Santo André (São Paulo)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira do Estado de São Paulo.svg.jpg Salve, mano! Este artigo é paulista: não gosta de gaúcho nem de carioca e se acha um puta trabalhador, né, meu! E não tá completo, pois o vacilão foi tomar um chôps e dois pastel, meu!


Santo André (São Paulo) faliu!
Graficozero.JPG
Cows1.jpg

Nem a Apple quita suas dívidas!

Outros que ficaram no vermelho.

Hitler curtindo um som do Fresno. Santo André (São Paulo) é emo.

Se você não respeitá-lo(a), um deles chamará o Adolfinho para lhe transformar em purpurina.

Nota: Este artigo é sobre a cidade. Para ver o clube, consulte Esporte Clube Santo André

Cquote1.png Porra meu! Eu quero anexar esse caralho a minha cidade... Cquote2.png
Ditador comunista de São Bernardo do Campo Maluf XXVIII sobre suas intenções com orgãos genitais dos cidadãos de Santo André.
Cquote1.png Puta merda! Cadê minha carteira?! Cquote2.png
Você ao andar 10 metros no Grand Plaza Shopping (anteriormente conhecido como ABC Plaza)
Cquote1.png Eu odeio Mauá Cquote2.png
Andreense sobre Santo André
Cquote1.png Visite Santo André e ganhe uma multa Cquote2.png
Qualquer um sobre sobre Santo André
Cquote1.png Esse é tão cansativo quanto visitar Santo André Cquote2.png
Você sobre Este artigo
Cquote1.png Vamos tesouro, não se misture com essa gentalha! Cquote2.png
Dona Florinda, ex moradora de Santo André residente atualmente na vila do Chaves em Mauá, mandando seu tesouro se afastar dos nativos da cidade
Cquote1.png Não acontecia nada na quela droga de cidade! Cquote2.png
Danilo Gentili sobre Santo André

Vilazinha Falida de Santo André (Em 2013 o nome foi oficialmente alterado para Emolândia)
SAbandeira2.gif
Bandeira Municipal
Localização Brasil, especificamente estado de São Paulo.
Línguas Oficiais Paulistanês, Miguxês.
Prefeito Carlos Grana, o cachaçeiro prefeito foi eleito em 2012 e sua missão até agora foi fuder o funcionalismo, querer aterrar o Guaraciaba, deixar a cidade sem luz e sem água além de fazer vista grossa para a corrupção. Um merda analfabeto que se diz esquerdista mas veste Dudalina, Empório Armani e desfila de Audi e Land Rover.
Vice-prefeita Oswana Fameli, o fantoche do PT é a presidenta chefa e lida dos donos de escolas particulares. Já desmaiou duas vezes com o bafo de cachaça do prefeito Grana.
População 700.000, onde 60.000 são Emos, 10.000 são refugiados de São Mateus, 20.000 refugiados de Mauá, 300.000 são os playboys, ricaços, mauricinho e patricinhas,20.000 travestis e o resto é gente normal da classe B e o um velho que pretende usar franja e virar emo.<s>segundo os Emolenses (andreenses), isso é uma idéia super maravilhosa!! Uiiiiii Gostosãooooo!!!! vem tomar GAYtorade com a genteeeeee aiiiii uiiii aii que tesão... aaahhhhh, aaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhh, iiiiissssooo!!!! AAAAAAAAAHHHHH!!!!
Área Total 50,840 km², da qual 49.000 km² são destinados ao plantio de erva, o seu principal produto tecnológico agrícola. mas se bem que que é tecnológico mesmo: os anúncios das ervas no Mercado Livre
Gentílico Andreense, Santo Andreense, ancião, Emolense e o Apresentador do The Noite, Danilo Gentílico

Cquote1.png Cidade chata do caralho! Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre Santo André
Cquote1.png Não sabem dirigir! Cquote2.png
Corno São Bernardense sobre Santo André
Cquote1.png Fica perto de Feira de Santana! Cquote2.png
Bira sobre Santo André
Cquote1.png Aquela cidade do interior? Tenho parentes lá Cquote2.png
Paulistano sobre Santo André
Cquote1.png A sua mãe estudou na Fundação Santo André! Cquote2.png
Pirralho Andreense sobre ofender a mãe de seu coleguinha de escola
Cquote1.png E a sua trabalha na Avenida Industrial! Cquote2.png
Outro pirralho Andreense sobre se defender quando seu coleguinha retardado xingar a sua mãe
Cquote1.png É uma cidade que fica perto de Mauá? Não, não nunca vi. Cquote2.png
São Bernardense sobre Santo André
Cquote1.png Seria melhor ter ido ver o filme do Pelé... Cquote2.png
Chaves sobre Paranapiacaba, ponto "turistico" de Santo André
Cquote1.png Só voU pro centro se for de 101. Cquote2.png
qualquer um sobre ônibus da expresso guarará que consegue carregar mais de 8 mil pessoas
Cquote1.png Vamos dar um rolê na Figueiras Cquote2.png
Andreense sobre Santo André
Cquote1.png AHhHhHh NaAuUMm, mEeLHoR iR PrU XoPpÌíXx Cquote2.png
Outro Andreense sobre Shopping ABC (antigo Mappin)
Cquote1.png Eu já comi no Bar do Bigode Cquote2.png
Andreense sobre Santo André
Cquote1.png Corre Bino, é uma cilada!!! Cquote2.png
Pedro para Bino sobre Santo André
Cquote1.png Tem mais radar lá do que baiano aqui! Cquote2.png
Paulistano da Zona Leste sobre Santo André
Cquote1.png O 101 é foda!!! Cquote2.png
qualquer um sobre ônibus de Santo André
Cquote1.png No XoPiM A.B.C, CeNtRo Da CiDaDe, Só TeM EmO (De SaNtO AnDré ~> PaRa EmO AnDrè) Cquote2.png Cquote1.png Oiêê coleegaaa , vamu nas lojas TORRA TORRA na Oliveira Lima lá em Santu André? as roupa la ta mió qui du brechó!! Cquote2.png
Favelada de São Bernardo sobre a Oliveira Lima (a 25 de Março de Santo André)

A política de Santo André está polarizada entre o PTB e o PT há 489 anos o que denota um desejo intrínseco do andreense em <s> tomar no cú manter as tradições. O atual prefeito Carlos Grana apesar de aparentar 80 tem apenas 48 anos de idade e curte passar trotes de madrugada. O cachaçeiro prefeito foi eleito em 2012 apesar de nunca ter morado na cidade. Ele nasceu em Ribeirão Pires mas logo na infância mudou-se para o interior paulista onde a partir dos 4 anos de idade começou a trabalhar como provador-mirim de bebidas, num alambique de Pirassununga. Lá permaneceu por 30 anos até ser demitido por justa causa. O motivo foi beber todo o estoque de CACHAÇA no galpão durante a comemoração de uma vitória do Santos Futebol Clube. O atual alcoólatra líder do executivo orgulha-se ainda de conhecer a cidade apenas por helicóptero e afirma ter um GPS em seu automóvel para poder transitar sem medo de se perder no centro, especialmente na Figueiras, rota das cachaçarias casas gastronômicas. Em poucos meses de governo, este filho da puta senhor ilustre promoveu o aumento de 25% da população, já que a cidade vive sem luz e sem água.

idade ==

Estação ferroviária de Santo André, pura tecnologia!!!

Santo André é conhecida como a Cidade dos Braços. O município orgulha-se de possuir o maior reduto de motoristas idiotas e arrombados irresponsáveis da América Latina. Não por acaso é a cidade que registra maior volume de doença de chagas no país dado o alto volume de barbeiros. Cerca de 91% da população jovem de Santo André se entorpece de alguma maneira, ou comete algum tipo de crime que 'não pega nada'. Entre os mais comuns estão as pichações, uso de maconha em shoppings e sexo (não necessariamente hétero) em praças públicas. Os habitantes dessa cidade costumam se vangloriar perante os outros habitantes da região, já que a cidade é que abriga o maior número da zelite do Grande ABC e por possuir dois shoppings "decentes". Pensando melhor, um, já que o Shopping ABC Plaza é o Point Nordestino da cidade e onde se abrigam os riquinhos do Bairro Jardim quando têm preguiça de ir ao Shopping ABC (lugar esse que conseguiu superar a Galeria do Rock, na capital, sendo o maior point de emos de São Paulo).

Santo André tem também a maior densidade demográfica de travestis bizarros do Brasil, tendo na Av. Industrial, no Bairro Campestre, o único ponto de equilíbrio de tráfego de veículos simultâneo com as horas de rush de Tóquio, com engarrafamentos estipulados entre 20:00, por carros de viados enrustidos, e às 06:00, pela molecada chapada que adora fingir que está mexendo com atrizes globais nas ruas.

Por não ter dinheiro para evoluir como um todo, reservaram o distrito de Parangaricotirrimirruaram, ou Paranapiacaba, como algo histórico, embora parada no século retrasado.

População[editar]

Emo Sapiens — Andreense típico

50% da população é maior de 65 anos. Dessa parte, 20% é aposentada da Rhodia, 30% é aposentada da Firestone, e os outros 50% são aposentados da Pirelli. Em razão disso, Santo André ganhou o título de maior asilo do mundo pela OMS.

O resto é 25% emos, 55% playboys, drogados, 2.5% paulistanos da Zona Leste tentando fugir do alto teor de nordestinos daquela parte da capital, e 15% mauaenses procurando emprego ou procurando algo para fazer na tentativa de esquecer que moram em Mauá.

Os pontos mais frequentados pela população são os supermercados COOP, INSS, Santa Casa (hospital municipal) e a Praça do Carmo (pra conversar com as primas).

Recentemente, Santo André perdeu o que talvez fosse o único habitante decente, um mestre de Kung Fu, que era um dos dez melhores do mundo. Causa da morte: ele foi visitar suas tataranetas no bairro Parque Marajoara, e tomou uma flechada de um índio escondido atrás da moita na divisa com Mauá. Trágico. Observação: A flecha foi fabricada por "Mauá Rules".

Novo meio de transporte inovador: o sanfonado subterrâneo.

Rua das Figueiras, o fenômeno[editar]

Nos últimos anos a Rua das Figueiras, a mais badalada da cidade, vem se tornando um verdadeiro ponto de encontro entre o público jovem.

Pessoas de diversas classes sociais frequentam o mesmo espaço, quer dizer: QUASE O MESMO ESPAÇO, isto porque os bares não são acessíveis a toda população, com destaque aos nordestinos de São Mateus e arredores, além dos índios da Tribo Mauá, Bernadenses e adjacentes que insistem em frequentar o local. Graças às pessoas citadas anteriormente, é comum encontrar um grande número de Chevettes, Voyages, Monzas, Opalas, Passats, Brasilias, Variants e Gols quadrados, todos equipados com som automotivo encontrado nas melhores feiras do rolo e lojas de contrabando. Carros estes que são facilmente identificados pelos para-lamas e contorno de pneu repleto de barro, justificados pelo longo e perigoso safári que enfrentam para chegar até a Rua das Figueiras, por onde ficam passeando de uma ponta a outra por período indeterminado ou até que o carro quebre.

Mas o setor empreendedor já demonstra sinais de preocupação com este público favelado, instalando diversos carrinhos de cachorro quente e churrasquinhos de gato, que dividem as calçadas com bares de alto nível. As poucas vagas para carros que existem são disputadíssimas pelos vendedores de bebidas e batidas, famosos pela venda de pinga batizada com água e álcool combustível, e a famosíssima e sinônimo de status Osmir Nofre Aisse.

Parque Duque de Caxias Prefeito Celso Daniel (mudou o nome, mas esqueceram de avisar os trutas)[editar]

É um parque com brinquedinhos infantis: escorregadores, balanços e gira-giras que nas noites de sexta-feira, sábado e domingo se transforma num ponto de encontro de jovens fumeiros bebadinhos e metidos a vagabundos, a maior da parte dessa massa de crianças emputecidas são: filhos da zelite da cidade, manos das quebradas (Centre Ville, Cond. Maracanã e afins) e uma pequena quantidade de mendigos que usam o parque como morada.

A negada do duque, como costumam dizer os visitantes do mesmo, se divide basicamente em:

  • Emos- 40%
  • PL'S (Pobres loucos, favelados, manos) - 10%,
  • Bêbados avulsos que você nem vê chegar e te pedem um cigarro - 10%,
  • O resto (roqueiros, metaleiros, metalcores, playssons, cocotas, sem estilões e etc) - 10%
  • Viadinhos pão com ovo (e encontros homossexuais) 30%


Bairros[editar]

vila helena;Bairro onde se concentra a maior quantidade de caseiros e zumbis da cidade, já que você nunca ve niguem nas ruas, NUNCA, é famosa pela igreja nossa senhora de salete, que mais parece uma cabana amarela de 50m de altura, e a escola oito de abril, que é uma escola de um bando de nerd que vive matando aula no parque central e fazendo excursão pro parque da xuxa

Jardim Elba: também conhecido como Jardim Erva, (e que na verdade fica em São Paulo, mas a galera de lá faz a economia local girar em Santo André)é na verdade uma grande rede de boca de fumo, com franquias em toda a cidade. Neste grande feudo, a principal atividade agrícola é o cultivo de folhas de Cannabis Sativa, correspondente a 95% do PIB Andreense, e seu produto final, manufaturado na Fazenda da Juta, é enfim comercializado pros playboyzinhos metidos a maconheiros que habitam o Parque das Nações.


Fazenda da Juta: (Apesar de ser Zona Leste de São Paulo, mas como o povo não tem dinheiro pra ir para o centro de São Paulo, vai pra Santo André que é do lado) é o lugar mais feio da cidade, onde 99,568% das casas não tem reboco nem banheiro, e algumas vezes, nem paredes, pois ainda estão na era das latrinas e das construções de pau-a-pique. Saneamento básico é uma palavra extra-terrestre no local. É caracterizada também por ser o único local com estacionamento de carroças do ABC, visto que lá esse é o principal meio de transporte, fazendo com que não haja qualquer diferença entre o transporte público oferecido à população. Perde para o Elba em quantidade de produção e venda de marijuana, mas isso é compensado pela variedade de produtos, como:

  • Gatinhos para cheiramento.
  • Preda.
  • Pílula.
  • Orégano vencido.
  • Cola de sapateiro.
  • de cozinha.
  • Acetona roubada da mamãe.
  • Limão para fumo

O comércio dos produtos é feito diariamente, inclusive nos domingos e feriados.

Parque das Nações: Lá é onde existe a maior concentração de dotôs e dotôras, da cidade. Todos maconheiros, diga-se de passagem: só querem encher a cara de birita vagabunda, fumar orégano e cheirar sal de cozinha com o canudo do Toddynho pra pagarem de malvadões adultos, mas não passam de pirralhos que choram vendo RBD.

Vila Rica: Vila quem tem só pobre e nenhum rico.

Vila Curuçá: habitada por um grupo de estudantes ou vagabundos que devastam outras regiões e comunidades. Se denominam 'turma da fumaça' ou 'lokoroots': jovens com idades de 15 a 22 anos, se reservam num tal de 'pico', onde se encontram e fazem suas reuniões. Bando de arruaceiros, baderneiros, perante a lei estão sendo visados, cometendo ações ilegais perante a estes artigos: 163, 155, 171, 12, entre outros atos desconhecidos pela lei, jovens que são chamados de 'demônios' pela força tática. Segundo relatos, eles estavam se preparando para o fim do mundo em 2012, mas como o titio Nostratamos tratou de errar de novo, eles decidiram fazer manifestações e se tornaram o que chamamos de Black bloc

Jardim Alvorada Um bairro que ninguém sabe como é, como vai e e onde fica. Quando é chamado de "PREDINHOS", todo mundo se lembra e diz que o avô/avó mora lá.
Cquote1.png Você quis dizer "Predinhos do Alvorada?" Cquote2.png
Google sobre Jardim Alvorada

São Mateus: Um bairro que todos os andreenses ouviram falar, mas ninguém sabe onde fica. Sumindo cada vez mais das guias da cidade de São Paulo, é um bairro do extremo leste paulistano isolado de tudo e todos. Não possui metrô nem trem, obrigando seus habitantes a viajar em naves espaciais conhecidas como Tróbolus Trólebus para chegarem à estação da CPTM mais próxima (que coincidentemente fica em Santo André), fazendo com que a migração São Mateus - Santo André seja algo comum na cidade,Mas como o povo andreense não aguenta mais os manos de São Mateus e da ZL e foi até o gabinete do governador de São Paulo, que pediu para Levi Bigodão Fidelix construir uma linha de Aerotrem, que não é buraco de tatu, por lá, para ligar o lugar até o tamanduateí, fazendo que a migração seja extinta. Suspeita-se que mutantes nasçam aqui em função dos gases venenosos do polo petroquímico de Capuava.

Cquote1.png Puta quiu pariu, o tróbolus quebrou de novo!! Cquote2.png
São Matense sobre um agradável passeio de Trólebus


Parque Capuava um bairro tranquilo , cujo sossego só é interrompido pelas explosões super Atomicas ouvidas à noite pelos moradores das redondezas do Parque Capuava, em Santo André. é a famosa liberação de gás ( pum mega atomico com gases toxicos) que as empresas do Polo Petroquímico realizam todos os dias esporadicamente.

Pontos Turísticos do Parque Capuava :

  • petroquimica: o principal ponto turistico com seu maçarico Gigante que ilumina toda cidade de Santo André, Mauá e Metade da zona leste de são paulo.
  • Supermercado primavera: ( conhecido também como seu Matias ) frequentado 90 % por Brasileiros norte-americanos
  • Coop: 90% dos frequentadores é velho e os outros 10 % são emos
  • Barraca: onde tem forrózão a vontade, 99% dos frequentadores são brasileiros norte-americanos dos estados unidos do norte:

Piaui, ceará ,Pernambuco, Bahia ,maranhão , Rio grande do norte e etc.. (a barraca fica na entrada da Favela do Capuava )

  • Estação Capuava: ( fica em mauá, Mas não se esqueçam que o capuava é tão grande que metade do bairro fica em santo andré

e outra metade fica em mauá ) Obs. a metade do bairro que fica em mauá é velha ,suja, e as ruas não tem asfalto.

  • Seci: escola de samba que reúne pagodeiros , malandros e afins todo domingo pra um pagodão com Cerveja & churrasco
  • Bar do Rock: conhecido como bar dos Emos ops... Rockeiros


Cquote1.png Quando ouço o estouro, de noite, acordo assustado e já olho para os lados da Petroquímica. Fora que faz um clarão por aqui, que até dispensa a iluminação na rua." Cquote2.png
Morador do Parque capuava sobre petroquimica


Bangu: esse bairro tem a cara de São Caetano do Sul: só mora véio rico ali. Se não fosse pelo Carrefour nas proximidades das escolas, seria apenas mais um bairro inútil, lá tem também o PS Bangu, onde são realizadas as cirurgias de troca de sexo dos trabalhadores da avenida industrial que trabalham no horário das 22h ás 6h.

Jardim Alzira Franco: é mais conhecido como o "Ribeirao" de Santo André, e cerca de 98% do Bairro é puro Matagal. É a maior área rural de Santo André, podendo ser até comparada com Ribeirão Pires. É comum encontrar em todas as ruas pelo menos uma igreja e um boteco, o principal meio de transporte do bairro é a charrete, quando não é o famoso ônibus T12.

Cquote1.png Medêls do céér. Má qui prá-gué-essa, uai? Cquote2.png
Morador do Jardim Alzira Franco sobre a chegada dos emos no bairro

Parque Jaçatuba: Você é classe média alta e não conseguiu morar no Bairro Jardim??? more no Jaçatuba. O Bairro é mais conhecido pelo Parque Regional da Criança, onde a maior parte do parque é pura pirambeira, além de ter vários pirralhos fãs da Xuxa e da Maísa no Playground do Parque. Também conhecido pelos seus sobrados apertados, normalmente o bairro costuma valorizar demais suas garagens subterrâneas e desvalorizar o tamanho dos cômodos da casa, típico comportamento da sociedade capitalista.

Jardim Rina: Copia barata do Parque Jaçatuba, com a diferença que o bairro tem a divisa com uma Grande Favela. Mais conhecido pela sua Feira, com suas tias gordas da barraca de pastel, e vários favelados vendendo DVDs piratas, o bairro também é muito perigoso. Você pode ser abordado por algum trombadinha a qualquer momento. Cquote1.png Ocê vai querê caldo de Cana tambenhê?? Cquote2.png
Tia Gorda da Barraca de Pastel

Vila Alzira: Copia barata da Vila Assunção; seu principal ponto turístico é o Parque Antônio Fláquer (AKA: Ipiranguinha). Sua marca registrada é parte da Avenida Carijós, que contém o Supermercado Nagumo (que há dois anos atrás era a Coopervolks), uma unidade do Habib's , um hipermercado Extra e uma unidade da Coop. Magicamente, ao chegar neste último mercado, você já está em outra avenida e outro bairro, o que faz com que estudos sobre a natureza da gravidade e teletransporte sejam feitos ali pelos professores de Física da escola Américo Brasiliense. Seus moradores tem a sindrome do poder assunção, pois estão proximos ao Vila Pires e Vila Assunção, bairros de Classe Média e Média Alta e a Vila Alzira não sabe se vai ou se fica.

Cquote1.png O último que sair apaga a luz! Cquote2.png
Funcionário da Coopervolks sobre a falência

Jardim: Onde está concentrada a elite da cidade. Nesse bairro só tem consultório médico e apartamentos que nenhum mortal pode comprar. Lá as mulheres costumam ser aquelas peruas que andam como se fossem árvores de Natal, e com tanta maquiagem que chegam a brilhar no escuro. Os filhos da zelite são em grande massa nerds que vivem confinados nos apartamentos do papai, onde são criados à base de leite de pera com ovomaltine pela vovó e empinando pipa no ventilador até os 30 anos. Há também aqueles emos enrustidos que roubam o Hipoglos do irmãozinho pra passar na cara juntamente com graxa em volta dos olhos, e vão então pro ABC Plaza (que agora é Gran Plaza, mas em breve se chamará Baianódromo) pagando de tr00s-Goth-from-réu-666-révi-metal-du-mau. E há, claro, os playssons revoltadinhos influenciados pelo RBD e NxZero como os que existem no Parque das Nações, só que com mais dinheiro.

Centro: só tem trombadinha, baiano, ladrão, hospital, trombadinha, ladrão, baiano, mendigo, emo, trombadinha, baiano, ladrão, Lojão do Brás, motéis, baiano, trombadinha, baiano, ladrão, o Shopping ABC Plaza(como dito antes em breve se chamará baianódromo), trombadinha, Armarinhos Fernando, ladrão, e a Avenida Industrial - local de trabalho da tua mãe e dos travecos. Enfim, essa parte da cidade é uma área favorável à prostituição e aos pedintes. Pela sua alta periculosidade, você pode ser assaltado a qualquer hora do dia e ter muito mais aventuras na sua vida cotidiana.

Vila Luzita: Pedaço da "cidade" que mais se parece com um bairro de Mauá. Pra começar, se você for de I05, já vê que tem barro por todo o chão do busão. Depois que você chega, vê que é necessário andar com bota de brejo pra não sujar a calça. A única atração local é o Extra, mercado popular que sai até briga de faca. E tem um terminal lixo lá que tem ônibus de alta qualidade cheio de barro e emos, desconfia-se que esse bairro tenha sido fundado por índios da tribo de Mauá e civilizados pela baianada que veio do NORRRRTE.

Jardim Sorocaba: é o Bairro-Favela de Santo André, la só mora a baixa renda da cidade. Lá não existem ruas, mas sim vielas. O Bairro é a cara de Diadema e as pessoas tem hábitos típicos de um pobre, como colocar o varal de roupas sujas na janela da sua casa. Este bairro é um grande buraco, o comércio do bairro é o grande tráfico de drogas da cidade de Santo André.

Parque Oratório: Um bairro que só é reconhecido pela prefeitura, pois os moradores se convenceram que moram no Parque Novo Oratório, pois os moradores de lá, que só são velhos pedófilos frequentadores da Aparecidinha, local onde os pedófilos tarados velhos se reúnem pra pedir perdão das suas taradices e pedofilias dos seus pecados. 90% da população são velhos aposentados da Volks, Firestone, Ypiranguinha, Rhodia, Pirelli, Valisere e outras empresas que faliram em Santo André ou não têm mais nenhuma importância para a porcaria da cidade. O restante da população são Coroinhas, ex-coroinhas, Alcoólatras Acólitos, maconheiros, pagodeiros e funkeiros. Os moradores de lá costumam se vangloriar por terem a Promater o Hospital da Mulher em seu bairro, o CERAR CESA, e o Supermercado Master Supar China que não tem porra nenhuma de super, mesmo esses pertencendo ao Parque Novo Oratório. Se todos esses pontos, pertencessem ao Asilo do Oratório Parque Oratório, seriam os mais badalados do lugar, mas como não pertencem, os lugares mais badalados tornam-se:

Venda do japonês Osvaldo, Osvardo, Osvardão, Tituinha Etc., onde é ponto de encontro de velhos desocupados e diabéticos que que não podem ir pro bar encher a cara, trocam variadas espécies de drogas, entorpecentes como Vitasae, Gingko Biloba e armas receitas para cura das dançarinas do diabo do diabetes e compram fiado do japonês. Lá havia um único bêbado que foi abduzido pelos incas venusianos.

Padaria do portuga, local onde só tem bêbado, e onde pode se comprar bilhetes do aerotrem trólebus e pão queimado, atualmente o portuga voltou para ilha do pau na terra dos murrugas e deixou a padoca na na mão de um brasileiro, como sempre fazendo burrice.

Mercado Roma Camerum, mercado onde se tem tudo, menos gente comprando, atualmente está falido, dizem que na verdade agora lá é um cartel do Jardim Erva para armazenar gatinhos para cheiramento, funcionando como mecênica como faixada.

Rua Tânger ou creche do bairro, onde se encontram a zelite do local e um monte de playssons viciados em Pokémon, Restart, RBD e pornografia. Os poucos jovens que existem lá são viciados em cheirar gatinhos. É também o maior canil da cidade, pois cada casa tem pelo menos 35 cachorros.

UBS, que é conhecido por ser centro distribuidor de remédio de graça. Lá tem tudo, inclusive cirurgia de troca de sexo, menos os remédios que você precisa.

Os Parque-Oratorianos estavam planejando para 2012 invadir o Parque Novo Oratório e tomar o Bairro, mas isso não aconteceu porque os incas venusianos estão abduzindo os velhos do Parque Oratório (que formam 90% do contingente do exército do bairro) para derrubar suas antigas casas e construir seu império em forma de formigueiros e pombais apertamentos sem condomínio, dizem que o QG deles está sendo construído nas proximidades, chamado Quitanda do Oratório, é um prédio que fica pertinho do terminal de Santo André apenas 32 km e também pertinho do Shopping Grand Plaza,apenas 192 km


Parque Novo Oratório: Mais um daqueles bairros maiores que a cidade inteira e onde só tem gente de má educação e sem nível nenhum. Lugar de cobiça dos Parque-oratorianos, planejam invadir o local, onde fica o point do cheiramentos de gatinhos, conhecido como CEAR CESA Parque Novo Oratório, que de manhã é para os velhos do Parque Oratório, de tarde para a mulecada que mata aula do José Henrique, e à noite para os cheiradores de gatinho, velhos pedófilos e a galera da Fazenda da Junta tudo e joga fora Juta que gosta de cagar na piscina onde os velhos fazem Hidroginástica pela manhã e a mulecada se afoga durante as férias de verão. O Parque Novo Oratório tem uma Coop que ninguém conhece, e uma imensa área de Floresta conhecida como "Os Padre", pelo terreno pertencer aos Iluminati ao clero local, onde ficam a academia de Padres Exorcistas, conhecida como Cidade dos Meninos, Igreja Renascer em Cristo Maria Imaculada, que se acha Paróquia, mas é apenas uma capela. Antigamente existia um colégio de padres no local conhecido como CESMAK, depois da cidade dos meninos, mas foi invadido pelos pastores mexicanos espancadores do diabo, da Igreja Universal do Reino de El-Shadai, que tomaram a escola e a transformaram em cidade El-Shadai, devastaram a floresta e a pequena parte que sobrou foi tomada pela prefeitura e chamada de área de lazer, onde é perigoso por possuir jacarés do papo amarelo, rinocerontes, onças, anacondas, cheiradores de leões e os velhos pedófilos do Parque Oratório.


Vila Junqueira: Bairro cuja existência é ignorada pelo próprio prefeito. Porém, conta com uma ampla área de lazer, conhecida como "parquinho". Seus frequentadores variam de acordo com o horário. Logo de manhã, pode-se observar simpáticos velhinhos praticando cooper e passeando com seus animais de estimação, que adubam a grama do parque. À tarde é possível assistir uma emocionante partida de futebol na quadra. Interessante é que em dias de chuva, é possível praticar pólo aquático. À noite é a vez dos jovens lotarem o parque. Sentam-se em volta dos bancos e mesas e jogam gamão, xadrez e conversam sobre política. Isso no dia 31 de Fevereiro, no resto dos dias eles se reúnem para fumar um cigarrinho mesmo. O bairro é também conhecido pelos seus salões de cabeleireiros, e também pela grande quantidade de crianças nas ruas. Algumas delas com nomes bem interessantes.


Campestre:' Se acham por estar na divisa com São Caetano do Sul e bairro Jardim, e pensam que moram em um bairro nobre, mas o bairro é simplesmente normal. Muitos dizem que moram perto do shópis (Grand Plaza) quando tentam se passar por moradores do Jardim, mas na verdade é uma boa caminhada do shopping até o bairro. Os habitantes adolescentes (estudantes do Amaral Wagner e algumas escolinhas particulares da região) se "divertem" entre a rua Figueiras e a Avenida Goiás em São Caetano.

Parque Marajoara: Local de desova, localizado na divisa com Mauá, com alto nível de ataques feitos com flechas, estilingues e zarabatanas.

Vila Pires: Bairro cujos moradores têm orgulho por hospedar o estádio de um time falido e o clube do Arara-maçã...

Vila Palmares: Bairro localizado entre São Caetano e o Supremo Império da Realeza Nobre de São Bernardo do Campo. Aqui ninguém sabe verdadeiramente qual seu município (ou Supremo Império da Realeza Nobre, no caso de São Bernardo). Todos estudam em São Caetano, quando querem comprar algo vão até o Rudge Ramos, no Supremo Império de São Bernardo, ou quando querem se divertir, vão a São Paulo. Ou seja, essa porra de cidade não serve para nada".

Vila Guiomar: Bairro onde é possível encontrar muitos maconheiros e correrias armados pela rua com ego elevado na rua. Bando de desocupados que se acham, dizendo que moram no Bairro Jardim. O local de trabalho pode até ser o Bairro Jardim, afinal as avenidas Dom Pedro II e Industrial estão no mesmo. Existem três pontos turísticos na VG - como é chamada pelos moradores.

  • 1º - SESC Santo André - Frequentado por moradores da favela e dos predinhos. A maior concentração de manos, que trombam e esbarram em playboys que não querem pagar um clube caro. Também tem muitos shows de MPB, sendo um local perfeito pra cachaceiro metido a intelectual, idosos do Bangu, universiOtários, e por aí vai.
  • 2º - Tamarutaca - Uma das maiores favelas do Estado de SP, ponto de drogas, onde playboyzinhos gastam boa parte de sua renda mensal.
  • 3º - Prédios do IAPI (Ou Pombal Andreense) - Onde grande parte dos moradores maconheiros e ladrões, que não tem nem onde cair morto, mas todos acham que pertencem à zelite.


Vila Valparaíso: Bairro onde vive uma parte das bichas Andreenses. Ao lado do Jd. Bela Vista, seus moradores tentam equiparar o Valparaíso com o Bairro Jardim, mas não conseguem, e agora se acham só porque o bairro ficará próximo de uma das estações do futuro Metrô ABC. A maioria dos estudantes do Pueri Domus mora nesse bairro, que abriga a unidade de educação infantil do colégio. Não há muita coisa, ou melhor, nada para se fazer por lá. Pela proximidade, seus moradores se deslocam para o shopping ABC, onde os playboyzinhos do Valparaíso torram o dinheiro do papai e se reúnem com seus amigos emos na entrada principal do shopping.


Jd. Bela Vista/Vila Gilda: Onde se encontra a outra parte dos playboyzinhos da cidade, lá também fica localizada uma das mais importantes Avenidas de Santo André: a Av. Portugal. Apesar de serem inferiores ao Bairro Jardim, seus habitantes não assumem isso, mesmo tendo um caipira miserável que toca música sertaneja todos os dias lá.

Aplaudindo.gif
Rio Tamanduateí merece
uma salva de palmas por que em Santo André é só chover pro rio Tamanduateí encher e todo mundo lá se foder!


Jd. Estádio: um lugar onde existe vários seres do tipo chavetinha, boné aba reta, que ao conduzirem motos, só faltam andar em cima da lanterna, com o manete virado para o céu e que ficam se gabando: "Sou maquineiro, mano". Capacetes mais caros que as próprias motos.

Jd. Bom Pastor: Conjunto de um monte de bairros diferentes (Vila Floresta, Vila Scarpelli, Jd. Ocara, etc.), mas todo que mora lá chama o bairro de Bompas. Tem a maior concentração de ladrões de moto por habitante do Brasil (se concentram na porta das escola Calvitti), um monte de aposentados, e um monte de baianos também. Quando chove metade do bairro alaga porque o córrego dos Meninos fica com mais água que o oceano pacífico. É uma bosta de bairro mas tem 03 linhas de ônibus porque a garagem dos mesmos fica no bairro. O ponto turístico é o Bar do Barriguinha, onde ladrões de moto, correrias e mendigos bêbados ficam comendo torresmo de javali e jogando sinuca.

Jd. Santo André: Onde se encontra o CDHU' caso Eloá, precisa dizer mais alguma coisa? Só isso e já podemos ver o que acontece por lá, onde casos desse tipo é rotina e só não sai nos jornais porque os jornalistas da região estão cobrindo casos de extraterrestres que são praticamente moradores do local, por la conter erva barata e sua mãe prostitutas

ABC Plaza[editar]

Cquote1.png Puta quiu pariu, tô andando em círculos, caralho! Shopping filha da puta! Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre um passeio no ABC Plaza
Cquote1.png Prefiro o Shopping Aricanduva. Cquote2.png
São Matense sensato

Shopping ridículo de tão pequeno porem maior que todos os do Abc com excessão do Shopping Abc. E não bastasse o tamanho, há ainda um trânsito absurdo de baianos, mauaenses (por isso é conhecido como maior baianódromo de Santo André), pirralhos, góticos, Emos e outras porcarias. Durante a noite, o shopping é uma espécie de Drive-Thru barato, devido à sua localização na Avenida Industrial, point preferidos dos travecos trabalharem.

Mas o pior de tudo é que além de chato e repleto de seres bizarros e travecos à noite, o shopping tem um formato circular. Isso significa que, por mais que você evite, sempre vai esbarrar em alguma pessoa indesejada, como sua sogra, ou algum professor da sua escola quando você estiver matando aula, por exemplo.

No ano de 2011, foi contratado Sergio Naia e sua ENCOL, para fazer a ampliação do maior baianódromo de Santo André, que consiste em cobrir o estacionamento e colocar o Extra, a academia de playboyzinhos de merda e pitboys bombados, e a C&C (Cu & Cueca, dentro do shopping, feita por escravos vindos de Lugar Nenhum, sendo que o mestre de obras é Estácio Resmungão e seu assistente Coragem, o Cão Covarde). A obra vai ficar pronta no dia 31 de Fevereiro de 2112.


Politica[editar]

Hoje em dia é comandado pela máfia do Partido dos Trapaceiros, que tem como chefe local o Carlos Grana, um bebum qualquer da rua que colocaram lá para servir de laranja para os planos maléficos de Luiz Inácio Luladrão Molusco da Silva. Dizem que o ex prefeito Celso Daniel ainda assombra a prefeitura querendo justiça e uns travecos e putas, para fazer uma festinha particular.