Sarna Cu Futebol de Susi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Sarna Cu Futebol de Susi


Winningeleven813.jpg
AVISO IMPORTANTE:

Clubismo aqui não, cazzo!


A Desciclopédia é um site de humor, portanto NINGUÉM se importa com que time você torce, seja o New York Cosmos, o Barcelona, o Olympiakos ou o Íbis. Seja engraçado e não apenas idiota.
Santa Cruz Futebol Clube
Escudo do Santa Cruz de Pernambuco.png
Brasão
Hino Morena Tropicana - Alceu Valença
Nome Oficial Sarna Cruz Futebol de Botão Clube
Origem link={{{3}}} Pernambuco, Recife
Apelidos Sarna, Susi, Tricocô, Tricoflor, Carniça, Minhoca Colorida, Timeco do Canal, Tri-Super-Rebaixado, Oferecedor de Títulos
Torcedores Pobres, Vagabundos, Emos, Favelados, etc
Torcidas Inferno Anal
Fatos Inúteis
Mascote Boneca Susi
Torcedor Ilustre Supererro.jpg
Estádio Imundão, Chiqueirão, Lixão, Canal da Susi, Pinicão do Bandepe
Capacidade 60 mil
Mas o público é de apenas mil
Sede Rua das Moças, ao lado do Canal, Recife
Presidente Ninguém sabe quem é
Coisas do Time
Treinador Vaga à disposição.
Salário: R$360, vale-transporte não incluso
Pior Jogador Nuvola apps core.png Perneta
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png o goleiro
Patrocinador Governo de Pernambuco
Time
Material Esportivo pênalti
Liga Campeonato Brasileiro
Divisão Série D
Títulos ........
Ranking Nacional ...°
Uniformes Triconauticu 3.jpg
Susi2.jpg



Cquote1.png Você quis dizer: Susi, a boneca invejosa Cquote2.png
Google sobre Santa Cruz Futebol Clube
Cquote1.png Você quis dizer: Tri-Super-Rebaixado Cquote2.png
Google sobre Santa Cruz Futebol Clube
Cquote1.png Você quis dizer: GOOOOOOLLLLLL do Campinense! Aos 45 do segundo tempo!!!! Cquote2.png
Google sobre Santa Cruz Futebol Clube
Cquote1.png Você quis dizer: Especialista em DAR títulos! GOOOOOOOOOLLLLLLLL do COXA!!! Cquote2.png
Google sobre Santa Cruz Futebol Clube

Cquote1.png ABC,ABC!O Santinha vai jogar a Série C! Cquote2.png
Pelé
Cquote1.png Que Santa é essa que tanto apanha? Cquote2.png
Papa Bento XVI sobre Santa Cruz
Cquote1.png Daqui não saio, daqui ninguém me tira Cquote2.png
Romerito Jatabêbo sobre Santa Cruz
Cquote1.png Essa Susi não passa de uma boneca invejosa! Cquote2.png
Barbie girl, a boneca do Náutico sobre Santa Cruz
Cquote1.png Me segura senão eu caio! Me segura senão eu caio!! Cquote2.png
Alceu Valença sobre Santa Cruz, seu time do coráá
Cquote1.png Parabéns pra você, nesta data querida... Cquote2.png
Torcedores do Sport fazendo a festa no aniversário da Sarna no Imundão
Cquote1.png Quando o Santinha faz aniversário, quem comemora e canta parabéns é o Sport!!! Cquote2.png
Torcedor do Sport sobre Santa Cruz
Cquote1.png Essa Susi é uma verdadeira especialista, me deu em menos de 5 minutos! Cquote2.png
Coritiba sobre Santa Cruz
Cquote1.png Timinho filho da puta... Cquote2.png
Ipatinga sobre Santa Cruz
Cquote1.png Arêrêêêêêêê a nossa divisão é a Série D êêêêêêêê!!! Cquote2.png
Torcedor da Susi sobre Santa Cruz
Cquote1.png Não vai subir ninguém!!!! Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre Santa Cruz
Cquote1.png É, o jeito vai ser criarmos a série E. Cquote2.png
Ricardo Teixeira sobre Novo rebaixamento do Santa Cruz
Cquote1.png Somos o terceiro time de Pernambuco Cquote2.png
Torcedor do Salgueiro
Cquote1.png Até eu já desisti disso. Cquote2.png
Carlinhos Bala sobre Santa Cruz
Cquote1.png Qual é a diferença entre o Pânico na TV, o CQC, o Casseta e Planeta e o Santa Cruz? É que o Pânico é domingo, CQC é na segunda, o Casseta é na terça, e o Santa é na quarta! Cquote2.png
E qual é a semelhança entre os quatro? TODOS SÃO UMA PIADA!
Cquote1.png O Santa fechou o Campeonato Pernambucano apanhando para o Vitória das Tabocas, mas saiu com o artilheiro do Estadual! Cquote2.png
Noticiário sobre mais uma lapada da Sarna, com pênaltis como gols de honra
Cquote1.png Campeão brasileiro? Hexa pernambucano? Ah, isso não é nada. Somos Fita Azul e campeões do Vietnã! Cquote2.png
Ticolô sobre conquistas da Sarna

Santa Cruz Futebol Clube, conhecido também como Sarna Cu Futebol de Susi, Sarna Crui, Sarna Susi, Sarna do Canal, Satan Cu, Minhoca Colorida, Lombriga, Ticocô, Susi (a imitação mais barata e invejosa da Barbie Girl), Carniça e agora conhecido também como Oferecedor de Títulos é o clube esportivo com a maior torcida pobre de Pernambuco.

Tabela de conteúdo

História

Fundação

Enquanto todos setores da sociedade pernambucana já tinham pra quem torcer, sejam os riquinhos, os playboys, os homossexuais, os que entendem de futebol, os simpatizantes, os que não entendem de futebol, os peladeiros, os donos de padaria... os favelados de Recife perceberam que estavam excluídos e que não tinham para quem torcer, foi então que tiveram a iniciativa de criar um time, no ano de 1914.

No ano seguinte de 1915, os dirigentes do Santa Cruz ameaçaram de morte os jogadores e suas mulheres do Náutico e do Sport, proibindo que ambos times participassem do primeiro campeonato pernambucano realizado naquele ano. O Santa Cruz estava crente que seria eternamente o primeiro campeão pernambucano ao jogar apenas contra times amadores, mas na final foi surpreendido por um Flamengo que nem existe mais, ficando apenas com um vice-campeonato. Aquele seria apenas o primeiro de uma sequência de tetra-vice-campeonatos estaduais (1915 a 1918).

Campeonato Pernambucano de 1931

O primeiro título de expressão (se considera o estado de Pernambuco de expressão) do Santa Cruz veio em 1931, 16 anos após a fundação do clube, vencendo na oportunidade outro time que nem existe mais, pois só assim para conseguir algum troféu.

O jejum de 10 anos

Além de um novo tetra-vice-estadual (de 1936 a 1939) que significou uma nova estrela ao escudo do Santa Cruz, que tem mania de ludibriar os outros ao lotar o escudo de estrelas sem o menor sentido. O jejum de 1948 a 1956 sem nem um título estadual rendeu mais uma estrela, dessa vez de enea-campeão estadual de nada.

Campeonato Brasileiro de 1975

Nova geração de maloqueiros torcedores do Santa Cruz já conhecendo desde cedo a realidade do clube, e olha que assistem o VT da participação do time em 1975.

O campeonato brasileiro de 1975, disputado há mais de 40 anos atrás quando ninguém nem sabia direito organizar campeonato de futebol e os faziam com as coxas de qualquer maneira, o Santa Cruz conseguiu a maior campanha de tua história, terminando na quarta colocação do torneio.

A fantástica e memorável campanha (conforme seus torcedores), começou com 3 vitórias, 5 empates e 3 derrotas, e uma classificação com 1 pontinho de diferença para o eliminado na oportunidade Goiânia Esporte Clube, num grupo que incluía times amadores como Club Sportivo Sergipe.

Na fase seguinte passou de fase ao eliminar mais potências brasileiras como América de Natal, Figueirense e Goiás, e convenhamos que para o nível do Santa Cruz, estes três times até que são grandes coisas.

Na terceira fase caiu num grupo com Sport e Náutico, aí foi vencer este mini-campeonato pernambucano e avançar para as semi-finais.

As fichas de sorte e cagada terminaram na semi-final contra o Cruzeiro, que deixaram a incrível campanha do Santa Cruz daquele ano na memória do torcedor.

Década de 80

Na falta de chance no futebol pernambucano, quiçá no brasileiro, o Santa Cruz viajou para o exterior e disputou o campeonato árabe de futebol o qual venceu ao derrotar Kuwait, Bahrein, Catar, Emirados Árabes, Al-Aim, Nasser, Alhlal e Romênia, só grandes times do futebol árabe, assim condecorado com a Fita Azul de honra ao mérito por ter coragem de viajar pra Puta que Pariu só pra vencer uns joguinhos nada a ver.

Torneio Vinausteel de 2000

No ano 2000, após 20 anos sem ter a menor chance a nível nacional, o Santa Cruz lembrou daquela fita azul que lhe enfeitava os cabelos, então teve a ideia de girar o globo e selecionar um campeonato fodido a ir disputar naquele ano. Foi então que o Vietnã foi sorteado e o Santa Cruz foi jogar o Torneio Vinausteel, onde foi obviamente consagrado campeão vietnamita ao derrotar os times de pastores de plantadores de arroz daquele país.

Campeonato Brasileiro Série B de 2005

Em 2005 a Lombriga entra para o Guinness como o título mais rápido de todos os tempos. Durou 13 minutos, graças ao Náutico.

O estádio do Arruda foi palco em 2005 de um grande acontecimento, quando a Susi entrou para o Guiness Book por ter conquistado o título mais rápido do mundo. Tendo a ilusão de que já eram campeões da série B, o Santa Cruz deu a volta olímpica, fez a maior festa, até descobrir que na verdade o Grêmio havia sido o campeão na Batalha do aflitos.

Campeonato Brasileiro de 2006

Em 2006, teve uma gloriosa campanha no Campeonato Brasileiro, tornando se a pior equipe em pontos corridos da história (até o América-RN tomar o seu posto em 2007 e deixar com o Santa Cruz a vice pior campanha da história dos pontos corridos), e levar então como prêmio uma lanterna para encontrar o caminho de volta para casa!

Temporada 2007

Rara imagem da participação da Copa do Brasil do Santa Cruz em 2007... Você não conhece esse poderoso time de Rondônia? O Ulbra? A Susi te apresenta, ela já foi derrotada por ele! (detalhe: esse time já fechou as portas).

Em 2007 o Santa Cruz se superou e foi mais além! Tornou-se uma ONG filantrópica afim de dar chances a times desconhecidos, e começou esta carreira ao apanhar na Copa do Brasil para o tradicional (kkkkkkkkk...) Ulbra de Rondônia, com o precioso detalhe de que perdeu na ida e na volta.

No Brasileirão Série B caiu para a Série C e conquistou o Bi-Rebaixamento que valeu mais uma estrela em seu uniforme lotado de estrelas do gênero... Neste mesmo campeonato ficou histórica na última rodada ter dado em menos de 5 min. um título nacional! Isso mesmo, a Susi DEU o título da Série B ao Coxa... que estava perdendo o jogo até os 40 e tantos minutos, quando empatou o jogo para depois marcar o gol do TÍTULO lá no Chiqueirão!!! Essa Susi é uma mãe!

Temporada 2008

Susi caindo de cara na Série D!

Em 2008, conseguiu mais três feitos adicionados à sua trajetória heroica, valendo mais três estrelas pro escudo já abarrotado de glórias e estrelas.

Conquistou primeiro a bi-super-eliminação da Copa do Brasil, sendo eliminado pelo Fast-Food do Amazonas.

Conquistou também o título de campeão do Hexagonal da Morte no Campeonato Pernambucano de Futebol de 2008, porque estadualmente só assim para conquistar alguma coisa nessa época.

Finalmente no final daquele ano memorável conquistou o Tri-Super-Rebaixamento, título inédito no Brasil, caindo para a Série D.

Temporada 2009

Em 2009, apesar de voltar a jogar relativamente bem no Pernambucano (levou de quatro do Porto no começo do campeonato, apanhou pra Barbie e pro Leão no segundo turno e tomou uma coça do glorioso Vitória das Tabocas na última rodada, mas tudo bem).

Sim, o Santa Cu perdeu de 2x4 pro Americano após está ganhando de 2x0 em casa!

Angariou mais um glorioso feito: apanhou pra um sanduíche Americano na ida e na volta, levando de 4 e de virada em pleno Imundão, conquistando assim o suado título de tri-super-desclassificado na primeira fase na Copa do Brasil e mais uma estrela pro escudo.

E por fim, terminou na heroica posição de lanterna de seu grupo na gloriosa Série D do Brasileirão. Só não caiu para a Série E porque ela infelizmente ainda não existia.

Campeonato Brasileiro Série C de 2013

No ano de 2013 o Santa Cruz se reestruturou, uma equipe de profissionais assumiu a diretoria e numa rápida reunião chegaram à conclusão "jamais teremos time para ser campeão da Série B, então sonhar com a Série A nem adianta" e foi com o pensamento assim que o Santa Cruz montou um time digno de Série C, e passando por poderosos times do cenário internacional como Betim e Luverdense, e vencendo na cagada uma partida de polo aquático contra o Sampaio Corrêa, o Santa Cruz conseguia seu primeiro troféu nacional, mesmo que só uma irrelevante série C.

Escudo

Seu escudo é uma bostinha que tem uns trocinhos brancos que não significam porra nenhuma, tem também estrelas cintilantes ao redor que simplesmente não significam nada, já que a boneca Susi nunca ganhou nada que alguns campeonatos pernambucanos e uma caralhada de vice-campeonatos de torneios ainda mais irrisórios.

Suas cores são vermelho, de menstruação, preto, cores preferidas do emos, e branco, que é o que uma mulher significa para um tricocô, nada.

Estádio

Estado atual do Imundão do Arruda.

O Santa Cruz manda seus jogos no Estádio do Arruda, também apelidado de Lixão, Pinicão do Banorte, Imundão e Casa da Susi. O estádio em questão está localizado num bairro pobre e imundo de mesmo nome, seu chiqueiro estádio foi construído com o dinheiro do falido Bandepe, que já foi ameaçado de ser interditado por várias vezes, mas como sempre, a Sarna é acolhida pela Federação Pernambucana de Futebol que sempre arruma um jeitinho de arrumar uma desculpa para evitar uma interdição. É considerada a sede mais pichada de todo Pernambuco.

O nome oficial do estádio é José do Rêgo Maciel, pai do senador Marco Maciel, único torcedor rico do Sarna Cu Futebol de Susi, e que pra variar tinha que ter "rego" no nome.

Hino da Boneca Invejosa e Sarnenta

Hino mais fofo de Recife, o hino da boneca invejosa poderia ser "I Will Survive", justamente pelo horrível momento vivido pelo "menos querido", também eles se identificariam demais com um hino tão homossexual, mas eles nem precisam reclamar, já tem um hino bem sugestivo...

tá aí uma parte do hino oficial:

Sarna Cu, Sarna Cu,
junta mais essa derrota
Sarna Cu, Sarna Cu,
ao teu passado de bosta!

És a carniça do povo
esgoto do nordeste
no canal

Tuas derrotas de hoje
nos lembram os rebaixados
do passado

Clube odiado da multidão
és o super rebaixadão

Torcida

Habitat natural de um tricolor.

A quadrilha organizada do Santa Cruz é a Inferno Anal, o maior antro de traficante de todo Pernambuco.

A torcida santacruzense costuma jogar pedras na cabeça de seus próprios torcedores, mas não satisfeitos com isso jogam também vasos sanitários inteiros na cabeça dos outros. Ou será que eu digo que são tão incompetentes que até seu diretor foi preso em flagrante? (é eles são sim).

Eles também adoram assumir que são maconheiros, é isso mesmo, são viciados e assumem, seus escudos sempre tem uma folhinhas de maconha, fazer o que né? Se drogar é o único lazer que esse povinho de classe social inferior pode pagar.

Títulos

Mapa mostrando todos os lugares do mundo onde a Sarna tem títulos de primeira divisão.
  • 1 Tri-super-rebaixamento 2006-2007-2008, caiu para a Série B em 2006, para a C em 2007 e para a D em 2008 (título inédito no Brasileirão!)
  • 1 Tri-Super-Eliminado - Na primeira fase da Copa do Brasil, contra o poderoso Ulbra de Rondônia, o grande Fast Clube de Manaus e o inegavelmente hegemônico Americano do Rio!
  • 1 Lanterna na primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro - 2009
  • 1 Campeonato Vietnamita 2000
  • 1 Campeonato Árabe - 1980
  • 1 Quase Campeonato Brasileiro - 1975
  • 1 Série C do Campeonato Brasileiro - 2013
  • 0 Copa Nordeste
  • 0 Copa Norte-Nordeste
  • 0 Campeonato Brasileiro da série B
  • 0 Copa Sul-americana
  • 0 Libertadores
Vencedor do Tabajara de Ouro pela sua ascensão à Série D de 2009 Tabajara.jpg
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas