Sistemas de Informação

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Cquote1.png Tomara que consiga ser um bom anarquista analista de sistemas. Cquote2.png
Calouro sobre sistemas de informação

Cquote1.png Isso se não for jubilado. Cquote2.png
Professor gente boa que reprova 101% da turma sobre citação acima

Cquote1.png Não acredito que tenha uma mulher neste curso. Cquote2.png
Estudante de ciências da computação sobre sistemas de informação

Cquote1.png Aff, o curso de vocês é bem fácil, vocês não duram nem um mês em ciências da computação. Cquote2.png
Estudante de ciências da computação cheio de inveja depois de perceber que tem mulheres em sistemas de informação. sobre sistemas de informação

Cquote1.png Claro que é mais fácil, nosso vestibular é menos concorrido, a mensalidade é mais barata em faculdades particulares e esta com raiva porque além disto, tem mulheres na minha turma. Sem contar que a média de salario é bem parecida, assim quem é o burro aqui? Quem sabe com um ensino mais puxado você aprenda a ser esperto e mude pra Sistemas de Informação Cquote2.png
Estudante de sistemas de informação. sobre citação acima

Cquote1.png Meu futuro patrão Cquote2.png
Computeiro sobre aluno de Sistemas de Informação

Cquote1.png Sistema é foda! Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre Sistemas de Informação

Cquote1.png Subcurso...!!! Cquote2.png
Computeiro invejoso sobre sobre Sistemas de Informação

Cquote1.png Essa última aula era de que mesmo? Cquote2.png
Aluno de Sistemas de Informação sobre mais uma aula

Cquote1.png Hoje eu vou ensinar vocês a fazerem uma lista circular no prolog. Cquote2.png
Professor filho da puta sobre aluno de Sistemas de Informação

Cquote1.png Não sei porque reclamam das provas, a média da sala foi boa! Cquote2.png
Professor sobre tirar 5 pontos numa prova de 65

Cquote1.png Senhores alunos,suas provas que valiam 30 pontos agora terão o peso de 70 pontos, boas ferias! Cquote2.png
Email de professor que não planejou a materia sobre aluno de Sistemas de Informação


Cquote1.pngVocê quis dizer: VagabundoCquote2.png
Google sobre Sistemas de Informação


Um líder do Sistema

Sistemas de Informação é um curso adorado por programadores Delphi, Visual Basic e jogadores de Counter-Strike, este curso dita as bases do desenvolvimento de software para controle de estoque da padaria do Seu João aliado a grandes ensinamentos da Administração, que resume a fazer slides sobre assuntos copiados da Wikipédia e participar de Seminários sobre algum tema escroto.

É o curso escolhido pelos alunos nem tão homossexuais o bastante para fazer administração e nem nerds o bastante para fazer Ciência da Computação.

Odiado por alunos de Ciência da Computação, pois sabem que ralar muito mais em tal curso não trará retorno financeiro no Brasil, uma vez que todos ao sairem terão o mesmo fim, Analista-Desenvolvedor, vulgo burro de carga.

Arquirrivais dos alunos de Gestão da Informação, por não aceitarem sua condição subalterna em relação à hierarquia organizacional.

Também odiado por alunos de Ciência da Computação por que temos uma coisa chamada mulher, que, está em falta por onde eles andam.


Tabela de conteúdo

[editar] História

Na sua juventude, Alan Turing como não tinha o que fazer decidiu então, responder uma das questões que o matemático e também vagabundo Hilbert havia bolado para sua lista de compras, para responder a questão de Hilbert, Turing desenvolveu um máquina muito estranha, essa máquina só existia na mente dele, a máquina tinha a estranha capacidade de resolver qualquer problema matemático, essa máquina ficou conhecida pelo nome de A máquina de Turing. E com isso nascia a Ciência da computação que para um grupo de "pessoas" muito peculiares é mais que uma ciência é uma Religião, os seguidores dessa religião ficarão conhecidos pelo titulo de Nerd's.

Com o passar do tempo os Nerd's ficaram cada vez mais loucos por essa máquina que chegaram ao ponto de torna-lá um máquina real que eles chamaram de computador, com a manifestação agora física da máquina de Turing era possível visualizar as propriedades quase divinas da máquina, então os agiotas perceberam que poderia ganhar dinheiro com isso, então o senado romano Silvio Santos que fugia da loucura de Nero vez uma parceria com o dono de uma rede de oficinas automobilísticas chamado Henry Ford mais como ambos não sabiam porra nenhuma dos mistérios da máquina de Turing, contrataram um grupo de Nerd's norte americanos para criar sistemas computacionais de caça-niqueis para com esse sistemas roubar o dinheiro da velhinhas e velhinhos.

O governo brasileiro percebeu que essa forma de falcatrua iria prosperar e gerar muito dinheiro decidiu apoiar Silvio Santos nessa empreitada e para diminuir os custos, em vez de trazer nerd's de fora do pais, por que não fundar uma igreja da religião da computação aqui no Brasil, e com isso chegava ao Brasil a ciência da computação, porém nesse meio tempo Silvio Santos fez o que era acostumando(ora ele ex-senador romano) e assassinou Ford, ficando com o baú do tesouro(digo da felicidade) só pra ele.

Porém ele percebendo que se os nerd's vissem como é bom ganhar dinheiro, eles criariam sistemas cada vez mais complexos na arte de roubar e extorqui, e com isso ele convenceu alguns nerd's a se rebelar contra a sua religião, evento esse que ficou conhecido com reforma do mouse, esses rebeldes religiosos incorporarão o desejo de dinheiro e lucro compulsivo, vindos dos cursos de Administração fundaram uma nova religião e a disfarçaram na forma de curso universitário chamado de Sistemas pra ganhar dinheiro fácil.

Porém o MEC não gostou do nome, pois o nome já era um convite para uns certo tipo de ladrão, os políticos brasileiros de entrarem na universidade e roubarem ainda mais, a religião (digo, curso) foi aprovado com a condição que mudasse de nome para Sistemas de Informação. A primeira universidade a ministrar o curso foi a Universidade de Algum Lugar. Até hoje essa religião segue princípios básicos como o de ficar o dia todo sentando só de cueca jogando qualquer RPG.

[editar] Disciplinas

[editar] Introdução a Programação

Talvez a cadeira preferida do nerd calouro, ele se achará fodão quando fizer o seu primeiro programa de somar 2 números inteiros e se achará mais fodão ainda quando aprender os laços repetitivos for-while e conseguir fazer o "efeito matrix" na tela do DOS chamando todos os seus amigos nerd para ver.

[editar] Geometria Analítica

É onde os professores despertam o aluno para imaginarem alem da 2ª dimensão para resolverem seus problemas. Mal sabem eles que os alunos estão imaginando em uma loira gostosa que eles nunca vão pegar ou no RPG favorito depois da aula com os amigos nerds.

[editar] Sistemas Operacionais

Esta matéria foi criada para que o estudante aluno de S.I. entendesse como funcionavam os sistemas não operacionais já obsoletos para que tenham aonde se basear para criarem suas próprias aplicações de controle de estoque.

O resultado da aplicação de tal teoria foi utilizado para criar o programa que gerenciava a bolsa de Nova Iorque, mas deu crash na linha 1929.

[editar] Gestão de Projetos

Disciplina criada para ensinar aos alunos como manipular mentes e ganhar dinheiro as custas dos outros aproveitar os talentos das pessoas envolvidas no desenvolvimento de um software e evitar que um nerd faça merda e mele tudo no final e prever os futuros problemas e riscos do projeto.

[editar] Estatística

Cadeira que só terá alguma utilidade na sua vida se você for desenvolver um software pro IBGE.

[editar] Cálculo Numérico

Uma versão do Cálculo voltada para a computação. É a matéria onde aprendemos uma porrada de teorias e métodos que não cabem no quadro e para no final do semestre decorar todos os tipos de fórmulas possíveis e aplicar numa prova de 4 horas no mínimo. Atenção: No dia da prova leve mochila grande, comida, uma barraca, 3 computadores e 7 calculadoras Casio(caso alguma delas pegue fogo no meio do cálculo de um sistema linear de 100x100).

[editar] Desorientação a Objetos

Cadeira que diz que tudo que você tinha aprendido sobre programação não serve para nada e que Java contém classes que criam qualquer coisa no universo, o nerd passa a sentir momentos de nostalgia voltando aos primórdios tempos de calouro tendo que aprender a programar tudo de novo. Sair da programação estrutural de dados para orientação a objetos é como enfiar uma azeitona no ânus e depois um abacaxi.

[editar] Banco de dados

Cadeira onde você tenta aprender a mexer nos fodões SQL Server, Oracle ou DB2, mas o máximo que consegue é fazer uma gambiarra podre no Access. Aprende fazer uns modelos ER que dão nó na sua cabeça e que sempre estarão errados. Aprende a utilizar a semântica da linguagem de consulta SQL (na verdade você só saberá fazer o manjado SELECT * FROM Tabela) e permuta entre tabelas (Inner Join, Outer Join, Left Join, Right Join, Fuck Join, etc.). No final aprenderá a gerenciar processos e integridade dos dados utilizando sequências de comando nada complicadas de Undo -> Redo -> Undo -> Undo -> Redo -> Undo -> Redo -> Redo -> Undo -> Undo -> Redo -> Redo -> Undo -> Undo -> Redo -> Undo -> Redo -> Redo -> Undo -> Undo -> Redo -> Undo -> Undo -> Redo -> Redo.

[editar] Inteligência Artificial

Envolve métodos utilizados para deixar computadores estúpidos o bastante para parecer humanos e tomar decisões pífias.

[editar] Burrice Artificial

Envolve métodos utilizados para dar a computadores um comportamento o mais próximo possível ao de Carla Perez.

[editar] Redes Aneurais

É o método de fazer o computador simular o neurônio humano. Mas como o neurônio humano nunca funciona, o do computador também não.



[editar] Ver também

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas