Seleção Dinamarquesa de Futebol

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo foi feito por quem já ganhou Copa do Mundo

Copa Trofeus.JPG

Morra de inveja MWAHUAHUAHUAH!


Dinamarca
Escudo-dinamarca.gif
Lema: Brrrr
Local: Copenhague
Confederação: {{{Confederação}}}
MELHOR Resultado: {{{MELHOR Resultado}}}
PIOR Resultado: {{{PIOR Resultado}}}
Fornecedor: {{{Fornecedor}}}
Apelido: Dinamáquina
Ídolos: Boneco de neve
Mascote: Cisne
Hino: Barbie Girl
Títulos: {{{Títulos}}}


Seleção Dinamarquesa de Futebol é aquela seleção que sempre chega humilde, calada e pouco badalada nos campeonatos, ninguém nunca dá nada pelo time, mas a Dinamarca sempre ferra e elimina alguma seleção tradicional e sempre dá um puta trabalhão. Ninguém deseja ficar no grupo dessa seleção azarona.

Grandes Campanhas[editar]

Apesar de ter surgido lá nas época de 1900, a seleção da Dinamarca durante eras empenhou-se em ser apenas um coadjuvante, só a partir da Copa do Mundo de 1986 que eles começaram a pegar o gosto por aprontar para cima das seleções tradicionais.

Copa do Mundo de 1986[editar]

Dinamáquina! Unidos em um só objetivo, eliminar algum favorito marrento para depois tomar uma goleada no mata-mata.

Com seus jogadores viciados em cigarros. No grupo atropelou a Escócia, o Uruguai e a Alemanha, ganhando assim o apelido de Dinamáquina devido ao fato de seus jogadores parecerem um bando de robôs loiros automáticos.

Mas só foi passar para as oitavas e tudo voltou à normalidade, a máquina deu defeito, a Dinamarca voltou a ficar fraca, tomou inesquecível balaio de 5 a 1 da Espanha

Eurocopa de 1992[editar]

Nesta Eurocopa, nos grupos novamente seguiu a praxe de eliminar favoritos, e mandou para casa as sempre metidas e cagonas França e Inglaterra.

Nas oitavas de final bateu os Países Baixos aquela que derrotou a seleção de um burro do Dunga. Na final derrotou a Alemanha que entrou com um baita salto alto. Tudo isso porque a Iugoslávia desistiu de participar do torneio porque o país não existia mais, e a vaga foi escolhida aleatoriamente para a Dinamarca...

Copa do Rei de 1995[editar]

Torneio de merda que só participou perna de pau. De difícil só a Argentina na final mesmo que aprendeu o que é bom para tosse após perderem para a Dinamarca pelo placar de 2 a 0.

Copa do Mundo de 1998[editar]

Roberto Carlos comprometendo o Brasil contra a Dinamarca em 1998.

Novamente numa Copa do Mundo, cai num grupo mole cheio de lixos que manipularam a favor da anfitriã França. A Dinamarca classifica em segundo superando África do Sul e Arábia Saudita.

Nas oitavas de final a Dinamáquina envolve a pobre Nigéria os goleando por 4 a 1, com direito a gol mais rápido de um reserva na história das copas, gol de Ebbe Sand aos 16 segundos que entrou no jogo, de tão fácil que foi.

Todavia, a Dinamarca foi eliminada pelo Brasil em um inesquecível jogo onde o Roberto Carlos fez uma cagada em tentar dar uma bicicleta no campo de defesa e quase fudeu a coisa para o Brasil, sorte que o Rivaldo fez a parte dele e a coisa ficou 3 a 2 a favor do Brasil.

Copa do Mundo de 2002[editar]

Como já é de praxe, a Dinamarca elimina pela milésima vez seus fregueses França e o Uruguai nos grupos, classificando ao lado do surpreendente Senegal o único que deu alguma dificuldade no grupo.

Nas oitavas de final volta a jogar como time pequeno e obviamente leva uma taca da Inglaterra. Pois é, essa é a rotina da Dinamarca, surpreender nos grupos e levar goleadas nos mata-matas.

Copa do Mundo de 2010[editar]

Pegou nas eliminatórias europeias um grupo com Portugal e Suécia e mais de 8000 lixos como Malta pra baixo. Como é tradição, se deu bem nos grupos e se classificou.Na copa mesmo não fez nada, só virou contra o lazarento Camarões e perderam para Holanda e JAPÃO.

Títulos[editar]

  • Eurocopa de 1966 1968 1970 2008
  • Copa do Mundo de 1934 1958 1974