Senhora, volta aqui!

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Nuvola apps atlantik.png Coloque mais dados aqui. Senhora, volta aqui! merece!

Aqui poderiam estar mais dados relevantes ao invés dessa merda.
Esclareça os fatos, melhore a redação e assim salve uma alma do purgatório.
Seja útil uma vez na vida e contribua para este artigo ou seção melhorar: edite-a

Road Runner.jpg Este artigo é sobre alguém que simplesmente corre pra caralho!

E já não está mais aqui, então não vandalize!

A inocência está estampada em sua cara.

Cquote1.svg Você quis dizer: Maratonista octogenária? Cquote2.svg
Google sobre Senhora, volta aqui!
Cquote1.png Experimente também: Corre Berg Cquote2.png
Sugestão do Google para Senhora, volta aqui!
Cquote1.svg Eu não trabalho mais, estou desempregada. Youtube Money Cquote2.svg
Senhora sobre seu emprego.
Cquote1.svg Mas a gente viu a senhora... Cquote2.svg
Repórter sendo interrompida.
Cquote1.svg Não, eu nunca fiz isso! Cquote2.svg
Senhora negando.
Cquote1.svg Mas senhora a senhora gravou, dá licença? SENHORA! A SENHORA É FUNCIONÁRIA DA ASSEMBLEIA? Cquote2.svg
Repórter começando uma perseguição emocionante.
Cquote1.svg Não! Cquote2.svg
Senhora negando mais uma vez enquanto corre pra caralho.
Cquote1.svg Então pq você tá correndo, se não é a funcionária da assembleia? Não quer conversar comigo? Cquote2.svg
Repórter forever alone.

Senhora, volta aqui! é mais um triste episódio da fusão entre a internet e a picaretagem brasileiras. Uma entrevista virou febre no Brasil todo, graças à uma ligeira mulher de idade e uma repórter muito curiosa (pois essa é a função do repórter: ser curioso e intrometido.) correndo pelas ruas de Goiânia.

História[editar]

Uma Senhora conseguiu o trabalho na Câmara Legislativa e com isso, foi parar vários anos fazendo o mesmo e o mesmo trabalho, até que a mesma conseguiu sentir cansaço do mesmo trabalho monótono de dia a dia e tentou evitar a fadiga, mas não queria faltar no trabalho.

Durante o sonho, a mesma teve a ideia maligna de simplesmente bater o ponto e sair de retirada e fazer porra nenhuma em sua vida, enquanto os trabalhadores mais burros que uma porta sabiam de nada o que ocorria. Em um dia, a mesma arrumou um amigo que também não gostava de trabalhar e fazia a mesma coisa, bater o ponto e sair por ai.

Quem diria que até isso ganhou jogo.

Em um dia qualquer, o mesmo encheu o saco da Senhora durante uma pergunta e a mesma não fez nada, a não ser entregar a pessoa para seu chefe, os dois se deduraram no serviço, mas como a Senhora tinha uma posição mais alta em seu trabalho, o outro acabou saindo demitido, e isso não acabou por aí, quando a pessoa demitida conhecida alguns amigos que trabalhavam na TV Anhanguera, uma Rede Globo de Goiás, e entregou as atividades da Senhora para fazerem uma reportagem.

Durante uma reportagem sobre algo envolvendo a Câmara Legislativa e coisas parecidas, a mesma foi descoberta em um parque fazendo seus terríveis planos (ficar duas horas sentada em um banco) e atraiu uma repórter que vomitou perguntas nela, que não teve outra escolha a não ser usar o seu correr pra caralho, o que acabou dando certo. (ou não)

Após descobrir os mais de 8000 memes que circulavam na internet, a mesma acabou sido expulsa de seu trabalho e até fugiu da cidade, correndo pra caralho e tentou até arrumar um advogado pra se defender, mas também não deu certo.


Caso não tenha visto o vídeo, ele está bem aqui[editar]