Serranópolis

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Este artigo fala da insignificante cidade goiana, para outras Serranópolis consulte Serranópolis (desambiguação).


Serranópolis é um município esquecido no sudoeste de Goiás, só porque tem umas cavernas e umas pedras em formato de camelos acha que é algum polo turístico de relevância.

História[editar]

Uma foto fake da GO-184 que passa por Serranópolis. Os buracos estão ocultados no photoshop.

Serranópolis é uma cidade que foi fundada por Raul Seixas a 10 mil anos atrás, de acordo com os registros arqueológicos, mas é claro que isso não passa de papo furado para atrair turistas, assim como a lenda da mula sem cabeça que pode ser avistada no Parque das Araras, ou o curupira que pode ser encontrado em noites de lua-cheia, ou mesmo a mais tenebrosa das histórias que se contam sobre a existência de políticos honestos na cidade.

O IBGE, todavia só começou a contar a partir de 1890, quando apareceu por ali gente plantando café (eita falta do que fazer).

Em 1958 Serranópolis já era um município, e recebeu esse genial nome porque fica no meio da serra. Esse nome é tão original que existem outras duas cidades no Brasil com o mesmo nome: Serranópolis de Minas e Serranópolis do Iguaçu.

Atualmente é só mais um município goiano imprestável cheio de casebres de palha, de paredes de pau-a-pique, cobertos de capim.

População[editar]

Conforme o último censo realizado, Serranópolis conta com 7,800 habitantes, quase todos considerados cientificamente descendentes diretos do homem-de-neandertal, espécie de índio das cavernas que habitava a região 550 gerações atrás.

Turismo[editar]

Cidade que atrai pelo ecoturismo. A Pousada das Araras que representa uma versão genérica do Parque Nacional das Emas atrai por suas cachoeiras, corredeiras e reservas de cerrado com presença de fauna característica onde turistas do interior de São Paulo visitam quando se perdem no Parque Nacional das Emas.

Alguns folhetos turísticos consideram os sítios arqueológicos de Serranópolis uma atração turística, mas nãos e sabe até hoje o que tem de turístico ver uma pedras velhas cavadas.

A Gruta do Diogo é um local onde o povo vai para se perder. Diz a lenda que escondido em seu interior está o tesouro do tio de Zé Gabiroba: Um álbum de figurinhas completo da Copa do Mundo de 1994.