Santa Bárbara d'Oeste

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Galinhacaipira.jpg Enxada-2.pngEsti artigu é caipira, sô!!Enxada-1.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!

Cquote1.png Você quis dizer: Santa Bárbara do Velho Oeste Cquote2.png
Google sobre Santa Bárbara d'Oeste

Cquote1.png Você quis dizer: Santos buracos do Oeste Cquote2.png
Google sobre Santa Bárbara d'Oeste
Cquote1.png Experimente também: Terra dos vencedores do César Cielo Cquote2.png
Sugestão do Google para Santa Bárbara d'Oeste
Cquote1.png Experimente também: Inveja de Americana Cquote2.png
Sugestão do Google para Santa Bárbara d'Oeste

Cquote1.png ...eu sei que o sonho de todo barbarense é viver em Americana! Cquote2.png
Vereador da Cidade em um comissio nas uRtimas eleições - detalhe: ele foi eleito!
Cquote1.png Nossa, como Americana cresceu nos últimos anos, não!? Cquote2.png
Jô Soares em passagem pela região
Cquote1.png A metrópole que virou colônia Cquote2.png
Jornal O Liberal sobre o enquadramento de SBO como a Vila Rural de Americana
Cquote1.png Claro que eu conheço! É uma região de disputa entre os empresários emoricanenses e os agricultores piracicabanos Cquote2.png
José Serra(SBO na boca do Governador do Estado de São Paulo)
Cquote1.png Tá me tirando??? Tá me tirando??? Cquote2.png
Mano da Zona Leste sobre ser chamado de barbarense
Cquote1.png Fica na divisa com Goiás, não é? Cquote2.png
De Nadai (importante político da região)
Cquote1.png É a terrrrrra de Césarrrrr Cielo Cquote2.png
Galvão Bueno sobre Santa Bárbara d'Oeste
Cquote1.png Na União Soviética o lixo é Santa Barbara d'Oeste! Cquote2.png
reversal russa sobre Santa Bárbara
Cquote1.png Você quis dizer: Santa Barbie d'Oeste Cquote2.png
Mario Heinz sobre Santa Bárbara d'Oeste
Cquote1.png Uma população do barulho que vai aprontar altas confusões em suas CG's num clima de muita azaração. Cquote2.png
Narrador da Sessão da Tarde sobre Santa Bárbara
Cquote1.png Terra da cana? Cquote2.png
Carla Perez sobre Santa Bárbara
Cquote1.png Na União Soviética u caipirrra fala OCÊ! Cquote2.png
reversal russa sobre Santa Bárbara
Cquote1.png Tenho fazenda de cana de açuca lá Cquote2.png
Chico Bento sobre Santa Bárbara
Cquote1.png Eu conheço Cquote2.png
Paulistano sobre Santa Bárbara d'Oeste
Cquote1.png Eu também Cquote2.png
Chuck Noris sobre o comentário acima
Cquote1.png Shopping: lá tem, aqui não Cquote2.png
Cidadão de Americana sobre Santa Bárbara
Cquote1.png Os piores carroceiros do mundo Cquote2.png
Cidadão de Americana sobre os dons na direção da população do povoado vizinho
Cquote1.png Lá eles chamam semáforo de sinaleiro... Chico Xavier Cquote2.png Cquote1.png Alto índice de crianças com síndrome de down, que se denominam pakitas... Sara Pakita Cquote2.png

60px-Bouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Santa Bárbara d'Oeste.

Santa Bárbara do Far'Oeste, mais conhecida como SBOracada ou terra dos pé vermeio ou ainda resto de Emoricana, é uma cidade situada obviamente no oeste, próxima a Campinas, porém eles tem o Césae Ciel

Situada na RMC (Região Metrosexual de Campinas), essa cidade se destaca pela produção de cana-açucar. 90% do município consiste em áreas de canaviais, ou seja, a cidade é apenas uma roça que cresceu.

Lula apóia Santa Bárbara

A grande oferta de álcool faz com que essa seja a cidade com maior número de casos de cirrose do país. Estimativas apontam que 45% da população esteja constantemente bêbada.

O município é dividido em varias facções: a área central, que é habitada por agroboys, patricinhas, mauricinhos, emos e idosos que adoram frequentar a praça central; e a zona leste e a zona norte, habitada por manos e rappers.

De noite, pra se ter uma noção, você não consegue passar pelo bairro Siqueira Sujeira Campos mais conhecido como o bairro dos bandidinhos. Na zona sul, se concentra o Rochelle e o Romano, locais onde a 6 meses atrás não entrava nem policia. É, Santa Cana é braba!

Apesar de possuir 200 mil habitantes a cidade ainda se comporta como uma pequena província onde todos devem pagar tributos ao rei.

Romi-Isetta ou Kinder Ovo, primeiro habitante de Santa Bárbara d´Oeste

História[editar]

Santa Bárbara d`Oeste foi fundada em mil e novecentos e guaraná com rolha, por uma tiazinha, que adorava chupar uma cana. Após os atentados de 11 de setembro, imigrantes norte-emoricanos colonizaram a cidade, dando origem a Vila Emoricana, que posteriormente se emanciparia e dária um golpe de estado roubando as terras barbarenses para formar a cidade de Americonha.

Na década de 1980 a cidade sofreu com a invasão de bárbaross e visigodos que causaram muita destruição.Tal Barbaridade fez nascer na cidade, uma esperança distinta. Todo mundo se conhece na cidade, a amizade entre os conterrãneos é explícita, festa do culto a cana, por exemplo, são tradicionais na cidade.

Santa Bárbara é famosa por fazer parte no grupo das terras bárbaras do oeste, região onde teria nascido Conan, o bárbaro.

É notoriamente desconhecido o fato de que a primeira carroça motorizada do Brasil foi idealizada, projetada, construída, utilizada pra tirar racha, pra levá os mano no crube e depois destruída em Santa Bárbara d´Oeste, ou SBÓ, como veremos mais além. A máquina em questão é algo que é quase, porém não exatamente, completamente diferente de um carro, a ponto de ter sido confundida várias vezes com um et ou algo no qual um et viajaria. o clima de SBO é sempre agradavel, no verão é frio ´pra cacete e no inverno é um calor do diabo, santa barbara do velho-oeste tambem é famosa por ser a "ÚNICA" cidade do planeta ou talves o universo a ter famosa neve-negra que sempre deixa a sua beleza nas roupas do barbarecem que sempre lava suas roupas a cada 25 minutos, por isso suas golas são sempre largas e gastas devido o excesso de lavagem ou pelo fato de não haver maquinas de lavar na cidade.

Dialeto[editar]

Cquote1.png Degavar se vai longe. Cquote2.png Velho ditado criado por barbarenses

A influência dos emoricanos misturados com colonos italianos deu origem ao sotaque horrivel que os falantes do dialeto local possuem. Exemplos de expressões típicas do idioma barbarense:

  • UDE (cumprimento dos vizinhos)
  • Fi_Di_Deus (liguagem dos vizinhos)
  • Zin (vizinho)
  • Não, não, óh! (forma de justificar a negação)
  • Porrrrta Aberrrta...
  • Viri às dereita (informação de direção)
  • Crube (clube)
  • Vixi Maria (Interjeição de espanto)
  • Arruia (forma de cumprimentar as pessoas)
  • Arruia (Pronome pessoal: Vereador local)
  • Ooopa (Outra forma de cumprimentar as pessoas)
  • Ueba!!! (mió forrma di o ce cumprimenta os otro)
  • Qualé tru? (forma de manos cumprimentarem)
  • Canaviá (plantação de cana)
  • Garapa (caldo de cana)
  • Chópi (Shopping)
  • Chopes (Chope - denotando também a influência paulistana no dialeto)
  • Forma de se falar valores monetários: um real, doi real, trei real... (a ausência do plural novamente denuncia a presença de influência do povo da "capitar")
  • Santa Bárbra
  • Quiórquié (Que horas são, por favor?)
  • Mai Melor di Bão (Muito Melhor)
  • Mai Miór di Bastanti di Bão (Muito Melhor Mesmo)
  • Sbó (Nome que o barbarense deu a sua cidade - Pergunte a um barbarense onde ele mora e ele te responderá - Sô di sbo)
  • Nóis vai no Tivolli azará de CGzinha!
  • NIÃO!!NIÃO!!NIÃO (incentivo da torcida pro União Barbarense)
  • awonde tchu way (Mano perguntando pro outro A ONDE TU VAI)
  • O semáforo não tem cor. está escrito PARRRRE, PREPARRRRE, DISPARRRE
  • Jet Ski é LAMBRETA DÁGUA
  • Si fô vê(Se for ver...)

O Estereótipo do Barbarense[editar]

É muito comum entre os habitantes desse fim de mundo (vide: onde Judas perdeu a cueca) levar a cabo uma prática quase ritualística, que achamos por bem chamar aqui de estereótipo do barbarense, ou, mais cientificamente, modus operadi do barbarense. É muito simples (como tudo nessa merda de lugar), pois consiste em começar a trbalhar numa das fábricas da cidade aos 16 anos como varreador de cavaco ou beliscador de tecido, ganhando R$0,03 por hora e comendo o pão que o diabo amassou com os encarregados. Os barbarenses estereotipados (leia-se 99,9% da população) não ligam muito para o dinheiro (não)ganho, pois sua meta é postergada para os 20 anos de idade, quando tem, por obrigações sobrenaturais, que transcendem nossa miserável compreenção (Voces, idiotas como eu que estão perdendo temmpo lendo esta idiotice, vejam o nível do garoto), estar ganhando o famoso "Mí Lão". Antes desse estágio de nirvana, que condiz com um declínio (ainda maior) na vida do barbarense estereótipo, ele deve passar pelo não menos importante "Momento Cgzinha". Isso quer dizer juntar o seu grande salário e financiar uma Moto(?) CG, verde geralmente e decorada com adesivos do mega-time União Agrícola Barbarense -disputando atualmente a Taça São Paulo de Times da 989505a Divisão, e está na lanterna do campeonato) -. O barbarense, contando agora com sua Cgzinha (insistem em chamar assim a bicicleta motorizada) pode inciar a dança do acasalamento na famigerada Avenida Monte Castelo, onde as Cgs, digo, os estereótipos ambulantes, diferenciando-se apenas pela cor da moto (ou pela camisa do corinthians ou do UABFC). Ali estão as barbarenses (secretárias de dentista ou caixas do Balan) que apreciam as voltas das máquinas envenenadas e ficam elegando qual dos pilotos entrará com ela para um ótimo baile (animado a balas) no União (leia-se Mano e blusinha's place). Ou então entrar num dos disputados e concorridos eventos no Clube Barbarense, cujo número de pessoas sempre chega na vertiginosa casa de 17 pessoas (incluindo os seguranças e os 13 membros da diretoria do clube). Após várias dessas danças do acasalamento, temos um casal estereótipo, pronto para dar origem a mais um varredor de cavaco ou beliscador de tecido que dirige uma CG. É o momento do casamento, que só pode ser atingido se houver o barbarense atingido a etapa Mí Lão da vida (que consiste em ter seu trabalho aumentado para R$1000 mensais fora dos descontos, o que consiste em reais 356,07 mensais). Nesse importante momento, o barbarense e sua esposa (ex-menina avenida-união) vão com dor no coração vender a CG para pagar a "festinha de casamento" (um churrasco em alguma chácara alugada que o buffet inclui apenas pão com carne moida, batatinha cozida e guaraná Esportivo, onde geralmente sai uma enorme confusão). O que vem depois, é só repetição, deixando Santa Bárbara d'oeste e seus habitantes parecidos com um filme de terror da Sessão da Tarde.

Pontos Turísticos[editar]

A Avenida Monte Castelo é o ponto de encontro dos mano e das mina que saem juntos para dar um rolê no local (Afinal é só isso que se encontra nessa porra de cidadezinha). Você também pode se divertir assistindo babacas caindo de suas motos ao realizarem manobras irresponsáveis.

A cidade também se orgulha de possuir um shopping meia-boca, com uma lanchonete tosca da Rede McDonald's, meia dúzia de lojas e umas salas de cinema com telas menores que a TV da sua casa. Como não tem nada de melhor pra fazer, o barbarense costuma passear nesse local nas noites de sábado.

Outro ponto de interesse aos mais solitários é a "Rua do Amor", na zona Leste da cidade. Apenas tome cuidado ao escolher e confira bem a mercadoria, pois tem muita mulher de tromba se passando por prostituta no local.

Agora,se você quer putaria gratis,é só descer na praça do terminal,lá você encontra umas estatuetas pornograficas bem legais,onde os punheteiros que não tem namoradas se divertem

Existe no bairro rural do Santa Antônio do Sapazeiro um burraco muito especial - o Burraco do Padre - uma enorme voçoroca onde o pessoal costuma nadar, beber umas cachaças e fumar um pouco. Vale a pena!!, Antes passe no rancho da linguiça e confira a comida local.

Economia[editar]

50% da economia de Santa Bárbara é das pessoas que trabalham pro César Cielo, que compram bonequinhos do César Cielo, que puxam saco do César Cielo, ou que de alguma forma, direta ou indireta, tem a ver com o César Cielo. 20% da economia vem dos velhos fazendeiros e plantadores de cana. 10% vem do trafico de dorgas no Jardim europa E os outros 20% estão empregados temporariamente para a construção do Museu César Cielo.

CAUSOS DE SBO[editar]

uLtimamente Santa Conan D' oeste tem sido alvo da midia e das forças nucleares, o prefeito ou senhor feudal Mario Quais? como é chamado, quis fundar sua propria vila caipira, com seus primeiros habitantes, duas mil vaquinhas e boizinhos, querendo chegar perto de ultrapassar a população de SBO.

Tambem pessoas masoquistas ou com uma doida voltade de conheçer a propria santa da cidade, é só dar um belo passeio nos onibus KAMIKAZE da viba corporation AC/ que foram projetados para a segunrança dos passegeiros. esse é o seu eslogam: V-iagem Insegura Barbarese Agora.

Buracos[editar]

Buraco de tamanho pequeno para médio numa rua de Santa Bárbara d´Oeste

Ao contrário dos campineiros, os barbarenses não possuem o hábito de tapar os buracos. Isso explica o fato das ruas da cidade se assemelharem a um queijo suiço.

A Prefeitura municipal está pensando em criar a campanha adote um buraco onde cada município será encorajado a cuidar de seu próprio buraco, conservando-o carinhosamente, para que Santa Bárbara possa conquistar o título de cidade mais SBOracada do estado. Recentemente, o Prefeito Mané Maria de Araújo Juninho, desistiu da campanha, pois em ano de eleição ele sempre manda recapiar as ruas da Zona Leste (lugar onde tem maior número de eleitores, manos, traficantes e shemale) para conseguir votos, porém esse ano (pra quem não sabe, é 2008) ele levou um chute do candidato adversário Mário Heinz (não se sabe se a pronúncia é Ráins ou Reins), mesmo gastando milhões pra por gramado e plantar palmeiras na Avenida Santa Bárbara.

Em 2014 o prefeito Pênis Amdia assumiu a prefeitura e continua a tradição de criar novos buracos e instalar lombadas em todas as ruas da cidade. no ano de 2016 o Pênis Andia ganhou de novo as eleições da vila feudal (vulgo SBO) depois de uma disputa acirrada contra senhores do engenho.


Fato interessante que ocorre na puta que pariu de SBO é que existem buracos nas calçadas esperando a vez de entrar na rua, visto a grande concorrência erosiva que ocorre na cidade.


Avenida principal da cidade
Velocidade limitada devido aos buracos (não é photoshop)

Barbarenses famosos[editar]



Viking.jpg
v d e h
Os bárbaros vêm aí... Olê olê olá!