Sap’ekhburt’o Klubi Dinamo T’bilisi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Sap’ekhburt’o Klubi Dinamo T’bilisi
Escudo do Dinamo Tbilisi.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Sapeka Butt Klubi Dinamo T’bilisi
Origem Bandeira da Geórgia Geórgia- Tbilisi
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio Boris Casoy Dinamo Arena
Capacidade
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Georgiano
Divisão უმაღლესი ლიგა
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Sap’ekhburt’o Klubi Dinamo T’bilisi, o FC Dinamo Tbilisi é um time soviético da cidade de Tbilisi, capital da Geórgia, um dos estados dissidentes dos Estados Unidos que é filiado à UEFA

História[editar]

Fundação[editar]

O time foi fundado em 1925 quando a comitiva de ciganos que fundou o Dinamo Kiev, Dinamo Moscow, Dinamo Bucareste e Dinamo Sofia viajou para onde jamais imaginariam que pudessem chegar, chegaram em Tbilisi, considerada na época a última cidade antes de uma lçonga estrada que levava a Pequim e portanto o último ponto de parada daquela comitiva.

Obviamente naqueles primeiros anos houve empecilhos para o novato Dinamo Tbilisi, primeiro porque não existiam outros times na Geórgia e portanto não havia adversários, e segundo porque os amistosos comemorativos contra os times russos, o tome georgiano era sempre obrigado a perder, para não colocar em dúvidas a suposta superioridade russa. Então a única alternativa eram amistosos contra os times do vizinho Azerbeijão, times tão ruins que era até sem graça ganhar de 9x0 sempre.

Campeonato soviético durante a época da Guerra[editar]

Mesmo o time provando todo seu valor ao derrotar o Dinamo Moscow por 9x3 num jogo amistoso, com a criação do campeonato soviético o Dinamo Tbilisi foi relegado a ir disputar a Terceira Divisão Soviética, afinal ninguém conhece ou se importa com a Geórgia, então todos times do país foram ir dividir espaço com os times uzbeques, siberianos, vladivostokanos e quirguízes.

Com muito custo conseguiu subir para a Primeira Divisão Soviética em 1940, aproveitando-se do fato dos times mais fortes estarem engolidos pela Segunda Guerra Mundial, enquanto isso na distante Geórgia era possível jogar futebol porque ninguém sabia onde fica.

Anos 60, os primeiros títulos[editar]

O primeiro título da equipe foi o incrível título do campeonato soviético de 1964. Nesta oportunidade o clube estreou o ano com 4 derrotas, 10 empates e nenhuma vitória, o que fez com que aqueles matemáticos falastrões que parecem todo ano pra sacanear falarem que o Dinamo Tbilisi estava com 95% de chances de rebaixamento. Os agentes da federação soviética, acreditando que o destino do Tbilisi já estava fadao, pararam de manipular os resultados da equipe georgiana, afinal era um saco viajar pra Tbilisi. Porém, com uma incrível arrancada de 13 vitórias consecutivos, o clube do Dinamo Tbilisi disparou na tabela e terminou o final do campeonato na primeira colocação empatado com o Torpedo Moscow. Como o regulamento não previa desempate, haveria de ter uma final no Uzbequistão, e o time que lá chegasse primeiro venceria a competição. Beneficiado por conhecer melhor aquele cu de mundo, o Dinamo Tbilisi chegou em Tashkent (capital uzbeque) primeiro e levou seu primeiro título.

Anos 70, primeiras aparições na Europa[editar]

Em 1970 conquistou o Troféu Caravela de Colombo, conquistado após vencer os times reservas de pré-temporada do Atlético Madrid e SL Benfica, sendo aquele o primeiro troféu do início de uma brilhante trajetória do Dinamo Tbilisi nas competições europeias nos anos 70, época em que o time não perdia por placares mais elásticos do que 3x0 e ninguém se sentia humilhado.

Sempre foi um bom coadjuvante na Liga da UEFA, mas seu grande ano foi pela Liga dos Campeões de 1979–80, quando venceu em casa por 3x0 o Liverpool FC na fase preliminar, tudo para depois ir perder dois jogo0s para o Hamburger SV da Alemanha, que diferente dos ingleses não tinham medo de viajar para zonas desconhecidas do planeta.

O título internacional[editar]

O Dinamo Tbilisi orgulha-se de seu título da Taça das Taças de 1980–81, um canmpeonato de qualidade tão duvidosa que o time favorito era o Diósgyőr da Hungria, mas que foi eliminado logo na primeira fase ao ser goleada pela zebra Celtic FC por 7x1. Quanto ao Dinamo Tbilisi sentiu-se bem ao enfrentar times equiparáveis aos clubes da Segunda Divisão da Geórgia, e foi eliminando o Kastoria da Grécia, o Waterford United FC da Irlanda, o West Ham United FC da então Quinta Divisão da Inglaterra, e o Feyenoord cuja única qualidade é dar porrada só que não mais que os pedreiros do time do Dinamo Tbilisi. Na final enfrentou o FC Carl Zeiss Jena da quinta divisão da Alemanha.

Últimos anos da era soviética[editar]

Enquanto a União Soviética agonizava, o Dinamo Tbilisi sumia. Na medida que os jegues iam ficando escassos, as viagens para Tbilisi ficavam cada vez mais custosas. Nesta época chegou a rebaixar para a segunda divisão do campeonato soviético.

Começa o campeonato georgiano[editar]

O Dinamo Tbilisi fundou o campeonato georgiano, e ainda por cima fez o favor de perder na estreia para o Croquete no Pote por 1x0. Porém apesar do vexame da estreia, o time seria deca-campeão e dominaria o futebol da Geórgia beneficiando-se do fato de simplesmente não haver outra equipe naquele país do tamanho do Sergipe.

Títulos[editar]