Satélite

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Aangmomo02sj6.jpg Este artigo pertence à atmosfera!

Se você poluir este artigo, vai morrer sufocado pelo efeito estufa, então tome cuidado com vacas voadoras, fuja do Sharknado e não lute contra Temari!

Boieng da Trans Brasil indo pro brejo.jpg Olha o(a) Satélite vindo!
Olha o(a) Satélite indo!

Este artigo fala sobre coisas que avuam pro alto.
Clique aqui pra ver quem mais vai pelos ares. Literalmente.
Cquote1.png Na União Soviética o satélite é atingido por VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre satélite

Cquote1.png Lá em Brasília tem um monte né? Cquote2.png
Carla Perez sobre cidade satélite

História[editar]

Tudo bem Yuri?

O primeiro satélite criado chama-se Lua e foi criado por Chuck Norris Deus quando ele resolveu plantar uma enorme esfera de queijo rocha na órbita da Terra com o intuito de enfeitar o céu e regular o ciclo menstrual biológico dos lobisomens.

Já o primeiro satélite vivo foi criado em 1943 quando os russos colocaram uma cadela chamada Laika em órbita, e então, após passar 7 alegres dias em órbita comendo biscoitos pra cachorro, Laika retornou em segurança (ou não) para o seu lar em Kiev.

Então em 1958 foi criado o primeiro satélite humano quando os russos (sim os russos de novo) achando que fritar uma cadela em órbita não era o bastante fizeram com um tal de Yuri Gagarin o mesmo que eles haviam feito com a Laika. Yuri pôde retornar à segurança do seu lar na Mãe Rússia após uma aterrissagem forçada segura no Iraque.

Tipos[editar]

  • Satélite Natural: Em geral aglomerações compactas de rocha, queijo, lixo e muito raramente de materiais valiosos, costumam orbitar planetas e outros corpos massivos (Jô Soares, Ed Motta...). Sua principal característica é serem formados naturalmente ou pelas mãos de seres divinos como Chuck Norris ou o Deus Metal.
  • Satélite Artificial: São porcarias criadas pelo ser humano e postas em órbita esperando pela oportunidade de cair na cabeça de idiotas. Em geral são feitas de prástico e materiais semelhantes como madeirite e papelão.
  • Satélites militares: São satélites artificiais feitos por países desenvolvidos com o objetivo de ferrar com os países pobres. Costumam estar carregados de materiais bélicos perigosos como ogivas nucleares e mafagafos.
  • Satélites de Telecomunicação: São satélites também artificiais postos em órbita por empresas de telefonia móvel e estratégicamente programados para pararem de funcionar no instante em que você mais precisar fazer uma ligação emergencial. Também servem pro governo federal e a mídia fingirem que o Brasil é um país desenvolvido por que nós temos a tal tv digital, que aliás eu nunca vi.

Ver também[editar]