Shennongjia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Shennongjia (Chinês simplificado: 神农架林区, que significa literalmente: sem goró eu mijo) é um distrito florestal de Hubei, na China, muito conhecido por sua floresta tropical, salamandras, viadinhos e por ninguém ainda ter tido o interesse de derrubá-la para construir um estacionamento. Em 2016 a UNESCO decidiu considerar a região um patrimônio mundial devido a sua floresta virgem.

Administração[editar]

A floresta virgem de Shennongjia, onde dendrofilia é totalmente proibida, e sexo só depois do casamento, mas ninguém nem namorar com esta floresta quer.

Estas florestas não tem dono, o governo chinês nem sabe que elas existem, senão já teria destruído tudo para fazer madeira e vender peles de macaco para fabricar toucas. Então a administração deste bosque cabe aos camponeses locais, que preservam a região de tarados, deixando a floresta virgem.

Assim é região é deixada como distrito florestal (ou distrito ignorado) da província de Hubei, onde até existem uns pequenos vilarejos secretos onde monges xaolins cuidam da floresta e consomem os cogumelos existentes na mata.

Economia[editar]

Entre os anos 1960 e 1980 a floresta era continuamente devastada para a produção de madeira para a demanda cada vez mais crescente das fábricas de.

Todavia, nos anos 2000 a exploração da madeira infelizmente foi proibida, e a floresta foi transformada numa zona de conservação de inseptos, como preocupação ao genocídio de mosquitos que acontecem ao redor de todo mundo. A economia então tornou-se pobretona, pois passou a basear-se apenas em turismo, mas ninguém quer ir pra essa mata só para ver árvores e macacos.

Ecossistema[editar]

As florestas de Shennongjia abrigam vários animais raros e simbológicos da cultura e astrologia chinesa, como o incrível macaco-dourado, que apesar de ter a cor-de-burro-quando-foge (#B8860B no código hexadecimal) é chamado simplesmente de "dourado" por não haver tradução para o chinês da cor-de-burro-quando-foge.

Outro animal bem característico é a salamandra-gigante-da-china, considerado o maior girino de todo o planeta Terra. A sua pele que lembra a textura da vagina da Cytherea excitada é muito requisitada como afrodisíaco, por isso o bicho está cada vez perto da extinção.

Outros animais relevantes avistados nas redondezas (ou seja, mamíferos) são a pantera-nebulosa e o urso-negro-asiático. Mas o que mais encontrará será espécies infindáveis de mosquitos.