Santo Antônio do Itambé

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Santo Antônio do Itambé é uma cidade que fica no interiorzão do extremo sudeste de Minas Gerais... Quer dizer, Minas Gerais tem um extremo sudeste? De qualquer forma, a expressão é usada para definir cidades que cheiram a banheiro público de São Paulo e que por causa de sua localização estar em um lugar muito isolado ou longe demais do mundo civilizado, é uma cidade praticamente desconhecida e desprovida de tecnologias e outras frescuras do mundo contemporâneo.

Fundação[editar]

A "Mijada de Santo Antônio do Itambé", como é chamado esse ponto turístico de lá.

A fundação ocorreu em 1963, quando a onda de emancipações em Minas Gerais teria virado moda e várias cidades começaram a surgir com seus minúsculos e microscópicos territórios. Depois que Santo Antônio do Itambé deixou der ser um distrito qualquer, começaram a investir forte no município.... Quer dizer... Pena que isso é só uma das miragens que o sertão mineiro pode oferecer.

Por ser chamado de "sertão mineiro extremista" ninguém é louco o suficiente para visitar a cidade. Nem que aparecesse um Outdoor falando que Kayden Kross iria gravar seu próximo filme pornô lá iria ajudar em algo a cidade.

Indústria[editar]

A indústria de Santo Antônio do Itambé é muito variada...

Cquote1.png É só isso? Cquote2.png
Você sobre esta seção

Parta continuar um pouco com a palhaçada, posso revelar que existe uma pequena fábrica que vende veneno licores de vários sabores diferentes. Entre esses licores teria um licor que seria produzido pela 51, marca de pinga muito famosa entre os sem-teto e "consumidores". Porque, cachaceiro é quem faz cachaça!

Economia[editar]

No geral, depende do turismo já escasso e da exploração das belezas naturais de seus pequeníssimo território municipal pode oferecer. Até hoje, acharam apenas uma cachoeira que chamam de "mijada de Santo Antônio do Itambé", pois os nativos da região imaginaram que a cidade teria um bilau que estaria tirando água do joelho eternamente.

Outra maneira é fazer com que os tapetes de pregos da polícia funcionem a favor de manter pessoas presas na cidade, que são obrigadas a ficarem nos hotéis de má qualidade e comer comida que faz com que tenham diarréias durante a estadia.