Basilica di Santa Maria del Fiore

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Santa Maria del Fiore)
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Eu que fiz Cquote2.png
Paulo Maluf

Basílica di Santa Maria del Fiore é uma nave espacial disfarçada de catedral localizada no centro da cidade toscana de Florença. Arquitetada em estilo gótico, neogótico, gótico renascentista, newgótico, e gothic metal a basílica representa a força da capital de Toscana nos séculos XIII e XIV.

O nome significa "Santa Maria da Flor" em homenagem à flor em formato de vagina que simboliza Florença.

Construção[editar]

De perto é possível reparar que Santa Maria del Fiore é feita de peças de Playmobil.

Tudo começou em 1293 quando alguém teve a brilhante ideia de ocultar a Enterprise em Florença construindo uma basílica em torno da nave. Como a cidade de Florença não era tão próspera assim, seus habitantes que eram uns posers desgraçados, foi incluído uma cláusula no testamentos de todos cidadãos florentinos garantido doação de material para a construção em caso de morte, e serviços em escravidão em caso de transformação em zumbis. E assim, em 8 de setembro de 1296 foi iniciada a bagaça.

A basílica não foi uma obra executada do dia para a noite, levou nada menos que 6 séculos para ser concluída, cortes de gastos, superfaturamento, atraso em licitações, guerras, Assassin's Creed, engenheiros baianos, tudo isso contribuiu para o atraso das obras.

O período mais tenso da construção se deu em 1348, quando a peste negra reduziu a população da cidade de 90 mil para 45 mil habitantes, sendo que esses pífios que restaram mal conseguiam levantar da cama. Foi então que surgiu a ideia de cercar a basílica com 7.000 ratoeiras para impedir a entrada dos ratos transmissores da doença.

Pouco mais de 100 anos depois, a basílica estava semi-concluída, em 1402 faltava só a cúpula. Os engenheiros não contavam com um detalhe técnico: como construir uma abóboda com os péssimos tijolos locais, foi então que o governo local se viu obrigado a importar mais de 350 milhões de peças de lego em cor vermelha, a firmeza dos encaixes permitiu a construção do imenso telhado sem ser sustentado por nada.

Arquitetura[editar]

O projeto básico da basílica foi elaborado por Oscar Niemeyer no final do século XIII, sua cúpula é obra de Filippo Barrichello, e sua fachada teve que esperar até o século XIX para ser concluída. Ao longo deste tempo uma série de oportunos foram fazendo intervenções estruturais e decorativas aqui e acolá, fazendo da basílica um emaranhado inconsistente de estilos aleatórios.

Chegou ao cúmulo de serem construídas duas sacristias por causa de falha na comunicação, o que deixou nenhum espaço para construção de um banheiro.

No geral, as belas esculturas e afrescos de Paolo Uccello, Andrea del Castagno, Giorgio Vasari e mais um monte de artista que nunca se ouviu falar, desenharam no interior cenas do Poema Divina Comédia. E ainda outro desconhecido, o Federico Zuccari, autor do Juízo Final no interior da cúpula com anjos invocando George Bush (guerra), Lady Gaga (peste), Gisele Bündchen (fome) e Dr. Roberto (morte).

Fachada[editar]

Desmond pensando em fazer Le Parkour na Basílica di Santa Maria del Fiore.

A fachada foi construída no início do século XV, mas só foi terminada em 1587 e 1588. Depois de pronta, o governador de Florença que era meio viado, achou a obra totalmente brega e fora de moda, também, era uma arquitetura do século passado, e o trabalho de 100 anos foi demolido.

O concurso do novo desenho terminou em escândalo quando uma abóbada em formato de Mickey Mouse venceu e suspeitas de propina e corrupção decaíram sobre os juízes do concurso.

Teve que todo mundo morrer para só 100 anos depois em 1864 um doido finalizou a fachada utilizando um estilo neogótico, com uma volumetria dinâmica e harmoniosa. E finalmente foi terminada em 1887 e dedicada à , pela paciência de 200 anos.

Sobre a porta de entrada há um relógio colossal com decoração em pintura de Paolo Uccello que sempre marca as horas erradas (hora italica), uma divisão do tempo comumente empregada na Itália do século XVIII, esse relógio só esqueceu que não está mais no século XVIII.

Interior[editar]

O amplo interior da basílica ninguém sabe direito como é, já que no jogo Assassin's Creed II o personagem não entra lá dentro. De acordo com uma maquete, a basílica tem 153 centímetros de comprido por 38 centímetros de largo, e 90 centímetros no transepto. Seus arcos se elevam até 23 centímetros de altura, e o cume da cúpula, a 90 centímetros.

Suas decorações internas muitas se perderam no curso dos séculos que até cachorros entravam e saíam da basílica, e muitos levavam embora o que quisessem. Somente algumas tranqueiras de Donatello foram salvas e estão no museu.

Os vitrais são os maiores em seu gênero na Itália, feito em 100% papel tnt com imagens de Super Mario.

Ver no YouToba[editar]