Sinnoh

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mamoswine.png Este artigo é GELAAAAAADO!

Mamutes vigiam o artigo, então vá pra casa, coloque um casaco e beba um chocolate-quente. Cuidado com o Yeti e não lute contra Camus de Aquário!


Mapa (não muito confiável) de Sinnoh.

Sinnoh é uma região de Pokémon onde se passa a quarta geração de pokémons da franquia, representados pelos jogos Diamond Pearl e Platinum. Sinnoh é baseada na ilha de Hokkaido, e por causa disso, metade da terra lá é coberta por gelo e se trata de uma região totalmente sem graça. Por fazer várias criancinhas de 9 anos ficarem frustradas para tentar achar Arceus ou se perderem em alguma das várias cavernas, é a última região não-linear da franquia, e que é famosa por ter trocentas cavernas que ocupam grande parte do mapa de Sinnoh.

Mesmo sendo uma terra muito gelada, isso não afetou o fato de ainda possuirem poucos pokémons do tipo Gelo justamente por ninguém ter saco para jogar com esse tipo horrível, porém ficou famosa por deixar qualquer um que não gostasse do tipo fogo pistola, já que a região possui uma grande abundância e variedade para escolher pokémons com fogo no rabo, sendo as únicas opções um macaco que tenta pagar de fodão ou um unicórnio do My Little Pony com fogo em sua crina, fazendo que os outros dois iniciais sejam irrelevantes, já que pokémons de água e grama são o que não faltam.

Sinnoh, por ser onde o famigerado "deus" dos pokémons, Arceus nasceu, é uma região que se criou vários das histórias sobre a criação dos Pokémons, e uma das regiões mais religiosas, tanto que vários confudem a Equipe Galactica com um culto. Várias histórias famosas foram criadas, como Arceus sendo o criador do Universo (agora Multiverso) de Pokémon, além de ser a única região onde é legalizada a pokéfilia [carece de fontes], retratada por vários contos locais.

Enfim, Sinnoh é famosa pela sua grande quantidade de gelo, pela campeã Cynthia, adorada pelos punheteiros e também por ser a região mais ignorada atualmente pela Game Freak, pela falta de remakes preguiçosos e cagados.

Anime[editar]

Quer usar Pokémons de fogo em Sinnoh? Não, pera!

No anime, Ash Ketchum Ketchup de alguma maneira se descobre que o sol de Kanto, Johto e Hoenn torrou o seu cérebro a fazer várias burradas durante essas três temporadas e em Sinnoh, fica mais inteligente, aprendendo a evoluir seus pokémons, ignorando frescuras (com exceção da temporada de Kalos) e enfim ganhando várias insígnias diferente de Kanto, onde Ash conseguiu ganhar (in)justamente, por ganhar quase todas por compaixão. Pelo fato de Paul ser um rival sério e não burro como Ash, é claro que o Ash de Sinnoh é o que mais sofreu contra outros treinadores.

Na liga, um dos melhores times de Ash Ketchup e nada podia pará-lo, com seu Infernape roubado e outros pokémons aproveitados de outras regiões, até que os criadores resolveram apelar para o Tobias, um treinador que possui vários lendários, justamente para poder acabar com a carreira de Ash em Sinnoh de Belém. Entre outros treinadores e amigos, temos também Dawn, a garota que apenas serve para ser sexualizada da temporada, que gasta vários episódios fillers naquelas competições chatas de performers (mas não quanto as de Serena), e que é mais ou menos uma May, só que fracassada e Brock, que perdeu sua essência da primeira geração.

Treinadores notórios[editar]

Os lendários de Sinnoh, algo que assusta muita gente.
  • Os desocupados Líderes de ginásio de Sinnoh:
    • Roark: O Cara tem um Rampardos que derrotou o Pikachu e toda cambada de poké escravos de Ash em um ataque,mas como não queriam que o desenho anime parasse em Sinnoh,fizeram ele ganhar fazendo a maior da montagem no desenho.
    • Gardenia: A Emaconhada - Adora cheirar suas ervinhas encapetadas e ralar bastante com seus pokémons,aproveitando os Pokémons bambu.
    • Maylene: Mais uma que perdeu do Ash por pura montagem. Se não ele ia estar na 24ª temporada e ainda ia tentar vencer pra ser um mestre.
    • Crasher Wake: O que dizer deste? Um lutador que diz treinar pokémons de água. Esse existe só pra encher lingüiça deixar a temporada longa. Totalmente inútil.
    • Fantina: Uma dançarina retardada. Dança pra chamar a atenção.
    • Byron: Outro besta. Se acha só por que é gym leader.
    • Candice: Uma burrinha que parece ter 5 anos. Se acha e só tem mesmo o Abomasnow que presta.
    • Volkner: O Último líder é fodão, tem Octillery que usa ataques elétricos... Apenas serve para ser shippado com o Flint,.
  • Elite de Quatro
    • Aaron: Um pirralho que se acha por conseguir um lugar importante por treinar um tipo que todos julgam fraco, o tipo Inseto.
    • Flint: O Ronald McDonald de fogo, não se sabe o que a Game Freak teve na cabeça para criar um Elite 4 de fogo com apenas 2-3 pokémons de fogo.
    • Bertha: Uma clone da Agatha de Kanto, só que menos velha.
    • Lucian: Um clone do Will de Johto, aquele Elite 4 que ninguém liga por não ter aparecido no anime se é que os outros também apareceram.

Lendários[editar]

Lake trio e toda sua criatividade.

Se Sinnoh é famosa por algo, são a vasta quantidade de lendários que cagaram nessa geração, algo que virou um marco para gerações futuras, como Unova e Alola, de cagar vários lendários e míticos para fazer o desocupado que fica caçando monstrinhos sair para rua e conseguir mais um clone de Mew com os mesmos stats e que nunca vai usar no jogo.

Os principais lendários são Arceus, uma lhama com uma cerca presa em seu corpo que tenta pagar de Deus dos Pokémons, Gelatina Giratina, uma minhoca que se perdeu no inferno e é tratado como o Satã de Pokémon, como não era relevante para a história, fez tamanha destruição que Arceus teve que criar a Distortion World só para bani-lo da face da Terra. Os outros lendários são Dialga, um quadrúpede cheio de armadura que é responsável pelo tempo, e Palkia, que condiz com seu nome, um pau mutante que tem como poder o espaço, foi quando Arceus viu seu próprio pau, então resolveu fazer algo parecido, então batizou de Paulkia (ou não), Heatran, um sapo que mergulhou em lava radioativa, e Regigigas, o chefe do puteiro dos Regis.

Além dos lendários principais, também existem lendários mais inúteis, como o Lake Trio, o trio de sub-lendários mais criativos que existe na franquia, competindo com o trio das nuvens de Unova, Manaphy, outro clone besta de Mew para tentar ganhar a popularidade dele, e Phione, que é tão inútil que nem se sabe se esse é lendário ou não, só se sabe que esse consegue apanhar de qualquer pokémon decente.