Shiori Teshirogi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Godofanime.jpg

Shiori Teshirogi é mangaká
E passa o dia todo desenhando.

Se vandalizar, Mokona não te perdoará!

手代木 史織
Shiori teshirogi.jpg
Shiori Teshirogi esbanjando simpatia
Nascimento 13 de abril de 1978
Miyagi Bandeira do Japão Japão
Nacionalidade Japonesa
Ocupação Mangaká
Signo Áries
Olhos Puxados
Cabelo igual ao do Justin Bieber

Cquote1.png Quem? Cquote2.png
Qualquer um antes de Saint Seiya: The Lost Canvas sobre Shiori Teshirogi
Cquote1.png Essa filha da puta está se saindo melhor que eu! Cquote2.png
Masami Kurumada sobre Shiori Teshirogi
Cquote1.png Desenha bem, mas não chega a me superar. Cquote2.png
Shingo Araki sobre Shiori Teshirogi
Cquote1.png Sou bem mais gostosa que essa tiazona! Cquote2.png
Shoko Nakagawa sobre Shiori Teshirogi
Cquote1.png Quem é esse japonês feio aí da foto? Cquote2.png
Tua mãe sobre Shiori Teshirogi

História[editar]

Shiori Teshirogi é uma mangaká, o que significa que no passado ela foi uma guria retardada rejeitada na escola que não possuía vida social e por isso preferia perder seu tempo desenhando yaoi ao invés de tentar arranjar amigos e namorados de verdade. Como resultado, atualmente ela é uma puta baranga que trabalha como escrava de Masami Kurumada no lugar do falecido Shingo Araki contribuindo com seu eterno ganha-pão Cavaleiros do Zodíaco, neste caso, um mangá caça-níquel sem relação alguma com o original chamado The Lost Canvas.

Contrato com a Akita Shoten[editar]

A carreira de Teshirogi teve início em 1997 após ela tirar o primeiro lugar em um concurso promovido pela Enix, onde ela trabalhou até 2003, quando levou a empresa à falência e obrigou a mesma a fundir-se com a Square, gerando assim a Square-Enix. Desde então, ninguém mais queria contratar a moça, temendo falir também e não ter a mesma sorte de encontrar outra marca na mesma situação para iniciar uma bem sucedida e milionária parceria. Temendo morrer de fome, Shiori Teshirogi então alterou seu nome para Marin Gold em homenagem à Marin de Águia e escreveu uma carta para seu ídolo Masami Kurumada pedindo que o mesmo ajudasse-a a conseguir emprego. Kurumada viu ali uma excelente oportunidade de reerguer a própria carreira e então foi com Teshirogi até a editora Akita Shoten apresentar o projeto Saint Seiya: The Lost Canvas, que seria escrito por ele e desenhado por ela. A ideia foi aprovada e colocada em prática, mas como Teshirogi demonstrou ter muito mais talento que o próprio Kurumada, ela apropriou-se e passou a tomar conta sozinha de toda a história, enquanto o autor original viu-se obrigado a lançar Saint Seiya: Next Dimension, sua própria versão, crente de que os otakus iam gostar mais. Mas como Kurumada desenha pior do que um macaco e Teshirogi é muito mais pontual na entrega de seus trabalhos, todo mundo gosta mais dela.

Ver também[editar]

Cavaleirospredef2.jpg