porque ainda não sabe se Valéria faz parte de Salvador, Simões Filho ou Candeias...

"Periperi"

Peri(guetes)peri,É o bairro com a maior concentração de periguetes por metro quadrado de "Salvador", conhecida carinhosamente como Pericity, este bairro fica localizado há 5.000 km do centro. Os lugares mais badalados de lá são o Iguatemi (galeria de Bares onde as Pireguestes quebram até de manhã), Praça da Revolução (Praça rodeadas de Bares e carros com sons onde as piriguetes quebram até de manhã) e só. Existe uma milícia chamada Nova Constituinte (Bairro anexo), lugar de altíssima periculosidade, com a maior concentração de bandidos e traficantes por metro quadrado do mundo, nem o BOPE entra lá. Seus principais meios de transporte são a COMBIM, A TOPIC E OS MOTOS TAXI. Mirante Colina é um Real!!!!!!. Não podemos deixar de lembrar da seresta do Gají, famosa pelo número de mulheres barriadas que enchem a cara e arrocham até não poder mais.

Itapuã

Tem acarajé,alta densidade de lixo no chão, traficantes vendendo maconha, craque e tudo mais em plena avenida aos olhos da polícia, quem vai ao bairro, vai somente pra comer o acarajé da "Cira" feito por várias Baianas de acarajé (lógico que nenhuma delaé a tal Cira), alías só esse acarajé vende mais que droga em Itapoan, outro fenômeno é o nome do Bairro, até hoje ninuém sabe como se escreve: Itapuã, Itapoã ou Itapoan.

Divisão Biológica

Salvador tem um índice de 51% de Cantores de Axé, 47% de Turistas e 2% de Cearenses. Alguns dizem que é possível encontrar pernambucanos em Salvador, mas isso não foi comprovado, pois eles têm vergonha de admitir que trocaram Pernambuco pela Bahia.


História

Yoda.jpg
Este artigo ou seção de artigo trata do futuro. Tudo que for escrito a partir daqui foi baseado nas premonições do Mestre Yoda.
Clique aqui para mais premonições do mestre Yoda você ver.

Fundada em 1300 A.C. Por um pescador de 94 anos de idade após capturar um peixe de 23 metros cujo nome científico correspondia por Sauvadoris peixis, criando laços afetivos com o mesmo e adotando-o como filho para o resto sua vida. Após esse acontecido, aquele local litorâneo passou a chamar-se Salvador, em homenagem ao peixe querido do velho pescador que pessoas desconfiam ser ACM, mais conhecido como Highlander - o guerreiro imortal. Más línguas dizem que o peixe ainda vive e habita as profundezas do Dique do Tororó e alimenta-se de pedaços de ferro dos Orixás.

Pré-História A Pré-História soteropolitana (salvadorense) foi o período mais conturbado da cidade, até que os Tupinambás expulsaram os Homo Erectus da região e iniciou-se a Era de Paz, marcada pela invenção mais importante da História Baiana: a Rede, muito utilizada por Dorival Caymi. Alta densidade de lixo no chão.

Cquote1.png eu era um bebado que vivia drogado encontrei jesus encontrei jesus na casa do senhor não existe satanas Cquote2.png
Durval Lelys, grande historiado baiano sobre ? sobre o quê mesmo?

Idade Média Em seus feudos, os Caciques Tupinambás exploravam os camponeses num regime conhecido como vassalagem. Foi a época dos grandes torneios de miserês, piriguetes em perigo e lagartixas. Essa época também foi marcada pela inquisição, que levou à fogueira milhares de Tupinambás acusados de bruxaria e xamanismo. Alta densidade de lixo no chão.

Idade Moderna

1505 - Os portugueses chegam trazendo para os índios espelhos, armas de fogo, cavalos, laptops, celulares e iPods, em troca de Pau-Brasil.

1549 - A Cidade do São Salvador é fundada e tem seu primeiro governador: Maurício de Souza. São construídos o Farol da Barra, Elevador Genival Lacerda, todos os fortes (São Marcelo, Santo Antônio Carlos Magalhães, São Quinze pras duas, São Longuinho, etc...), o Pelourinho, todas as igrejas (menos a Universal, conhecida como casa da Moeda e a de Quase-são Frei Galvão) e o primeiro shopping da cidade: o Mercado de Modelos, onde você pode comprar uma Cicarelli ou uma Ana Hickman.

1550 - Um português chamado Luis Caldas, um dos primeiros moradores de Salvador, inventa um ritmo de música lírica chamado Axé Music. Alta densidade de lixo no chão.

Idade Contemporânea

ACM também conhecido como Dom Antonio Corleone - Cangaceiro da Bahia
Ivete Sangalo

O Presidente do Brasil se muda de Salvador para o Rio de Janeiro, levando consigo Caetano Veloso e várias outras celebridades baianas que vão morar na nova capital.

1545 - Hebe se muda para a cidade, retornando ao seu estado de origem por volta de 1873.

1591 - Começam as obras do Metrô de Salvador.

1666 - Aparece ACM.

1815 - É inventado o Trio Elétrico e o Carnaval é descoberto.

1830 - ACM vira o imperador da Bahia.

1835 - Nasce Joaquim Sangalo.

1855 - Joaquim Sangalo muda de sexo e passa a se chamar Ivete.

1856 - Joaquim, agora Ivete Sangalo, entra no Show Biz e inicia a carreira cantando o estilo lírico conhecido como Axé Music.

1899 - Nasce o Esporte Clube Vitória.

1931 - Nasce o Esporte Clube Bahia.

1959 - O Bahia dá o glope e vence a Taça Brasil

1988 - o Baea Ganha a "taca das bolinhas" ui ..

1990 - Ivete Sangalo lança seu primeiro CD.

1991 - Ivete Sangalo lança seu segundo CD.

1992 - Ivete Sangalo lança seu terceiro CD.

1993 - Ivete Sangalo lança seu quarto CD.

1830 - ACM Ainda é o imperador da Bahia.

1997 - Surge o novo Messias, Deusjan Petkovic desembarca em Salvador.

2002 - O Vitória começa a ganhar tudo e o Bahia cai de divisão.

2003 - As obras do Metrô são interrompidas.

2004 - É lançada em Salvador a primeira música que não é de Axé. Nasce então, em Cajazeiras, o Arrocha.

2005 - O Arrocha é esquecido.

2006 - Ivete lança seu décimo sétimo CD.

2007 - Desastre parte da Fonte Nova cai.

2007 - ACM vai passar umas férias no Inferno. Acaba o imperialismo do ACM.

2007 - Sartre COC compra o Colégio Nobel.

2008 - Mais um título do Vitória.

2008 - A Disney inicia as negociações para a comprado Metrô de Salvador, já que este será a maior montanha russa do mundo,Michael Jackson Também quer participar de parquinhos de diverssões.

2008 - Começa as eleições para prefeito de salvador, e Hilton 50 (eu quero hilton 50 na capital da resistencia... salvador...) junto com leoKret ganham essa parada.

2008 - Tal qual o metrô de Salvador, está quase pronto o Auditório/Teatro/Abrigo-antimeteoros do Bom Pastor, pois, assim como a cidade, o colégio é um canteiro de obras.

2008 - Colégio Marista é vendido ao Sartre COC. Mas um vendido, quem será o próximo?

2009 - Jaques Wagnes resolve parar de beber.

2009 - Jaques Wagner fica bêbado em pleno carnaval baiano.

2009 - O Sartre COC compra o Colégio Monet.

2009 - O Colégio Anchieta compra o Colégio São Paulo

2010 - O Sartre COC compra o Colégio Cândido Portinari.

2010 - O Colégio Anchieta compra o Colégio Integral.

2011 - O Sartre COC compra o ISBA; 0 Bahia comemora 10 anos sem títulos; O Bahia de Feira ganha o baianão

2011 - O Colégio Anchieta compra o Marista

2011 - A Escola Medalha Milagrosa(que escola é essa) é explodida pelo Sartre COC e seus concorrentes(vide Igreja Universal e Candomblé) e todos os seus vãndalos morrem carbonizados.

2012 - ACM continua no inferno, Seu neto assume o trono de imperador; O Vitória volta para a Série A,

2013 - O Sartre COC tenta comprar o Colégio Anchieta.

2013 - O Shopping Barra entra em obras

2013 - Ocorre o Lançamento do Cosmopolitan, na Graça, com 70 andares

2013 - O Ministério Público embarga a obra

2014 - O Colégio Anchieta tenta comprar o Sartre COC

2014 - ACM Neto é eleito no primeiro turno presidente do Brasil com 99,98% dos votos válidos. Hilton 50 elege-se Governador do Estado da Bahia.

2015 - O Sartre COC pede falência.

2015 - O Colégio Anchieta pede falência.

2015 - O Sartre COC e o Anchieta são comprados pela Igreja Universal, com o objetivo de difundir o ensino na América Latina. Varela é o novo professor de Rádio e TV (disciplina nova)

2016 - As obras do Cosmopolitam recomeçam

2017 - Os Pernambucanos morrendo de raiva se matam, e explodem o seu próprio estado, livrando o Brasil do pedaço de tripa que se chama Pernambuco, fazendo o time do Náutico se mudar pra salvador e tomar um dos principais rivais do Bahia e do Vitória.

2018 - Hilton 50 vence ACM Neto e é eleito Presidente da República.

2019 - O IPHAN embarga a obra do Cosmopolitan

2020 - O Cosmopolitan atinge o 69º andar, e é atingido por um avião da Abaeté

2026 - A capital do Brasil deixa de ser em Salvador, originando uma guerra civil e o pedido de Independência.

2090 - Ivete Sangalo lança seu octagésimo quarto CD.

2091 - É inaugurado o Metrô de Salvador (filial da Disney)

2092 - O Metrô entra em greve.

2092 - O Metrô é ameaçado de demolição pelos Transformers.

2093 - Morre em Salvador Ivete Sangalo, aos 258 anos.

2094 - Morre em Salvador Dercy Gonçalves. (de novo)

2095 - Dercy Gonçalves acorda de seu sono de "beleza".

2096 - A Paralela é fechada para a corrida de Fórmula 1

2097 - o Feira de Santana é Campeao Mundial Interclubes

3000 - Irmã Maria Alice ganha prêmio Nobel por gestão modelo em instituições de ensino, e promete passar o cargo dentro de mais 698 anos.

3257 - O Jahia ganha o primeiro título desde 2002 - campeão da segunda divisão do torneio municipal de Camaçari.

3666 - ACM ressucita e mostra ser o anticristo.

3777 - O metrô é demolido pelos Transformers.

3078 - O Shopping itaigara é reinaugurado

3824 - O Jahia conseguiu o seu 2876º vice campeonato, perdendo para a Seleção de Cajazeiras. O Galícia fica com o 3º lugar.

3828 - Ivete Sangalo ressuscita e aparece grávida.

4000 - Obras do metrô retornam, mas com verba reduzida e prazo de entrega estendido

4845 - Finalmente depois de milénios Bahia e Vitória Sobem para a 10º Divisão do Campeonato Brasileiro.

5020 - Guerras Civis pro idependência, mata quase 90% do povo Baiano.

5020 - Uma Bomba Nuclear, formado por peidos de todos na cidade, dizima Salvador do Mapa.

5022 - Salvador comeca sua reconstrução.

5015 - Acaba Guerra.

5018 - O TATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATATA-taraneto de Acm é eleito Presidente do Brasil.

5846 - Finalmente Bahia, se torna um país idependente, sendo Feira de Santana a capital, do novo pais.

5849 - Bahia e o pais mais pobre do mundo, sendo do 5ºmundo, e Salvador a mais pobre do mundo.


Demografia

Baiano dizendo que são descendentes de Japonês

A maior parte da população de Salvador é descendente de imigrantes alemães, por isso só tem loiro de olho azul lá. Isto é notado quando se vai para o Shopping Barra ou para o Iguatemi isto fica bem evidenciado.

Os soteropolitanos constituem cerca de 50% da população brasileira (sendo que 49,55% moram em São Paulo), dos quais 98% só retornam a sua terra de origem durante o Carnaval ou através do "De volta a minha terra" do Domingo Legal. Já onze meses depois (tempo de gestação do baiano), a taxa de natalidade na Região passa para 100% (não existem casos de soteropolitanos nascendo em outras épocas do ano).

Pesquisas recentes apontam que 50,1% da população é feminina e os outros 49,9% são homens. Os únicos idosos da cidade são ACM - ERA..MORREU!!! Mas parece que voltará no trigésimo dia, Dona Canô, Riachão, Dorival Caymi, Jorge amado e Zélia Gattai. Dizem que existem alguns outros, mas como baiano velho é tudo igual, ficam apenas esses na lista oficial.

Segundo o IBGE, 80% dos soteropolitanos são baianos e 72% são brasileiros. O número absoluto da população ainda não foi descoberto, já que os estatísticos ficaram com preguiça de contar.

A influência da alta taxa de natalidade é tão alta que Salvador conseguiu um feito até hoje inédito no mundo: todo soteropolitano quando fica rico ou famoso vai pro Rio de Janeiro. Já os soteropolitanos pobres, vão todos pra Sum Paulu (baianês pra "São Paulo"). A Bahia também exporta capoeiristas para Europa e EUA, que ficam lá ilegalmente até arrumar uma loira pra casar.

Estima-se que 99,9% da população baiana jogue capoeira. Isso inclui tetraplégicos, portadores de deficiência visual e torcedores do Galícia. Apesar do imenso êxodo de baianos, ainda assim a cidade é a maior do nordeste, comprovando as teorias sobre a fertilidade da população.

Economia

Salvador é cidade pólo na exportação de côco, cantoras de axé (os discos são produzidos em São Paulo), Obina, Berimbaus e sotaques para novelas da globo, destacando-se os sotaques de paraibano, pernambucano e cearense. O principal produto de importação da cidade são os turistas, vindos principalmente de São Paulo, Rio Grande do Sul, Acre, Espanha, Papua/Nova Guiné e República Tcheca.

Clima, Vegetação e Hidrografia

Coqueiro

Existem três situações climáticas em salvador ao longo do ano: calor, pouco calor e muito calor. A temperatura média é de 30 graus. Calorentos: passem uma semana no máximo no Polo Norte ou fiquem em um hotel com ar-condicionado.

Há apenas duas estações: o Verão e o Carnaval, que freqüentemente coincidem. Uma pequena parte do ano chove promovendo um efeito surpreendente chamado calefação.

A vegetação da cidade consiste em coqueiros. O principal rio chama-se CocôBeach e fica no bairro do Costa Azul. Depois do fracasso do Bahiazul em se livrar do lixo do carnaval, as praias do Costa Azul - Amaralina estão inabitáveis (pelo menos por seres que já foram classificados pela biologia).

Cultura

Carnaval

Salvador é uma cidade com muita cultura. Desde Gregório de Matos os baianos gostam de rir das outras pessoas. Castro Alves iniciou a era dos comedores. Mas o tempo passou... Agora inúmeras bandas de grande renome no antro erudito fazem freqüentemente shows na cidade, a exemplo de Pagod'art, Fantasmão e Psirico.

Não se pode esquecer, claro, que Salvador sedia a maior manifestação de moda popular do mundo na Terra, a Salvador Fashion Week(mais conhecido como Carnaval). As pessoas vão para a rua exibir os modelitos que serão usados durante todo o ano, sendo roupas bem coloridas e vendidas a preços exorbitantes. É nessa época que o Soteropolitano gasta as energias que acumulou o ano inteiro, correndo atrás do trio, correndo atrás de mulher e, principalmente, correndo da polícia. É no Carnaval que o Soteropolitano tem a chance de escutar mais uma vez as inovações do Axé que ele já ouve o ano inteiro, desde que nasceu.

O Carnaval é tão importante para esse povo que começa antes do natal!. para não ter que esperar o ano inteiro, eles criaram uma série de festas como o Festival de Verão, o Bonfimlight, o Babado Elétrico, o Trivela, o Ensaio Geral, o Asa + Rappa, Asa + Aviões, Asa + Waldique Soriano, Asa + Dercy Gonçalves e Silvio Santos, o São João, o Natal, o Ano Novo, a Páscoa, o 7 de Setembro, o 2 de Julho, o Dia de Nossa Senhora de Fátima, o Dia Depois de Amanhã, o Dia do Trabalho (só se trabalha nesse dia do ano, atrás de um trio elétrico), o Dia da Mulher, dentre outros.

É durante o Carnaval que, na cidade, pode-se encontrar o maior banheiro a céu aberto do mundo, cobrindo toda área metropolitana da cidade (menos na graça, senão os seguranças de ACM te descem o sarrafo), deixando um suave e saudável aroma de uréia com cerveja perfumando a festa.

Durante o Carnaval, nota-se que todas as barreiras preconceituosas são quebradas, menos a barreira do cordão dos trios-elétricos. Lá a regra é clara (branco e rico pra dentro e preto e pobre para fora). Fora isso a democracia rola solta, aonde homens e mulheres casados não são de ninguém.

Vale tudo, desde comer mulher bonita, feia, sua mãe, prostituta, bixa, boi, vaca, outro brother. Daí a grande população baiana ter entre 8 e 15 filhos por média familiar. Geralmente casamentos instantâneos são feitos nestes eventos, aonde é concluído com um beijo na boca e a população de Salvador dobra a cada término de carnaval (todas as mulheres engravidam após o carnaval).

Além da cultura do carnaval na Bahia há um elemento bastante evoluído na sua cultura. A fofoca atualiza toda a população e forma a maior universidade a céu aberto no mundo. Os iniciantes nesta fantástica cultura ficam na porta de suas casas olhando quem entra e quem sai, quem vai e quem fica.

Nisto ele atualiza toda uma população sobre o que cada um faz, o que come, quem come quem, o que fez, o que deixou de fazer. Nisto quando notam algo de suspeito nos seus parentes, vizinhos, amigos, chefes e governo em geral, comunicam toda a população da bahia. Os comentários mais comuns são, puta, careca, desempregado, bebum (para quem não sabe, todo indivíduo careca na Bahia é popularmente conhecido como safado, independentemente da sua conduta - isto também é relacionado a velhos - pessoas acima de 20 anos).

Cada vez que uma mulher sai de casa recebe o adjetivo de puta. Todo homem que fica em casa é vagabundo. Quando o homem sai de casa é para procurar mulher e quando a mulher fica em casa é para ficar com amante.

Todos os órgãos públicos funcionam até às 17:00, mas o baiano faz questão de comparecer às 3:00 ou 4:00 da madrugada para dizer que chegou cedo. Tudo gira em torno de chegar cedo, independentemente de resolver ou não o problema.

Pela tarde ninguém vai a órgão público sob pena de ser chamado de safado, vagabundo e sem-vergonha porque não chegou cedo. Chegar cedo independe da cultura, estado civil, profissão e nível econômico.

Nota: Durante os finais de semana, toda a cultura da bahia, gira em torno de colocar o som alto no carro para ensurdecer toda a vizinhança (isto 24 horas no dia) e encher a cara de cerveja.

Os ferrados costumam tomar um copo de cachaça que tem o mesmo efeito e pertubam todo mundo durante todo o final de semana. Esta cultura envolve toda a população, desde recém nascidos à velhos à beira da morte.

Festas (E ensaios)

Em Salvador existe uma grande mistureba de ritmos e sons. Atualmente o que predomina é o pagodão e o arrocha. Além do Carnaval, grandes festas são organizadas pelo empresário Bocão, que toda sexta-feira promove uma micaretinha em um bairro-cidade (Liberdade,Cajazeiras, Sussuarana...), ou aluga o ex portal da Codeba. Ainda tem os Mega Eventos que entraram para o Guiness Book como maior festa de camisa, e colorida (com mais de 99.157.875.167.545 cores de camisa) do mundo com bandas e cantores internacionais como Calypso, Silvano Salles(o cotó apaixonado), Bruno and Marrone, Zezé de Camargo and Luciano.

Durante e após as festas, todos podem verificar a hospitalidade baiana através de dialetos próprios, dentre os quais:

Eu vô ti matá! Eu vou fazer uma misera nim você! Eu vou arrancar sua língua fora! Sai da minha frente disgraça! E aí disgraça! "disgraça quer dizer amigo, colega" E aí miseravão! "miseravão é o aumentativo de miserável e colega" Eu vou lhi matá! "tome cuidado com esta frase, mude de local, porque o bixo vai pegar contigo!"

Nisto se comprova a receptividade do baiano. O baiano é mais ainda receptivo quando encontra algum corpo desovado em algumas áreas perigosas como o norte, centro, leste e oeste (o pelourinho é o principal foco) da qual centenas de pessoas vão recepcionar o novo visitante do inferno. Em alguns casos a receptividade do baiano é tão grande que às vezes eles chamam a mídia, o Varella e o Bocão. Tudo na mídia e televisionado, mas ninguém sabe quem matou.

Ainda na receptividade do baiano, ele é muito receptivo, principalmente se você pisou no pé dele, ou olhou na cara dele, ou está vestindo uma camisa que não é a cor preferida dele. Geralmente você será recepcionado com várias facadas no buxo ou 15 tiros na cara (como o baiano é muito superticioso ele não dá treze tiros).

Nota: o chumbinho para matar ratos foi proibido à venda na Bahia- Motivo: Estavam usando na comida das pessoas para levá-los à presença do ACM, e devido ao grande uso, aumentou a população de ratos na cidade e no momento o produto está em falta.

Ensaios

Além de tudo a nova onda são os ensaios... "Segunda ensaio da banda a" "Terça ensaio da banda b" (E assim sucessivamente até quinta-feira) Aí sim a partir da sexta pode haver festas e shows... É impressionante como as bandas passam O VERÃO TODO ensaiando... E APENAS ENSAIANDO... Porque você não vê mais a palavra "show". Engraçado que esses ensaios quase intermináveis, vêm muito de cantores/bandas que não estão em alta, e com o tempo você percebe que ele não faz mais do que ensaios.

Grupos musicais Famosos

Asa de Pato Roco, ChiCretão, Pagodart, Psirico, Babado Novo, Fantasmão, Parangolé, Psirico, Harmonia, Xandy, Jammil, Calypso, Amado Batista, Lairton e Seus teclados, Taiorone "o Cigano", Os Sungas, Os Camaradas, Os Bambaz, A Bruxa Misturation, Os travessos, NiRa Guerreira, Silvano Salles ( o cotó apaixonado ), Nara Costa, Swing do P, Bonde do Maluco e no styllo(a banda que leva você),A Bronkka, Fantasmão e todas as bandas conhecidas do Brasil. Nãão esquecer da Chatiela Mercury, da Sapatão Sangalo , Pitty.

Tudo isso pra fazer bem as turistas paulistas,cariocas e sulistas que vem pra Salvador atrás de um negão e trair o namorado, que jura de pé junto "Ela foi pra um congresso".

Língua

Língua

Em Salvador é falado o Baianês, que conta com seu próprio analfabeto:

A Bê Cê Dê É Fê Guê Agá Í Ji Lê Mê Nê Ó Pê Quê Rê Si Tê U Vê Xis Zê

Ao contrário do que muitos pensam, o Baianês não é falado lentamente, mas sim cantando. Não existe o gerúndio, mas sim o gerúnio.

Em baianês, uma frase nunca é concluída. Existem alguns verbos novos, como "bora" ou apenas "bó", que significa "vamos" (acompanhe a evolução: originalmente "vamos em boa hora" - "Vamos embora" - "Vumbora" - "'Bora" - "Bó") e também pode ser dito em forma repetitiva-poética como "borimbora" ("Vumbora embora") . Os exemplos abaixo só corroboram que existe uma capacidade inata no baiano em poupar energia. O caso clássico consiste na evolução do "Vossa Mercê" em "Vosmissê", após no já comum "Você", então no atualmente utilizado "Cê" e já foram encontrados casos de comunicação natural através do "Rummm" (som de grunido).

O Baianês, ao contrário do que se pensa, é uma língua ancestral, cuja raiz linguística vem dos Yorubás, Mouros, Sarracenos e Pelourinhenses do Candeal. Do Baianês originou-se o Francês. Os franceses, por serem viados de natureza e terem herdado a porção Queima-ré da Malemolência, criaram uma gramática mais complexa e pseudo-independente de suas raízes linguisticas ancestrais. Vemos aqui um exemplo de francês arcaico:

"Em Salvador nous parlons francé. É picá la porra dê vatapá, dê acarajé, je suis botá ebó pra Exú e Ogum-megê, jogá flô pra Iemanjá e fazê borí pa Iansã, tu voá. Si num gostô vá si fudê, tome manguá no rebucetê."

Algumas frases cotidianas:

"E aí sacana?!" - Olá amigo.

"E aí carniça?!" - Olá amigo.

"Colé, meu bródi!" - Olá, amigo.

"Colé, minha cor!" - Olá, amigo.

"Colé, meu kissuki" - Olá, amigo

"Colé, miserê!" - Olá, amigo.

"Colé, corrente!" - Olá, amigo.

"Colé, meu peixe" - Olá, amigo.

"Colé, men!" - Olá, amigo.

"Colé big!" - Olá, amigo.

"Diga aê, disgraça!" - Olá, amigo.

"Diga aê, misere!" - Olá, amigo

"Cagoete Discarado!" - Dedo Duro.

"Digái, negão!" - Olá, amigo. (independente da cor do amigo)

"E aí, viado!" - Olá, amigo. (independente da opção sexual do amigo)

"E ae, meu rei!?" - Olá amigo.

"E ai, Big Johnson" - Olá amigo.

"E ai, Big Charlie" - Olá amigo.

"E ai, chapolin - Olá amigo.

"E ai, assombroso - Olá amigo.

"E ai, frên" - Olá amigo. (A palavra vem do inglês "friend")

"E aí, seu Mickey, Colé ?" - Olá amigo, como vai?

"Num tiri onda não, vú?" - não se meta comigo ou com alguém.

"Diga aê lebara" - Olá meu amigo.

"Ô, véi!" - Olá amigo.

"Diga, mô pai!" - Oi para você também, amigo!

"E ai, miserê!" - Olá, amigo!

"ÊA!" - Olá, amigo.

"Colé de merma?" - Como vai você?

"A casa caiu" - Se deu mal.

"Seu traste!" - Você não vale nada.

"De fudê" - Muito bom! Ex: "Essa música é de fudê"

"Como quê" - o mesmo que Pra porra! ou Como a Porra!

"Você quer o cu e ainda quer raspado" - Você está pedindo demais.

"Viu filá da puta" - Eu te avisei.

"Joguei o agá" - Iventei uma história.

"Larga o doce pivete" - Diga toda a verdade garoto.

"É niuma, miserê" - Sem problemas, amigo.

"Relaxe mô fiu" - Sem problemas, amigo.

"Beléssa negáun" - Sem problemas, amigo.

"Ta de boa negão!" - Sem problemas, amigo.

"Cê tá ligado qui cê é minha corrente, né vei?" - Você sabe que é meu bom amigo, não é?

"Bó pu regui, negão?" - Vamos para a festa, amigo?

"Aí cê me quebra, né bacana" - Aí você me prejudica. Não é, amigo?

"Brootheeerr....!!!" - Preste atenção...!!!

"Brootheeerr...!!! Negãoooo...!!!" Preste atenção...!!! e mais atenção ainda!!!

"Aooonde!?" - De modo nenhum!

"Quem vai é a disgraça" - De modo nenhum!

"Quem vai é o cuêio" - De modo nenhum!

"Quem é doido?" - De modo nenhum!

"É a porra quem vai!" - De modo nenhum!

"É bigórnia!!" - é massa, é bom !

"Vô ali ni umaz i ôta martigá um negocíum" - Vou na residência de uma mulher, em visita de caráter libidinoso.

"Tava mordendo um negocíum!" - Estava com uma mulher, praticando atos libidinosos.

"Vô quexá aquela pirigueti" - Vou paquerar aquela garota.

"Vô dirrubá aquela piveta" - Vou paquerar aquela garota.

"Vô me jogar naquela tchuca!" - Vou paquerar aquela garota.

"Vô da um tapa na cara da pantera!" - Vou praticar sexo com uma garota.

"Que ladrona!" - Olhe essa garota com roupas devassas, é muito linda e tem um corpo escultural.

"Chega nela, da o armlock e finaliza!" - Ação de chegar na garota e não falar nada, apenas aplicar-lhe um golpe de jiu-jitsu, de forma que ela não terá chances de escapar de um beijo ou outro ato libidinoso que seja (expressão muito usada durante o carnaval).

"Vô cumê água" - Vou beber (álcool).

"Colé de merma ?" - O que é que você quer mesmo? (Caso notável de compactação!)

"Eu tô ligado que cê tá ligado na de colé de merma" - Estou ciente do seu conhecimento a respeito do assunto.

"Aquele bicho tira uma onda da porra". - Aquele sujeito é um fanfarrão.

"Cabeça de gelo.." - "ok, tranquilo.."

"Cabeça..." - compactação da expressão "Cabeça de gelo.." que significa "ok, tranquilo.." muito utilizada por guardadores de carro quando informados que o proprietário do veículo não possui dinheiro

"Tá me tirano de otário é?" - Está me fazendo de bobo?

"Tá me comediando é?" - Está me fazendo de bobo?

"Tá me tirando de mueda de 10 centavos?" - Está me fazendo de bobo?

"Se plante!" - Chamada ao combate físico

"Vô meté a mão" - Avisando que vai agredir o indivíduo fisicamente (bater: intensidade ++/4)

"Vô picá-la mão" - Avisando que vai agredir o indivíduo fisicamente (bater: intensidade +++/4)

"Vô li dá uma Broca" - Avisando que vai vai agredir o indivíduo fisicamente (bater: intensidade ++++/4)

"Rumada" - Golpe desferido com as mãos

"Se bote ae, vá!" - Chamada ao combate físico

"Eu me saí logo" - Eu evitei a situação.

"Segure a porra!" - Prelúdio de algum acontecimento surpreendente

"Segure o cú" - Prelúdio de algum acontecimento surpreendente

"Lá vem a porra!" Prelúdio de algum acontecimento surpreendente

"Essa porra vai inxar" - Prelúdio de algum acontecimento violento

"Brocar" - Se sair bem em algo, realizar algo com sucesso.

"tá pensando que bico de jegue é arroz doce? - acha que é fácil?

"tô aqui no coió de besteira" - estou aqui em casa fazendo nada .

"Shhh...Ai, mainhaaa" - Até hoje não se sabe a tradução. Sabe-se apenas que nas músicas de pagode, o vocalista está excitado com sua respectiva amante.

"Oxe!" - Todo baiano usa essa expressão para tudo, mas um forasteiro nunca acerta quando usa. Geralmente denota uma interjeição de surpresa ou de desconcordância (intensidade +++/4).

"Oxente!" - Todo baiano usa essa expressão para tudo, mas um forasteiro nunca acerta quando usa. Geralmente denota uma interjeição de surpresa ou de desconcordância (intensidade ++++/4).

"Lá ele!" - Eu não, sai fora, ou qualquer outra situação da qual a pessoa queira se livrar.

"Lasquei em banda!" - Performou ato sexual vigorosamente.

"Espanquei!" - Performou ato sexual vigorosamente, e ainda deu uma tapona.

"Biriba nela mô pai" - Variação de "Lasca!"

"Ó paí ó" - Olhe para aí, olhe! - Essa espressão foi utilizada pela primeira vez pelo capitão português Manoel da Padaria a frente da Nau Bolseta, que por infortúnio (leia-se burrice) perdeu-se da frota portuguesa no caminho para as índias e veio parar na Bahia. Desde então foi resgatada pelo povo baiano, assíduo leitor de Camões, já que trata-se de um texto apócrifo d'Os Lusíadas, que nem os portugueses sabiam (Nenhum jamais concluiu a leitura do clássico). É muito usada por aqui, tanto que virou filme, peça teatral, música, marca de refrigerante, água de coco, barzinho, cerveja, igreja...

"Num tô comeno reggae!" - Não estar acreditando ou dando muita importância.

"Num tô comeno reggae de (fulano)!" - Não estar com medo de provocação/ameaça de (fulano)

Tome na sequencia misêre" - Tomar o troco de algo ruim que você fez

"Eu quero é prova e R$ 1,00 de Big-Big!" - O mesmo que a expressão acima. O "Big-Big" é um chiclete muito valorizado por pessoas de todas as classes.

"Uisminoufai!" - Bebiba mais conhecida como "Sminorff Ice". Também é uma música do grupo de pagode (desta mesma terra) chamado "Pagod'art".

"Sai do chão!" - Frase típica e predileta das bandas de axé. O intuito da mesma é de que indivíduo se agite e curta o som tocado em questão.

"Rumaláporra!" - Agir violentamente contra alguém ou algo. Utilizando as mãos ou os pés.

"Foi um Rebucetê da porra!" - Foi uma grande confusão.

"Na casa do carai"- Longe de mim, num local distante, na "casa da porra" (ver item "longe pra porra").

"Porra!" - expressão usada quando acontece algo errado

"Pooooorra!" - expressão de surpresa

"Poooorraa!" - expressão de admiração

"Porra!" - expressão de raiva

"Porraaaaaaaa!" - expressão de muita raiva!

"Poorra!" - expressão de alegria

"Pra Porra!" - expressão acrescentada a uma frase...tem o mesmo efeito de muito, só que um pouco mais exagerado - EX.: "é Longe Pra Porra!" o mesmo que "é muito Longe!"

O Porra tem 500mil maneiras diferentes de ser usado em salvador, os soteropolitanos conseguem falar frases apenas com porras, preposisões e alguns verbos... tipo:

  • alguém se machuca e fica com o joelho machucado até que outro alguém surge e...

PORRAAAAA!!! QUE PORRA É ESSA PORRA? COMÉSSA PORRA AÍ VÉI? PORRA, VÁ CUIDAR DESSA PORRA OU ESSA PORRA VAI DAR UMA PORRA DA PORRA VIU PORRA?

  • OBS - Existem mais de 500000 diferentes usos catalogados para o verbete "porra" em Salvador. Inclusive, denota significados de substantivo, adjetivo, advérbio.

"Vei!" - usado para chamar a atençao da pessoa com quem se está falando.

"Veei" - aviso para alguém ter cuidado com algo.

"Veeei!" - expressa de discordância.

"Veeeei!" - expressão de surpresa.

"Veeeeeei" - expressão de facinio.

  • OBS - Existem mais de 10000000 diferentes usos para o verbete "vei" em Salvador.

"Vou pica-le a misera" - Agir violentamente contra alguém ou algo.

"Picá a porra!" - Agir violentamente contra alguém ou algo.

"Rumaládisgraça" - Agir violentamente contra alguém ou algo.

"Bó batê o baba" - Chamar os amigos para uma partida de futebol - O "Baba" subentendido é um esporte similar ao futebol,com algumas diferenças: a bola por exemplo pode ser qualquer tipo de material esférico, que vai desde cocos(fruta típica) até Tua mãe.O lugar onde irá acontecer o baba preferêncialmente tem que ser uma área retangular-plana, mas como isso é raro em Salvador(a não ser nos prédios da Pituba) qualquer lugar serve!

"Bó pro reggae" - Chamar os amigos para a balada

Salvador é também conhecida por ser uma cidade cujo dialeto deu um LAR aos mais diversos impropérios do cancioneiro popular local, possivelmente você um dia já foi convidado a visitar "A casa da porra", "a casa do caralho", "a casa da desgraça"!

Lá também existe a "Casa de Noca" que ninguém sabe onde fica, mas sabe-se que lá sempre o "couro come".

"Peguei uma Ponga" - Pegar carona, embarcar na ideia de alguém, pegar ônibus ou trem em movimento

"Hoje eu to na bruxa" - Hoje eu to muito loco

"Num sei que, parará, caixa de fósforo" - Quando se quer dizer etc. Ex.: "Aquele fila da puta do Janescro, disse que fez, aconteceu, num sei que, parará e caixa de fósforo com Edilene."

" Ô injura, vá ali no PaesMendonça" - Por favor filhinho, você pode ir no mercado?

"Fulano é um Zé ruela" - O cara é um babaca

"Deixe de chibiatagem" - Pare com essas atitudes frescas

"Tomo o Bob Nelson" - Ato de ser traído, trocado por outra pessoa com interesses sexuais.

"Tomo o Quitibeke" - Ato de ser traído, trocado por outra pessoa com interesses sexuais.

"Na mão grande" - Algo feito com poucos recursos, na marra

"Feito a culhão" - Algo feito com poucos recursos, na marra

"Recebi Foi a Galinha Pulando" - Problema ou situação inesperado de alto grau

"É com vocêe Bob Marley" - Problema seu e dos outros

"É com você, Bob Marley e As Baleias" - Problema seu e dos outros. Faz referência à banda The Wailers, que possui pronúncia similar a The Whales (As Baleias)

"É com você, Roberto Carlos e as Baleias" - Problema seu e dos outros. Deriva de um erro da expressão anterior.

"A caceta é que vai!!" - Não farei algo ou irei para lugar algum

"Minha PICA!!" - resposta de negação a uma afirmação.

"Minha Tchola!" - resposta de negação a uma afirmação.

"O jegue anda de quatro, mas não é viado não!" - Não farei algo ou irei para lugar algum.

"Rapaz, nem fudeno" - Não farei algo ou irei para lugar algum

"E o jegue é viado?" - E eu sou imbecil? (geralmente usada quando alguém propoem situação de risco (alta periculosidade) a outrem e ele responde negativamente.

"Cê vai cai no pau mermão!!" - Você vai apanhar cara!

"Aí é esparro" - Expressão usada em situações de risco

"Barril.." - Expressão usada em situações de risco

"Bó vazá véi" - Vamos embora

"Tô cumeno suas farofa" - não estou acreditando em sua história.

"Tô cumendo suas pilha!" - Não estou acreditando em sua história.

"Tô cumendo suas pilera!" - Não estou acreditando em sua história.

"Deu um pé de pica da porra!" - Deu uma grande confusão

"Me tire de pobrema, vu!" - Não me envolva nisso!

"Parta a mil, parta vuado!" - Expressão que denuncia situação periculosa e inesperada.

"Vou chamar minha barrera" - Vou chamar meus amigos.

"Vô pegá a pista" - Estou indo embora.

"Vô pegá a BR" - Estou indo embora.

"Toró da disgraça!" - Está chuvendo muito!

"Que porra é essa?" - O que é isso?

"O fumo entrou!" - Algo saiu fora do normal.

"Porra ninhuma" - Expressa dúvida sobre determinado assunto.

"Sai daí Fulera(o)" - Você esta errada amiga!

"Tá mais por fora que bunda de índio!" - Você não esta interado no assunto.

"Do tempo que cuzcuz era bolo de aniversário!" - A muito tempo.

"Do tempo que o cu era quadrado!" - A muito tempo

"Do tempo que minha vó vendia cuzcuz a metro!" - A muito tempo

"Do tempo que minha vó era gostosa!" - A muito tempo

"Do tempo que arco-íris era preto e branco!" - A muito tempo.

"Do tempo que bufa era perfume!" - A muito tempo, mesmo.

"Sei lá de quê" - Complementação de um caso

"Sai de bolo que você não é fermento" - Não se envolva porque você não tem nada a ver com isso.

"Dei o zignau ou zig" - Faltei a um compromisso ou contornei uma situação desagradável.

"Toma essa sopa de garfo" - problema inesperado

"Garrar ar nega" - Pegar umas garotas

"Dei um ninja" - Escapei de um compromisso ou algo desagradável.

"Joguei" - Desferi um soco.

"Si jógui" - Enfrentar alguém.

"Vista sua roupa de sapo e dê seus pulo" - O problema é seu.

"Vista sua roupa marrom de Canguru e dê seus pulos" - O problema é seu.

"Pô véi, tô in água!" - Poxa amigo, estou alcoolizado!

"Rapaz!!!" - Que legal!!!

"Rapaz!!!" - Será?

"Rapaz!!!" - Entenda!!!

"Rapaz!!!" - Não sei não...

"Rapaz!!!" - Pode ser usado como ameaça.

  • OBS - Existem mais de 10000 diferentes usos para o verbete "Rapaiz" em Salvador.

"Vou batê um banho" - Vou tomar banho.

"Esse rango tá de se fudê" - Esta comida está deliciosa.

"Tô tranpanu como quê" - Estou trabalhando muito.

"De oooooooooouji!" - Expressão dita estalando os dedos e balançando a mão, referindo-se a algo acontecido há muito tempo.

"Viu sacana? u-um!" - Expressão usada para afirmar quando algum indivíduo faz alguma ação infeliz, ou sofre algum impecílio (Equivalente ao "Aí ó!Se fudeu").

"Vo mi imbora pa Sum Paulo" - Futuro frequentador do Patativa e do " Shoppis " Interlagos ou Intercoco!!

"E pêpêpê..caixa de frósco" - o mesmo que "etc."

"Pá Plis, Plis pou, hieroflex" - Algo executado com sucesso.

"Se piqui logo misera!!" - Vá embora rapidamente.

"Não tô comenu nada vey!!" - Não estou acreditando em nada disso.

"Fiquei de bobs o dia todo man" - Fiquei sem fazer nada durante o dia.

"Vou ali tentar serrar a parada do bródi" - Vou ali tentar comer um pedaço do lanche do amigo.

"Vou ali tentar dá um chupetz!!" - Vou tentar me aproveitar da situação.

"Tow aqui na larica vey!" - Estou com fome.

"Chupa Caetano que a Betanea é doce" - A situação é mais difícil do que você imagina.

"Vale menos que peito de cigano" - Uma pessoa que não tem valor nenhuma.

"Toda deli-deli" - Uma mulher muito bonita.

"Tá se achando gás com água" - Uma pessoa que está se achando melhor que todos.

"Brau" - Pessoa estravagante ao ponto de se tornar ridículo.

"Tô me sentindo o Cocô do cavalo do bandido" - Estou me sentido inferior.

"Tomou no chico" - Se deu mal.

"Vou simbora banda Mel" - Estou indo embora.

"já foi banda mel" - já era!!

"Vou partir a mil!" - Estou indo embora.

"Vou dar o vazare!" - Estou indo embora.

"Mola pá quem tem!" - Corre, corre.

"Mocorongo!" - Feio.

"Ói ela toda se bulindo ó" - Olha ela andando rebolando, olha.

"spi" - Olhe pra ali

"Kolé" - Oi

"Você é "cheio de não me toque" - Você é fresco

"e pa dece quebranu" - Para agredir fisicamente alguém

"tô piscanu" - Estou com medo

"Vou arriar o barro" - Fazer necessidades fisiológicas

"Vou afogar o negão" - Fazer necessidades fisiológicas

"Vá pa porra mermão" - Se saia

"Se saia" - Vá pa porra mermão

"Hum-Hum" - Sensação de odor desagradável ("Hum-Hum, véi.. isso ta fedendo pa porra!")

"Segura o fôle!!" - Aguenta essa aí

"Xixi-abará" - Golpe de karate abaianado

"independente"-não quer nem saber do que tão te dizendo ou disseram

"Pra mais" - Coisa Boa, Muito Legal

"Mil Grau" - Mulher Bonita


'== A Porra Baiana ==' PORRA - A palavra mais rica do dicionário baiano. Esta versátil palavra pode mesmo ser considerada um curinga da língua portuguesa.

1)PORRA pode ser utilizada para várias situações cotidianas:

  • Se você toma um susto: POOORRA!
  • Se você vê um amigo: legal te ver, PORRA ou Você sumiu PORRA!
  • Se você adimira algo: POOOORRA!
  • Se você está indignado: Que PORRA!
  • Como adjetivo: Você é uma PORRA!
  • Pra mandar alguém se acalmar: Queta PORRA!
  • No diminutivo, pode ser elogio: Gosto muito de você, seu PORRINHA!

2) Como indicação geográfica:

  • Onde fica essa PORRA?
  • Vá pra PORRA!
  • 18:00h - vou embora dessa PORRA!

3)Sentido de quantidade:

  • Trabalho pra caramba e não ganho PORRA nenhuma!
  • Isso é caro pra PORRA!
  • Ela mora longe pra PORRA!
  • Ela é bonita pra PORRA!

4)Substitui qualquer objeto:

  • Não se enxerga PORRA nenhuma!
  • Não ganhei PORRA nenhuma de presente!
  • Vou "picar" a PORRA!(sinônimo de jogar)
  • Deixa essa PORRA ai!

5)Para qualificar determinada ação:

  • O Bahia e o Vitória não estão jogando PORRA nenhuma!!!
  • O governo Lula está uma PORRA!
  • Para você ter lido até aqui, é sinal que

não está fazendo PORRA nenhuma...

Culinária

Punheta

Salvador é a única cidade do mundo em que existe uma rede de fast-food de comida baiana. Nele você pode pedir um combo acarajé (hambúrguer baiano), que vem com vatapá (mostarda baiana), salada, camarão e pimenta, batata frita e água de coco. Outros pratos muito servidos são: abará, moqueca, caruru, sarapatel, feijoada, rabada. Salvador é também a única cidade do mundo em que você pode pedir num restaurante uma punheta sem ser expulso do estabelecimento. A punheta vem de um produto roliço, quente e é doce. Da mesma maneira que se você for na padaria e pedir uma vara ou um cacetinho você estará pedindo um pão. Não vem com esta de pedir um francesinho que é a mesma coisa do padeiro achar que você é viado.

Destaque para degustação do combo "acarajé-água de coco": um manjar dos deuses na opinião dos turistas de camisas havainas, câmeras nos pescoços, chapéuzinho fora de moda e hipoglós nas bundas maçãs do rosto para proteção do sol.

Ainda se come escondidinho, arrumadinho e lambreta, que nesse último caso não se trata de uma moto ou algo do tipo.

Nota: toda culinária da orla é feita para o mercado externo (os turistas) e geralmente comem as comidas que os banianos rejeitam (camarão, lagosta, rodízio de churrasco). Lá se você disser que é de Salvador será pessimamente atendido, mesmo que gaste hum mil reais lá. Se você disser que é turista, será bem recepcionado com todos com um sorriso no rosto.

Geralmente a comida tradicional do baiano soteropolitense é pão com manteiga com café (café da manhã). Lanche (um copo inteiro de café atolado até a metade de açúcar). Almoço - farofa de ovo com pimenta e cerveja. Lanche da tarde, outro copo inteiro de café atolado até a metade de açúcar). A janta é um pouco variada com o mesmo copo de café com duas gotas de leite (Alimba - com chumbinho, soda cáustica, água oxigenada, xixi de rato e soro para tirar o gosto do leite). Durante o final de semana o baiano é sustentado somente na cerveja.

Transportes

Os soteropolitanos contam com um sistema de transporte público extremamente pontual e que nunca se atrasa (para o dia seguinte), claro isso se não houver nenhum estudante parado na frente dele. O Metrô, por exemplo, não teve até agora nenhum caso de atraso, a não ser os 10 anos da obra, ainda não concluída, mas é tanta tecnologia, que pra você ver, compraram um trem de metrô que não cabe no tunel, mas se preocupa não que daqui a mais uns 20 anos este metrô chega! e quando isso acontecer o metrô já estará precisando de reforma!
Dia de Rotina em Salvador
Estação da Lapa

Os soteropolitanos também contam com a mais alta tecnologia náutica de deslocamento: os Ferry Boats. Antes de adentrar o intimamente chamado de ferry, deve-se curtir uma fila de algumas horas aproveitando um delicioso churrasquinho (de gato), a Skol (mesmo que a cerveja não seja dessa marca) e "réfri" para as crianças. Para se ter ideia de quão pouco estão conservados, uma das embarcações se chama Maria Bethânia. Já existe um acordo com a Companhias Náuticas Internacionais para autorizar os baianos viajarem de Ferry para Tóquio quando o Bahia for pra primeira divisão e com vários torcedores gritando desesperadamente "Rumo a Tóquio"(ou seja, nunca!!).

Moda

Moda Local

Salvador é a única cidade do mundo em que o Reveillón está sempre na moda. Todo mundo se veste de branco o ano inteiro, a não ser no Carnaval, quando a única vestimenta usada é o abadá (quando usada...) A cada ano as roupas se tornam cada vez mais curtas e mais caras. A previsão de serem extintas é para o ano de 2012.

Já para os homens a moda é bermuda jeans, bem surrada, cabelo comprido e não usar camisa. Não usar sapatos ou sandálias também é moda e em muitos casos, o baiano se arruma quando vai a algum lugar. Geralmente põe uma chinela e sua melhor bermuda quando vai para um banco ou para o juiz.

FUBÁ - Federal University of Bahia

A universidade mais concorrida da cidade (a única que presta em meio a tantas por aí que se entra com um quilo de alimento). É também a mais estruturada universidade de salvador, com suas salas bem (mal)equipadas e banheiros impecáveis. Aqui, tem se um rigoroso sistema de limpeza e higienização sanitaria. Pra ter uma noção da higiene local, é terminantemente proibido o uso de papeis higienicos (não existe papel higienico no WC da UFBA) já que este, em mãos erradas, torna-se uma arma letal para o entupimento de privadas. Aliás, no quesito banheiro, a federal da Bahia tem se destacado. Até as tampas dos vasos sanitarios foram retiradas, bem como as descargas, para que não haja inundamento do pavilhão.

O termo "Festa estranha, gente esquisita" usado na música Eduardo e Mônica foi cunhado por Renato Russo após conhecer as festividades de seu Campus de Filosofia/Sociologia/Antropologia e demais "ias" que o seu vizinho maconheiro cursa por não ter conseguido passar em mais nada.

O mais interessante é o porque de a faculdade de Direito ser próxima da de Medicina: por cheirar tanta cocaína, o povo de Direito requisitou a tranferência da faculdade de Medicina do Terreiro de Jesus (também conhecida como Terreiro da Macumba, Praça do "sempre eu sou assaltado", etc) para o Vale do Can-nela, de modo a realizar cirurgias de reparação nasal o mais depressa possível, antes que a July (sim, aquela do jornal "A Tarde") fotografe a mais alta nata sapoteropolitana devidamente drogada. Por isso que Medicina da dinheiro e é o curso mais concorrido da UFBA, onde você só passa se comprar a prova.

Raul Seixas foi reitor da Universidade, mas foi destronado pelo atual reitor (O "Careca Cabeludo") que se auto intitulou o Imperador da Federal.

PAGODE BAIANO

O Pagode Baiano é um modo de uns magricelos que moram em Itapuã, Canabrava e outros bairros mostrarem que são "miseráveis" ao balançarem seus órgãos genitais. Dizem que é uma dança de acasalamento, onde a fêmea balança o cu dizendo: "eu sou piriguete mermo, eu sou a bruuxa *_*".

Esse ritmo é também um dos motivos de Salvador ser esculachada pelo resto do Brasil.

Soteropolitanos Ilustres

Eros Lee

ACM, nascido em Pangea.

Nara costa, nascida em Cajazeiras.

Jorge Amado, nascido em Ilhéus.

Ivete Sangalo, nascida em Juazeiro.

Dona Canô, nascida em Santo Amaro.

Caetano Veloso, nascido em Santo Amaro.

Maria Betânia, nascida em Santo Amaro.

Tieta do Agreste, nascida no Agreste.

Raimundo Valera, apresentador do Balanço Geral da TV Itapoan e da Rádio Societé Generrále 89,6 MHz E 738 kHz desde o período Cretáceo, nasceu no ano de 3976 a.C.no Condado de Paripe

Thomas Edson, nascido nos Estados Unidos.

Renato Fechine, nascido no deserto da Paraíba do norte, criado em Salvador e atualmente morador do Condado de Brotas.

Uziel Bueno, nascido na Mata Escura, Apresentador do Reality Show "Na Mira" da Tv Aratu SBT, onde o sistema é bruto.

Liana Cardoso,barraqueira,ex amiga da Márcia Goldschmidt,faz o quadro bafafá com o seu amante zé eduardo e aproveita, e desce os morros das favelas e fuma uma, e dá uns beijinhos nos traficantes .

Simone, a cigarra da Bahia

Leo Kret, a Kretina, nascida em Salvador, Bairro de Pernambués, a filha de Afrodite, a deusa do amor, melhor dançarina da atualidade baiana. Representa a beleza e o charme da mulher baiana.

Carla Perez, nascida no Pelourinho.

Dorival Caymmi, nascido em uma rede em Itapuã.

Jaques Wagner, nascido no Rio de Janeiro, mas migrou para a Bahia quando pequeno

Silvano Sales, O cantor apaixonado, nascido em algum lugar da Bahia



Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Salvador no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg