Saparmyrat Nyýazow

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Saparmyrat Nyýazow, (θɑːpɑːrmuːrɑːt niːjɑːðɒv no cartório), pronuncia-se Sàparűmwyrat Ataýewiĉç Nyýazźow é um dos ditadores mais loucos e temidos de todos os tempos, só de ouvir seu nome as pessoas tremem, só de saber que tem que pronunciar seu nome corretamente as pessoas tremem. Foi um dos grandes ditadores da história mundial. Governou durante toda sua vida com mão de ferro o Tadjiquistão Turcomenistão.

Vida[editar]

Saparmyrat Nyýazow, governou o Turcomenistão desde que nasceu.

Saparmyrat Nyýazow nasceu em Gypjak, Turcomenistão, uma vila daquelas onde Borat viveu, seu pai morreu durante a Segunda Guerra Mundial lutando pelo comunismo e torturado por nazistas que o confundiram com um gay. O restante da família de Saparmyrat Nyýazow morreu durante um terremoto. Vendo que seu país está uma desgraça, todos tem inveja da Rússia e Turquia, Saparmyrat Nyýazow estuda um pouco (algo que ninguém faz no país, pois tem que se preocupar com coisas mais importantes como sobreviver) e assim facilmente se tornou presidente do Turcomenistão.

Ditadura[editar]

A estátua de ouro maciço que Saparmyrat Nyýazow mandou construir usando toda a grana do país inteiro.

Quando virou presidente em 1991 sua primeira loucura foi sair da União Soviética para se dedicar a fins mais árabes e turcos como procurar petróleo e querer participar de reuniões na Europa.

Saparmyrat Nyýazow baniu as escolas do Turcomenistão, para evitar que o povo pense e reduzir assim para zero a chance dele sofrer Impeachment. Assim ele se re-elegeu por anos a fio até que baixou o decreto de cargo vitalício para presidente.

Durante sua ditadura, Saparmyrat Nyýazow desenvolveu um revolucionário método de ditadura, foi o que os especialistas políticos chamam de Genocídio Indireto, que ao contrário de ditadores como Mao Tsé Tung que saem matando quem sai da linha, Saparmyrat Nyýazow ia transformando seu país num lugar horrível e as opções era sair do país ou ficar e sofrer.

Extremamente excêntrico, Saparmyrat Nyýazow mandou construir em seu país coisas totalmente inúteis para seu povo que morre de fome e sede. Entre as construções está a criação de um parque aquático no meio do deserto, uma estação de esqui no gelo no meio do deserto e uma pirâmide para colocar sua múmia depois que morrer. A maior loucura de Saparmyrat Nyýazow porém, foi ter mandado construir uma estátua sua de ouro, usando todo o ouro dos cofres público no centro da capital Asgabate com uma base rotativa e sempre virada para o sol ou a lua ou a estrela Alfa-Centauro.

Saparmyrat Nyýazow também mudou os nomes do meses do ano. Cada mês do ano se passou a chamar pelo nome de algum parente seu, e olha que seus parentes tinham nomes muito mais difíceis que o seu, os turcomenisteses esqueceram como medir o tempo.

Morte[editar]

Cid Moreira anuncia morte de Saparmyrat Nyýazow.

Saparmyrat Nyýazow morreu depois que fumou um charuto envenenado importado da KGB por complicações cardíacas e falência múltipla dos órgãos.

Precedido por
Josef Stalin
Beyik Saparmyrat Turkmenbashy.jpg
Presidente do Turcomenistão

1991 - 2006
Sucedido por
Grtyasytdtydvbv Berkjshdgmsagdsdhsdftshvrvdsvd