Sartorius

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
LuzMão.png
Sartorius surgiu da luz!!!

Vamos iluminar o mundo?

Luz de Cristo.jpg
Mãe Dinah
Sartorius está aprovado pela Mãe Dinah!

Esse artigo é algo que Mãe Diná aprova. Leia-o todo e verá seu futuro nos búzios ou no Fantástico.
Admmalvado.jpg Este artigo é sobre um vilão!

Isso significa que ele rouba, mata e faz outras coisas sem nenhum motivo. Se vandalizar este artigo, um super-herói irá lhe prender.

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Graças às cartas, Sartorius previu que você iria ler este artigo?
Sartorius Dinah

Sartorius cosplay.jpg

Duelista
Nacionalidade Bandeira do Japão Japão, Provavelmente, mas a personalidade dele prova que na verdade ele nasceu no Brasil, nos EUA ou no Vaticano.
Idade Aparenta ter 24 (ui!)
Nível de habilidade Médio-cre
Carta Preferida ???
Perfil
Família Só tem a irmã dele
Amigos Nenhum que eu saiba
Profissão Agente de jogadores de truco profissionais, jogador de truco, demônio transfigurado em anjo de luz
Hobbies Cegar os outros com a luz dele
Frase Favorita Cquote1.png Eu vou fazer você ver a luz! Cquote2.png


Cquote1.png Você quis dizer: Jesus Cquote2.png
Google sobre Sartorius
Cquote1.png Você quis dizer: Mãe Dináh Cquote2.png
Google sobre Sartorius
Cquote1.png Você quis dizer: Satã Cquote2.png
Google sobre Sartorius
Cquote1.png Não fui eu, foi a luz da destruição! Cquote2.png
Sartorius tentando se limpar da culpa que colocaram nele das coisas ruins que ele fez quando ele estava possuído pela luz
Cquote1.png Filho da puta! Cquote2.png
Aster Phoenix sobre Sartorius
Cquote1.png Meu mestre da luz!! Cquote2.png
Jesus sobre Sartorius
Cquote1.png Queria aprender como é que o Sartorius faz pra ser malvado e ser da luz ao mesmo tempo. Cquote2.png
Satanás sobre Sartorius

Sartorius é o vilão da segunda temporada de Yu-Gi-Oh! GX. Apesar dele ter aparência de biba, ele é cabra-ômi, ao menos enquanto está sendo possuído pela luz da destruição. É um dos vilões mais fodões que existem, é fodão principalmente pelo fato de ser um dos poucos seres do mal que controlam a luz.

Por esse motivo, ele já conseguiu enganar muita gente, dizendo que ia fazê-los ver a luz, mas a luz que eles viram era uma luz cegante e malígna. Apesar disso, tenha em mente que Sartorius não é um pastor.

Ele é o vilão principal da segunda temporada, depois some na terceira temporada e volta na quarta, embora ele seja rebaixado para vilão secundário.

História de vida[editar]

Não se engane. Ele pode ter essa aparência muito gay, mas seu olhar é sinistro.
Cquote1.png Eu que o diga! Cquote2.png
Chazz

Ele e a irmã dele, Sarina, eram 2 crianças com Síndrome de Asperger que eram rejeitadas pelas outras crianças (vindo de um autista, é uma grande novidade). O Sartorius era ainda mais rejeitado, já que ele podia prever o futuro e por isso os outros achavam que ele era satânico ou algo assim. Depois ele conheceu o Aster Phoenix, e os dois viraram muito amiguinhos, sendo que um ajudava o outro sempre.

Um dia, Sartorius foi fazer mais uma de suas macumbas previsões, e previu que um dia uma força do mal iria tomar posse dele e iria tentar destruir o mundo. E se você pensa que é alguma força das trevas ou algum demônio, você está redondamente enganado. Muito pelo contrário, a tal força era da luz. Isso mesmo, uma luz malígna que um dia iria tomar conta do coitado, chamada luz da destruição. Você me pergunta então como é que pode ser luz e ser do mal. Bom, vindo dos japoneses que tomam sorvete de cebola e tocam punheta para Hentai, não se pode esperar uma coisa exatamente normal. Mas considerando que a luz da destruição é alienígena, até que dá pra entender o porquê disso.

Um dia, a luz da destruição tomou posse da chamada "Suprema Carta do Destino" (que ironicamente, era um monstro das trevas) e bastou só ele tocar a carta para ele ficar possuído por essa força suprema do mal. O Sartorius então teve a brilhante idéia de fundar uma nova seita do mal chamada "Sociedade da Luz". Esta é a única seita do mundo que é do mal mas é da luz (ou não), mesmo assim faz muito sucesso porque o Sartorius consegue fazer lavagem cerebral igualzinho aos pastores. Ao menos o Sartorius não é hipócrita e admite que a seita dele é do mal.

Sociedade da Luz[editar]

A sociedade da Luz era uma religião malígna da luz fundada do Sartorius, como dito acima. Os membros dela têm que falar da luz o tempo inteiro, e devem fazer tudo em dedicação à luz. Se for pra limpar a bunda, tem que ser usando um papel higiênico capaz de emitir luz. Não é permitido a nenhum membro fazer nada que envolva trevas e escuridão (que escrotice) caso contrário ele era queimado vivo.

A principal missão da sociedade da luz era livrar o mundo da escuridão que o controlava (o que é irônico considerando que a sociedade da luz é uma seita malígna), pra isso todas as pessoas do planeta devem sofrer lavagem cerebral e virarem zumbis alienados sem mente própria.

E não se esquecendo, como em toda igreja evangélica, seus membros devem pagar os 10%!

Planos[editar]

Fundação[editar]

A fim de manipular ainda mais pessoas para participarem da Sociedade da Luz, Sartorius decidiu virar um profissional do séquiço jogo de truco, e após ver as milhares de batalhas que Yugi Muto travava com o Seto Kaiba, ele finalmente decidiu: Cquote1.png Meu sonho é ser jogador de truco mesmo, e com isso quem sabe, posso manipular ainda mais pessoas Cquote2.png.

Então ele resolveu mandar o Aster Phoenix para duelar com o Jaden, usando um baralhozinho de merda que não dava pra vencer nem o Joey Wheeler com o baralho dele do primeiro episódio (que só tinha monstros).

Após ter perdido para Jaden, Aster Phoenix acabou se rebelando contra Sartorius... O motivo? Tamanha ingenuidade mandar ele duelar contra o protagonista do animê com um baralho ruim ainda por cima. Então Aster é o único membro da sociedade da luz que acabava de sair da mesma.

Separatismo[editar]

Então Sartorius começa a planejar seu plano de dominação global, fazendo com que raios de luz atingissem todas as casas do planeta por meio de satélites no espaço. Uma ideia muito arrojada para um psicopata com pseudo-autismo Síndrome de Aspenger, mas como a ideia era comum no Japão, isso só aumentou a audiência do animê e fez os fãs gastarem mais em produtos do Yugioh, como por exemplo: um disco de duelo de verdade que não produz o holograma dos monstros!

Enfim, aconteceu de Jaden ter fundado uma panelinha contra a maldita sociedade da luz, o que foi interpretado (erroneamente) por Sartorius como uma panelinha separatista. Algumas vezes, Sartorius acabava sendo corrigido pelos seus servos que eram punidos repetidas vezes ao corrigir ele com a seguinte frase:

Cquote1.png Não quer dizer que só porque o nome é "Sociedade da Luz" que isso significaria que é do bem! Pois o Japão é o único lugar em que o mal e o bem tem que se equilibrar e... Cquote2.png
Frase que diziam antes de serem pulverizados

Sartorious sempre acabava dando um "finish him" nos que se atreveram a dizer isso.

Derrota[editar]

A derrota ocorreu quando Jaden já havia lutado contra todos os membros da sociedade da luz, e como ele era o protagonista e bons protagonistas não podem perder, acabou lutando até chegar contra Sartorius.

Sartorius primeiro começou com um papinho... Um vinhozinho... Uns xavecos e... Quer dizer! O que eu estou falando? Eles foram resolver da única maneira que sabiam: apostando a alma deles em um jogo de cartas.

O final? Sartorius acabou sendo derrotado pelo estudante menos exemplar da academia de duelos que apesar das inúmeras vitórias, sempre fica no posto de Slifer.

A sociedade da Luz acaba e Sartorius acaba em algum canto do universo que ninguém sabe onde fica. Alguns acham que atualmente está ainda tramando planos para o animê, mas como ele demorou demais para pôr eles em prática, o jeito é bolar planos para outros Yugiohs que estão por vir.