Serro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Serro é uma cidade de Minas Gerais. Fora isso, é porra nenhuma. Carinhosamente chamada pelos habitantes de cidade fantasma, é a cidade de Minas Gerais que menos tem pessoas físicas vistas nos arredores: pelo menos 7000 dos 4200 habitantes que vivem lá nunca foram visto vivos ou como pessoa física.

A cidade recebeu esse nome inspirado na armadilha de Jigsaw em que a pessoa é castrada com um par de serras que ficam passando por cima dela. Alguns acham que o nome Serro vem mesmo das operações de fimose que eram feitas por lá.

Fundação[editar]

A cidade de Serro atualmente: sem nem insetos na rua.

Fundada por tropeiros que procuravam dinheiro no meio da terra, a cidade começou com uma simples capela cujos padres faziam parte de um esquema que envolvia desde prostituição até tráfico de tesouros.

A cidade de Serro antigamente era alguma coisa sim: ela era o centro do crime no Brasil. Mas com o passar dos tempos, cidades grandes ficaram mais glamourosas para fazer contrabando de produtos semi-originais. A cidade de Serro era abandonada mais uma vez.

Crescimento[editar]

Quando parou de ser usada como rota comercial de tropeiros e de vender produtos pirateados, a cidade de Serro teve que achar uma nova "atividade econômica" por assim dizer. Quando uma empresa desconhecida apareceu na região prometendo promover a castração masculina como alternativa mais menos dolorosa a vasectomia, eles instalaram logo em um lugar desconhecido as suas sedes para que ninguém dos direitos humanos batesse na porta deles falando que eles estão maltratando pessoas.

A cidade cresceu consideravelmente: mesmo a maioria das pessoas sendo castradas e isso impedindo que a população aumentasse, a cidade teria crescido até todos terem envelhecido o suficiente para ser uma cidade de velhinhos que ficam usando sandálias o dia inteiro.

Desaparecimento[editar]

A cidade sumiu de vez quando o último habitante bateu as botas, por idade avançada. ALiás, todos morrem de idade avançada, já que nem doenças ou insetos passam por lá.