Shadowseer

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Posuido.jpg Este artigo é sobre um demônio!

Provavelmente tem asas de morcego, chifres de bode e/ou um rabo esquisito, além de perturbar você e cometer atrocidades. Não clique aqui se preza por sua vida!

Blackheart.gif

Shadowseer é uma espécie de cosplay mal-feito do Blackheart, que aparece como um dos inúmeros vilões de Final Fantasy XII. Ninguém sabe porra nenhuma sobre ele, idade, nome verdadeiro, força, raça, nem sequer como é a sua aparência. A única certeza é que ele é o líder de uma gangue de bichos estranhos que se esconde nas profundezas de um farol esquisito no fim do mundo.

Origem[editar]

Qualquer semelhança com o Blackheart é mera coincidência (ou não)

Na verdade, a origem de Shadowseer é mais desconhecida que o paradeiro atual de Inri Cristo, mas desconfia-se que ele tenha nascido nos céus, criado pelos deuses que queriam criar um ser com a capacidade de ler e controlar o destino dos seres humanos.

Assim, depois de criado Shadowseer, ele foi enviado para a Terra, para um pequeno teste. Porém, ao chegar na Terra, Shadowseer acabou caindo justamente no Brasil, mais precisamente em Brasília, bem próximo do Palácio do Planalto.

Ao observar a construção, Shadowseer logo pensou em cumprir o seu trabalho, que era prever o futuro de quem estava lá dentro. Porém, Shadowseer ficou procurando, procurando e, depois de muitas horas de procura, ele não conseguiu encontrar sequer um alma viva para prever o destino.

Porém, Shadowseer, apesar de não ter encontrado ninguém por lá, ele encontrou estranhas energias naquele lugar, provavelmente vindas de alguma fonte satânica. Essa energia era a corrupção. Como Shadowseer era muito ingênuo, e se alimentava de energia de puro ectoplasma, ele resolveu provar aquela energia. Então, como aquela energia de corrupção era poderosíssima, Shadowseer acabou sendo completamente dominado, se tornando uma criatura obscura e feia, mais feia até que você (se é que isso é possível).

Recrutamento[editar]

A ficha completa de Shadowseer, elaborada pelo SPC

Depois de ter se tornado uma criatura extremamente das trevas, Shadowseer passou a andar apenas nos piores becos possíveis, talvez até piores que o lugar onde você vive. Foi então que Shadowseer se encontrou com Pandaemonium, que era uma tartaruga gigantesca de mais de 8000 metros, e que era a chefona daquele lugar.

Como Shadowseer tinha muita força (ou não), ele encarou a velha valentona de frente, e conseguiu vencer (com ajuda de Gameshark, mas isso não importa). Após vencer Pandaemonium, Shadowseer pensou em roubar a alma dela, no maior estilo Shao Kahn, porém, Pandaemonium se ofereceu para ser sua escrava eternamente. Como Shadowseer era mal, muito mal, mwahahahaha!!, ele aceitou a oferta, e colocou Pandaemonium para trabalhar atrás da moita.

Depois de algum tempo, Shadowseer começou a se enjoar da vida na Terra, e de ter que comer Big Mac encontrado no lixo. Então, assim como todo vilão que se preze, ele começou a bolar um plano infalível para dominar o mundo. Realmente, ele é um revolucionário!!.

Como Shadowseer não podia dominar o mundo sozinho, ele começou a vagar por aí para encontrar assistentes para ajudar em seu plano maquiavélico. Assim, durante a sua jornada, e contando com a ajuda de Pandaemonium, Shadowseer chegou ao Rio Tietê, e nele encontrou Slyt, que era um peixe gigantesco com as escamas revestidas do mesmo tecido das Meias Vivarina.

Depois de horas e horas lutando, Shadowseer e Pandaemonium finalmente conseguiram vencer o peixão, e Shadowseer usou as mesmas técnicas motivacionais que usou com Pandaemonium, fazen do Slyt aceitar na hora. Agora, Shadowseer possuia dois membros em seu grupo, mas ainda era muito pouco para conquistar o mundo, que possuia vários heróis para defendê-lo, como o National Kid, o Goku e o Ultraman Tiga.

Continuação da busca[editar]

Após perceber que no Brasil não encontraria mais nada, Shadowseer resolveu ir para outro lugar, para procurar os melhores vilões para acompanhá-lo. Assim, em uma de suas viagens para o Pólo Norte, ele encontrou Fenrir, que era uma espécie de lobo de gelo meio viking meio furry.

Como Fenrir era bem poderoso, e conseguia destruir até mesmo a Casa da Mãe Joana com apenas um soco, Shadowseer resolveu recrutá-lo, e para isso usou a mesma técnica chata e clichê que usou contra os outros dois. Depois que Fenrir se juntou ao Dream Team, Shadowseer precisava apenas de mais um para ter um bom poder de fogo para conquistar o mundo.

Como Shadowseer não podia morrer de jeito nenhum, ou os planos dele iriam por água abaixo, Shadowseer resolveu procurar por Phoenix, afinal, ela tinha o dom de ressucitar até mesmo o pênis do seu avô (ou não). Depois de armar uma cilada para Phoenix, Shadowseer conseguiu capturá-lo e convencê-lo a ajudar de uma maneira muito sutil, fechando assim a sua grandiosa equipe.

Esconderijo[editar]

O cartaz de procurado de Shadowseer, onde ele aparece junto com seus miguxos

Como qualquer vilão moderno, Shadowseer precisava de um esconderijo decente, para poder armar seus planos terríveis. Assim, depois de muito procurar, ele encontrou um lugar perdido no meio do nada, bem na fronteira do Acre com Neverland. Esse lugar chamava Pharos at Ridorana.

Depois de se apropriar do lugar, Shadowseer organizou uma grande linha de defesa no local, para garantir que o Seu Barriga, que era o dono do local, não viesse cobrar o aluguel. Então, Shadowseer colocou cada servo em um andar diferente, para ter vista completa em todos os ângulos da construção.

Depois de montado todo o esquema, Shadowseer, que realmente era muito mal, criou alguns servos zumbis e os mandou para Ivalice, para eles realmente barbarizarem. Claro que esses zumbis eram mais fracotes que os slimes de Dragon Quest, mas valeu a tentativa.

Esse ataque de zumbis acabou chamando a atenção de Montblanc, que, apesar de procurar muito, nunca conseguia encontrar o mestre daqueles zumbis. Então, ele ouviu de fontes (nada) confiáveis que o chefão era Shadowseer, e que ele estava escondido em algum lugar do Acre. Como Montblanc não era idiota para ir em um lugar que não existe, ele resolveu mandar o primeiro idiota que aparecesse para investigar se os boatos eram verdadeiros. E o primeiro idiota que apareceu foi Vaan.

Batalha[editar]

Shadowseer querendo brincar com você

Depois que Vaan e os seus miguxos chegam em Pharos at Ridorana, eles conseguem matar facilmente todos os guardiões, deixando Shadowseer sozinho em algum lugar ainda desconhecido. Então, para procurar por Shadowseer, Vaan e os outros começam a vasculhar também o subsolo, e, quando chegam lá, eles tem uma grande surpresa, pois aquilo parecia o subsolo da Umbrella Corporation, pois tinham mortos vivos poderosos em tudo quanto é canto.

Depois de matar todo mundo, coincidentemente (ou não), o grupo de Vaan consegue acesso à dimensão de Tangamandápio, que é caracterizada como ???. Após ir lá, eles encontram Shadowseer tocando uma com fotos da tua irmã pelada. Shadowseer ficou tão bravo que sua diversão foi interrompida que jurou mandar o grupo do boiola do Vaan para o inferno sem escalas.

Então, a batalha começou, e Shadowseer, em momentos de Jesus Negão, consegue ressucitar todos os seus escravos que tinham sido mortos. Porém, como você usa Gameshark, a batalha foi fácil, e todos os escravos tombaram. Porém, Shadowseer ainda não tinha desistido, e concentrou todas as forças das trevas para criar um vídeo de puro mal, onde uma bruxa contracenava com um pentelho: esse filme se chamava "Amor, estranho amor".

Esse vídeo conseguiu derrubar alguns do grupo de Vaan, mas logo foram ressucitados com uma phoenix down e se vingaram, mandando Shadowseer para o saco. Assim, finalmente Pharos at Ridorana ficou em paz (ou não) e voltou a ser um local sossegado, com zumbis comendo cérebros um do outro por toda a eternidade.

Atualmente[editar]

Após sua derrota vexatória para o loirinho metrossexual, Shadowseer ficou afastado de suas atividades por algum tempo, e precisou fazer algumas sessões de terapia para esquecer o quão ridículo é. Mas enfim, com o apoio de sua família, mais precisamente de seu mano Blackheart, Shadowseer conseguiu voltar a ativa, fazendo uma figuração nos jogos Ico e Shadow of the Colossus, como uma daquelas sombras magrelas que os protagonistas desses jogos matam na base da paulada.