Servidor da Desciclopédia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
MontyPython.jpg UNCLEFUCKER!!

Este artigo contém humor canadense, eh? Ele tem uma folha suspeita na bandeira e ninguém se importa com ele. Se você vandalizar, a Polícia Montada e o Toronto Maple Leafs irão atrás de você!
Desentrevistasminibox.PNG
O Desentrevistas
possui uma entrevista com
Servidor da Desciclopédia

Cquote1.png Você quis dizer: Coisa que só dá pau? Cquote2.png
Google sobre Servidor da Desciclopédia
Cquote1.png Você quis dizer: Rubinho Barrichello Cquote2.png
Google sobre Servidor da Desciclopédia
Cquote1.png Rubinho Barrichello o caralho! Essa porra é mais lenta do que eu! Cquote2.png
Rubinho Barrichello sobre citação acima
Cquote1.png Ele é lento! Cquote2.png
Capitão Óbvio e todos os usuários sobre o Servidor da Desciclopédia
Cquote1.png Mas que merda, só dá pau essa bosta!! Cquote2.png
Anônimo sobre servidor só parar em hora errada
Cquote1.png Grunf! Grunf! Grunf! Cquote2.png
Webmaster da Desciclopédia, segundo testemunho de 1867 de um explorador russo
Cquote1.png Mais lenha! Mais lenha! Cquote2.png
Administrador do Servidor da Desciclopédia sobre a busca por maior performance
Cquote1.png Eu sempre quis ter um servidor assim! Cquote2.png
Zeca Pimenteira ferrando o servidor
Cquote1.png FILHO DA PUTA!!! Cquote2.png
Você ao tentar salvar um artigo sobre Servidor da Desciclopédia
Cquote1.png Iczto non ecziste!!! Cquote2.png
Padre Quevedo sobre servidor funcionando bem.
Cquote1.png Até hoje eu já perdi uns 20 artigos completamente por vacilos do site. Cquote2.png
Alhazred mostrando a estabilidade do servidor.
Cquote1.png Por causa desse servidor voltei a ser um sock puppet, bip, bip!!! Xinguem esse site de merda como puderam, bip, bip!!!BIP BIP!!! Até minha assinatura esse site roubou, bip, bip! Cquote2.png
MechanicULTRA e sua satisfação com o servidor.

Vista das vizinhanças do servidor da Desciclo. A imagem tá ruim porque congelou a câmera!

O Servidor da Desciclopédia é uma adaptação de um PC da Positivo Informática e se situa numa ilha muito ao norte no Círculo Polar Ártico na tundra do Canadá. É tão ao norte que faz fronteira com a Sibéria e a Rússia. A temperatura média é de sessenta graus negativos, e seus processadores realmente não precisam de cooler, bastando abrir brevemente a janela dez segundos por dia. É um servidor conhecido por sua tamanha eficácia[carece de fontes] e segundo alguns artigos de tecnologia[quais?], é um dos servidores que mais sofrem com o problema de sobrecarga.

Como tudo que é feito no Brasil, o servidor da Desciclopédia é mal administrado e mal gerido. A tarefa foi delegada à esquimós no Canadá. Alguns dizem que algumas Marmotas Monelétricas de Utah azuis TENTAM ajudar a manter o servidor no ar.

Origem[editar]

Este servidor foi comprado numa feirinha na 25 de março que vendia algumas parafernálias informáticas dos anos 30 por R$ 1,99 através de uma arrecadação feita em campanha por Doutor Roberto no Brasil. O servidor foi um dos primeiros produtos nacionais e quando foi comprado ele já não era utilizado, pois se tratava de um artigo criado no final do século XIX. O produto, genuinamente nacional, era usado originalmente para envios de pulsos elétricos para a transferências de mensagens de longa distância e precisava ser operado manualmente.

Depois que a Desciclopédia apareceu na mídia, em uma matéria que recomendava fontes fiáveis para ser usada como fonte de pesquisa, alguns visitantes mais assíduos se solidarizaram com a situação precária que esta desenciclopédia vivia (não muito diferente de hoje) e resolveram então doar alguns HDDs mecânicos, cabos telefônicos sem uso em casa para a Fundação Desciclomídia via PAC, e assim se formou o servidor qual esta páginas está hospedada até hoje.

Webmaster[editar]

O webmaster da Desciclopédia é um velhinho recluso que nega contato com seres humanos, e é responsável por abrigar em seus servidores Uncyclos de idiomas que nem fala.

Webmasters da Desciclopedia.

O webmaster tem uma carabina debaixo da sua cama, a qual usa para atirar em advogados que tentam processar a Desciclopédia por difamação.

Localização exata do servidor.

Hardware[editar]

Foto do servidor.

A Desciclopédia conta com o que há de mais moderno, em todo mundo, no quesito de equipamentos. Além da Internet da telefônica com um modem de 14400bps, tudo gira em cima de um fantástico 486 DX2/66Mhz, 8 MB de RAM, Windows 3.11, HD de 270MB, o que pode causar demoras no carregamento do site, uma vez que o equipamento não suporta mais que 4 acessos simultâneos (no máximo). Com esse fantástico equipamento, a Desciclopédia consegue com sucesso acabar com a paciência de qualquer um e espantar para sempre potenciais bons usuários e leitores em geral, fazendo cada vez mais do site, um ambiente para um grupo seleto de nerds que não desistem nunca da lentidão diária e pertinente.

Desempenho[editar]

Como o servidor da Desciclopédia age na base da gambiarra no porão de um magnata no Polo Norte, ele oferece um desempenho único para seus usuários:

  • Lentidão 25 horas por dia;
  • Backups a cada dois dias tirando o site do ar;
  • Quedas repentinas e sem aviso prévio;
  • O servidor deleta seus artigos sempre as vezes;
  • Você não consegue salvar seus artigos sempre as vezes;
  • Mais de 8000 bugs diferentes envolvendo imagens. Todos os bugs registrados em cartório;
  • Quase todo desciclopediano tem ódio desse servidor, mas acha melhor do que nada ou os servidores do exército que censuram piadas sobre pessoas que morreram de lepra;
  • A grande vantagem desse servidor é a sua lentidão diária é a liberação total de pornografia, nazismo, ofensas e Deus nos acuda no site;
  • O servidor da Desciclopédia é lento pra caralho!;
  • O servidor é rápido apenas nas horas que ninguém precisa, como 5 da manhã das terças;
  • O servidor é sempre lento quando você mais precisa, tipo às 3 da tarde de Domingo;
  • Até mesmo VOCÊ poderia fazer um servidor melhor;
  • Sempre sobrevive a votações de troca de servidor.

Grandes crises[editar]

Tudo começou com uma "sacanagem".

Crise dos cabos da Companhia Telefônica do Canadá de 17 de outubro de 2007[editar]

O Servidor da Desciclopédia estava invicto, criado em 2005, parecia que nada podia atrapalhar seu funcionamento. Até outubro de 2007, quando o site saiu do ar por 1 semana, sendo a primeira vez que algo semelhante havia ocorrido. Vários editores do site não contavam com esse tipo de falha, a falta de notícias e a sensação de terem perdido o trabalho para sempre fez com que inúmeros usuários se suicidassem e tantos outros ficassem chorando igual uns emos no MSN.

A alta cúpula da máfia desciclopediana descobriu que o site estava crescendo e o servidor movido a manivela já não era mais moderno para aguentar sustentar o site. A cúpula arrumou de inventar um álibi para manter a confiança do servidor. Em nota oficial a Desciclopédia Inc alegou que mafagafos em 17 de outubro de 2007 haviam destruído importantes cabos da Companhia Telefônica do Canadá e interrompido o funcionamento do site.

Mais tarde, a Polícia Federal descobriu que tudo não passou de um esquema para alocar mais de 5000 hamsters girando aquelas rodinhas, para fazer o servidor funcionar. Mas como não há no Brasil (nem no Canadá) constituição para trabalho escravo de hamsters, a Polícia Federal nada pode fazer e o servidor continua funcionando até hoje na impunidade.

Dia do Sysop Louco[editar]

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Dia do Sysop Louco

Podia até se esperar uma crise técnica no Servidor da Desciclopédia, mas não em seus usuários... Ninguém suspeitava que no dia 6 de novembro de 2008, um dos nossos administradores tivesse um surto psicótico, apagaria e baniria 98% da Desciclopédia, e deixasse o restante comprometido (a maioria das páginas do MediaWiki estava em chinês).

Até, que num ato heróico, épico, cabuloso, e meticuloso, um burocrata, podendo ainda se comunicar por MSN, conseguiu destituir e banir o louco, e desbaniu o restante dos usuários, que todos juntos, recuperaram os dados em reversões e no cachê do Google. No aniversário dessa data, todos acendem velas, ficam de luto e ensinam os novos usuários exemplos de um bom desciclopediano.

O rollback de dezembro de 2008[editar]

Fonte de energia do servidor da Desciclopédia (via fumaça) funcionando a todo vapor (literalmente).
Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Rollback de Dezembro de 2008

Tudo parecia normal, até que em dezembro de 2008 do dia para a noite todas as preciosas edições e artigos criados em dezembro simplesmente sumiram para sempre. O servidor da Desciclopédia sofria o maior ataque de sua história. Um grupo de terroristas fãs de RBD e Fresno, revoltadinhos com as verdades faladas na Desciclopédia sabotaram o servidor e mandaram as informações do mês inteiro para o limbo.

Inúmeros desciclopedianos revoltados falaram que nunca mais editariam o site, mas no mês seguinte estavam todos recuperando o que foi perdido no cache do Google.

O apagão de julho de 2009[editar]

Devido a um movimento nas placas tectônicas que causou um sensacional terremoto em Alasca a ilha gelada do servidor da Desciclopédia se deslocou 20cm rompendo os cabos de fibra ótica e causando uma semana sem Desciclopédia.

Apesar do servidor tecnicamente estar no Canadá, um país de primeiro mundo de catigoria, a manutenção do cabo estava a cargo da Telefônica, portanto levou muito tempo para consertarem. Mesmo assim, pra variar, o conserto nunca é bem feito. Os problemas sempre voltam a aparecer.

Crise dos bugs de 2010[editar]

2010 foi um dos piores anos do servidor da Desciclopédia. Afim de entrar para o livro Guinness na categoria "site com o maior número de bugs ocorridos no ano", a partir do final de janeiro, diversos e inúmeros bugs e escrotices ocorreram na Desciclopédia. Problemas com imagens, MySQL, atualizações, endereços fora do ar se tornaram corriqueiros e todos se acostumaram.

O Bloco de Notas se tornou o melhor amigo do desciclopediano, e sempre que você esquece de fazer um Ctrl+C nas suas modificações, acontece alguma merda na qual você perde tudo.

Colapso de julho de 2011[editar]

Em julho de 2011, Doutor Roberto (responsável pela manutenção de 33% do servidor desciclopediano) entrou em crise de identidade e resolver se tornar uma drag queen chamada Roberta. Para realizar seu sonho vendeu 70% das ações da Desciclopédia na Nasdaq e faliu com o servidor da Desciclopédia que ficou desativada (a não ser em endereços escrotos que ninguém conhecem "uiquipedia.org", "pesquisa.la").

A situação se normalizou no início de agosto quando Doutor Roberto voltou, e dessa vez com marmotas para substituir os hamsters que giram aquelas rodinhas para fazer o servidor funcionar.

Tapa na pantera de fevereiro de 2012[editar]

Em fevereiro de 2012, Doutor Roberto, mesmo depois do que ele aprontou ano passado, acabou entrando no mundo das dorgas; no dia 16 de fevereiro, ele começou com a maconha. No dia seguinte, ele passou pra cocaína. No dia 18 de fevereiro ele quase que começa com a pior das dorgas: os gatinhos. Mas aí alguém veio do Canadá (e não estou falando da Luiza) e forçou o Doutor Roberto a parar com as dorgas, e aí o servidor voltou ao normal.

As dorgas que o Doutor Roberto usava afetavam também o servidor, já que ele é o responsável pela manutenção. Por exemplo: a maconha fez com que as imagens sumissem. A cocaína fez com que os fóruns fossem trocados por verbetes, e os gatinhos fizeram a Desciclopédia ficar fora do ar por algumas horas.

Indecisão de 2015[editar]

Um pobre artigo sofredor da indecisão.
Como sua página inicial pode ficar.

Em junho de 2015 um dos 4 montes de bosta servidores da DP "faliceu", isso fez com que o site ficasse fora do ar por alguns dias, até que os responsáveis pela manutenção dos servidores percebessem e fizessem gambiarras das quais até Deus Ex Machina duvida para que rodasse com apenas 3 de nossos servidores e 75,69% das marmotas que giram as rodas de energia. Porém, ao mudarem o número de servidores causaram sequelas à glândula epífise e à glândula pineal na base do cérebro da máquina pensante chamada Desciclopédia. Esses danos só foram notados depois de um tempo, pois a DP passou a estar indecisa toda vez que se utilizava a função choose, que deveria deixá-la decidir entre Squirtle, Bulbassaur ou Charmander o que apresentar aos descíclopes, fazendo a página inicial e muitas outras bugarem em horários de pico. Para a realização dos devidos reparos, encomendou-se uma série de peças de reposição. Porém, demorou muito para que essas peças chegassem, já que o entregador era Jailson Mendes (o Pai de Família), que havia parado para tomar seu suquinho de laranja 100% natural e havia esquecido de trazer a peça. Assim, tivemos de aturar inúmeros UNIQ26342e974c51072b-choose-00000000-QINU devido a falta de UNIQ34648bf23c316772-choose-00000000-QINU e de UNIQ26342e974c51072b-choose-00000000-QINU por parte da administração.

Coisas que se devem fazer caso o server caia ou dê merda[editar]

  • Vir editar este artigo;
  • Aloprar, reclamar, xingar a mãe e dizer que vai doar 100 reais para o servidor mas nunca faz;
  • Correr pra caralho;
  • Xingar a mãe do webmaster;
  • Quando for salvar um artigo, sempre dê antes um Ctrl + C por precaução;
  • Se for um emo, corte seus pulsos (pelo menos uma coisa boa que acontece quando o servidor cai!);
  • Desligar o computador e ir ler um bom livro;
  • Fazer coisa melhor do que ficar postando piadinha sem graça em sites que não têm um bom servidor e vivem caindo;
  • Escrever seus artigos sem graça no Bloco de Notas do Windows e depois mandar pra gente;
  • Começar a chorar sem parar, ficar com raiva do sistema e começar a cantar rap;
  • Começar a cortar o pulso quase se matando só pra tirar foto e postar no Facebook;
  • Reclamar nas redes sociais da Desciclopédia;
  • Contar pra sua mãe.

Galeria de imagens[editar]

Ver também[editar]

Megazero.jpg
Servidor da Desciclopédia morreu...
MAS VOLTOU!!!

E vai descer a porrada em quem fez festa no seu velório!

Clique aqui pra ver quem mais foi despejado do cemitério.


Campanha

PELO AMOR DE DEUS Doe 56 centavos para a companhia telefônica do Canadá e ajude o nosso servidor!

Carlb agradece!