Seleção Hondurenha de Futebol

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Honduras
Honduras escudo.gif
Lema: Acabem com eles!
Local: Tegucigalpa
Confederação: {{{Confederação}}}
MELHOR Resultado: {{{MELHOR Resultado}}}
PIOR Resultado: {{{PIOR Resultado}}}
Fornecedor: {{{Fornecedor}}}
Apelido: Hijos de Zelaya
Ídolos: o cara que fez o gol contra o Brasil
Mascote: AK-47
Hino: Hino asteca
Títulos: {{{Títulos}}}


Seleção Hondurenha de Futebol é um daqueles timecos da América Central que nem fedem, nem cheiram. É um dos mais folclóricos times maias de futebol.

A seleção foi criada pelos maias, ainda naquela época que jogavam futebol com os quadris. Durante todo esse tempo não fez muita coisa de bom não. Além das incontáveis goeladas e eliminações vexatórias nas eliminatórias para copas do mundo, Honduras orgulha-se apenas de quatro grandes campanhas:

Guerra do Futebol[editar]

Jogador salvadorenho agredindo um hondurenho. Motivo do início da guerra.

Em 1969, durante a repescagem contra El Salvador, partida que decidiria quem iria ir pagar mico na Copa do Mundo de 1970. Devido à importância do jogo e a rivalidade dos países, um salvadorenho chamou de gorda a mãe de um hondurenho, que respondeu chamando a esposa do salvadorenho de meretriz, isso desencadeou a abertura de um grande circo conhecido hoje como Guerra do Futebol, e Honduras que se fudeu, além de não ter classificado, teve seus torcedores que foram à El Salvador perseguidos, mortos, estuprados e desaparecidos.

Copa do Mundo de 1982[editar]

Honduras consegue o milagre de participar da Copa do Mundo de 1982 não se sabe até hoje como conseguiu essa façanha. Na fase de grupos empatou por 1 a 1 com a sempre cagona Espanha, vacilou e empatou por 1 a 1 também com a porcaria da Irlanda do Norte. No jogo da classificação, os hondurenhos chegaram a vender suas mães para cultos de macumbas para fazer o time ganhar da forte Iugoslávia. O jogo estava 0 a 0 até os 54 minutos do segundo tempo e a classificação estava vindo, mas um zagueiro salvadorenho naturalizado hondurenho fez um pênalti, e a Iugoslávia ganhou por 1 a 0 com gol do goleiro de bicicleta batendo o pênalti.

Copa América de 2001[editar]

Honduras humilhando o Brasil até no judô na Copa América de 2001.

Após anos sumido, a Honduras foi convidada a participar da Copa América de 2001 na Colômbia, depois que 300 times desistiram de participar por medo das Farc. Na fase de grupos perdeu para a Costa Rica de quem é freguês, mas ganhou da mamata Bolívia que na Colômbia não há altitude, e venceu a porcaria do Uruguai que hoje em dia só tem marra e nenhum futebol.

Nas quartas de final humilhou o Brasil bonito. Enquanto o Brasil ficava dando caneladas e coices como é o costume dos brasileiros, Honduras colocou a bola no chão e venceu por 2 a 0 eliminando os metidos.

Na sequência a Colômbia comprou a seleção de Honduras nas semi-finais usando o dinheiro do tráfico e assim Honduras entregou o jogo, porque se quisesse vencia. Na disputa pelo terceiro lugar venceu o Uruguai outra vez, burro pra caralho esse time da Cisplatina também...

Depois disso, esses jogadores de Honduras foram abduzidos por aliens e nunca mais foram vistos.

Copa do Mundo de 2010[editar]

Honduras conquistou então a classificação para a Copa do Mundo de 2010, eliminando potências do futebol mundial como Porto Rico, Trinidad e Tobago e El Salvador. O governo interino e a guerra civil que rolava em Honduras agradece, foi uma ótima oportunidade para implantar a política do pão e circo.

Rotas programadas para a Copa:[editar]

1ª Rota: Se forem de carona ou roubarem um veículo:[editar]

27 vagabundos (Comissão Técnica e jogadores) atravessarão primeiramente o México, tentando evitar serem contaminados pela Gripe Suína, depois os EUA como imigrantes ilegais, tentando não serem pegos pelo FBI, entrando no Alaska, saindo na Rússia, atravessando toda a Europa, cruzando o deserto do Saara e toda a África, para enfim chegar lá na ponta do sul do continente e jogar a copa.

Análise da rota por especialistas:

  1. Ninguém vai dar carona para um bando de nego com cara de ladrão.
  2. Se alguém der carona pra cambada de vagabundo, eles ainda podem ser pegos pelas polícias de inteligência dos vários países que passarão.
  3. Não tem como atravessar a neve do Alaska e da Rússia de Carro.
  4. Não tem como atravessar o Deserto do Saara de Carro com tanto peso extra.
  5. Mesmo se os hondurenhos roubarem um ônibus eles não vão saber ler o nome dos países no mapa-múndi, assim vão se perder.

2ª Rota: de jangada remando rumo à Africa do Sul[editar]

Primeiramente terão que arrancar uns bambus, depois amarrá-los com cipó, pegam uns paus pra servir de remo. Depois, a cambada toda sobe, mais ou menos uns 64 vagabundos (Comissão Técnica e Jogadores) e partem "Rumo à Tóquio!", quer dizer, à África do Sul.

Mas porque um número tão grande de meliantes?

Veja que o plano dos hondurenhos mostra que eles não são tão burros e imbecis quanto aparentam ser. É provável, melhor dizendo, inevitável que um punhado vá morrendo ao longo do caminho, pois somente com água de coco ninguém dura muito tempo. Então quem chegar vivo na África do Sul estará convocado para defender a Seleção de Honduras na Copa do Mundo de 2010.

Análise da rota por especialistas:

  1. Os hondurenhos são muito vagabundos pra construir uma jangada, ainda mais uma que sirva 64 pernas-de-pau em cima.
  2. As ondas do Oceano destruiriam a jangada em pouco tempo.
  3. A vantagem é que os 64 hondurenhos não iriam afundar, pois merda não afunda!
  4. Passarão por uma região infestada de tubarões.
  5. Se os analfabetos hondurenhos não sabem nem ler o nome dos países no mapa, como é que vão se orientar com uma bússola, em pleno alto-mar?

Enfim, espera-se que eles cheguem na África do Sul, de preferência, ainda no ano de 2010, para, depois de quase serem mortos, e alguns morrerem, serem eliminados na primeira fase e ter que fazer novamente o caminho de volta, para quando chegarem em Honduras serem executados pois envergonharam o país, com seu futebol pífio, perante o mundo.

Estatísticas orgulhosas[editar]

  • Jamais perdeu para o Uruguai na história.
  • Jamais perdeu para o Brasil na história.
  • Sempre venceu o Brasil.
  • Sempre perdeu para a Costa Rica.
  • Jamais perdeu para a Itália[1]

Escalação[editar]

  1. Suado
  2. Ruben Suado
  3. Hugo Suado
  4. Cuzco Suado
  5. Tomas Suado
  6. Chico Suado
  7. Suazo Suado
  8. Manuel Zelaya Suado
  9. Joaquim Suado
  10. Micheletti Suado
  11. David Suado

Notas[editar]

  1. Apesar de nunca ter jogado contra