Saquarema

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome-searchtool blue.png Saquarema é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Provavelmente, esta cidade não tem mais do que dez anos.

Sciences de la terre.svg.png
Cquote1.pngVocê quis dizer: SaquamerdaCquote2.png
Google sobre Saquarema

Cquote1.pngVocê quis dizer: EspartaCquote2.png
Google sobre Saquarema
Cquote1.pngVocê quis dizer: A Fronteira FinalCquote2.png
Google sobre Saquarema
Cquote1.pngVocê quis dizer: Terra do NuncaCquote2.png
Google sobre Saquarema
Cquote1.pngVocê quis dizer: Cidade de roqueiros e surfistasCquote2.png
Google sobre Saquarema
Cquote1.pngVocê quis dizer: Onde o Mundo acaba?Cquote2.png
Google sobre Saquarema
Cquote1.pngVocê quis dizer: Onde o Judas perdeu as meias, botas, roupa, tudo?Cquote2.png
Google sobre Saquarema
Cquote1.pngVocê quis dizer: Onde Judas se perdeu?Cquote2.png
Google sobre Saquarema
Cquote1.png As ondas de Saquarema são as mais perfeitas do Mundo Cquote2.png
A pegadinha mais clichê de todo surfista de Saquarema no dia primeiro de abril
Cquote1.png Onde estou? Peter? Cade você Peter? Cquote2.png
Você quando chegou em Saquarema, delirou por causa do ar, que é puro demais
Cquote1.png Saquarema é um país assolado por desgraças históricas ao qual devemos estender a arm... mão amiga Cquote2.png
George W. Bush sobre Saquarema
Cquote1.png Saquarema é um lugar pra lá de bão, sÔ Cquote2.png
Chico Bento sobre Saquarema
Cquote1.png PUTA-QUE-PARIU!!!! NUNCA VI TANTA CORVARDIA E PORRADA DESSE JEITO! Cquote2.png
Chuck Norris sobre Saquarema
Cquote1.png Vamos pedir piedade, Senhor piedade... pra essa "gente" careta e covarde... Cquote2.png
Cazuza sobre Saquarema
Cquote1.png Socorro! Me levem pra longe dessa gente!!! Me levem de volta pra cadeia!!! Cquote2.png
Al Capone sobre Saquarema
Cquote1.png Puta merda! Essa gente é capaz de tudo , vou voltar pra cadeia lá é mais seguro Cquote2.png
Elias maluco sobre Saquarema
Cquote1.png Espera por mim!! Não me deixa sozinho com essa gente!!! Cquote2.png
Fernandinho-beira-mar sobre citação acima
Cquote1.png Minha família é de lá Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre Saquarema
Cquote1.png Matar pessoas a golpes de skate é "café pequeno" para os habitantes de Saquarema Cquote2.png
Eu sobre citação acima do HARDCORE
Cquote1.png Eu aprendi a brigar lá Cquote2.png
Chuck Norris sobre Saquarema
Cquote1.png Hahaha, mais um otário pronto pra perder os órgãos! Cquote2.png
Típica moradora de Saquarema dando as "boas vindas" a qualquer um visitante ou novo morador
Cquote1.png Meto a porrada em Capitão Nascimento e toda a "torpa" dele!!! E depois "botos" os "côrpu" na "partilera" lá de casa!!! Cquote2.png
Típico morador marrento de Saquarema
Cquote1.png O povo da aldeia depois de Maricá é uma gente mal encarada, agressiva e covarde, vou embora daqui antes que os homens me esquartegem e as mulheres me estuprem, vou logo embora, nem vou perder tempo estudando a variabilidade das espécias, isso é menos importante que minha vida! Cquote2.png
Darwin sobre Saquarenenses
Cquote1.png Os bebês de Saquarema que nascem defeituosos ou fracos, são descartados Cquote2.png

Tabela de conteúdo

[editar] Que porr* é essa?

Saquarema é um bioma brasileiro, ou um antro, que possui um astronômico território que ocupa 98,9% da Região dos Lagos, 87% da Mata Atlântica e 78% do estado do Rio de Janeiro. Trata-se de um município isolado; autônomo; independente do país Brasil, mas ainda colônia de Portugal. Só foi descoberto em 2002 quer dizer que até então algo estava cobrindo-a, pela NASA. Saquarema era um lugar desalojado do tempo, deslocado do mundo, impossível de se localizar e de chegar lá.

Em Saquarema, há muitas vilas pobres cercadas por roças de mandiocas, milho e frutas como mamão e banana que garantiam a subsistência das famílias. Aldeias indígenas que abrigam nativos hostis que vivem da pesca. A única igreja da cidade que também serve como escola, hospital e prefeitura.

Em Saquarema, além de muita pobreza e desigualdade social, há muita fome e miséria, toda a população é analfabeta, obrigando saquarenenses a morarem em muquifos miseráveis e terem uma vida patética e vazia. Há muitos genocídios recorrentes, revoltas de negros escravos, execuções ao ar livre, os moradores vivem sob a violência constantes, há ataques massivos de rebeldes, dos nativos e dos fofoqueiros e é lá onde a natureza descarrega sua fúria da humanidade, lançando terremotos, maremotos e ondas-gigantes sobre aquele pequeno e inatingível pedaço de mato.

Paisagem de quando você chega nas fronteiras de Saquarema

[editar] Geografia

Saquarema é um conjunto de aldeias, cercadas por água por todos os lados (mas não trata-se de uma ilha, se fosse, seria a ilha de Lost), cujo território cobre toda à mesorregião das Baixadas Litorâneas, o que é quase toda a parte litoral do Rio de Janeiro e ocupa 99,8% da Região dos Lagos, ou seja, os 0,1% restantes são disputados ocupados por micros-municípios esprimidos, como Araruama, Cabo Frio, Arraial do Cabo e outros povos indígenas diversos. É uma cidade litorânea, e à anos-luz de distância da civilização.

É composto por florestas densas, aldeias indígenas e campos de arado. As áreas de domínio (área cuja vegetação clímax era esta formação vegetal) abrangia total ou parcialmente dezessete municípios.

Em Saquarema, é comum ocorreram muitas anomalias geográficas e fenômenos naturais catastróficos, fazendo a cidade regredir ainda mais, pois ocorrem tantas e constantes tranformações que é impossível nunca é seguro morar lá. Lá é normal ver chuva de granizo, metoritos, enchentes de rios, furacões destruindo as florestas, vulcões expelindo lava e terremotos que movem montanhas. Isso sem contar com os maremotos que devastam quase todo o litoral, invadindo as casas.

[editar] História

Em 1500, o Brasil, a pátria mãe gentil, foi descoberto. Muitos colonizadores europeus que se arriscaram a entrar lá foram dizimados, por isso, nasceram muitas lendas e histórias que os habitantes de Saquaremas eram seres místicos, paranormais, onde poderia haver borboletas e jacarés gigantes, homens com corpo de leão e ursos polares.Tanto que a região que "abriga" Saquarema, a Região dos Lagos (na verdade, é Saquarema que, praticamente, abriga a Região dos Lagos) só foi descoberta só em 1957 pelo naturalista e recém-descobridor Darwin, que fazia pesquisas para encontrar evidências sobre a evolução. Mas, como era praticamente impossível vencer e desbravar as terras saquaremas, pois até os bandeirantes fracassaram diversas vezes em várias expedições, só foi possível catalogar as imagens da região via satélite sobre aquele lugar até então desconhecido. Há também lendas sobre a Dercy Gonçalves, mas, por se tratar de uma piada muito cansativa e repetitiva, não a colocaremos em questão.

Em 1969, depois da desistência da Nasa de explorar as terras descobertas (pois eles se convenceram que era mais fácil mandar o homem à Lua), os czares soviéticos bancaram e organizaram expedições para achar Saquarema. Achados arqueológicos foram capazes descoberto que os saquarenenses são um tipo especial e diferente de humanos, um elo perdido, possuindo uma pequena, quase inexistente, capacidade de armazenar conhecimento e pouca capacidade craniana. Até então a maioria habita cavernas, bosques e vales, vivem dependentes da pesca e da caça e não utilizam instrumentos tecnológicos ou modernos, apenas fabricados pelos mesmos, e tudo é feito com as mãos nuas, ou seja, artesanal, já que não existe infraestrutura, indústria, fábrica ou qualquer coisa muito século 21. Sua rotina muito semelhando com a dos humanos da idade da pedra. Os Saquarenenses não viam motivo para abandonar suas terras natais e migrar. O único campo pelo a qual tinha conhecimento era a pesca, já que, por ser muito primitivo, era incapaz de desenvolver técnicas de navegação.

Em 2002, uma igrejinha foi erguida no alto de uma montanha, mas, quase imediatamente, abandonada pelos padres e sacerdotes, pois uma gangue de saquarenenses invadiu eu saqueou a igreja, vandalizando os bancos, roubando os dízimos, estuprando as imagens dos santos e urinando na cruz. Já que todas as tentativas de catequisação dos nativos se mostrou infrutívera, não há religiões em Saquarema e uma lenta e gradual formação de vilas estrangeras estão se estabelendo na cidade, rotas comerciais em portos e pequenas e medíocres praças que não são frequentadas pelos saquarenenses. Núcleos urbanos estão em desenvolvimento, já há padarias, mercearias, ferrarias, bares e cemitérios na cidade, embora todos pobres, escassos e aparentemente abandonados.

Em 2003, Saquarema foi oficializada como município brasileiro, embora o motivo não se quer fora esclarecido, já que os saquarenenses não tinham nenhuma se quer noção de pátria ou justiça e, portanto, não eram brasileiros.

[editar] Saquarenenses

Foi descoberto ou seja, tiraram algo que cobria que os saquarenenses não são seres dotados de raciocínio próprio, ou seja, a sua capacidade de organizar sua ação é muito primitiva, portanto, possui apenas o instinto básico de sobrevivência, vivendo feito animais ou selvagens, mais subdesenvolvidos que os índios.

Os saquarenenses são seres hostis, antissociais e sem contato com o mundo exterior. São muito agressivos com qualquer um que invada seu território. Matam qualquer um forasteiro, no caso de uma mulher, a estupram e, no caso de crianças, a comem. Por isso, a tarefa de explorar o território saquarenês se tornou tão complicado. Há muitos registros históricos que apontam que cerca de 100% dos desbravadores que tantam entrar no seu território são mortos cruelmente.

O que acontece com um turista que "visita" Saquarema

Saquarema se divide em três tipos de nativos:

[editar] Os nativos

São seres hostis que correm pelo mato montados em capivaras gigantes. Eles gostam de dar as "boas-vindas" aos turistas lançando-lhes tiros de flecha embebidos em neurotoxinas, venenos de cobra e gosma de caramujo. Armam armadilhas ao redor de suas aldeias para capturar forasteiros, forrando e camuflando com folhas fossos fundos, cheios de estacas afiadas. Por vezes, empalam vítimas em cruzes nas praças, para compor um espetáculo de terror à pobre população. Os nativos são perigosos, pervertidos, vivem da pesca, só escutam músicas do Serguei e podem ser vistos semi-nus vagando pela floresta. Se ver, um, finja-se de morto.

Uma foto rara de um nativo saquarenense. CUIDADO NÃO OLHE NOS OLHOS DELE

[editar] Os modernos

São os saquarenenses modernos, ou seja, os que andam vestidos. Geralmente os jovens frequentam as escolas eclesiásticas da única igreja local. Essa população está em declínio, já que há pouco emprego e a qualidade de vida é quase zero. A maioria são caipiras que passam a maior parte do dia trabalhando feito camelos na roça e, depois, se refugiam em bares onde passam o natal, ano-novo e o aniversário. Senhoras donas-de-casa gordas e feias, onde encontram como única diversão fofocar sobre a vida alheia e jovens que passam a maior parte do dia na praia ou no mar, surfando, ou melhor, achando montando em pedaços de madeira, já que o mar é a única coisa que os agrada. Há também fazendas latifundiárias onde ainda há escravos trabalhando nas lavouras de café seguindo um sistema de plantation, burgueses e aristocratas que comandam a política da cidade, poetas fracassados, roqueiros drogados e surfistas desocupados.

É comum pais desesperados e assombrados pela fome matarem os próprios filhos de devorá-los durante as épocas de imigrações dos peixes, onde a comida fica escassa. Saquarenenses também nunca choram. Dizem que foi lá onde Chuck Norris foi criado e virou o que é. Há rumores que os saquarenenses são tão casca-grossas que matam uma cobra só de olhar pra ela.

Típica criança saquarenense modernona. Note suas roupas descoladas

[editar] Os ultra-modernos

São todos fugitivos federais, traficantes de drogas ou políticos que se escondem em Saquarema. Relaxam em suas super-mansões despreocupados, pois ninguém irá descobrir seu paredeiro, curtindo o tédio da vida. Pelo alto grau de poder e riqueza, coordenam várias atividade ilegais de Saquarema.

Uma índia nativa de Saquarema

[editar] População

Embora a população de galinhas ultrapasse a população de humanos, vamos analisar o índice da população exata de moradores que habitam Saquarema:

  • Número inestimável de nativos;
  • 23 saquarenenses modernos;
  • 4 fugitivos;
  • 1 cantor, Serguei;
  • 1 padre;
  • 1 professor;
  • 1 médico;
  • 1 político;
  • 0 emos;


[editar] Fenômenos comuns em Saquarema

É comum pais desesperados e assombrados pela fome matarem os próprios filhos de devorá-los durante as épocas de imigrações dos peixes, onde a comida fica escassa. Saquarenenses também nunca choram. Dizem que foi lá onde Chuck Norris foi criado e virou o que é. Há rumores que os saquarenenses são tão casca-grossas que matam uma cobra só de olhar pra ela.

[editar] Personalidades Ilustres de Saquarema

[editar] Leis

Embora há várias instituições legislativas, a atuação e a presença do governo ainda é fraca. A Constituição das leis em Saquarema nunca foi reformulada desde sua fundação. Vamos listar a seguir algumas leis primitivas que datam a época da colonização:

  • Não é crime espancar mulheres, desde que sejam casadas;
  • Não é crime matar animais silvestres, desde que você tenha a alcunha de que estava caçando;
  • Não é crime espancar negros, desde que sejam seus escravos;
  • O canibalismo não é crime;
  • É crime ser gay, mas você pode escolher ser punido pela Igreja ou pelo Estado;
  • Desde que você esteja vestido (pois não há preservativos lá) não é crime estuprar mulheres;
  • Você pode queimar livros e escolas, pois toda a população é analfabeta;

[editar] Influência malígna

Cquote1.png QUER VISITAR O INFERNO SEM AO MENOS MORRER? VÁ PARA SAQUAREMA Cquote2.png

Saquarema é onde o anjo caído aterrizou e ele ficou tão puto que lançou uma praga terrível: "Esse lugar, a partir de hoje, será mais perigoso que o Oriente Médio, será mais rígido que Esparta!". Mas ele não achou suficiente e criou o seu próprio inferno a partir dali, e chamou-o de Saquarema.

Rotina em Saquarema

[editar] Atividades locais

As atividades locais são bem restritas aos profissionais. destacando a pesca, o funcionárismo público, os professores, atores contratados pela prefeitura, poetas que vivem seus últimos suspiros, donos de bares e quiósques e políticos a procura de esconderijo.

Mas as atividades ocultas são as que mais assolam a sociedade e assustam satanás. Em Saquarema, o diabo é professor de ensino fundamental.

[editar] Turísmo

A única Igreja da cidade

Os políticos dizem que a cidade é histórica e turística, mesmo os moradores não entendendo o que significa "Turísmo", nem "História"; sendo nescessário inclusive, a implantação aulas das matérias de História e Turísmo nas escolas locais.

O único lugar que pode ser considerado turístico é uma igreja que fica no alto de um morro, próxima do centro turístico, assim chamado pela próximidade com a igreja, e por ter vários hippies vendendo inscenço e velas que eles dizem serem aromáticas. Na verdade, elas são apenas parafina que restou nas pranchas e o pavio é feito de fio de cabelo (sujo).

[editar] Transporte

Nova frota da Rio Lagos
um dos 3 ônibus da Rio Lagos após uma freada brusca

Uma das suas 3412 empresas de transportes saquaremenses é rio lagos,outros meios de transportes são: Camelos, andar a pé e se locomover no lombo de burros. A Rio Lagos é uma super empresa do ramo do transporte, que conta com a super frota de 5 ônibus movidos à carvão, sendo a terceira maior destruidora da Camada de Ozônio apenas atras de Emos e gordinhos peidorreiros comedores de BigMac's.

O único ônibus de Saquarema

[editar] Habitantes

População hospitaleira de Saquarema num dia normal.

Em Saquarema existem seis espécies de "gente" :

  • Primeiro: os roqueiros que se divertem matando gente e se alimentando de sangue. O principal é o roqueiro Serguei, que já pegou (e mato, mas ninguém sabe) a roqueira Janis Joplin.
  • Segundo: Os serial-killers que matam três pessoas com apenas um tiro.
  • Terceiro: Pescadores que envenenam o mar com mercúrio só por diversão.
  • Quarto: maníacos aidéticos, que eu não sei se são odiados ou adorados pela maioria do povo daqui cuja inteligência é menor do que o vírus HIV.
  • Quinto: "malucos" que não rasgam dinheiro nem comem bosta sobre hipótese alguma.
  • Sexto: Valentões que andam pelas ruas e praias de Saquarema sempre em dupla e acompanhados de pitbulls que parece que tomam drogas igual a seus donos(digo isso devido a extrema agressividade desses animais,tanto os de quatro quanto os de duas patas). Tem mais um pequeno detalhe, todos os que se mudam daqui vão morar em Ipanema (ou será Pavão-pavãozinho?), deve ser porque Ipanema rima com Saquarema, mas acredito que os moradores das favelas da Zona Sul do Rio de Janeiro não aturem essas espécies de Saquarema e acabem os obrigando a voltarem para cá.

[editar] Bullying

Muito conhecida por ser praticada em escolas, o bullying é a prática favorita dos moradores de Saquarema, quando algum morador não se enquadra nas vontades, na panelinha de outros , esse é rapidamente isolado por meio de fofocas via telefone,ou sofrem deboches constantes tornando-se difícil até mesmo sair de casa para se comprar um pão ou pegar um ônibus, por exemplo, mas acontece ainda pior quando um grupo de 3 ou 4 canalhas se juntam, um vai a delegacia inventar que foi agredido e os outros canalhas vão testemunhar falsamente, e como em Saquarema ninguém tem consideração nenhuma por absolutamente ninguém, essas covardias são passadas em branco.

[editar] Principais atividades de Saquarema

A pricipal mesmo é o BULLYING ENTRE VIZINHOS, mas também tem outras como por exemplo: Formação de quadrilha,Comer na porrada, fumar crack, dar trambique, fazer fofoca, tentar pescar, esperar o ônibus, fumar maconha... Em Saquarema tem tantas piranhas com corpo deformado e extrema agressividade que os cientistas poderiam estudar esse comportamento em Saquarema mesmo sem ter que viajar para o Pantanal, afinal Saquarema só vive alagada com seus brejos e mosquitos , mas é para os cientistas estudarem o comportamento das piranhas e não para come-las , existem carnes muito mais saudáveis , os machos de Saquarema por falta de opção e de grana acabam comendo essas piranhas, mas o consumo não é recomendado pela O.M.S.!!!!

[editar] Biodiversidade

A biodiversidade em Saquarema é restrita a chifrudos e piranhas. Aliás as pessoas em saquá (carinhosamente conhecida), temem muito mais um chifrudo que um búfalo e algumas piranhas que tubarões,por exemplo. Tem os que dizem que matam tubarões a unha, outros gritam no meio da rua que colocam bandidos na cadeia,porém quando aparece uma piranha todos se booorrram nas calças e calcinhas, o medo é tanto que para esperar um ônibus por exemplo, esse povinho de Saquarema chega a dar voltas por vários quarteirões arriscando-se até a perder o ônibus, coisa raríssima em Saquarema.

[editar] particularidades do habitantes

As fêmeas vivem de chantagens, putaria,mentiras, golpes, maldades, e formação de quadrilha. Os machos são gigolôs que são totalmente dominados pelas fêmeas, são que nem banana podre,e se não obedecem as fêmeas... já sabe. Também são especialistas em formação de quadrilha.

[editar] Formação de Quadrilha

Atividade parecida com o bullying,diferenciando-se por um simples fato. Eu explico, uma "criatura" morador(a) de Saquarema se aproxima de outro falando mal de terceiros e dizendo que os tais terceiros não prestam. Fazem isso apenas para descobrir sua opinião e ir contar para a tal "pessoa" o que você disse , juntando-se assim todos contra você em uma grande corrente de fofocas e mentiras.

[editar] Dialetos

A maioria dos habitantes(canalhas) de Saquarema vem fugido de outros lugares, pois já fizeram tanta merda que estão "jurados" e ainda tiram a maior onda em " Saquá" algumas palavras desse vocabulário mestiço e tão diversificado são: Partilera = Pratileira Vôli = Vôlei É meeesmo?! = ué? Bug ou Bugle = Bugre Quadla = Quadra Pois é, né? = Fala sério? Ouu!, mininu = Bom dia!


[editar] Desperdício e desabafo

Saquarema é mais bonita que muitas cidades (famosas), tanto da região dos lagos quanto de outras regiões(até do mundo), porém está se acabando devido a politicagem e a ignorância generalizada da maioria da população. A inveja e o ódio faz parte da rotina dos habitantes, o que só destrói ao invés de "construir" Saquarema (é com tristeza que digo que Saquarema está se acabando, a parte da praia entre o gravatá e jaconé está COMPLETAMENTE ABANDONADA, infelizmente esta linda (linda de verdade) cidade foi "colonizada", digamos assim, por pessoas de má índole. Isso explica porque uma cidade com um potencial turístico que perde por pouco para o Rio de Janeiro está assim.


[editar] Celebridades

Há um ex-roqueiro e ex-quase famoso que mora em saquarema, chamado Sergei. as crianças da cidade gritam seu nome e ele finge estar tocando guitarra. os turístas vão a casa dele, pagam cinco reais e tem acesso a casa dele, onde exibe bonequinhos do Bob Marley e bandeiras de paizes desconhecidos.

[editar] Esporte

A cidade possui o maior centro de treinamento de vôlei da américa do sul. . . Legal né?

Temos o poderoso clube de futebol Boavista com sua torcida organizada Cheiro Verde, um time de muitos titulos e grandes ídolos como HULK, atualmente jogando na Marvel Comics. Slogan: Saquarema capital nacional do SURF: Sacripantas Ufano Ridículo Falsidade S.U.R.F.

[editar] Carnaval

Saquarema no carnaval
Saquarema no resto do ano

No carnaval a cidade que normalmente tem a sua população constituída por oito sarnambis e três camarões fica com mais que 20 bilhões de pessoas, de modo que você não consegue nem dar um peido sem invadir o espaço do cidadão ao seu lado. Há tantos turístas ou seriam duristas? Porque afinal, um povo que não acrescenta nada ao capital de giro saquaremense com suas 15 caixas de Guaramor e Itaipava pra vender é um povo literalmente duro. Saquarema durante o feriado parece ter sido invadida por metade da população da China, funkeiros,Emos, Punks e por pagodeiros em geral. Sempre vindos da baixada constituem um cenário maravilhoso de lixo e cheiro de urina por todos os lados.

.

[editar] Vilatur

Vilaturês
Eu avisei! 12x12 porra!!!

Vilatur é um bairro (sic) no qual só se pode morar lá com pickups off road com super tração 12x12 ou Big Foots, e as únicas pessoas que tem coragem de morar lá foram os integrantes do lendário grupo dos imortais: Cap.Nascimento,Chuck Norris e Matusalém porque o local é tão inexplorado e rude que ainda existe 100% da cobertura de mata virgem e cerca de 3410 micos leões dourados, 76 leões, 89 tigres, todas as espécies de mosquitos já registrados na história do mundo, 48 mamutes e 15 tipos de dinossauros que até então se pensava estarem extintos.O "povo" residente lá tem seu próprio dialeto, que é muito pior que o mendinguês e o Miguxês juntos alguns dizem q nem os melhores farmacêuticos conseguem entender o dialeto dito em viltur. Vilatur é un dos piores bairros de saquarema, pois além de ser um cu de mundo, lá moram dois Vikings (sim ainda existe viking vivos amigo!), e se eu fosse vc, nem xegaria perto deles como diz as lendas de vilatur, pois se você chegasse perto deles... bem,não voltaria aqui para nos contar a história. As únicas pessoas que saíram vivas de lá foram o Deus do Metal pois ele era amigo dos vikings, Dercy pois ela conhecia Vilatur na época em que não haviam vikings (Há muito tempo mesmo meus amigos), o Negão estuprador de Vilatur pois ninguém viu, só ouviram falar e por fim, o capeta, pé preto, belzebu, tinhoso, do casaco ou qualquer outro nome, pois foi ele quem inaugurou samerdae.

[editar] Bairros

Na falta de cultura da população, o assunto que é mais comentado pelas pessoas é a distância dos bairros da cidade.

Oitenta por cento do município de Saquarema é ocupado pela lagoa de saquarema, deixando a maior parte da cidade com apenas dois quarteirôes de largura e os bairros muito próximos um do outro.

Parte do caminho para mombaça

O maior deles é chamado Boqueirão, ocupando praticamente Setenta por cento da faixa de praia. Boqueirão é dominado por uma balofa metida a xerife, sempre acompanhada de seu "marido",ou melhor gigolô BOSTÃO que faz tudo que ela manda para não perder a boa vida e vive esnobando todos os bairros do Rio de Janeiro, mesmo não tendo nem uma privada para cagar, e uma puta brava que conta com apoio de outras putas e de um chifrudão com cara de débil mental e otários que obedecem suas ordens, quem não obedece fica como se não tivesse participado de um trote em faculdade, ou seja, fica marcado, visado, disCRIMInado,ridiCUlarizado, aCUado, enCUrralado,etc...e corre grave risco de ser expulso do local. No Boqueirão acontecem coisas inusitadas com por exemplo:trambiqueiros são idolatrados por suas vítimas e quem tenta ajudar tratam como pinico,ooooooooohhhhhhhhh povinho inteligente!!!!!!!!! O mais longe é o bairro de Mombaça. Para chegar nele, é nescessário subir um morro, virar a direita, continuar a subir o morro, descer o morro, entrar numa faixa de terra, empurrar a vaca que ta no meio da pista, desatolar o carro e depois disso tudo você chega ao "bairro"...

A chamada Vila, ou centro turístico, começa suas atividades comerciais por volta das oito e meia da manhâ, pois não há clientes antes disso. Até as padarías e as bancas de jornal demoram a abrir.Detalhe:tenha muito cuidado ao transitar pela av. Salgado Filho no Centro e no bairro do Gravatá, pois está infestada de pitboys,essas MERDAS ACABAM sempre caíndo em Saquarema ( bom lugar para se esconder).

Bacaxá é ironicamente comparado a Rio Bonito, tem 90% dos mercados locais e ainda tem a felicidade de possuir um HOSPITAL PÚBLICO que atende diariamente milhares de seres vivos, entre eles baratas e ratos. Em bacaxá você poderá disfrutar da maior e melhor sauna ao ar livre do Brasil. Venha e confira, a primeira vez é grátis!

A área pobre, ops, Nobre da classe emergente é Vilatur. Pode-se dizer que Vilatur está para Itaúna como a Barra da Tijuca está para a Zona Sul, no Rio: Qualquer um com um pouco mais de dinheiro pra sair de Bacaxá, mas sem bala na agulha pra ir para Itaúna mora na praia de Vilatur. Aliás, praia não; balneário. E assim, como a Barra da Tijuca, Vilatur tem sua periferia pobre, onde encontramos agricultores, latifundiários, fofoqueiros de plantão e assaltantes de casas. E temos ainda a bela reserva protegida pela marinha; se o seu muro avançar 1 metro sobre a área da reserva, jogam uma bomba H na sua casa. Mas há rumores que Coronel Bigodinho recebeu uma grande doação para construção de um resort ali.

Outra área de contrastes, é Sampaio Correia. Com seus vários bairros fluviais, como Rio Mole, Rio Seco e Rio da Areia, me pergunto onde está a água. Sampaio Correia abriga ainda a comunidade do Amanteigado. Tenho medo de saber a razão deste nome. Ainda em Sampaio Correia temos o incrível polo industrial, criado pela excelente prefeitura de saquarema para gerar mais empregos para o município. Com suas duas indústrias em funcionamento e mais três que devem começar a operar já em 2134, só esqueceram de avisar Às empresas que tem gente em Saquarema precisando de emprego. A maioria dos trabalhadores é importada de Maricá e Araruama. E, como não poderia de ser, aqui também existe a forte tradição da fofoca, sendo um dos poucos lugares do mundo onde uma pessoa te cumprimenta pelo nome sem que você nunca a tenha visto antes.

Existe também a localidade de Jaconé, que possui uma grande faixa de praia, porém não é muito frequentada, pois o bairro, distrito, balneário, brejo ou sei lá o que é isso, é de difícil acesso e os poucos frequentadores são os cachorros abandonados que compõem grande parcela da população local, velhos cachaceiros e pescadores, muito persistentes, que ainda tem a esperança de algum dia conseguirem pescar algo que seja realmente comestível. Jaconé tem o privilégio de pertencer a dois excelentes municípios (Saquarema e Maricá), o que faz com que o lugar não tenha nenhum problema de infra-estutura e possua as melhores escolas e postos de saúde (vai sonhando...) e para chegar na sede destas cidades é necessário perder algumas horas no ponto de ônibus (e torcer para não estar chovendo) e depois mais algumas horas de viagem. Se você residir no local e estiver prestes a morrer é preferível que já adiante os preparativos do enterro. Tipos de crápulas, digo, de pessoas por bairros: Centro:666 pitboys,10999999999999999 de puxa sacos de políticos, 5 políticos,18000 pescadores,6 pessoas descentes. Itaúna:666 piboys, 666 pitibuls,9999 políticos,460 pistoleiros,6 pessoas descentes. Gravatá: 2310 pitboys,2310 vira-latas com complexo de pitbul,399 canalhas,4000 dissimulados,9999999999999999999 piranhas,60000 puxa sacos de políticos, 1 pessoa descente. Boqueirão:3000 maconheiros, 999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999 piranhas,666 cornos ,666 trambiqueiros, 5000000 dissimulados,99999999999999999999999999 de canalhas, 45873972583650098 homens vagabundos sustentados pelas piranhas, digo mulheres, 10000000000000000000000000000000000000000000000000000037543190783765735 de idiotas, 3500 cachaceiros, 500 vivendo em condições sub-humanas ,50000000000000000055555555555554444444444444444449999999999999999 de puxa sacos de políticos, 1200 ladrões,53 estupradores profissionais,1000 donos de bar,500 pistoleiros, 5 pessoas descentes. Barra Nova:300000 maconheiros, 300 cachaceiros,57 estupradores profissonais, 570 piranhas, 8 pessoas descentes. Jaconé: 9000 em condições sub-humanas,3000 donos de padarias,1000 pistoleiros, 1200 putas,1 comerciante muito sem-vergonha, 30 velhos tarados , 80 estupradores profissionais, número de pessoas descentes indefinido.

[editar] Política

Bigodinho Melo (repare no tamanho do seu espanador de xoxota)

A cidade de Saquarema alem de ser uma ótima cidade, tambem é composta por uma política extremamente transparente, com todos os fatos bem explicados para a população. Porêm, as explicações são todas feitas nas ilhas Tokelau.

As cidades são administradas por prefeitos. Mas Saquarema, cidade mais evoluida, é administrada por um coronel da epoca moderna, conhecido por Paulo "Bigodinho" Melo. Bigodinho que é marca do coronel, e até hoje no hospital em que o coronel nasceu fazem estudos com o primeiro bebê que nasceu com bigode.

Bigodinho Melo, alêm de ser uma pessoa totalmente instruida e dono de um vasto curriculum, já completado o 1° nivel escolar, já sabendo escrever seu nome. A função de Bigodinho é só assinar a papelada política e complicada.

Saquarema não é uma cidade muito grande , existem mais ou menos umas 3 mil propriedades em seu territorio, sendo que Bigodinho Melo dono de 2.998 propriedades, não tendo comprado a Prefeitura e a Delegacia. Mas por esforços do proprio, já deu entrada no Governo do Estado para comprar da cidade. Recentemente, negaram a vossa majestade que modifica-se o nome da cidade para BIGODÓPOLIS.

Bigodinho Melo que em sua infancia era tão pobre que em seu terreno não nascia nem capim. Hoje ele esbanja muito dinheiro.

Uma de suas maiores obras para Saquarema foi a sua magnifica casa que, hoje é vista só por prefeitos de outras cidades que passam de helicoptero! Bigodinho Melo mantem um incrivel salário de 20 mil por mês.

[editar] Saúde

Saúde!? Em Saquarema não existe! Nem pública, nem particular!!!! A saúde pública de Saquarema é igual a do Rio de Janeiro, ou melhor, é pior, porque em Saquarema a saúde pública é controlada ao bel prazer de Bigodinho Melo, se ele estiver de ovo virado manda retirar todos os médicos.

A saúde particular também é uma bosta. Ela é controlada por uma tal de Unimed que é terceirizada por vários planos de saúde que também não ligam a mínima para os maus-tratos dos pacientes, e por médicos (conhecidos mais como merdicos) extremamente mercenários que só pensam em grana, enquanto os seus pacientes só se fodem!

Na realidade, quem adoece em Saquarema (inclua Araruama também) tem que correr para o Rio de Janeiro, isto se der tempo de chegar lá, claro.

v d e h
GUANABARA RIO DE JANEIRO, TERRA DOS BISCOITOS
Rioband.jpg
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas