Seleção Saudita de Futebol

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo foi feito por quem já ganhou Copa do Mundo

Copa Trofeus.JPG

Morra de inveja MWAHUAHUAHUAH!

Arábia Saudita
Arabiaselecao.png
Lema: Até a gente na Copa e a Holanda não
Local: Riad
Confederação: AFC
MELHOR Resultado: Fez 10 no Timor Leste, mas aí até eu
que sou aleijado
PIOR Resultado: Tomou 13 do Egito, fora o sacode
Fornecedor: Um sheik qualquer podre de rico
Apelido: Bônus Game de Copas
Ídolos: Ninguém, maior ídolo
Mascote: Sei lá
Hino: الله أكبر الله اكبر
Títulos: Um monte de Copa da Ásia que
ninguém liga


Seleção Saudita de Futebol é uma seleção qualquer de futebol que entra de vez em quando em Copas, por conta da incompetência extrema dos times asiáticos, ou a falta deles mesmo.

Venceu algumas Copas da Ásia, cujo nível é menor do que a série B do Brasileirão, onde os maiores craques estão no nível de atletas como o Perdigão, ou menos, pois ele pelo menos tem Mundial.

Está classificada para a Copa de 2018 por antecipação após duzentos anos de ausência, e conseguiu isso com apenas jogadores que atuam na própria Arábia, mostrando o alto nível técnico de sua confederação.

História[editar]

Preparação forte pra Copa.

Não possui história, pelo menos eles preferem que nem seja mencionada por aqui, pois apenas levaram fumo em todas as Copas que participaram.

O Brasil possui mais títulos de Copas do que a Arábia possui de participações, o que deixa claro o alto nível técnico desta seleção.

Após encarar um poderoso grupo na AFC, com a presença do Iraque e da Tailândia, eles conseguiram sua classificação antecipada, mostrando que os tailandeses só entendem de cortar pau fora mesmo.

Elenco[editar]

Um monte de pé-de-rato que não joga nada, digasi di passagi, pois num bate de treis dedo os escanteio, garotinho.

A principal estrela e craque do time, um cara que não sei como escreve o nome, fez 1 gol nas eliminatórias, reforçando, em um grupo com a presença de Iraque e Tailândia, analisando isto é óbvio que, na Copa, ele irá fazer muitos gols em seleções com defesas mais frágeis, como Suíça e seu ferrolho.