Santana do Paraíso

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikify.png Por favor, alguém arrume este pobre artigo segundo as diretrizes estabelecidas no livro de estilo antes que alguém infarte lendo esse artigo mal formatado...
AVISO: NÃO REMOVA ISSO ANTES DE TER CERTEZA ABSOLUTA QUE O ARTIGO JÁ FOI COMPLETAMENTE "WIKIFICADO", SENÃO VOCÊ PODERÁ SOFRER AS CONSEQUÊNCIAS!
Dica: não sabe como wikificar um artigo? Então leia AGORA o nosso Tutorial Wiki! Ou peça ajuda para os usuários mais experientes...

SANTANA DO PARAÍSO - MG É um município Brasileiro do estado de Minas Gerais. Que sonha em pertencer à Região Metropolitana do Vale do Aço e torçe para virar mais um bairro do subúrbio de Ipatinga e acha que manda no Aeroporto da Usiminas. Nos anos 2000 houve um grande crescimento de sua população acarretando em vários problemas de violência urbana, em 2009 foi eleita a 3ª cidade mais violenta do Brasil ficando atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro. Santana do Paraiso é conhecida como o paraiso dos assassinos, "la eles matam só para ver o tombo", estupradores "unica fonte de diversão" e ladrões, sua principal fonte de renda vem da plantação e do tráfico de drogas e do roubo de veículos pois é uma grande fornecedora para o resto do estado. Pesquisas do IBGE, apontam que o número de habitantes triplicou nos últimos anos, passando de 500 para 1.500 habitantes. Sua renda per-capita espantosa-mente conseguiu acompanhar o o salário mínimo adotado pelo Governo Federal em 2011 e gira em torno do R$ 545,00, isso com o único trabalho legalizado do município criação de sapo, perereca e rã. Assim como Coronel Fabriciano(Calado), Ferros e Mesquita, Santana do Paraiso não tem nenhuma importância para região. A Empresa que se destaca no Município é a (Vital Aterros Sanitários) que antes de Santana virar Município usava o local como aterro sanitário das cidades de Ipatinga, Mesquita, Timóteo e Coronel Fabriciano. Santana tem outra característica, no verão sofre altas ondas de calor que gira em torno dos 35º e 40º graus o que faz da cidade um vale de poeira, pois a cidade não possui nenhuma pavimentação, no inverno se torna a cidade mais fria e chuvosa das Américas proporcionados pelos 55% de matagal e encharcada pelas lagoas mais conhecidas como brejo que ocupa 30% da área restante. Santana tem vários problemas de transporte a cidade mais próxima fica a 25km "Ipatinga" o tempo para fazer o percuso é de mais ou menos 2:15 hora, as unicas maneiras de se chegar na cidade é de bote em tempos de chuvas, moto e helicopetero em tempos de secas, o calor é tanto que também são usados camelos com o meio de transporte.

Brejo.jpg

Aspecto da Cidade


História Conta a história que a ligação entre as cidades de Ferros e do Calado (Atualmente Coronel Fabriciano) era feita em lombo de animais, isso ainda são caracteristicas marcantes no aspecto da cidade, cortando nossas matas, subindo e descendo serras. Os tropeiros e viajantes solitários, ao pegarem o caminho com destino a Ferros, ou chegando ao Calado ou na capital Ipatinga. Em todo o percurso desta estrada, Santana era usada como abrigo porque as dificuldades de se chegar e sair dali obrigava indios, bandeirantes, colonizadores e escravos a permanecerem por varios meses esperando as águas baixarem em tempos de cheias das água abundante vinda dos brejos. Com o passar dos tempos um vilarejo acabou se formando no local e seu nome batizado como Santana do Paraíso, em homegem a Dona Ana, considerada Santa pelos piões da Usiminas que visitavam sua casa em épocas de pagamento e por levar o paraíso aos piões da Cenibra e Acesita ou Acelor ou Aperam (rémido para dor de barriga. O povoado de Santana do Paraíso até em tão tinha o nome de Conceição de Mato Dentro devido a grande area de mato que exite até os tempos de hoje, passou ser comanda por Mesquita que abandou o local devido a má reputação e por brigas provocadas por ex-militantes da Colômbia, “viram na cidade um potencial muito grande”. Para que Santana fosse emancipada foram varias lutas em que se destacam (Quim) devido aos Quilômetros de distância de outras cidades, Quim é ligado as ASFARC por isso seu histórioco politico conturbado, (Maneca) contrário de boneca, travesti pioneiro da cidade e (Mundico) relacionado ao tamanho da cidade e ex-guerrilheiro colombiano.


ECONOMIA O município possui um Distrito em operação onde o comércio local é desenvolvido, possui uma siderúrgica responsável pela fabricação de armas e outras responsável pela refinação de drogas no bairro águas claras se destaca hoje o aterro sanitários antes localizado no meio do municipio unica fonte de renda legal da cidade assim como a crição de sapo, perereca e rãs.


Traficantes.jpg

Trabalhadores exibindo suas ferramentas.


Hidrografia • Principais rios: • Nenhum, somente brejos e lagoas consideradas o principal berçario de dengue do vale do aço. • Bacia: Só as das lavadeiras de roupas locais.

Lagoasantana.jpg

Nativa tomando banho em uma das 59 lagoas...


CLIMA • Temperatura: • Média anual: 40º C • Média máxima anual: 45º C • Média mínima anual: -7º C


Principais ruas • R. Turim (ligada a marfia Italiana) • R. Safira (Ligada ao Crack, pedra preciosa) • R. Samambaia (Ligada a Maconha, nome tipico na cidade)


Busaum.jpg

Principal Rua de Santana do Paraíso


Dados da cidade • Localização: entre o nada e o lugar nenhum. • Área: 1.000 m2 Área construida / 2.000.000 m2 de plantações / 1.500.000 m2 lagoas e brejos e o restante colonhão. • Altitude: 300 (morro)


Transporte Bote, Moto, Jippe, Jegue, Helicopetero (policia Federal) Camelo e avião para transporte de entorpecentes.


Camelosantana.jpg

Principal meio de transportes, na Chuva ou no Sol.


TURISMO O turismo local é movimento pela forte procura de intorpecentes, super frequentada pelos playboys de Ipatinga e ate hoje pelos piões da Usiminas e Cenibra no dia de pagamento.


FESTAS Julho para comemorar as colheitas do ano, fazem uma grande fogueira onde a população local e de diversas areas do pais podem acender seus cigarrinhos do diabo.