Seleção Chilena de Futebol

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo foi feito por quem já ganhou Copa do Mundo

Copa Trofeus.JPG

Morra de inveja MWAHUAHUAHUAH!


Chile
Federacion de Futebol de Chile.gif
Lema: Como nada temos, tudo queremos
Local: Santiago
Confederação: {{{Confederação}}}
MELHOR Resultado: {{{MELHOR Resultado}}}
PIOR Resultado: {{{PIOR Resultado}}}
Fornecedor: {{{Fornecedor}}}
Apelido: La Roja
Ídolos: Zamorano, Salas, Valdivia
Mascote: Condorito
Hino: Som de foguete
Títulos: {{{Títulos}}}


Cquote1.png Ganhar deles é fichinha! Cquote2.png
Villa e Iniesta sobre Seleção Chilena de Futebol
Cquote1.png Concordo Plenamente com vocês! Cquote2.png
Robinho sobre afirmação acima

Seleção Chilena de Futebol é aquele time chato pra caramba da América do Sul, freguês histórico do Brasil e da Argentina, é a terceira melhor seleção sul-americana, atrás apenas do Paraguai e do Uruguai. A sua única utilidade no mundo do futebol é fazer número nas vagas sul-americanas em tudo quanto é torneio.

A especialidade fundamental do Chile é catimbar, quebrar canelas alheias e ser vice da Copa América (isso até 2015). A seleção ficou famosa nas eliminatórias para a copa de 1990, quando o goleiro, ator, comediante e palhaço Rojas simulou ter sido atingido por uma bala perdida vinda do Complexo do Alemão, no jogo decisivo contra o Brasil no Maracanã. Quase que o Brasil se fode e não se classifica (seria melhor, porque classificar pra copa e ser eliminado pela Argentina é foda), mas a farsa do goleirão foi descoberta, ele foi banido do futebol, a seleção chilena ficou proibida de jogar por 4 anos, e Pinochet expulsou Rojas do país.

Copa do Mundo de 1930[editar]

Chile. Só serve para encher o saco.

Depois que 30 seleções européias alegaram que nem fudendo iriam jogar uma copa lá no fim de mundo (Uruguai), o Chile garantiu a vaga para o torneio onde assinou contrato comprometendo-se a apenas fazer número.

Ganhou do México e da França só para dizer que fez algo, mas na hora da decisão contra a Argentina tomou uma goleada e perdeu o rumo de casa.

Copa do Mundo de 1950[editar]

O Chile só classificou para essa copa porque metade da Europa estava dizimada com o fim da guerra e eles tinham que fazer coisas mais importantes que vir jogar uma pelada no Brasil.

O Chile tomou umas peias da Espanha e Inglaterra. Pelo menos goleou a zebra Estados Unidos que havia surpreendido a Inglaterra.

Copa do Mundo de 1962[editar]

Copa da qual o Chile foi o país sede, e por isso estava automaticamente classificado.

O Chile usou a tática kamikaze e partiram pra cima como se não tivessem nada a perder, outra estratégia foi misturar laxante no vinho dos jogadores adversários, e assim o Chile foi classificando na base da porrada, pontapés e puxões de cabelo, passando por Suíça, Italia e Alemanha.

Nas oitavas de final, passou pela União Soviética depois que batizou a vodka de todos barzinhos de Santiago. Nas semi-finais, o Chile não foi páreo para o Brasil (de quem é freguês eterno), os brasileiros espertos, havia trazido de casa um grande estoque de salame, mortadela, queijo e pão, conseguindo assim evitar de serem envenenados pelos chilenos, e catimba o Brasil tem muito mais que o Chile.

Copa do Mundo de 1966[editar]

Um dos melhores momentos da história da seleção chilena.

Devido à guerras civis no Equador, Colômbia, Peru e Bolívia, novamente o Chile consegue uma classificação nas coxas.

Tem uma participação irrisória no torneio de 1966, o máximo que conseguiu foi um empate com a Coreia do Norte para você ver como a coisa estava feia.

Copa do Mundo de 1974[editar]

Nas eliminatórias pegou na repescagem a União Soviética, mas os camaradas perderam a vaga por W.O. depois que foram jurados de morte por Pinochet.

Na copa fez número no grupo com a Alemanha Ocidental e Alemanha Oriental.

Copa do Mundo de 1982[editar]

Nas eliminatórias sem a Argentina classificada automaticamente, novamente o Chile classifica nas coxas.

Na Copa nem viu a cor da bola, perdeu pra todo mundo (pra variar).

Copa do Mundo de 1998[editar]

Dessa vez era o Brasil quem já estava classificado antecipadamente deixando as eliminatórias sul-americanas mamata para o Chile se classificar.

Na copa passou pela fase de grupos com apenas 3 empates devido a incopetência de Áustria e Camarões. Nas oitavas-de-final enfrentou o Brasil novamente, perdeu novamente para o Brasil pela enésima vez.

Copa do Mundo de 2010[editar]

A América do Sul agora tem 4 vagas para 10 seleções (sendo que dessas 10 seleções, 6 são amadoras). É óbvio que o Chile se classificou.

Nessa copa o Chile ganhou da chata seleção da Honduras , conseguiram furar a defesa Suíça e perderam para a Espanha , mas e aí? Nas oitavas eles pegam o Brasil (de novo porra) e acabam eliminados por 3-0 , depois de 12 anos o Chile conseguiu o posto de freguês do Brasil de novo.

Pós 2010[editar]

O Chile se tornou uma das seleções mais fodonas da América do Sul, perdeu pro Brasil (de novo!) nos pênaltis na Copa de 2014 mas em compensação foi bicampeão da Copa América desbancando a ARGHentina de Lionel Messi, que batia pênalti igual a cara. Até foi vice campeão da Copa das Confederações de 2017 perdendo pra Terra do Chucrute. Mas isso tudo não valeu de nada, porque o time conseguiu a proeza de ficar fora da Copa do Mundo de 2018, perdendo a última vaga pro Peru. MWAHAHAHAHAHAHAHA!!!!