Shibari

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Garota hentai.gif PERVERTIIIIIDOOO(a)!

Tava procurando putaria e caiu nesta página "sem querer", não é?! Pelo menos feche a porta do quarto e divirta-se!


Shibari é como os japoneses chamam o famoso bondage, a arte de embrulhar mulheres como se elas fossem salame pendurado no açougue.

A tara[editar]

Num hentai, os sádicos podem surgir dos lugares mais inesperados.

Esta prática nefasta de tratar mulheres como um pedaço de queijo provolone surgiu no Japão, e portanto, haveria de haver hentais dessa prática pra lá de bizarra, e olha que há mulheres que adoram isso. Algumas pessoas (os adeptos) chamam amarrar mulheres em posições constrangedoras propícias ao coito forçado, de arte.

Algemas, cordas, mordaças, agulhas, camisas de força, tua irmã e tudo mais que existir na câmara de tortura da Prisão de Guantánamo está presente nas cenas de shibari... e ainda existem mestres de BDSM que dizem que esses mal tratos executados com porretes, havaianas de pau e pedaços de vigas são práticas românticas, íntimas e saudáveis.

Nos hentai[editar]

Raramente há uma história hentai em que a mocinha já comece como uma puta masoquista doida para ser açoitada e passar por experiências de quase morte ao ser enrabada por algum tipo de minotauro de 3 metros ou mesmo estuprada por um orda de mendigos, e claro, sempre amarrada. Normalmente a vítima primeiro sofre chantagens emocionais ou psicológicas, para só assim começar a ser abusada e violentada, e assim descobre que ser uma vadia vagabunda objeto sexual é prazeroso, e acaba se tornando uma vadia vagabunda objeto sexual por vontade próprio que sente prazer em ser humilhada sexualmente amarrada em posições impossíveis anatomicamente para braços, pernas e tronco.

Galeria[editar]