Sinaloa

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Sinaloa um dos estados isolados do oeste mexicano, adquirido com um contrato de empréstimo entre os astecas e George Washington, durante a Declaração de Independência dos Estados Unidos.

Pouco se sabe sobre a origem desse nome estranho, acredita-se que Sinaloa era o nome como os indígenas chamavam os padres espanhóis bêbados, que sobravam no estado.

História[editar]

Monumento ao herói "El moro de Cumpas".

O que hoje é Sinaloa, antigamente eram várias pequenas tribos indígenas que matavam-se entre si e nunca conseguiam fundar um Império Maia. Essas tribos eram os Caixitas, Tuaregues, Totomates, Panquecas, Acaxees e Xiximelecas.

Nada parecia que abalaria aquela ordem de caos na Sinaloa antiga, até que alguns franciscanos jesuítas do nada apareceram na região com um objetivo santo de educar aquele povo. Os índios eram de difícil domação já que eles, perspicazes, tinham como lema "Não confiem no espírito dos espelhos". Como a integração cultural pacífica não foi bem sucedida, os padres não tiveram opção a não ser chamar Hernán Cortés para acabar com aquelas centenas de tribos.

O herói, e líder da Revolução Mexicana em Sinaloa foi o campeão de luta livre e zoófilo assumido "El moro de Cumpas", que não saía de cima de seu cavalo, nem para dormir, tomar banho ou transar. Este homem não era de muita confiança do líder nacional da revolução, Miguel Hidalgo, mas foi o suficiente para comandarla revolta.

Recentemente uma seca secular assola Sinaloa, e a população não tem escolha a não ser fugir para os estados fora-da-lei de Baja California e Baja California Sur.

Atualmente Sinaloa é dominada pelo PRI (o ARENA mexicano).

Geografia[editar]

Sinaloa faz fronteira com uns estados faroestes, possui terra e barro e tem litoral com o poluído Mar de Cortés.